COVID-19: Não desista de cuidar de sua saúde

Doctoralia

Com este especialista, você pode agendar:

Consulta online

Comece ou continue seu tratamento de uma forma segura e efetiva, sem sair de casa.

Consulta no local

Se precisar de um tratamento que exija uma consulta presencial com o especialista, não espere - agende uma consulta no local.

Consultórios (2)


Consulta Psiquiatra • R$ 500

Telemedicina (descrição) • R$ 500


Atende: adultos
(21) 96760.....

Método de pagamento: Cartão de Crédito, Cartão de Débito, Boleto, Depósito Bancário, Transferência Bancária

O pagamento para a consulta vai diretamente para o especialista, que também é responsável por determinar sua própria política de cancelamento e reembolso.

Em caso de qualquer problema com pagamento, contate o especialista.

Lembre-se de que a Doctoralia não cobra taxas adicionais pela marcação de uma consulta e não processa os pagamentos em nome do especialista.

Por favor, leia atentamente a política de cancelamento e reembolso.


30 minutos antes da consulta, você receberá SMS e e-mail com um link para a consulta online. Clique no link e aguarde o especialista. Você não precisa baixar nenhum software e poderá participar da consulta em vídeo no computador e no celular.


Prepare-se 10 minutos antes da consulta e verifique se o seu smartphone ou notebook está com a bateria carregada. Para uma videochamada, verifique se tudo funciona: conexão com a internet, câmera e microfone. Prepare também a documentação médica (como resultado de um exame) caso precise mostrar na consulta.


Rua Visconde de Pirajá, 414 sala 612, Ipanema, Rio de Janeiro
Consultório particular


Dinheiro, Cheque, Cartão de Crédito, + 2 mais

Experiência

Sobre mim

A psiquiatria conecta neurociência, fenomenologia e sociologia.Procuro compreender paciente em sua totalidade, seja onde a ciência e a medicina alcanç...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Neurociências
  • Déficit Cognitivo
  • Psiquiatria Adulto

Tratar condições médicas

  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia Paranóide
  • Transtorno Da Personalidade Paranóide
Mostrar mais doenças

Formação

  • Graduado em Medicina, UFRJ, 2011
  • Especialista em Psiquiatria, Associação Brasileira de Psiquiatria, 2014
  • Mestre em Neurociências, UFRJ, 2019


Idiomas

Português, Espanhol, Inglês, Francês

Serviços e preços

Serviços populares

Consulta Psiquiatria


Rua Visconde de Pirajá, 414 sala 612, Rio de Janeiro

R$ 500

Consultório particular

Outros serviços

Consulta Psiquiatra


R$ 500

Sena Telemedicina


Telemedicina


R$ 500

Sena Telemedicina

Atendimento por Whatsapp, Skype, Hangouts, Zoom ou Facetime.
Receitas, pedido de exames e de pareceres de outras especialidades serão enviados para o domicílio sem custo adicional.



Rua Visconde de Pirajá, 414 sala 612, Rio de Janeiro

R$ 500

Consultório particular

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
80 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
M
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Dr. Walter me escutou com atenção, explicou de forma clara e direta, não teve pressa em encerrar a consulta. Foi a primeira consulta, mas já gostei bastante.


J
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Psiquiatria

Dr.Walter foi muito atencioso e certeiro no seu diagnostico com meu filho. Antes dele já havia passado por vários. Fico tranquila em recomenda lo!


L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Dr. Walter é um excelente profissional. Competente e atencioso, tem cuidado muito bem do meu filho.


C
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Consulta Psiquiatra

Excelente conversa , educado objetivo e humano. Me passou bastante confiança . Cuidadoso com seus pacientes principalmente tratando-se de transtornos ansiosos ( meu caso ).Recomendo


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Muito atencioso e é muito bom e importante ter acompanhamento e suporte nesse momento em que não podemos sair de casa.


S
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Super paciente, dedicado, empático e profissionalíssimo. A consulta/entrevista virtual superou todas as minhas expectativas.


