Análise junguiana - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em análise junguiana

Encontre um especialista em Análise Junguiana na sua cidade:
Clarice Schcolnic

Clarice Schcolnic

Psicanalista, Psicólogo

Atendimento Online - Todos Os Estados Brasileiros E Para Brasileiros(As) Que Estão No Exterior.

Agendar uma visita
Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Ana Larissa Marques Perissini

Ana Larissa Marques Perissini

Psicólogo, Sexólogo

São José do Rio Preto

Tiago Lenz De Brum

Tiago Lenz De Brum

Psiquiatra

Concórdia

Perguntas sobre Análise junguiana

Nossos especialistas responderam a 1 perguntas sobre Análise junguiana

 Fernanda Soares Gonçalves
Fernanda Soares Gonçalves
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
A Psicologia Analítica é muito mais que uma técnica, é uma corrente de pensamento analítico desenvolvido por Jung a partir de suas observações clínicas e de suas auto- análises. Sua grande divergência…
5 respostas

Especialistas falam sobre Análise Junguiana

A Psicoterapia Junguiana, é baseada na teoria de Carl Gustav Jung, psiquiatra suíço que dedicou sua vida ao estudo do inconsciente. Nessa abordagem, métodos como análise de sonhos, técnicas expressivas e simbólicas são utilizadas para auxiliar no processo analítico, visando uma maior compreensão do ser humano que se apresenta.

Um processo de psicoterapia é voltado para quem busca o autoconhecimento e tem o desejo de refletir sobre a vida e o cotidiano ou também por pessoas que vivem momentos de conflitos, sofrimentos, angústias, dores, que podem, inclusive, desencadear doenças físicas ou sintomas como ansiedade, depressão, estresse, entre outros. Sob a fundamentação de C. G. Jung, um processo terapêutico analítico visa mais do que a cura dos sintomas, mas também o despertar das potencialidades, o autodesenvolvimento, a compreensão de cada singularidade em busca de um sentimento de totalidade e integração de si com as experiências da vida.

Nara Helena Lopes

Psicólogo

São Paulo


A terapia ou psicoterapia é a busca de uma melhor compreensão das questões emocionais trazidas pelo paciente. A busca do significado do seu sofrimento emocional alivia possíveis sintomas, potencializa reflexões, oferece crescimento emocional e melhoria da qualidade de vida. A psicoterapia possibilita o desenvolvimento de diferentes formas mais adaptativas de lidar com a própria vida. E é indicado para qualquer pessoa que apresente alguma dificuldade emocional limitadora e pode ser desenvolvido a partir de diferentes contextos. As sessões são semanais e tem duração de cinquenta minutos. A duração e os valores serão avaliados a partir de uma entrevista inicial.

A análise junguiana é uma corrente de pensamento analítico desenvolvido por Jung a partir de suas observações clínicas e auto-análises. Entende que a instância psíquica chamada inconsciente não é reservatório apenas de material traumático e fantasias reprimidas, mas também fonte de potencialidade e criatividade da espécie humana, que devem ser conscientizadas e experienciadas. Valorizando o vínculo analista-analisando, a análise e suas técnicas (análise do sonhos, caixa de areia, imaginação ativa, associação de palavras) são caminhos para a comunicação com esse inconsciente potente. A tomada de consciência resultante proporciona conhecimento de si, novas escolhas e realização pessoal.

Fernanda Soares Gonçalves

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A psicoterapia Analítica, ou Psicologia Junguiana, foi fundada pelo Prof. Dr. Carl Gustav Jung, visando compreender a psique humana a partir das suas manifestações simbólicas. Por via do processo psicoterapêutico, busca-se contribuir para que o outro perceba as amarras psíquicas presentes no seu modo de viver que o impede de gozar de vida plena. Estas, muitas vezes, podem estar relacionadas a conteúdos profundos, inconscientes, que hora ou outra podem dominar a forma com que o sujeito sente, pensa e se comporta.O inconsciente é o lado desconhecido que sempre busca se expressar, emergindo com questionamentos do porque "estou me sentindo assim; fiz aquilo ou me comportei assim".

