Tratamento Cirurgico Do Estrabismo - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Tratamento Cirurgico Do Estrabismo

Os especialistas falam sobre a Tratamento Cirurgico Do Estrabismo

A cirurgia de estrabismo pode ser realizado em pacientes de qualquer idade e não apenas na infância, como muitos imaginam. É um procedimento cirúrgico em que o cirurgião "afrouxa"ou "encurta"os músculos oculares afim de conseguir o alinhamento ocular adequado. Pode ser realizada com anestesia local ou geral. Existem diferentes técnicas para realizar a cirurgia de estrabismo, variando conforme cada caso e a preferência do cirurgião. Tenho preferência pela técnica utilizada é a fórnice, desenvolvida nos Estados Unidos. Esta técnica é pouco invasiva por usar uma incisão bem pequena e, consequentemente facilitando a recuperação do paciente e reduzindo os sintomas pós operatórios.
Dra. Bruna Lana Ducca

Oftalmologista

|

São Paulo

Tem perguntas sobre Tratamento Cirurgico Do Estrabismo?

Nossos especialistas responderam 9 perguntas sobre Tratamento Cirurgico Do Estrabismo.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Não. É trabalhosa, complexa e exige um profissional altamente treinado.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 94
  • 36
  • 422
Dr. Frederico Fernandes Lóss

Oftalmologista

Na verdade qualquer grau de desvio é passível de cirurgia. No seu caso, especificamente, como é um desvio pequeno e com diplopia, o mais recomendado é fazer a cirurgia sob anestesia tópica ( local) para que se possa fazer ajustes durante a cirurgia, e dessa forma, se obter um resultado cirúrgico mais preciso.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 31
  • 27
  • 55
Dra. Alyne Gabrielly Borges Corrêa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Marcar consulta

Nos primeiros dias após a cirurgia o paciente pode apresentar visão dupla (ou diplopia) porque está "acostumando" com a nova posição dos olhos. Na maioria das vezes melhora espontaneamente, mas é importante conversar com o médico cirurgião para ele avaliar se há algum tipo complicação, principalmente se essa queixa persistir por mais de um mês.

  • 5
  • 0
  • 1
Dra. Junia Valle França

Oftalmologista

Brasília

Um desvio de 10 dioptrias prismáticas geralmente não é considerado grande e pode apresentar uma estética favorável com pouca percepção do estrabismo dependendo do tipo de estrabismo e do rosto do paciente. Todavia, em um estrabismo associado a diplopia (visão dupla), mesmo um desvio pequeno pode causar muito prejuízo à qualidade de vida. Obs.: É bem provável que o desvio mencionado tenha sido medido em "dioptrias prismáticas" e não em "graus", já que a primeira unidade é a maneira mais utilizada por especialistas em estrabismo.

  • 5
  • 0
  • 1
Dra. Junia Valle França

Oftalmologista

Brasília

Ver as 9 perguntas sobre Tratamento Cirurgico Do Estrabismo