M
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Profissional de alto gabarito, interessado no bem estar dos pacientes e não mede esforços atendendo inclusive por vídeo conferência


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Sena Telemedicina Telemedicina

Ótimo profissional! Me ajudou muito a entender como eu posso fazer para controlar os meus problemas com ansiedade e medo.


L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Psiquiatria

Bom profissional. Escuta atenciosamente o paciente e se comunica pontual e precisamente. Apresenta soluções para os problemas apresentados


J
Paciente verificado
Local: Consultório particular Consulta Psiquiatria

Gostei muito da consulta com o Walter, achei bem cauteloso na recomendação da medicação. Procurou entender melhor meu problema, e para meu caso, recomendou um tratamento junto com psicólogo, ao invés de ficar tomando medicamento.


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

235 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Transtorno Obsesivo Compulsivo (TOC)

    Olá,Queria saber se realmente tenho TOC,mais os sintomas NÃO acontecem em todo momento.

    - Eu tenho pavor de germes ou de pensar em coisas assim.
    -Faço movimentos repetitivos,e palavras que se repetem também.
    -Pensamentos ruins,ou preocupação demais.
    -Muita Ansiedade também.
    -Necessidade de organizar.

    Prezado(a), a repetição de palavras e movimentos são sintomas relacionados também à síndrome de Tourette, que normalmente ocorre juntamente com o TOC.
    Não há tratamento específico para essa síndrome e apenas o reconhecimento de sua existência já traz grande alívio para alguns pacientes. Quanto aos demais sintomas, podem estar relacionados à personalidade obsessiva.
    Uma boa anamnese com um bom psiquaitra pode lhe ajudar a esclarecer outras dúvidas.
    Fique bem!

    Dr. Walter Sena

  • Pergunta sobre Ansiedade

    Prezado (a) doutor (a), boa tarde,

    fiz o tratamento de ansiedade com escitalopram e parei de tomar o médicamento, fiz o desmame conforme indicação médica.
    Estou tranquilo, sem ansiedade, porém estou tomando o remédio a cada cinco dias, uma única dose de 10mg, pois no quinto dia eu começo a sentir um pouco de vertigem. Essa vertigem se dá quando eu me levanto, é uma sensação estranha, parece que sinto a sinapse do meu cerebro se comunicando quando pisco os olhos. Já tem três semanas que me sinto assim e para essa sensação passar, eu tomo um comprimido do medicamento e no dia seguinte não sinto mais nada e continuo assim por mais cinco dias.

    Eu tento ficar mais dias sem o medicamento, porém, enquanto eu não tomo o mesmo essa sensação não vai embora.

    Questiono se devo parar o medicamento de uma vez ou continuar tomando um comprimido de 10mg a cada 5 dias?

    p.s Sem chance de eu consultar um médico no momento devido a pandemia e eu não tenho o o contato da psiquiatra que me atendeu.

    Desde já agradeço.

    Prezado(a) paciente. O fenômeno que você refere é chamado "brain zap" no inglês. Um tipo de sensação elétrica dentro da cabeça. Não se preocupe porque é normal com a descontinuação dessa medicação.
    Quebre o comprimido na metade e tome uma parte por dia. Quando faltarem apenas dois comprimidos, passe a tomar uma parte dia sim e dia não, até acabar. Você não sentirá nada.
    Fique bem!

    Dr. Walter Sena

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

A psiquiatria conecta neurociência, fenomenologia e sociologia.Procuro compreender paciente em sua totalidade, seja onde a ciência e a medicina alcanç...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Neurociências
  • Déficit Cognitivo
  • Psiquiatria Adulto

Tratar condições médicas

  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia Paranóide
  • Transtorno Da Personalidade Paranóide
Mostrar mais doenças

Formação

  • Graduado em Medicina, UFRJ, 2011
  • Especialista em Psiquiatria, Associação Brasileira de Psiquiatria, 2014
  • Mestre em Neurociências, UFRJ, 2019

Certificado Doctoralia


Certificados



Idiomas

Português, Espanhol, Inglês, Francês

Prêmios

  • Bolsa de Assistente de Pesquisa pelo CNPQ
  • Bolsa para Tutoria do Ministério da Saúde

Redes sociais


Artigos

Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Esse diagnóstico foi construido no final da segunda metade do século passado. Algo recente na história da medicina e psiquiatria. Muitas controvérsias existem em relação a ele. Algumas pessoas alegam a sua inexistência e uma tentativa de super medicar as crianças, enquanto outras apontam estudos científicos para sustentar a existência No entanto, mais do que discutir sobre a existência ou não, é importante entender que não há eficácia diagnóstica em nenhum transtorno psiquiátrico. Todos foram construídos por consenso em grupos de psiquiatras. Enfim, perceber-se com TDAH ou achar que algém tem TDAH indica a necessidade de uma avaliação neurocognitiva para entender o melhor tratamento.


