Avaliação pré-operatória - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em avaliação pré-operatória

Encontre um especialista em Avaliação pré-operatória na sua cidade:
Jose De Resende Barros Neto

Jose De Resende Barros Neto

Médico clínico geral, Nefrologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Verônica Mello Maia

Verônica Mello Maia

Médico clínico geral, Reumatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Nadia Ferreira Rivera

Nadia Ferreira Rivera

Médico clínico geral, Endocrinologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Leopoldo Gurgel Valente

Leopoldo Gurgel Valente

Cardiologista, Médico clínico geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Marcelle Xavier Bastos

Marcelle Xavier Bastos

Médico clínico geral, Geriatra

Niterói

Agendar uma visita
Aristóteles Comte de Alencar Neto

Aristóteles Comte de Alencar Neto

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Avaliação pré-operatória

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Avaliação pré-operatória

 João Luiz Arantes de Freitas
João Luiz Arantes de Freitas
Cirurgião geral
Ceilândia
Geralmente os exames preparatórios tem validade de 90 dias ....então o ideal é repetir os exames
1 respostas

Dr. Ivan Correa da Cruz
Dr. Ivan Correa da Cruz
Médico clínico geral, Endocrinologista
Rio de Janeiro
Exames pré operatórios não são um conjunto fixo de exames. Variam de acordo com alguns parâmetros.
Eles variam de acordo com o grau de complexidade da cirurgia que o paciente vai realizar,…
3 respostas

Dr. Marcus Coimbra
Dr. Marcus Coimbra
Cirurgião plástico
Rio de Janeiro
A maioria dos cardiologistas fazem o risco cirúrgico para crianças. No entanto, depende de cada profissional.
3 respostas

Especialistas falam sobre Avaliação pré-operatória

O preparo para uma cirurgia deve ser amplo e compreender todas as áreas do organismo. Pacientes que serão submetidos a cirurgias eletivas podem procurar um infectologista para verificar se há necessidade de erradicação de bactérias da pele que podem causar infecções operatórias, bem como receber vacinas previamente que irão evitar complicações futuras, como herpes zoster e pneumonia. Caso vá ser operado, procure um infectologista e ele realizará os procedimentos necessários para uma boa recuperação.

A consulta com finalidade de avaliação de risco pré-operatório, também popularmente conhecida como "risco cirúrgico", consiste em consulta médica baseada em protocolo da "American Society of Anesthesiologists (ASA)" utilizando de questionário, exame clínico e avaliação de exames. Durante a consulta o relatório médico é fornecido com as devidas recomendações ao cirurgião ou departamento em que será realizado o procedimento cirúrgico ou exame invasivo.

Gustavo Camargo Silverio

Médico clínico geral, Geriatra

Belo Horizonte


Quando é necessário se submeter a uma cirurgia principalmente envolvendo o Tórax ou o Abdome a avaliação da função pulmonar e do estado de saúde pode ajudar a identificar situações de risco em potencial e evitar algumas complicações indesejáveis. A análise de exames de imagem e espirometria auxiliam nesta avaliação

Roseliane De Souza Araujo

Pneumologista

Goiânia


Avaliação realizada pelo cardiologista onde se estima a probabilidade de o indivíduo apresentar alguma intercorrência cardiológica no pós operatório. Habitualmente uma consulta com o eletrocardiograma constituem avaliação inicial. Pode-se solicitar teste ergométrico,ecocardiograma ou outros exames para adequada análise.

Avaliação pré-operatória ou risco cirúrgico é o conjunto de anamnese (história do paciente) exame físico e exames complementares visado bom controle de um procedimento cirúrgico futuro, diminuindo complicações durante ou após a cirurgia. Varia de acordo com o procedimento proposto e de acordo com o quadro clínico do paciente.

Francisco Blotta

Médico clínico geral, Endocrinologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Cada cirurgia apresenta um risco específico e os pacientes devem ser avaliados de forma individualizada para cada uma delas, realizando os exames necessários de forma consciente.

Marcelle Xavier Bastos

Médico clínico geral, Geriatra

Niterói

Agendar uma visita

A avaliação pré-operatória realizada pelo cardiologista é fundamental para determinar o risco de eventos cardíacos durante o procedimento cirúrgico a ser realizado. Nessa avaliação é realizado a coleta da historia clínica do paciente e exame físico completo para melhor estratificação do risco cirúrgico. A definição de realizar exames complementares irá depender de cada caso.

Alexandre De Loyola E Silva Avellar Fonseca

Cardiologista, Médico clínico geral

Curitiba

Agendar uma visita

Uma avaliação pré-operatória realizada pelo cardiologista é fundamental para determinar o risco de eventos cardíacos durante o procedimento cirúrgico proposto. Nessa avaliação temos toda a historia clínica do paciente e realizamos um exame físico completo para melhor estratificação do risco cirúrgico. A definição de realizar exames complementares irá depender de cada caso.

Gracielly Barros

Cardiologista, Médico clínico geral

Cariacica


A consulta pré - anestésica é uma obrigatoriedade desde 2006, regulada pelo Conselho Federal de Medicina. Nela surge a oportunidade do médico anestesista conhecer de perto o seu paciente, suas doenças, medicações em uso, e antecipar possíveis dificuldades que possam vir a ocorrer na hora da anestesia/cirurgia. Também é a oportunidade de o paciente conhecer o médico que cuidará dele durante o período em que estiver anestesiado e submetido a uma cirurgia. Além de ser uma oportunidade de se tirar várias dúvidas, é um momento de estabelecimento de uma relação de confiança entre o médico e o paciente.

