Tenho uma filha de 31 anos e foi constatado um mioma no útero medindo 11.1 x 8.0cm foi sugerido a cirurgia. O triste é que já adiantou que ela não poderá ter fihos. É assim mesmo, sem chance que ela venha ter filhos? Por favor nos ajude. Ela esta desconsolada já não sei o q dizer.
Olá. O mioma é um tumor benigno do útero, presente em 40 a 80% das mulheres, com risco de malignidade muito baixo. Apenas 20% das mulheres com miomas apresentam algum sintoma e necessitam de algum tratamento, como sangramento uterino anormal, cólicas menstruais, dor pélvica, dor na relação sexual, infertilidade.
Ter miomas não é igual a cirurgia e não se opera miomas apenas pelo tamanho. Mas miomas de grandes dimensões iguais ao da sua filha estão associados com dor e sangramento uterino anormal e podem necessitar de cirurgia.
As mulheres que ainda não tem filhos ou que desejam mais filhos a miomectomia pode ser indicada, isto é, é realizada apenas a retirada do mioma. Durante a cirurgia, existe um risco de histerectomia ou retirada do útero.
A retirada da mioma tem a intenção de permitir uma gravidez futura. Se o mioma for único e a cirurgia for realizada por alguém experiente, existem chance de sua filha engravidar.Ela deverá aguardar de 4 a 24 meses para engravidar após a cirurgia

Especialistas em Miomatose Uterina

Crisciane Nolasco

Crisciane Nolasco

Ginecologista

Vitória

Mayara Cabral

Mayara Cabral

Ginecologista

Palmas

Marina Lutterbach Chaves Alvim

Marina Lutterbach Chaves Alvim

Ginecologista

Santos Dumont

Daniele Miguel

Daniele Miguel

Ginecologista

Rio de Janeiro

Marcela Aguiar Reis

Marcela Aguiar Reis

Ginecologista

Teresina

André Cecílio Branquinho Nunes

André Cecílio Branquinho Nunes

Ginecologista

Recife

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 24 perguntas sobre Miomatose Uterina

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.