Diana Galvão Ventura, Infectologista Niterói

Dra. Diana Galvão Ventura

Salvar

Infectologista mais

Número de registro: 52724726 / RQE 27390
52 opiniões

Salvar

Tempo estimado de resposta:

Consultórios (3)

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Atende: adultos
Não adicionou informações sobre seus serviços

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Atende: adultos

Consulta Infectologista

Av. Sete de Setembro, 317, 11º andar sala 1.102, Icaraí, Niterói
Consultório particular

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Atende: adultos
Transferência Bancária, Cartão de Débito, Dinheiro
(21) 97560..... Mostrar número


Experiência

Sobre mim

Olá! Sou formada há 19 anos e, há 17 anos, concluí minha Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Hospital Universitário Pedro Ernes...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Infectologia clínica
  • HIV
  • Infecções Sexualmente Transmissíveis
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis
  • Toxoplasmose
  • HIV e AIDS
Mostrar mais doenças

Formação

  • Infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, FIOCRUZ (desde 2006)
  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense, Hospital Universitário Antonio Pedro (1996-2002)
  • Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ (2002-2004)
Veja mais


Vídeos


Idiomas

Português, Inglês

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços populares


Av. Sete de Setembro, 317, 11º andar sala 1.102, Niterói

R$ 300

Consultório particular



Av. Sete de Setembro, 317, 11º andar sala 1.102, Niterói

R$ 300

Consultório particular

Outros serviços


Rio de Janeiro



Av. Sete de Setembro, 317, 11º andar sala 1.102, Niterói

R$ 300

Consultório particular

5

Classificação geral
52 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Retorno de consultas Infectologia

O importante no profissional é o conhecimento e a competência nas suas atribuições. Outrossim, a tomada de decisão na escolha do medicamento ideal configura sabedoria na profissão. São características no perfil da Dra. Diana. Super satisfeito com o atendimento.


P
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Diagnóstico e tratamento doenças bacterianas

Muito atenciosa e prestativa. Clara e humana ao explicar o diagnóstico. Pro ativa na indicação do melhor tratamento. Super recomendo. Por mais profissionais assim!


L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Infectologia

Uma médica excelente e muito atenciosa ! Esclareceu minhas dúvidas e me tranquilizou pois agora sei que terei uma especialista no tratamento.


F
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Infectologia

Foi muita sorte ter sido indicado para consulta com a Dra. Diana. Foi muito gentil e competente, me tranquilizou e me examinou de maneira impecável. Excelente profissional!


A
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Infectologia

Muito atenciosa, me esclareceu. Todas as minhas duvidas me sinto mais tranquilo
Exelente profissional


M
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Infectologia

Muito atenciosa e interessada em ajudar. Medica com experiência na área de infectologia. Excelente médica!


L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: outro lugar Outro

Uma consulta esclarecedora, adorei conhecer a Dra muito atenciosa e qualificada, vasto conhecimento, muito agradecida


A
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: outro lugar Outro

Ótimo atendimento, muito atenciosa, tirou todas as minhas dúvidas e me acalmou quanto à minha condição


G
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Infectologia

Me senti muito acolhida pela Dra. Diana. Sou grata por ter recebido o atendimento que recebi, incluindo ter sido acolhida nas minhas demandas de esclarecimento acerca da transmissão de doenças por meio do contato sexual. Pude receber esclarecimentos que nenhum(a) ginecologista me deu até hoje. Faço está colocação em especial porque sou homossexual e não é sempre que encontro o acolhimento que encontrei na consulta com a Dra. Diana. Minha gratidão por ter me feito sentir cuidada.


J
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Retorno de consultas Infectologia

Meu tratamento deu super certo ,pode ir sem erro mas faça tudo certo ,atendimento top ,excelente doutora!

Dra. Diana Galvão Ventura

Querida, muito obrigada!!! Essa parceria é muito boa e o carinho de vocês é muito importante!! Tudo de bom!!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

361 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Esporotricose

Meu gatinho está com Esporotricose na fase cutânea. O simples fato de eu acariciar ele me coloca em risco de contágio? Sempre que faço um carinho nele, lavo bem as mãos com água e sabão e utilizo álcool em gel. Também sou eu que estou administrando a medicação, sempre fazendo o mesmo procedimento.

Olá!! O contato físico com seu gatinho pode sim levar à transmissão da esporotricose em você, mesmo com todos os cuidados. O ideal é que vc use luvas ao pegá-lo e quando for dar a medicação. Muitas vezes devido à dor das feridas, eles ficam mais ariscos e acabam mordendo seus proprietários...além disso, muitas vezes eles também têm uma rinite provocada pelo fungo e o contato com essa secreção pode acarretar transmissão.
Att.

Dra. Diana Galvão Ventura

Pergunta sobre Herpes zoster

É possível o herpes zoster só se manifestar internamente nas pernas sem que seja visível na pele ?

Olá! Então, o vírus que causa o Herpes-Zoster fica alojado nos nervos periféricos e pode causar dor e dormência no local (ex, membros). Mas o padrão mais comum é que estes sintomas precedam o aparecimento das lesões.
Att.

