Biopsia da boca - Informações, especialistas e perguntas frequentes

A Biopsia da Boca é um procedimento simples, realizado geralmente em consultório sob anestesia local, onde é retirado uma amostra de células e enviada para análise patológica.

Especialistas em biopsia da boca

Encontre um especialista em Biopsia Da Boca na sua cidade:
Eduardo Del Bianco de Moraes

Eduardo Del Bianco de Moraes

Cirurgião buco-maxilo-facial

Sorocaba

Agendar uma visita
Fernando Pando de Matos

Fernando Pando de Matos

Cirurgião buco-maxilo-facial

São Paulo

Agendar uma visita
Raphael Coser

Raphael Coser

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Vitória

Agendar uma visita
Cíntia Alves V. Rodrigues

Cíntia Alves V. Rodrigues

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Florianópolis

Agendar uma visita
Gabriel Quaglia Pedrosa

Gabriel Quaglia Pedrosa

Cirurgião buco-maxilo-facial

Florianópolis

Agendar uma visita
Anthony Froy Benites Condezo

Anthony Froy Benites Condezo

Cirurgião buco-maxilo-facial

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Biopsia da boca

Nossos especialistas responderam a 9 perguntas sobre Biopsia da boca

Dr. Diego Limoeiro
Dr. Diego Limoeiro
Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista
Rio de Janeiro
Olá. Não há um valor definido. Há diversas condições que podem influenciar no valor do procedimento, sugiro consultar um estomatologista ou um cirurgião bucomaxilofacial.
3 respostas

 Adriana Franco Vieira Rodrigues Queiroz
Adriana Franco Vieira Rodrigues Queiroz
Cirurgião buco-maxilo-facial
Vinhedo
Olá! Existem lesões de acordo com localização em que se encontram; sua extensão ou até mesmo o procedimento que deverá ser realizado, torna-se imprescindível, ser realizado em âmbito hospitalar…
3 respostas

Dr. Thiago Albacete
Dr. Thiago Albacete
Cirurgião buco-maxilo-facial
São Bernardo do Campo
Olá, provavelmente sim ! Porem o ideal seria retornar ao colega para que o mesmo possa reavaliar !
4 respostas

Especialistas falam sobre Biopsia Da Boca

Biópsia (bios = vida, opsis = aparência): é um procedimento que consiste na remoção de uma amostra de células e/ou tecidos do organismo para posterior estudo em laboratório pelo patologista. Podemos utilizar duas técnicas: • Incisional: é retirada apenas uma parte da lesão • Excisional: é retirada a lesão inteira. O tempo desde a remoção da lesão até o diagnóstico do Patologista é de até 7 dias, período em que oferecemos todo o suporte e acompanhamento. Após o resultado, entramos em contato com o paciente para lhe repassar os dados e explicar cuidadosamente as informações presentes no laudo, de modo a tornar claro qual doença se trata e o que será realizado para o tratamento definitivo.

Elaine C. Camargo

Dentista

Porto Alegre


Procedimento na maioria das vezes muito simples e rápido de ser realizado. É removido fragmento que quer ser analisado ou toda lesão (exérese), depois envia o material para ser processado e obteremos o laudo em média de sete dias, em casos especiais é possível fazer o exame imediatamente após retirar o fragmento, essa técnica é chamada de biópsia por congelamento.

Thiago Bonifácio De Souza Guimarães

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Goiânia

Agendar uma visita

Muitas vezes alterações surgem na cavidade oral. É importante pesquisar se essas alterações são benignas ou não. Para isso faz-se a realização de procedimentos que podem variar da simples coleta de tecido superficial de forma não cirúrgica (citologia esfoliativa) ou da remoção parcial (biópsia incisional) ou total (biópsia excisional) da lesão. Independente do procedimento a ser realizado, o importante nesta investigação é que ela seja feita o mais breve possível, sempre.

Tila Fortuna

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Salvador


A biópsia é um procedimento no qual se colhe uma pequena quantidade, isto é, uma amostra, de tecido ou células, para posterior estudo em laboratório. Existem diversos tipos de biópsia, cuja utilização é feita em função do tecido que se pretende estudar. Indicações: -Qualquer lesão persistente por mais de duas semanas, com etiologia desconhecida; -Lesões inflamatórias, que não regridem até 2 semanas após a remoção do agente irritante; -Alterações hiperceratóticas persistentes na superfície dos tecidos bucais; -Tumefação persistente, visível ou palpável em tecidos normais; -Qualquer lesão com característica de malignidade; -Lesões ósseas não identificadas clínica e radiograficamente.

Leonardo Monteiro

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro

Quais profissionais realizam Biopsia da boca?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.