Tratamento cirúrgico da escoliose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Tratamento cirúrgico da escoliose

Informação sobre Tratamento cirúrgico da escoliose

Outros nomes: Tratamento cirúrgico da escoliose, Operaçao De Harrington, Tratamento cirúrgico para escoliose com hastes e parafuso (material de 3 geração).

Possui uma dúvida concreta sobre Tratamento cirúrgico da escoliose ? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Tratamento cirúrgico da escoliose

A cirurgia para a escoliose idiopática começa a ser recomendada quando as curvas são maiores do que 40 a 45 graus e continuam a progredir, e para a maioria dos pacientes com curvas maiores que 50 graus. Essa avaliação sempre deve ser feita em conjunto com o exame físico do paciente e deve ser avaliada criteriosamente caso a caso. O objetivo da cirurgia da escoliose é reduzir a curva e evitar a progressão da deformidade. Curvaturas graves (maior que 50 graus) são mais propensas a progredir na vida adulta. Quando uma curva progride para 70-90 graus, ela não só determina uma deformidade muito ruim, mas muitas vezes pode resultar em comprometimento cardiopulmonar.
Dr. Andre Luiz Pagotto Vieira

Ortopedista - Traumatologista

|

Imperatriz

Escolioses severas com deformidades significativas, progressivas ou alterações neurológicas podem ter indicação cirúrgica. A cirurgia consiste na remoção de fragmentos ósseos, ligamentos, desarticulações e cortes (osteotomias) da coluna, de modo a permitir a movimentação das vértebras e o seu reposicionamento, seguidas da estabilização com implantes e promoção da artrodese do segmento operado. É uma cirurgia de grande porte e risco, que pode ser realizada com diversas técnicas e acessos. A reabilitação pode ser dolorosa no início, mas evolui para a melhora progressiva dos sintomas. Discuta com o seu especialista as opções riscos e benefícios individualmente.
Dr. Daniel Bedran de Castro
Dr. Daniel Bedran de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

São José do Rio Preto

Permite a correção do desvio da coluna causado pela escoliose, através da utilização de implantes na coluna. É realizada sob monitorização nervosa, diminuindo os riscos da correção excessiva. Permite ao paciente uma vida sem grandes restrições em seu pós-operatório.
Dra. Marina Hirschle Galindo
Dra. Marina Hirschle Galindo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

Recife

Ver mais

Tem perguntas sobre Tratamento cirúrgico da escoliose ?

Nossos especialistas responderam 12 perguntas sobre Tratamento cirúrgico da escoliose .

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Prezada (o), ja tentou outros métodos conservadores como RPG? É o método mais indicado no tratamento de crianças com escoliose além do colete. Procure sempre profissionais capacitados com métodos conhecidos. Espero ter ajudado,!

  • 80
  • 43
  • 97
Dra. Thaynara Nascimento Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Fisioterapeuta

Recife

Marcar consulta

Provavelmente sua curva na época já era muito rígida e com a cirurgia melhorou. Agora depois da cirurgia, que foi realizado a artrodese (consolidação óssea entre as vértebras), fica muito difícil de nova correção, pode ser que melhore mais um pouco, discuta com seu médico sobre a melhor forma de tratamento e o que você espera disso! Abraços

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 154
  • 69
  • 153
Dr. Breno Frota Siqueira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

Brasília

Marcar consulta

Olá bom dia. Precisaria ver certinho o que foi feito, tecnicamente falando até poderia se tentar sim, porém a decisão do tipo de anestesia cabe ao seu anestesista. Seria interessante o seu cirurgião, o anestesista e a ginecologista conversarem para tomar a decisão. A disposição.

  • 257
  • 49
  • 108
Telmo Augusto Barba Belsuzarri Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

Campinas

Marcar consulta

Boa tarde, sugiro que avalie com especialista outras causas de dor, pode ser que essa não seja a causa de dor e será submetido a um procedimento cirúrgico desnecessário e que com o tratamento clínico adequado com medicações e fisioterapia consiga controlar os sintomas. Atenciosamente

  • 89
  • 32
  • 357
Dr. Robson Prudêncio Silva Lima Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

São José dos Campos

Marcar consulta

Ver as 12 perguntas sobre Tratamento cirúrgico da escoliose