Fui diagnosticada há alguns meses. tenho 39 anos e estou muito triste. iniciei corticoide associado com outros medicamentos. tenho dor na relação sexual, o que já está me afetando psicologicamente. iniciei o tratamento faz um mês só queria mais orientação.
Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Agende a sua consulta e esclareça suas dúvidas.
A sua avaliação clínica através da história clínica, suas queixas e exame físico é fundamental para o diagnóstico e tratamento corretos.
O líquen esclero-atrófico é uma doença crônica. Não tem cura mas controle. O tratamento tópico com corticoides de alta potência ajuda neste controle. Raramente os procedimentos cirúrgicos são necessários.
A laserterapia é um tratamento promissor apesar de não existirem evidências científicas.
Procure um atendimento psicológico.
O seu companheiro deverá entender o seu problema de saúde e lhe apoiar no tratamento. Leve-o nas consultas para esclarecer dúvidas.
Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu diagnóstico e tratamento corretos.

Especialistas em Líquen Escleroso Vulvar

Flavio Zucchi

Flavio Zucchi

Ginecologista

São Paulo

Iracema Maria Ribeiro da Fonseca

Iracema Maria Ribeiro da Fonseca

Ginecologista

Belo Horizonte

Eliana Viana Monteiro Zucchi

Eliana Viana Monteiro Zucchi

Ginecologista

São Paulo

Marcela Aguiar Reis

Marcela Aguiar Reis

Ginecologista

Teresina

Flavia Santos Henriques

Flavia Santos Henriques

Ginecologista

Joinville

Silvana Maria Silva Fernandes

Silvana Maria Silva Fernandes

Médico acupunturista, Ginecologista

São Paulo

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 80 perguntas sobre Líquen Escleroso Vulvar

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.