Wellington Albuquerque Filho

Psicólogo

Cabo de Santo Agostinho

Agendar uma visita

Temos questionamentos no que diz respeito à vida, sobre a existência e relação entre o mundo material ou espiritual. Temos grande falta de conhecimento sobre nós mesmos o que pode gerar sofrimento e doenças. A terapia traz a possibilidade de ampliar o autoconhecimento, ver mais claro e criar novas respostas e perspectivas para algo que parecia inalcançável. A psicoterapia Junguiana é baseada nas idéias do psiquiatra suíço Carl Jung. Estabelece-se um diálogo entre o consciente e o inconsciente, o que facilita a solução de questões que não consegue resolver sozinho(a): “A psicoterapia pode te ajudar a se desligar do sofrimento desnecessário e a lidar com aquele que é inevitável".

Vera Da Ros

Psicólogo

São Caetano do Sul

Agendar uma visita

Para quem não conhece a Psicologia Analítica ou Junguiana é uma prática da psicologia iniciada por Carl Gustav Jung, a qual se distingue da psicanálise. A prática clínica desta abordagem pauta-se na fenomenologia dos complexos e do coletivo. A Psicologia Analítica possui conceitos específicos como: arquétipos, complexos, símbolos, tipos psicológicos, inconsciente pessoal e inconsciente coletivo, animus e anima, sombra, sincronicidade, individuação e sonhos que são fundamentais na prática clínica, pois possui via régia para o contato com os complexos e os conteúdos do inconsciente.

Ana Carolina Fernandes

Psicólogo

Londrina


O trabalho do analista consiste em despertar aquilo que já existe dentro da pessoa. É a arte de despertar o sujeito para seu potencial criativo genuíno. A finalidade não é curar, e sim favorecer o crescimento interior por meio das dificuldades pessoais. No decorrer do trabalho analítico há a proposição de que pelo falar, pelo escutar e pelo fazer criativo nos confrontamos com nós próprios. Pôr-se em processo analítico é possibilitar o existir permeável a outros saberes. É despertar para o próprio caminho de vida como processo natural com sentido, finalidade e objetivo; é a experiência interior. A experiência interior se torna experiência de vida quando vivida com todas as suas implicações.

Aline M. S. De Coster

Psicólogo, Psicopedagogo

Rio de Janeiro


Nas minhas sessões de terapia, trabalharemos com orientação junguiana que é um processo interpessoal entre paciente e terapeuta, durante o qual são trabalhados conteúdos com significativa carga emocional visando uma mudança no comportamento do paciente de forma que possa desfrutar de melhor qualidade de vida. A especificidade da terapia junguiana reside no fato de que a busca pela melhoria da qualidade de vida está diretamente relacionada com a expansão da consciência, realizada por meio da integração de sentimentos, crenças, emoções, sintomas e outros que antes se figuravam inconscientes para o paciente.

Lianne Silva Santos

Psicanalista, Psicólogo

Ilhéus


A terapia baseada no arcabouço teórico do psiquiatra suíço Carl Gustav Jung é uma linha de trabalho que compreende o indivíduo em sua totalidade. São utilizadas técnicas que exploram o universo simbólico, no trabalho com sonhos, mitos, fantasias, imagens e técnicas expressivas verbais e não verbais como desenho, colagem, pintura. Através dos elementos simbólicos, acionamos maneiras criativas de solucionar conflitos, estabelecendo um diálogo entre o consciente e o inconsciente, possibilitando a transformação e a ampliação do olhar em relação a si mesmo e ao mundo.

Fabiana Santos

Psicólogo

Aracaju


A análise dos sonhos são oportunidades de se acessar conteúdos inconscientes, possibilitando transformações e propiciando o conhecimento de aspectos até então “adormecidos” da vida pessoal de cada um. O sonho tem um propósito, uma razão para aquele conteúdo, naquele momento. Entretanto, muitas vezes a interpretação e compreensão não são evidentes uma vez que à linguagem utilizada pode ser simbólica, metafórica e alegórica. Ao ter um sonho interpretado, surge a consciência integradora possibilitando uma via de transformação no processo de desenvolvimento psíquico.

