Tratamento da insônia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Tratamento da insônia

Os especialistas falam sobre a Tratamento da insônia

A insônia é um grande problema da vida cotidiana. Ela pode estar associada a algum transtorno mental ainda não diagnosticado, ou pode ser gerado por fatores de gravidade, porém que, a longo prazo, poderão ser estopim a um adoecimento psíquico. Desta forma, mesmo uma leve insônia sem a presença de transtorno psiquiátrico já instaurado, é passível de tratamento, que pode ser medicamentoso ou através de mudanças na rotina.

Psiquiatra

|

São Paulo

Nesse caso, o profissional deve investigar qual é a causa da insônia , e se é secundária a alguma doença, como por exemplo , depressão ou transtorno de ansiedade, já que alteração do sono é um sintoma frequente em diversas doenças, e nesse caso, não adianta tomar remédio para dormir e não tratar o que está provocando de fato, a insônia. Para issso, é feita uma avaliação detalhada e após a conclusão índica-se o tratamento adequado caso a caso (medicamentoso, não medicamentoso com diversas orientações para uma higiene do sono , acompanhamento psicológico, etc).
Livia Carmo
Livia Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Rio de Janeiro

Insônia pode ser por si só um problema que gera muito desconforto e prejuízo ocupacional, mas também é um sintoma de inúmeras causas de transtornos mentais tais como depressão e ansiedade. Logo é fundamental avaliação minuciosa da queixa de insônia para poder determinar o diagnóstico preciso e realizar o tratamento específico.
André Augusto Costa Carvalho
André Augusto Costa Carvalho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Ribeirão Preto

Um sono com qualidade é essencial para a recuperação do corpo, disposição diurna, concentração e bom desempenho no estudo e trabalho. A insônia pode ser primária ou secundária a transtornos psiquiátricos. O diagnóstico adequado permite estabelecer uma terapêutica que repercurte em uma melhor qualidade no cotidiano. Cabe destacar que atualmente há diversas opções terapêuticas que não levam à dependência medicamentosa.
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

São João del Rei

O tratamento da insônia se baseia primariamente na investigação de possíveis causas subjacentes. Não é incomum um paciente procurar o psiquiatra com queixa principal de insônia e a causa desse sintoma ser um quadro depressivo, ansioso, apneia obstrutiva do sono, dentre outros. Também pode haver a insônia primária, que geralmente se inicia desde uma idade jovem e não tem uma outra causa psiquiátrica de base. É muito comum que os pacientes pratiquem automedicação, normalmente com medicamentos que não são indicados para o tratamento da insônia e podem causar dependência. A avaliação de um psiquiatra é fundamental para o tratamento adequado da insônia.
Geraldo Moreira
Geraldo Moreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Recife

Ver mais

Tem perguntas sobre Tratamento da insônia?

Nossos especialistas responderam 7 perguntas sobre Tratamento da insônia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A principal questão é identificar se a insônia é primaria, ou seja, a alteração do sono é a doença em si, ou se a insônia é secundária a alguma outra patologia. Isso é essencial para definir o tratamento futuro e prognostico. O zolpidem e a trazodona são duas medicações muito prescritas para tratamento do sintoma insônia. A trazodona tem menor potencial para induzir dependência e perder efeito, no entanto é pouco provável que o uso dela lhe permita dormir sem remédios se outras modificações não forem feitas. Converse com seu medico melhor a respeito da origem da sua insônia.

  • 718
  • 931
  • 1896
Prof. Dr. David De Lucena Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Fortaleza

Caro internauta, é necessário descobrir a causa da sua insônia para depois dizer qual o melhor tratamento para o seu caso. Sugiro que procure um neurologista, de preferência especialista em sono, para uma avaliação clínica.

  • 534
  • 230
  • 996
Willian Rezende do Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

São Paulo

Marcar consulta

Estes sintomas podem ocorrer no início do tratamento com a bupropiona. Porém, após 20 dias de tratamento, já deviam ter amenizado e alguns até mesmo desaparecido. Não é possível realizar uma avaliação adequada pela internet, então você deve conversar com o seu psiquiatra para que ele consiga lhe orientar sobre o tratamento (dosagem, se permanece com a medicação ou não, etc.). Espero ter ajudado. Um abraço.

  • 461
  • 343
  • 496
Dr. Arthur Dondonis Daudt Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Porto Alegre

Marcar consulta

Olá! A insônia é um sintoma. É preciso uma investigação clínica para chegar a um diagnóstico preciso. Sem dúvidas os dados da sua história são importantes para ajudar na elucidação diagnóstica. Sugiro que procure a ajuda de um médico especialista e em nenhuma hipótese, faça uso de qualquer medicação por conta própria. Melhoras!

  • 7
  • 15
  • 7
Dr. Guilherme Figueira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Niterói

Marcar consulta

Ver as 7 perguntas sobre Tratamento da insônia