Fernanda Elisa Aymoré Ladaga

Salvar

Psicóloga mais

Número de registro: CRP PR 18535

Salvar


Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços em destaque


Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga

Outros serviços


Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

R$ 350

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga



Online, Maringá

Psicóloga Fernanda Ladaga

Opiniões em breve

Envie a primeira opinião

Você já passou por consulta com Fernanda Elisa Aymoré Ladaga? Conte aqui como foi. Outros pacientes vão te agradecer por ajudá-los a escolher o melhor especialista.

Enviar opinião

Dúvidas respondidas

2 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Ansiedade

Tenho ansiedade e ultimamente tou sentindo falta de ar 24 horas por dia uma sensação horrível até msm quando não tou pensando em nada de ruim
O que eu posso fazer pra tentar acabar com essa falta de ar constante?

Olá! Bom, vou tentar te responder... A ansiedade é algo natural do nosso organismo. No entanto, quando ela ultrapassa o limiar da função que ela exerce que é, muitas vezes, de alerta para o corpo, ela acaba trazendo prejuízos para a pessoa. Antes de tudo, encontre o quanto antes profissionais (Psicólogo; Psiquiatra) para te auxiliarem neste período que você está vivendo. Esse estado que você se encontra, pode ter sido "ligado" pelo seu sistema de proteção (que todos nós temos), que você está em perigo. Digamos, que algo externo ou interno (traumas, lembranças ruins, situações, etc..), aciona seu sistema psicofisiológico de luta, fuga ou congelamento. Acionado esse sistema, há diversas mudanças no nosso corpo para que ele reaja de forma protetiva, te resguardando. Tente fazer respirações controladas por várias vezes ao dia. Respira contando até quatro e solta o ar contando até quatro, mas lentamente. Outra opção é realizar práticas de mindfullness. Respirar conscientemente, poderá te ajudar a ir "desligando" esse modo de alerta de perigo que seu corpo tem mantido "ligado direto". Essas são algumas ferramentas que poderão te AUXILIAR, mas não SOLUCIONA sua queixa. Lembre-se, reafirmo aqui, nada disso que te falei, descarta a necessidade de você procurar um psicólogo e/ou psiquiatra para ter uma avaliação e acompanhamento com um profissional habilitado. Isso sim que irá te ajudar.

 Fernanda Elisa Aymoré Ladaga

Estava passando por um momento de stress no trabalho, com cobranças excessivas e prazo curto para realizar as tarefas. Sentindo muita pressão e, numa noite, quando fui tentar dormir, comecei a sentir espasmos e contrações muito fortes no tronco, tremendo o corpo todo. O corpo ficava pulando na cama sem que eu tivesse controle, gerando muita apreensão e medo de morrer. A pressão chegou a subir e fui para o pronto socorro. Fui atendido e fiz diversos exames de sangue, mapa e holter. Os resultados foram todos normais, com alteração apenas na glicemia, que já estou tomando medicamentos. O fato é que após, duas semanas que senti os espasmos, eles continuam sempre que deito pra dormir e, de maneira cada vez mais forte e repetidos. Será que são crises de ansiedade/stress? Como acabar com essa situação, já que já fico até com medo de ir pra cama tentar descansar.

Olá, entendo sua preocupação com os sintomas que está enfrentando. Com base no que você descreveu, é possível que esses espasmos sejam uma resposta ao estresse e à pressão que está enfrentando no trabalho. A terapia EMDR pode ser uma opção útil para processar essas experiências estressantes e reduzir a intensidade das respostas físicas que está experimentando. Francine Shapiro, a criadora do EMDR, enfatiza a interconexão entre experiências traumáticas e o corpo. Ela sugere que a terapia EMDR pode ajudar a processar e diminuir as respostas corporais intensas associadas a eventos estressantes ou traumáticos.
Além disso, práticas de gerenciamento de estresse, como exercícios de respiração e técnicas de relaxamento, podem ajudar a aliviar a tensão e a ansiedade. Certifique-se de criar um ambiente tranquilo antes de dormir para facilitar o descanso. Lembre-se de que buscar apoio profissional qualificado é essencial para lidar com essa situação. Um terapeuta EMDR pode ajudá-lo a explorar esses sintomas mais a fundo e desenvolver estratégias eficazes para gerenciar o estresse e a ansiedade, promovendo assim um bem-estar físico e emocional mais equilibrado. Fico à disposição.

 Fernanda Elisa Aymoré Ladaga

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Formada há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Maringá
Mestrado em Psicologia na UEM
Terapia Familiar Sistêmica
Formaçã...

Mostrar a descrição completa


Perguntas frequentes

Pesquisas relacionadas