Ola sou atleta de alto rendimento (fisiocultorista) Tive duas luxações e acabei tendo uma lesão de B

3 respostas
Ola sou atleta de alto rendimento (fisiocultorista)
Tive duas luxações e acabei tendo uma lesão de Bankart. Meu médico não recomendou cirurgia pois a lesão e a menos agravente e n tenho essa certa instabilidade,porem como sou atleta preciso levanta altos volume de carga e recentemente tive uma sub-luxação a pergunta que gostaria de ser respondido é após eu realizar a cirurgia será que vou poder levantar altos volumes de carga e prosseguir sem o medo de ter outra luxação? Desde ja agradeço a todos pela oportunidade de realizar esta pergunta obrigado
Olá , bom dia .
A instabilidade do ombro é um tema bastante interessante e cada paciente tem que ser avaliado individualmente, levando-se em conta vários aspectos como idade , número de episódios de luxação ou subluxação , tipo de atividade física praticada, resultados de exames como radiografia , tomografia ou ressonância magnética .
O exame físico do paciente também é muito importante , quando conseguimos provocar algumas situações de stress articular .
Depois de tudo isso avaliado , o médico deve decidir qual a melhor conduta para aquele paciente , levando-se em conta quais os objetivos daquela pessoa.
Hoje existem possibilidades de cirurgia aberta ( Latarjet , por exemplo ) ou por vídeo ( artroscopia ) que conseguem resolver a instabilidade do paciente ,permitindo a ele retornar a atividades físicas de competição .

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
olá, as cirurgias para instabilidade do ombro costumam apresentar bons resultados quando realizadas por especialistas.
no pós operatório é recomendado seguir todas as orientações que vão desde a fisioterapia para ganho de movimento até o reforço muscular que deve ser feito de forma progressiva até obtenção do rendimento muscular desejado

Olá. A Instabilidade do ombro está a cada dia mais avançada na prática cirúrgica, com métodos mais modernos e resultados excelentes. Porém há várias variações e tipos de luxações de ombro. Cada caso deverá ser particularizado. Principalmente para atletas de alto rendimento. Sugiro, procurar um especialista para avalia-lo e examina-lo. Mas como já disse, as técnicas e resultados atingiram patamares excelentes na reabilitação de um atleta.

Especialistas

Sergio Henrique Cossolino Guilherme

Sergio Henrique Cossolino Guilherme

Ortopedista - traumatologista

São Paulo

Marcio Cavalcanti

Marcio Cavalcanti

Ortopedista - traumatologista

Campina Grande

Lara Barros Cecilio Mendes

Lara Barros Cecilio Mendes

Ortopedista - traumatologista, Médico do esporte

Uberaba

Roger Toshio Enokibara

Roger Toshio Enokibara

Ortopedista - traumatologista

Rio de Janeiro

Bruno Gobbato

Bruno Gobbato

Ortopedista - traumatologista

Jaraguá Do Sul

João Batista Augusto de Figueiredo Sousa

João Batista Augusto de Figueiredo Sousa

Ortopedista - traumatologista

Unaí

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 29 perguntas sobre Luxação Do Ombro

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.