Fiz uma sutura na trompa direita, que tinha hidrosalpinge, a esquerda tem aderência, posso recorrer a uma FIV?
Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Esclareça todas as suas dúvidas.
Se você tem uma hidrossalpinge detectada ao ultrassom, o líquido da hidrossalpinge pode refluir para dentro do útero e dificultar a implantação do bebê no útero.
Antes de fazer a FIV, a recomendação é retirar a trompa para que ela não interfira negativamente nos resultados da reprodução assistida.
Os procedimentos cirúrgicos sobre a trompa dilatada não significa que isso irá aumentar a sua chance de uma gravidez espontânea. Mesmo que a trompa fique desobstruida ela não pode funcionar adequadamente.
Qual a causa das lesões da sua trompa? Você tem endometriose ou doença inflamatória pélvica? O tratamento dessas patologias podem ser importantes antes de você fazer a FIV.
Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento.

Boa tarde!
Seu caso é mesmo de indicação de FIV.
No entanto, é preciso reavaliar suas tubas. Se ainda há hidrossalpinge, elas precisam ser retiradas.
A hidrossalpinge reduz as chances de sucesso na FIV em mais de 50%.

Boa sorte!

Especialistas em Fertilização in vitro e Inseminação intra uterina

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 64 perguntas sobre Fertilização in vitro e Inseminação intra uterina

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.