Paralisia Do Sono

A paralisia do sono é um fenômeno muito mais comum do que o imaginado. Em certo grau todos temos, uma vez que é um mecanismo fisiológico do sono. Ou seja, quando pegamos no sono o cérebro envia um comando para que o corpo deixe de se movimentar. Caso isso não acontecesse atuaríamos os sonhos. Imagina sonhar que está jogando futebol e começar a chutar seu parceiro na cama. Enfim, isso não acontece por conta desse comando de bloqueio do cérebro. Em alguns casos esse comando de bloqueio dos movimentos do corpo pode continuar enquando já estamos despertos. É muito comum durante a paralisia observar seres ou pessoas no quarto, o que chamamos de alucinação hipnopômpica.


Transtorno bipolar

O transtorno bipolar é na realidade um dom. Imagina ter energia ilimitada e ser capaz de realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Por outro lado, assim como qualquer dom, requer auto-controle. Não havendo isso pode ser tornar auto-destrutivo. Energia demais pode levar a privação do sono, e qualquer um que não durma fica sujeito a perder o juízo de realidade, mesmo que temporariamente. Enquanto realizar tarefas demais pode impedir o alcance de um foco, dispersando a atenção e levando a improdutividade. As medicações são fundamentais, principalmente nos momentos de crise, mas não são nada sem o devido acompanhamento psicológico.


Demência

Todos vamos demenciar algum dia. Talvez seja a melhor forma de se despedir daqui, sem dor e sem sofriemento. Com o avanço da medicina passamos a viver muitos mais anos. Poucas décadas atrás morria-se por tuberculose, gripe e uma séria de doenças que hoje curamos. Vemos uma redução nas mortes por eventos cardio-vasculares e até mesmo oncológicos. Resta-nos a neurodegeneração, ou seja, o processo biológico que leva à demência. Em função disso as dinâmicas familiares mudaram drasticamente, e os filhos passaram a ser "pais" dos próprios pais. Assim como as crianças, os idosos dão trabalho. Um grande problema tem sido a super medicalização deles, enquanto pouco se faz pela prevenção.


Esquizofrenia

Não existe qualquer teoria bem fundamentada sobre a esquizofrenia. É mais sensato falar em esquizofrenias, no plural, uma vez que é um grupo extremamente heterogêneo. E é por isso que atualmente falamos em "transtorno do espectro da esquizofrenia', ou seja, uma série de síndromes diferentes que podem se parecer em alguns aspectos. Vale destacar também que o treinamento cognitvo é um fator determinante para o bem estar psicossocial. Treinamento cognitivo não tem nada a ver com terapia cognitiva. O treinamento aprimora a atenção, a memória, concentração, envolvimento social, e por fim permite ao sujeito ser protagonista de sua própria vida.


Transtorno da personalidade borderline

O transtorno de personalidade borderline é mais um diagnóstico da moda. Ainda não é possível entender o que levou ao importante aumento da prevalência desse transtorno nos útlimos anos, mas fato é que muitas pessoas, principalmente adolescentes e adultas jovens, estão apresentantdo sintomas de intensa instabilidade emocional, incluindo ataques de irritabilidade, angústia existencial e desejo de sumir ou se machucar. O cuidado é delicado, uma vez que há confusão com depressão, e por isso, na maioria das vezes, recebem prescrição de antidepressivos. No entanto, essas medicações costumam aumentar a impulsividade, podendo piorar a irritabilidade e o descontrole emocional.

Veja todos os artigos

Publicações

Publicações (1)

Pesquisas relacionadas