Melasma tem cura? Me disseram que não tem, e quando usa o ácido que os dermatologistas recomendam, depois as manchas voltam pior, é verdade?
Dra. Gabriele Almeida
Dra. Gabriele Almeida
Especialista em medicina estética
Rio de Janeiro
Melasma não tem cura, infelizmente! Mas conseguimos melhorar e até torná-las imperceptíveis. Porém por ser multifatorial ( atuação solar, da luz visível, hormonal) ele pode reaparecer se os cuidados devidos não forem tomados sempre.
Os tratamentos prescritos por deematologistas, não pioram o melasma, muito pelo contrário.

Melasma não tem cura, mas tem controle. Na verdade, a piora pode ocorrer quando o paciente inicia tratamentos com ácidos despigmentantes, que podem tornar a pele mais sensível, mas esquece de ser bastante rigoroso com o uso diário e a reaplicação do protetor solar.

Melasma é um problema crônico, ou seja, sempre há a tendência de voltar mesmo após um tratamento bem sucedido. Bastam por exemplo, 10 minutos de exposição solar direta no rosto sem filtro solar para as manchas poderem voltar. Além do tratamento domiciliar de filtro com base e cremes clareadores, podem ser feitos tratamentos em consultório com dermatologista, de peelings ou lasers específicos como Nd:Yag.

Especialistas em Melasma

Vivian Bisotto

Vivian Bisotto

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Porto Alegre

Ana Cláudia Nobre

Ana Cláudia Nobre

Dermatologista

Natal

Nayara Castanheira Souza

Nayara Castanheira Souza

Dermatologista

Cianorte

Carolina Miranda

Carolina Miranda

Dermatologista

Resende

Joana Mendes Bretas

Joana Mendes Bretas

Dermatologista

Belo Horizonte

Lia Natália Diehl Dallazem

Lia Natália Diehl Dallazem

Dermatologista

Toledo

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 57 perguntas sobre Melasma

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.