Manoel Pedro Rodrigues Soares Júnior

Anestesiologista

Teixeira de Freitas


A avaliação cardiológica pré-operatória é uma consulta ao cardiologista antes de se submeter a uma cirurgia ou procedimento invasivo com a intenção de estimar o risco do paciente de ter um evento cardiovascular grave como infarto ou AVC no pós-operatório. Este risco depende tanto das características do paciente ( doenças prévias, medicações e hábitos de vida), como da complexidade do procedimento ao qual ele será submetido. Durante esta avaliação, temos ainda a possibilidade de ajustar medicações e doses de forma que o paciente vá nas melhores condições possíveis para cirurgia e sugerir medidas adicionais para um pós operatório mais seguro e tranquilo.

Raíssa Galvão Portella

Cardiologista, Médico clínico geral

Teresina


A avaliação pré operatória é uma consulta em que o cardiologista identifica o risco de uma pessoa infartar ou ter uma complicação durante uma cirurgia não cardíaca (uma cirurgia de vesícula, por exemplo). Esta avaliação aumenta a segurança durante procedimentos cirúrgicos e durante a anestesia e visa evitar complicações cardíacas como infarto, derrame e morte súbita e complicações gerais como sangramento aumentado ou embolia pulmonar. Antes de qualquer cirurgia consulte um cardiologista.

Ana Catarina Periotto

Cardiologista

São José dos Campos

Agendar uma visita

Os procedimentos cirúrgicos têm um risco inerente associado. Esse risco é potencializado caso existam doenças preexistentes no paciente que será submetido à cirurgia. Uma avaliação global e ampla dos pacientes que serão submetidos a procedimentos cirúrgicos pode gerar mudanças de conduta e medidas preventivas que podem minimizar o risco de complicações cirúrgicas, melhorando o desfecho clinico. Esta avaliação se torna ainda mais importante para pacientes frágeis e pacientes idosos.

Guilherme Liausu Cherpak

Médico clínico geral, Geriatra

São Paulo

Agendar uma visita

A avaliação pré-operatória ou risco cirúrgico avalia o estado geral do paciente, visa avaliar a necessidade de alguma intervenção cardiológica que antecede a cirurgia e a retirada de alguns medicamentos que possam prejudicar a mesma. Deve ser feita minunciosamente de acordo com o porte cirúrgico e com as comorbidades do paciente.

Ana Carolina Lahaud Ramos

Cardiologista, Médico clínico geral

Teresópolis


O momento de realizar um cirurgia sempre preocupa os pacientes, mesmo se for uma cirurgia estética, o meu papel de médico na avaliação peri-operatória, consiste em deixar em condições de operar com o menor risco possível. Libero os pacientes apenas após descartados todos os riscos e acompanho como médico clínico no pós operatório para uma atenção completa ao paciente neste momento estressante. Dependendo da cirurgia e da condição clínica do paciente, acompanho o paciente junto com o anestesista no centro cirúrgico.

Diogo Da Luz

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo


Toda avaliação necessária para que o paciente seja submetido, com segurança e tranquilidade, à cirurgia. Avaliamos a história do paciente, exame fisico e determinados exames complementares. Se você vai fazer alguma cirurgia, procure antes um cardiologista.

Felipe Santos

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo

Agendar uma visita

A avaliação pré operatória é muito importante para ser avaliado o risco cardiovascular ( risco de complicações na cirurgia e pós operatorio), fazer rastreamento e controle de doenças como hipertensão arterial, diabetes mellitus, arritmias, doença coronária entre outras e avaliar risco de sangramento e trombose. A partir dessa análise, serão feitos medidas para prevenção de trombose venosa profunda, infarto do miocárdio entre outras complicações.

Bruna Henares

Cardiologista, Médico clínico geral

São Paulo


A avaliação pré operatória é muito importante para a segurança do paciente. É nela que serão feitos os exames que vão indicar se o paciente está de fato habilitado a ir para o centro cirúrgico. Também é importante constatar, nesse momento, o bom estado de saúde da pessoa, mental e físico, que devem ser os melhores possíveis para uma cirurgia bem sucedida. Caso existam patologias, uso de medicamentos, tabagismo ou outros problemas, o médico deve tentar solucioná-los, para não comprometer a saúde do paciente e também a realização da cirurgia.

Quando vamos nos submeter a um procedimento cirúrgico, é importante passarmos por uma avaliação cardiológica para determinarmos qual o risco de eventos adversos graves, com por exemplo, infarto do miocárdio (coração). As complicações mais graves durante, ou após procedimentos cirúrgicos são de etiologia cardíaca. A realização de avaliação pré operatória é fundamental para diminuirmos o risco dessas complicações.

Augusto Sardilli

Cardiologista

São José do Rio Preto

Agendar uma visita

A avaliação pré operatória não é um simples eletrocardiograma com laudo. Requer uma abordagem global do paciente, avaliando a relação da cirurgia em si, com possíveis doenças associadas, não apenas doenças cardíacas. A presença de comorbidades faz com que o preparo do paciente para a cirurgia, diminua o índice de complicações, desde infecções e sangramentos graves até eventos cardíacos.

Guilherme Werneck

Cardiologista, Médico clínico geral

São Gonçalo

Agendar uma visita

Toda cirurgia acarreta um risco, mesmo que pequeno, de alterações cardíacas decorrentes do estresse ao organismo que o procedimento pode causar. Na avaliação pré-operatória o coração é avaliado, juntamente com outro parâmetros, para se prever com certa acurácia o risco de complicações cardiológicas no procedimento ou logo após este ser realizado. Quanto maior o procedimento e quanto mais doenças sistêmicas o paciente tiver, maior o risco cirúrgico.

Quais profissionais realizam Avaliação pré-operatória?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.