Camila A. Matias

Psicólogo

Ribeirão Preto

Agendar uma visita

A Psicologia Analítica Junguiana, instituída por Carl Gustav Jung, visa a reconexão do indivíduo com seus aspectos internos mais profundos, que não são conscientemente reconhecidos. Estes últimos, conotações do sofrimento, são também a fonte da autocura, expressos das mais minuciosas formas. Assim, o foco das sessões da Psicoterapia Analítica Junguiana são as análises dos símbolos intrapessoais, estes, como já dito, minuciosos, se comunicam com o indivíduo através de sonhos, pensamentos, fantasias, etc., visando o autodesenvolvimento e amadurecimento pessoal. Este processo, de tornar-se transcendente e consciente de si e do além de si, é um caminho único para a diferenciação de si mesmo.

Priscilla Gianneschi Navarro

Psicólogo

São Paulo


A análise Junguiana é um tratamento desenvolvido pelo psiquiatra suíço e mundialmente famoso ,Carl Gustav Jung .Baseia-se na análise dos sonhos ,fantasias, desenhos e no diálogo com o paciente .As sessões de análise devem ocorrer semanalmente .É um tratamento a longo prazo ,que objetiva uma reestruturação profunda da personalidade do paciente .

É o processo psicoterápico, ou atendimento psicológico em que a pessoa trata das questões emocionais, aumentando o auto conhecimento de forma que o torne conhecedor de suas fortalezas e fraquezas, melhorando sua capacidade de escolher e de tomada de decisões.

Wládia Morais

Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A psicologia analítica foi fundada pelo psiquiatra suiço Carl Gustav Jung, daí o termo "Análise Junguiana". Busca um resgate profundo do nosso Eu, ampliando nossa consciência de forma a alcançarmos nosso objetivo que é o processo de individuação. Utiliza como meios desse resgate inúmeros materiais, como arte, conto de fadas, sonhos, jogo de areia, entre outros. O psicólogo Junguiano junto ao seu paciente trabalha a simbolização, o brincar faz parte da elaboração psíquica, dando voz a criatividade, essencial a nossa sobrevivência, principalmente em momentos turbulentos de nossa existência. O paciente aprende a compreender a sua sombra e a lidar melhor com a mesma.

Katia Barbosa

Psicólogo, Sexólogo

Nova Iguaçu


A psicoterapia junguiana consiste em aprofundarmos os conteúdos desconhecidos, trazendo-os para a consciência com o intuito de caminharmos para o processo de individuação. Esse processo tem a ver com a integração desses conteúdos, possibilitando a cada um o desenvolvimento saudável de sua psique e sua vida. O tratamento é feito por meio da fala, podemos utilizar técnicas expressivas e a amplificação dos sonhos. É uma abordagem que trabalha a visão simbólica que está muito ausente hoje em dia em que somos estimulados a agir de forma racional. Existem algumas técnicas corporais, para trabalharmos consciência do corpo e alguns aspectos que sejam necessários.

A análise na abordagem junguiana enfatiza o desenvolvimento psíquico e pessoal da pessoa como um ser inteiro, com suas qualidades, potencialidades e dificuldades. E para atingir esta amplitude pessoal, é necessário uma aproximação da consciência com o inconsciente, cujos principal método é análise de sonhos e imaginação ativa, isto é, lidar com imagens do inconsciente com a consciência da pessoa como ela o é.

Bruno Schievenin Madi

Psicólogo

São Paulo


A psicoterapia junguiana tem o propósito de fazer com que o cliente tenha um mapa em suas mãos para que ele trilhe o seu caminho psíquico. A psicoterapia junguiana, em especial a análise, deve promover este encontro com o si mesmo. A clínica junguiana trabalha com o conceito central de que todo ser humano é único.

Quais profissionais realizam Análise junguiana?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.