Eletro coagulacao de lesao cutanea - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em eletro coagulacao de lesao cutanea

Encontre um especialista em Eletro Coagulacao De Lesao Cutanea na sua cidade:
Carolina Melo

Carolina Melo

Dermatologista

Jaboatão Dos Guararapes

Agendar uma visita
Flavia Wermelinger

Flavia Wermelinger

Dermatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Thaís Castro Alves

Thaís Castro Alves

Dermatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Perguntas sobre Eletro coagulacao de lesao cutanea

Nossos especialistas responderam a 32 perguntas sobre Eletro coagulacao de lesao cutanea

Dr. Alan Ost
Dr. Alan Ost
Especialista em medicina estética, Dermatologista
São Paulo
Boa tarde! Se você ficar exposto na luz visível em casa eu recomendo usar filtro solar sim, caso contrário não. Vitamina C geralmente eu libero para uso sim, mas depende do numero de lesões que…
1 respostas

Dra. Mariana del Rei
Dra. Mariana del Rei
Dermatologista
Rio de Janeiro
Na maioria da vezes, não. Mas há de se avaliar caso a caso pois existem contra-indicações absolutas para realização de eletrocoagulação.
1 respostas

Dra. Angélica Nóbrega
Dra. Angélica Nóbrega
Dermatologista
Itajaí
Boa tarde

Não,pois estará com anestesia local.
1 respostas

Especialistas falam sobre Eletro Coagulacao De Lesao Cutanea

Eletrocauterização, ou simplesmente cauterização, é um procedimento cirúrgico destrutivo. Para que seja realizado, é necessário primeiro limpar o local da excisão; em seguida, aplica-se uma injeção local de anestésico com ou sem vasoconstritor (para controlar possíveis sangramentos). A lesão é carbonizada por eletricidade e calor, sendo que o material pode ser coletado e enviado para análise patológica ou não. A recuperação é rápida. Normalmente o paciente retoma as suas atividades no mesmo dia, e o ferimento cicatriza em até quinze dias.

A eletrocoagulação é muito usada na dermatologia em pequenos procedimentos (energia que gera calor e destruição da lesão a ser tratada), como tratamento de queratoses seborreicas, verrugas, nevos rubis (que pintinhas vermelhas), seringomas etc. Realizamos anestesia local para o paciente não sentir dor.

Elisangela Lemos Da Costa

Pediatra

Barueri


A eletrocirurgia é um procedimento minimamente invasivo, simples, realizado no consultório ou centro cirúrgico, sob anestesia local ou tópica, que utiliza um eletrocautério. Algumas lesões que podem ser removidas com eletrocirurgia são: queratoses, milium, siringoma e hiperplasia sebácea, que são lesões benignas muito comuns em face.

Andressa Sobral Soares De Deus

Dermatologista

Teresina

Quais profissionais realizam Eletro coagulacao de lesao cutanea?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.