A uma semana venho tendo espasmos nós músculos da perna e dos braços (por vezes nas costas e rosto).

22 respostas
A uma semana venho tendo espasmos nós músculos da perna e dos braços (por vezes nas costas e rosto). Acontecem também quando estou quase pegando no sono (uma espécie de ponta pé) que me acorda e gera insônia. Passei por uma situação estressante esses dias, pode ser isso? Devo me preocupar?
Boa tarde. Embora pareça com uma crise de ansiedade (sim elas podem produzir esses sintomas) sugiro que procure um atendimento ambulatorial e consulte um neuro. Imagino que ele, a depender da frequência e intensidade, irá recomendar um psiquiatra e ou acompanhamento psicológico.
Convidamo-lo para uma consulta: Primeira consulta psicanálise - R$ 150
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
É sempre importante "ouvirmos" os sinais do nosso corpo. Se você está notando esses espasmos e associando ao estresse, muito provavelmente eles são efeitos do seu cotidiano e estão afetando sua saúde (sono). Vale consultar um médico (neurologista, clínico geral) e, se possível, um psicólogo para lidar com a questão do estresse. Estou à disposição.
Muito provavelmente seus espasmos tem relação com a situação estressante. Contrações musculares são uma via alternativa de descarga do estresse (quando a agressividade gerada pelo estresse não pode ser descarregada por outras vias, ela é descarregada como força motriz no tecido muscular). Apesar dessa hipótese, por precaução, seria interessante consultar também a opinião de um médico.
Espero ter ajudado a elucidar a situação e fico à disposição. Um grande abraço!
Existe uma síndrome chamada , síndrome das pernas inquietas , que possui certa similaridade com os sintomas descritos , como tem um caráter neurológico , seria muito interessante consultar um neurologista , para descartarmos estes sintomas , tb diminuir o uso de cafeína e outros estimulantes , pode ajudar em diminuir os efeitos e melhorar a qualidade do sono , mas mesmo assim é com um profissional neurologista que vc pode entender o que está ocorrendo . Um psicólogo tb pode lhe ajudar com o manejo do estresse e ansiedade , o que tb vai melhorar na qualidade do sono e ajudar com insônia ! Espero ter ajudado, um grande abraço!
Olá! É possível que você não tenha processado este acontecimento o qual se refere, então uma das respostas que podem estar relacionadas a este e mesmo outros eventos da mesma natureza são esses que você descreve. A combinação “EMDR e Dor” provavelmente te beneficiará. Tudo de melhor!
Olá! Situações de muito estresse geram tensão no corpo que muitas vezes descarrega essa energia em forma de espasmos e/ou tremores. Outra causa de sintomas assim pode ser a ansiedade que anda juntinha com o estresse elevado. Com poucas informações é difícil entender bem o que está acontecendo com você. Como meus colegas apontaram, seria importante que você procurasse uma médica(o) para entender melhor seus sintomas, as causas e as possibilidades de tratamento. E para além da consulta médica, a psicoterapia vai te ajudar muito, uma vez que você poderá trabalhar o seu estresse nas sessões podendo criar maneiras de lidar com ele sem que isso impacte tanto na sua saúde física e emocional, assim como na qualidade do seu sono.
Estou à disposição caso queira agendar uma conversa.
Espero que você fique bem, um forte abraço,
Taíla Castro.
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.
Fatores estressores de alta intensidade pode causar diversos sintomas de ansiedade e o físico demonstra com estes tipos de respostas. Sem dúvida é fundamental buscar um clínico geral e fazer uma bateria de exames como hemograma completo para identificar as alterações como no colesterol alto, triglicérides e mesmo diabetes. Neurológico para se verificar início de doenças.
A Psicoterapia Cognitivo Comportamental é uma das abordagens que pode lhe ajudar..
Espasmos involuntários podem sim estar relacionados à situações de estresse ou alta carga emocional que não foram devidamente processadas. A ansiedade pode vir na hora de dormir também. É importante buscar uma psicoterapia para entender melhor esse acontecimento e averiguar a necessidade de profissionais médicos também!
Olá, importante ficar atento aos sintomas. Procure um profissional de psicologia.
Olá
Importante ver um médico para averiguar teus sintomas.
Olá! Interessante que você já correlacionou a situação estressante pela qual passou aos sintomas físicos que vem apresentando. Sim, pode sim estar relacionado ao estresse. Mas é importante você consultar um médico e um profissional da psicologia clínica. Fazer psicoterapia te ajudará a lidar com fatores estressantes.
Olá, você fez a ligação sobre o estresse que passou e a dor na hora de dormir, pode ser ansiedade, o importante é procurar um psicólogo caso se sinta em sofrimento, pois podemos somatizar. Cuide-se
Olá! O estresse e a ansiedade podem gerar esse sintoma relatado. Porém, para ficar mais tranquilo procure um médico para avaliar. Busque alternativas para aliviar o estresse e ansiedade como atividade física, meditação. A terapia também fornece variadas ferramentas. Procure ajuda!
Olá!
Os sintomas relatados pode ser em consequência do "estresse", sugiro que faça uma consulta com neurologista para descartar qualquer outra possibilidade e busque profissional da psicologia para te ajudar a lidar com situações estressantes.
Movimentos involuntários musculares são comuns em casos de ansiedade, estresse e até mesmo cansaço físico.Entretanto, existem outras condições médicas que isso também acontece tais como: problemas de circulação, deficiência por nutrientes específicos, entre outras. De qualquer forma é recomendável que você procure um médico para uma avaliação mais adequada.Caso seja confirmado que sua queixa tem origem psicogênica, você pode procurar auxílio de um profissional psicólogo. Espero ter ajudado!
Em primeiro lugar, marque uma consulta com um médico clínico geral.
Após isso ele orientará você da forma adequada para procurar outros especialistas (se necessário), assim como você poderá pedir encaminhamento para um Psicólogo ou marcar uma consulta diretamente.
Você pergunta se deve se preocupar. Eu digo que você deve procurar um profissional da saúde para fazer uma avaliação e te orientar.
Importante buscar ajuda sim , ser ouvido por um psicólogo psicanalista , pra buscar a relação entre o evento estressante , o sentido que está sendo dado , com o intuito de ressignificar tudo isso . Estou a disposição .
Situações de estresse podem gerar esses sintomas. Mas seria interessante uma consulta médica. E uma ajuda psicológica.
Olá! O seu corpo está pedindo uma atenção especial, apesar dos sinais e sintomas que você descreve sugerirem uma crise de ansiedade podendo estar relacionado a esses eventos que você cita. Porém é importante você procurar uma avaliação médica para descartar alguma coisa neurológica e se beneficiar dos benefícios da Teoria Cognitiva Comportamental. Fico a disposição.
Ansiedade, agitação , tensão, expasmos podem ocorrer. Investigue com o médico também sobre síndrome das pernas inquietas associado a está ansiedade e agitação!
Boa tarde! Do ponto de vista da psicossomática (desordens psíquicas que afetam o corpo) pode ser sim o estresse ou outras origens que estão desencadeando esses sintomas. Quando estamos com muitas tensão interna (conflitos, sentimentos ligados a medos, culpas, traumas, etc.) ocorre um acumulo que o próprio sistema encontra formas de descarregar essa energia e pode ser no corpo que aparecem como sintomas de espasmos, formigamento, paralisia e etc. Seria importante você buscar ajuda profissional. Um abraço!

Não conseguiu encontrar a resposta que procurava? Faça outra pergunta!

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.