Há 6 meses atrás,fraturei a ulna e o rádio,logo após a recuperação fui diagnosticada com a DSR.

2 respostas
Há 6 meses atrás,fraturei a ulna e o rádio,logo após a recuperação fui diagnosticada com a DSR. Faço uso frequente de amitripitilina, além das fisioterapias,mas ate hoje não tenho movimento no braço e antebraço,também nos dedos das mãos e punho. Será que consigo recuperar os movimentos que perdi?
Distrofia simpática reflexa conhecida pela associação Internacional da dor em dois tipos:
1- dor precipitada por um evento nocivo que não está limitado a um simples nervo periférico.
2- dor causada por lesão parcial completa a um nervo ou a uma de suas ramificações principais.
No primeiro caso a dor é uma reação anormal do sistema simpático. A rigidez é o fator crescente. É causado pela fibrose aumentada nas estruturas ligamentares e a formação de aderências em torno dos tendões. Dividido em 3 fases:
Fase inflamatória aguda podendo durar de 10 dias a 2 ou 3 meses. Membro afetado quente e seco. Dor difusa, grave , ardente e latejante.
Fase de instabilidade vasomotora que dura de 3 a 6 meses. Aparenta palidez. Dor mais grave. Movimento limitado, desgaste muscular, articular e podendo ocorrer contratura.
Fase final fria Dano irreversível aos músculos e articulações. Dor diminui. A pele é fria , lustrosa e cianotica.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Depende da fase de DSR que você se encontra, se possui atrofias e/ou contraturas instaladas, você terá melhora mas não amplitude de movimento normal. É importante que continue realizando fisioterapia, para que não evolua para fase III de DSR,
A fase III se caracteriza por dor menos intensa, diminuição da temperatura da pele, cianose (pele arroxeada) e palidez do membro afetado, atrofia de pele e músculos, rigidez e contratura articular, aumento ou redução sudorese, desmineralização óssea, diminuição da força e perda muscular do membro acometido. Mas quem irá diagnosticar é o médico que a acompanha,
Caso não se enquadre nesta fase tem um bom prognóstico para sua recuperação.

Especialistas

Lígia Mancine Freire

Lígia Mancine Freire

Fisioterapeuta

Jaú

Flavia Kuhn

Flavia Kuhn

Especialista em medicina física e reabilitação

São Paulo

Caio Rondon

Caio Rondon

Especialista em medicina física e reabilitação, Especialista em dor

Campo Grande

Sarah Ribeiro Issy

Sarah Ribeiro Issy

Especialista em medicina física e reabilitação

Goiânia

Alexandre Faro

Alexandre Faro

Especialista em medicina física e reabilitação

Aracaju

Isolda Ferreira de Araújo

Isolda Ferreira de Araújo

Especialista em medicina física e reabilitação, Médico acupunturista, Especialista em dor

São Paulo

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 59 perguntas sobre Distrofia Simpática Reflexa

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.