Tamoxifeno - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Uso de Tamoxifeno

Indicações de Tamoxifeno
Tratamento paliativo do câncer avançado de mama.


Contra-Indicações de Tamoxifeno
Gravidez; hipersensibilidade conhecida ao tamoxifeno.


Precauções especiais

Como Usar (Posologia)
Iniciar o tratamento com 1 comprimido de 10 mg ou 20 mg, 2 vezes ao dia. A resposta ao tratamento é geralmente obtida somente após um período de 2-3 meses. O tratamento deve ser continuado até a obtenção de uma resposta positiva. - Superdosagem: no caso de superdosagem acidental, as reações de toxicidade são semelhantes às já relatadas acima em Reações adversas. O tratamento é puramente sintomático.


Laboratório
Pharmacia & Upjohn Ltda.
Remédios da mesma Classe Terapêutica Aredia, Blenoxane, Cisplatina (genérico), Cisplatyl, Citostal
Remédios que contém o mesmo Princípio Ativo Bioxifeno, Tamoxifen, Tecnotax


Precauções
Tamoxifeno deve ser usado cautelosamente em pacientes com leucopenia e trombocitopenia preexistentes. Apesar de observações ocasionais de leucopenia e trombocitopenia durante o tratamento com Tamoxifeno, não há certeza de que tais efeitos sejam devidos à droga. Há relatos eventuais de diminuição transitória da contagem de plaquetas (com taxas de 50.000-100.000/mm3, raramente menos) em pacientes com câncer de mama sob tratamento com Tamoxifeno. Não foi registrada qualquer tendência à hemorragia, retornando ao normal à taxa de plaquetas, mesmo com a continuação do tratamento. Recomenda-se a realização de hemograma completo, periodicamente, durante o tratamento. Mulheres na pré-menopausa devem ser cuidadosamente examinadas antes do tratamento, a fim de excluir a possibilidade de gravidez. Lactação: não se sabe se a droga é excretada no leite humano. Por causa de possíveis reações adversas graves nos lactentes alimentados ao seio, deverá ser decidido ou pela suspensão da amamentação ou pela descontinuação da droga, levando-se em conta a importância do tratamento para a mãe.


Efeitos adversos e efeitos colaterais

Efeitos Colaterais de Tamoxifeno
As mais freqüentes são as ondas de calor, náusea e vômitos, que podem ocorrer em até um quarto das pacientes, não sendo, no entanto, bastante graves para justificar a interrupção do tratamento. Menos freqüentes são as hemorragias ou corrimentos vaginais, as irregularidades menstruais e as erupções cutâneas. Geralmente, esses efeitos não são suficientemente graves para requerer redução ou descontinuação do tratamento. Certa proporção de pacientes na pré-menopausa, que receberam Tamoxifeno para tratamento de câncer de mama, tiveram a menstruação suprimida; policistose ovariana funcional foi observada, ainda que raramente, quando tais pacientes foram tratadas com doses de 40 mg, 2 vezes ao dia, durante curtos períodos de tempo. Foi relatado em pequeno número de pacientes com metástases ósseas, o desenvolvimento de hipercalcemia no início do tratamento. Aumento da dor óssea ou no tumor e ainda rubor e calor no local da doença, também foram relatados. Algumas vezes, estes efeitos estão associados a uma boa resposta ao tratamento. As pacientes com dor óssea ou no tumor podem necessitar de analgésicos adicionais. As que são portadoras de doenças dos tecidos moles podem apresentar um aumento súbito no tamanho das lesões preexistentes, algumas vezes associado a eritema importante na área vizinha às lesões e/ou desenvolvimento de novas lesões. Quando isso ocorre, a dor óssea ou os sinais de flogose são de curta duração, desaparecendo rapidamente. Outras reações adversas raramente observadas são: hipercalcemia, edema periférico, aversão a alimentos, prurido vulvar, depressão, tontura, sensação de desmaio e cefaléia. Alterações córneas e maculares, que resultaram em visão turva, foram descritas em pequeno número de casos tratados ininterruptamente durante 17 meses com doses 12 a 16 vezes superiores à recomendada para o tratamento inicial. No caso de reações graves, muitas vezes é possível controlá-las com simples redução da dose sem prejuízo do controle da doença.


Perguntas sobre Tamoxifeno

Nossos especialistas responderam a 142 perguntas sobre Tamoxifeno

Dra. Patricia Moretto
Dra. Patricia Moretto
Oncologista, Internista
Porto Alegre
Olá. Como não é muito comum ter diarréia com o tamoxifeno (sim, está na bula que menos de 10% dos pacientes podem ter diarréia), primeiro de deve excluir outras causas antes de atribuir a diarréia…
1 respostas

OLá!
O tamoxifeno pode aumentar discretamente as chances de trombose em membros inferiores (pernas e pés). Trata-se de um evento incomum, mas está descrito na bula do medicamento.
1 respostas

Olá!
Em geral, o tamoxifeno é um tratamento bem tolerado e que causa poucos sintomas (geralmente sintomas de leve intensidade).

Portanto, a interrupção do uso também não causa…
1 respostas

Quais profissionais prescrevem Tamoxifeno?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.