Ola! Fiz uma cirurgia para retirada de um meningioma( tumor benigno) a 9 meses.Estou fazendo uso de depakene a mais de um ano.Fiz duas ressonâncias e os médicos disseram que não tem mais tumor. Mas à alguns dias atrás voltei a ter convulsões parciais. O que pode ser a causa?
 Franz Onishi
Franz Onishi
Neurocirurgião
São Paulo
As convulsões denotam alguma agressão cerebral, não quer dizer necessariamente que o tumor está crescendo. Alguns fatores podem predispor a escapes de crises e eventualmente medicamentos podem ser mudados.

A maioria dos Tumores do Cérebro, mesmo não apresentando crises convulsivas antes da cirurgia, após o ato cirúrgico, (quer pelo manuseio do tumor e cérebro na hora da sua retirada ou pela capacidade de alguns tumores desenvolver este sintoma) o Cirurgião fez um tratamento preventivo que na dependência do caso pode variar de 1 ano a 5 anos de tratamento.
Na minha visão a conduta do neurocirurgião, na cirurgia e no acompanhamento pôs operatório esta correta.

Prof. Alexandre C. Amaral
Prof. Alexandre C. Amaral
Especialista em dor, Neurocirurgião
Rio de Janeiro
O meningeoma embora seja um tumor benigno pode deixar uma cicatriz cortical que é uma das principais razões de convulsões no seu caso específico

o tratamento deve ser revisto a critério do neurocirurgião.
existe um fator irritativo em torno do tumor, mesmo que seja benigno.
embora não desejável o recrudescimento das crises na ausencia do fator irritativo não é excepcional.

Olá ! O retorno das crises não é sinônimo de recorrência do tumor . A Área cicatricial da retirada já o torna mais propenso a crises . Em pacientes que estavam bem controlados com medicamento , as principais causas de recorrência são: esquecer de tomar o remédio, privação do sono, febre , ingesta de bebida alcoólica ... o ideal é passar em consulta médica para descobrir o que ocorreu no seu caso .

Dr. Sergio da Silva Costa
Dr. Sergio da Silva Costa
Neurocirurgião, Neurologista
Igrejinha
A convulsão parcial, em que uma parte do corpo é afetada, pode ser simples, sem perda de consciência - ou complexa, com perda de consciência. Depois que o cérebro é operado é comum aparecer convulsão devido à cicatriz. Um medicamento anticonvulsivo é receitado, muitas vezes de modo preventivo, e deve ser individualizado, mudando conforme o resultado. No teu caso, o médico vai tomar as medidas para tornar o anticonvulsivo eficaz.

Dr. Rogerio Safatle
Dr. Rogerio Safatle
Neurocirurgião, Neurologista
Goiás
Cicatriz cerebral. Manter medicação por 5 anos

Especialistas em Meningioma

Douglas Domingues

Douglas Domingues

Neurocirurgião

Cacoal

Alyce Castro De Brito

Alyce Castro De Brito

Neurocirurgião

Manaus

Pedro Luis Gobbato

Pedro Luis Gobbato

Neurocirurgião

Porto Alegre

André de Macedo Bianco

André de Macedo Bianco

Neurocirurgião

São Paulo

Bruno Fernandes

Bruno Fernandes

Neurocirurgião

Aracaju

Paulo Augusto Souza Lara Leão

Paulo Augusto Souza Lara Leão

Neurocirurgião

Brasília

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 268 perguntas sobre Meningioma

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.