Estimulação magnética transcraniana - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em estimulação magnética transcraniana

Encontre um especialista em Estimulação Magnética Transcraniana na sua cidade:
Samir Câmara Magalhães

Samir Câmara Magalhães

Medico do sono, Neurologista, Neurofisiologista

Fortaleza

Agendar uma visita
Sergio Klepacz

Sergio Klepacz

Psiquiatra

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Estimulação magnética transcraniana

Nossos especialistas responderam a 24 perguntas sobre Estimulação magnética transcraniana

ESSE TRATAMENTO E MAIS ADMINISTRADO POR PSIQUIATRAS
MELHOAR CONSULTAR UM
OBRIGADO
3 respostas

Dr. Guilherme Couto
Dr. Guilherme Couto
Fisioterapeuta
Brasília
É fundamental descobrir a origem destes seus sintomas. É comum sintomas como zumbido, náuseas, dores de cabeça terem origem na cervical.
Procure um fisioterapeuta, que trabalhe com método…
4 respostas

Bom dia. O valor depende de cada profissional/serviço de saúde, cidade, quantas sessões serão necessárias e etc. Sugiro entrar em contato com os locais que realizam na sua cidade. Lembrando que…
2 respostas

Especialistas falam sobre Estimulação Magnética Transcraniana

A Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) é um tratamento médico que utiliza o direcionamento de um campo magnético para pequena área do córtex cerebral. Eficaz, seguro, feito no consultório é uma excelente maneira de tratar depressão. Sem necessidade de anestesia, é um tratamento indicado para vários tipos de depressão, inclusive na depressão pós-AVC, depressão pós-parto, depressão durante a gestação, em pessoas que não respondem ou não toleram medicamentos antidepressivos. Aprovado pelo Conselho Federal de Medicina, a EMT é o tratamento biológico mais moderno para os transtornos depressivos. Em Sergipe, realizamos a EMT desde 2012, beneficiando muitas pessoas.

Glaise Franco

Psiquiatra

Aracaju


A Estimulação Magnética Transcraniana é indicada para os casos de depressão refratária, ansiedade, esquizofrenia, dor neuropática, AVC e outras doenças neuropsiquiátricas. Um tratamento moderno, não invasivo e indolor, realizado no próprio consultório sob a supervisão de um médico especializado em neuromodulação.

Vanessa Teixeira Muller

Neurologista, Psiquiatra

Rio de Janeiro


Indicação: depressão com no mínimo uma falha terapêutica. Estudos avançados para a liberação para tratamento de dor neuropática e fibromialgia. Protocolo para depressão: 15 sessões, sendo 5x por semana por 3 semanas seguidas. Pode ser frequente a necessidade de sessões de manutenção, em média 1 a 5 sessões por mês. O tratamento da depressão deve ser continuado junto com psicoterapia para atingir o controle definitivo. Protocolo para dor neuropática e fibromialgia: 14 sessões em 3 meses, sendo 5 sessões na 1ª semana (fase de indução) e sendo observado melhora ao fim das 5 sessões, entra na fase de manutenção, com 2 sessões sem

É um tratamento não farmacológico para vários transtornos da Psiquiatria e da Neurologia com enfoque predominante para Depressão Refratária (a qual medicamentos pouco ajudam) e Esquizofrenia. São sessões feitas no consultório com o próprio médico sem necessidade de qualquer preparação. Também útil para pessoas que usam polifarmácia (vários medicamentos para um mesmo fim).

Brunno Partica Da Silva

Psiquiatra

Ponta Grossa


A EMT é uma técnica de neuromodulação, não invasiva, indolor, altamente segura e eficaz no tratamento de diversas desordens mentais e neurológicos. Vem sendo amplamente estudada nos últimos 30 anos, com eficácia já comprovada na depressão, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), dor crônica e zumbido. Consiste na aplicação de um campo magnético focal no cérebro, com uma bobina colocada em contato com o crânio. As sessões duram apenas alguns minutos e são feitas diariamente, com total de 15 a 20 aplicações. Os efeitos colaterais mais frequentes são desconforto muscular no local da estimulação e dor de cabeça leve. Não é usada anestesia e são raras as contraindicações.

Dennison Carreiro Monteiro

Psiquiatra

Recife


A Estimulação Magnética Transcraniana é um tratamento eficaz e inovador para o tratamento de diversos transtornos psiquiátricos e Neurologia. Apresenta baixo potencial de efeitos colaterais e não requer nenhum tipo de preparo prévio (ex: anestesia). Através de uma indução eletromagnética, o aparelho estimula ou inibi áreas que estão disfuncionais no cérebro em diversas patologias como na depressão Maior, TOC, alucinação auditiva. A estimulação magnética também pode ser utilizada na reabilitação pós-AVC, afasia e outras condições neurológicas.

Renato Ferreira Araujo

Psiquiatra

Belo Horizonte


Apesar de, hoje, termos disponíveis diversas possibilidades de medicamentos no tratamento dos transtornos mentais, ainda temos uma grande parcela de pacientes que não toleram os efeitos colaterais dessas drogas ou, mesmo, não apresentam resposta significativa. É nesse contexto que a estimulação magnética transcraniana (EMT) surge como uma excelente opção. Trata-se de uma modalidade terapêutica, praticamente, isenta de efeitos adversos e indolor. Hoje, apresenta-se como primeira escolha no tratamento da depressão, independente de o paciente ter falhado nos tratamentos prévios. A técnica vem crescendo rapidamente em todo o mundo, inclusive no Brasil. Atenciosamente Dr Bernardo de Sampaio.

A Estimulação Magnética Transcraniana é uma técnica capaz de estimular o cérebro sem desconforto, sendo não invasiva e simples de ser aplicada. Auxilia o paciente na melhora dos sintomas e no tratamento da depressão. O tratamento é feito em sessões no próprio consultório, sem necessidade de anestesia e de forma rápida. Recentemente a Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) recebeu destaque em grandes publicações científicas na área da Psiquiatria, como o CANMAT 2016, e é considerada um procedimento de excelência para o tratamento da depressão, além de nível de excelência em segurança e aceitação por quem sofre de depressão e precisa de ajuda.

Tratamento aprovado pela Associação Americana de Psiquiatria e reconhecido pelo CRM desde 2012, com eficácia para depressão, ansiedade e impulsividade. Estudos de neuroimagem demonstram que a estimulação com intensos pulsos eletromagnéticos em determinadas áreas do córtex cerebral corrige disfunções no sistema nervoso ocasionadas pela depressão. Ocorre um aumento da liberação de neurotransmissores em áreas que estão relacionadas à doença. Para cada doença uma área específica deverá ser estimulada, respeitando parâmetros individualizados para cada patologia. Procedimento bastante seguro, indolor e com elevada eficácia. Não requer anestesia, nem internação para que seja realizado.

Bruno Machado

Psiquiatra

São Paulo


A estimulação magnética transcraniana é um procedimento médico novo, com eficácia reconhecida para tratamento de depressão. Trata-se de procedimento realizado em consultório, sem a necessidade de internamento ou uso de anestésicos. Como vantagem, em relação a uso de medicamentos, apresenta poucos ou nenhum efeitos colaterais. Para maiores detalhes visite nossa página ou entre em contato por telefone ou Whatsapp.

Quais profissionais realizam Estimulação magnética transcraniana?

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.