Dra. Diana Galvão Ventura

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Olá! Sou formada há 19 anos e, há 17 anos, concluí minha Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Hospital Universitário Pedro Ernes...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Infectologia clínica
  • HIV
  • Infecções Sexualmente Transmissíveis
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis
  • Toxoplasmose
  • HIV e AIDS
Mostrar mais doenças

Formação

  • Infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, FIOCRUZ (desde 2006)
  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense, Hospital Universitário Antonio Pedro (1996-2002)
  • Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias no Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ (2002-2004)
Veja mais

Certificado Doctoralia


Experiências Profissionais

  • Pós-Graduação lato senso- Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias, Universidade do Estado do Rio de Jan11r1(2002-2004)
  • Pós-Graduação stricto senso - Mestrado em Microbiologia Médica Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2005 -2007)
  • Emergencista na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Fonseca, Niterói/RJ (2011- 2013)
Veja mais



Vídeos


Idiomas

Português, Inglês

Redes sociais


Artigos

Chikungunya

A Chikungunya é uma virose transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e se caracteriza por um quadro febril agudo com intenso comprometimento articular, que pode ser incapacitante. Sua principal complicação é o prolongamento dos sintomas articulares, por semanas, meses ou até anos, evoluindo para uma fase crônica que pode ser bastante dolorosa e limitante. Na fase aguda, está contra-indicado o uso de anti-inflamatórios e medicamentos à base de ácido acetilsalicílico devido ao risco de complicações hemorrágicas. Recomenda-se analgésicos, como dipirona e paracetamol. Na fase crônica, anti-inflamatórios e corticoesteróides podem ser utilizados sob orientação do infectologista ou reumatologista.


Toxoplasmose

Toxoplasmose é uma doença aguda causada por um parasita, o T. gondii. A transmissão ocorre pela ingestão de alimentos contaminados com as formas infectantes (cistos), como por exemplo carne mal cozida, água ou frutas e verduras mal higienizados. Pode haver também transmissão através do contato com fezes de gatos infectados. Na grande maioria dos casos, a toxoplasmose se passa despercebida ao paciente, sé sendo identificada através de exame de sangue (sorologia). Em alguns casos, pode ocorrer quadro clínico leve, com febre baixa, dor de garganta, aumento de gânglios no pescoço e prostração. Em gestantes, deve ser sempre tratada devido ao risco de mal-formações fetais.


Febre Amarela

Febre Amarela constitui hoje uma ameaça em nossa socieade devido ao risco de epidemia urbana. Com a vacinação ampliada a grande parte do território nacional, esse risco está sendo aos poucos dissipado. É uma doença viral aguda, uma arbovirose, parecida com a dengue. No meio urbano, é transmitida pelo A. aegypti, no ambiente silvestre, é transmitida por outros mosquitos. Devemos nos prevenir usando repelentes durante os meses de verão e tomando a vacina para febre amarela, desde que não haja contra-indicação. Lembrando que gravidez é uma contra-indicação.


Febre Hemorrágica Da Dengue

A Dengue é uma arbovirose (virose transmitida por mosquitos) que necessita de muita atenção da equipe de saúde ou do médico que faz o acompanhamento, pois trata-se de uma doença potencialmente grave, com risco de morte caso não seja bem conduzida. O diagnóstico confirmatório é feito com sorologia ou PCR, mas na prática fazemos o hemograma para presumir o diagnóstico e começar a adotar as medidas terapêuticas.O tratamento é baseado na hidratação precoce e cuidados de suporte clínico, como repouso e medicações para dor e febre. É muito importante na suspeita de dengue procurar imediatamente atendimento médico porque quanto antes se iniciar a hidratação, menores são as chances de complicações.


Tuberculose Pulmonar

Tuberculose é uma doença infecto-contagiosa transmitida pela inalação de partículas aéreas, que são eliminadas pelo doente através da tosse, espirro ou fala, contendo o bacilo M. tuberculosis. A maioria dos casos ocorre nos pulmões ou pleura, mas ela pode se dar em qualquer órgão ou tecido do corpo. Em pacientes com a imunidade deficiente (ex. HIV, transplantados, idosos, crianças pequenas, usuários de medicamentos imunossupressores) ela pode ser bastante grave, se disseminando pelo organismo, com alta letalidade. Em indivíduos com boa imunidade, a tuberculose geralmente se restringe aos pulmões, evoluindo para cura, se adequadamente tratada. O tratamento tem duração mínima de 6 meses.


Pneumonia

Pneumonia bacteriana é uma infecção muito séria, que deve ser devidamente tratada com antibióticos. Ela geralmente ocorre após uma virose respiratória, como gripe ou sinusite, mas nem sempre isso acontece. Existem alguns fatores de risco para pneumonia, tais como tabagismo, asma, diabetes, HIV, idade avançada, porém, esta infecção pode ocorrer em pessoas sem nenhum destes fatores. Os sintomas costumam incluir tosse, geralmente com secreção, dor torácica, prostração, febre com ou sem calafrios, dor no corpo e pode haver falta de ar. O diagnóstico é feito com exame clínico e radiografia de tórax.

Veja todos os artigos

Pesquisas relacionadas