Tratamento Adicção - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Tratamento Adicção

Os especialistas falam sobre a Tratamento Adicção

Abordagem ampla com individualização de cada caso, uso de técnicas de entrevista motivacional, e prevenção de recaídas. Tratamento de dependência de álcool, dependência múltiplas drogas, tabagismo e comórbidos associados como depressão, ansiedade, transtornos psicóticos e transtorno de controle de impulsos.
Dr. Marcelo Alves Carriello
Dr. Marcelo Alves Carriello Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Curitiba

Os tratamentos mais bem sucedidos das adicções costumam envolver diversos profissionais (psicólogos, médicos, terapeutas ocupacionais, entre outros). A respeito da dimensão psicológica desse tratamento, sua intenção é a de compreender o espaço que a adicção ocupa na vida do sujeito, investigando os significados subjacentes a esse comportamento para aquele indivíduo especificamente. A ideia é que essa compreensão possa modificar a relação que o sujeito mantém com o objeto de sua adicção.
Rafael Barreto Campos
Rafael Barreto Campos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

São Paulo

O tratamento para a Dependência Química é realizado de acordo com os objetivos do cliente, seja ele redução de danos ou abstinência. Para tanto, utilizamos técnicas de avaliação do uso e ofereço devolutiva informativa a respeito para definir os objetivos do tratamento; em seguida, ofereço terapia cognitiva comportamental à fim de identificar ganhos e perdas do uso; traçar metas e estratégias; desenvolver estratégias de enfrentamento para situações gatilho; motivação para mudança; prevenção de recaída; manejo da fissura; e as dificuldades de mudar (pensamentos, crenças e estratégias). Esse tratamento é contínuo. O objetivo é que o cliente sinta-se acolhido e compreendido sobre seu problema.
Ana Paula Gonçalves Donate
Ana Paula Gonçalves Donate Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Paulo

O tratamento do Transtorno do uso de substâncias deve sempre considerar a a avaliação de existência de comorbidades, tais como: ansiedade, depressão, transtorno bipolar, TDAH e transtorno borderline. O tratamento da comorbidade é fundamental para o objetivo terapêutico, que é remissão, isto é, atingir a abstinência e manutenção da mesma. O tratamento específico varia conforme a substância. A nicotina e opióides possuem psicotrópicos específicos, bem como no caso do alcoolismo, o que aumenta a chance de sucesso terapêutico. A cocaína (ou crack) e maconha possuem abordagens atuais que aumentam a chance de evitar recaída no uso. O trabalho multidisciplinar e apoio familiar são fundamentais.
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

São João del Rei

Ver mais

Tem perguntas sobre Tratamento Adicção?

Nossos especialistas responderam 2 perguntas sobre Tratamento Adicção.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Ola, o ideal é ser honesto com seu amigo e falar da sua preocupação. Considerando que alguns profissionais da área "atestaram" que ele é viciado, penso que valha a pena percorrer o caminho com seu amigo avaliando as orientações e percepções que os profissionais sinalizaram na época da avaliação. O vício, independente do qual seja, mostra um caminho em que o prazer se repete através do que é executado. E o prazer fica atrelado àquilo em que se vicia... Tais comportamentos, alem de ferar prazer momentaneo, podem gerar angustia elevada... Honestamente, nao há como "faze-lo aceitar". Ele precisa identificar estes comportamentos como foco de angustia e necessidade de ajuda. Você pode falar de sua preocupação, mas o desejo de compreensao do vicio e de seu modo de agir no mundo dependera do seu amigo. Boa caminhada!

  • 21
  • 31
  • 24
Dra. Camila Mennella Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Santo André

Marcar consulta

Existem várias maneiras e neste caso específico a individualização do tratamento é essencial. Trata-se utilizando medicamentos e psicoterapia nos casos leves e internação para casos mais difíceis. Os paciente sempre se beneficiam em mudanças no estilo de vida e busca novos ambientes e amizades. Grupos anônimos podem ajudar também. Estes recomendam: serenidade, coragem e sabedoria nesse processo.

  • 78
  • 67
  • 137
Dr. Daniel Minahim

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 2 perguntas sobre Tratamento Adicção