Perguntas sobre Tratamento Cirurgico De Outras Anomalias Congenitas Ano Retal

Tem perguntas sobre Tratamento Cirurgico De Outras Anomalias Congenitas Ano Retal?

Nossos especialistas responderam 2 perguntas sobre Tratamento Cirurgico De Outras Anomalias Congenitas Ano Retal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Tratamento Cirurgico De Outras Anomalias Congenitas Ano Retal

2Perguntas

5Respostas

0Especialistas de acordo

2Pacientes agradecidos

O ideal nestes casos é que o cirurgião examine para emitir uma opinião sobre a cirurgia. Normalmente, os pontos cirúrgicos realizados na bolsa testicular são feitos com fios absorvíveis, pontos que cairão sozinhos sem a necessidade de serem retirados. Espero ter conseguido ajudar. Att, Victor

  • 35
  • 17
  • 37
Dr. Victor Antonucci Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Urologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Na verdade, os pacientes com anomalias anorretais são tratados pelo Cirurgião Pediatra. Estas anomalias podem ter diversas apresentações, dentre as quais as imperfurações anais mais baixas. A presença de "alça de balde" pode estar relacionada com uma má formação mais baixa, mas não é obrigatório. O prognóstico de continência fecal para estas crianças é dado por diversos fatores: presença de más formações associadas, posição da imperfuração anal, condições da musculatura de nádegas e perineais, formação da coluna lombo-sacra, inervação adequada da região anorretal. As complicações precoces mais comuns são: infecção de ferida, deiscências da ferida e estenose cicatricial. As complicações tardias mais observadas são constipação ou incontinência fecal. Não são comuns complicações urológicas, quando o paciente é operado por profissional habilitado e treinado para tal condição.

  • 20
  • 2
  • 37
Dr. Rodrigo Miranda

Cirurgião pediátrico

Taguatinga

Ver as 2 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: