Escleroterapia com espuma - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em escleroterapia com espuma

Encontre um especialista em Escleroterapia com espuma na sua cidade:
Karolina Vêncio Frauzino

Karolina Vêncio Frauzino

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília

Agendar uma visita
Leandro Rocha

Leandro Rocha

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia

Agendar uma visita
Maria Clara Pereira Sanjuan

Maria Clara Pereira Sanjuan

Angiologista, Cirurgião vascular

Salvador

Agendar uma visita
Francisco Gonçalves Martins

Francisco Gonçalves Martins

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Marcos Fonseca

Marcos Fonseca

Cirurgião vascular

Viamão

Agendar uma visita
Frederico Vasconcelos

Frederico Vasconcelos

Angiologista, Cirurgião vascular

Recife

Agendar uma visita

Perguntas sobre Escleroterapia com espuma

Nossos especialistas responderam a 5 perguntas sobre Escleroterapia com espuma

Dr. Bruno Nanni Alexandrino
Dr. Bruno Nanni Alexandrino
Angiologista, Cirurgião vascular
Curitiba
Eventualmente as varicoses não saem na primeira tentativa, infelizmente.
As vezes precisa de mais sessões de aplicação.
O ideal é mostrar ao seu médico para que, juntos, achem a melhor…
1 respostas

Dr. Paulo Daenekas de Melo Jorge
Dr. Paulo Daenekas de Melo Jorge
Angiologista, Cirurgião vascular
São Paulo
A drenagem linfática é eficaz em melhorar os edemas em membros inferiores . No seu caso , em específico , convém retornar ao colega que realizou o procedimento para reavaliação do quadro, para…
6 respostas

Dr. Jefferson Kleber Forti
Dr. Jefferson Kleber Forti
Angiologista, Cirurgião vascular
São José dos Campos
Olá,
De 10 a 30% dos pacientes submetidos a escleroterapia com microespuma, podem apresentar manchas. Dos que apresentam, 90% vão desaparecer depois de um ano.
É importante seguir…
3 respostas

Especialistas falam sobre Escleroterapia com espuma

Pioneira no tratamento com espuma no Brasil, realizando a técnica diferenciada desde 2004.

Solange Seguro Meyge Evangelista

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte


É a injeção de medicamentos em forma de espuma dentro dos vasos, causando sua oclusão e posteriormente seu desaparecimento. Diferente da escleroterapia convencional, possibilita o tratamento de vasos maiores, eliminando a necessidade de cirurgia. Todo o tratamento é acompanhado com o uso de ultrassom com dopler ou duplex scan.

Carla Souza Friche

Angiologista, Cirurgião vascular

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A escleroterapia com espuma é uma técnica que se aplica no interior das varizes o agente esclerosante líquido polidocanol sob forma de espuma, ou seja misturado com ar após um movimento de vai e vem entre duas seringas. Sob a forma de espuma, o polidocanol induz uma inflamação e fibrose dos vasos e, posteriormente, nosso corpo absorve a veia e ela desaparece. A grande vantagem da espuma é a possibilidade de evitar a cirurgia. E é possível tratar os famosos vasinhos, veias de maior calibre e até pacientes com úlceras por varizes. Esse procedimento é realizado no consultório, sem anestesia, sem internação ou necessidade de repouso.

Catarina Almeida

Angiologista, Cirurgião vascular

Recife

Agendar uma visita

Técnica recentemente empregada no nosso meio, consiste na escleroterapia (aplicação, injeção de medicação no interior dos vasos) realizada com a mistura da medicação com ar. Essa mistura forma uma espuma densa, que é muito mais potente que a medicação pura, e capaz de tratar varizes de calibre muito maior. Sua aplicação pode ser realizada até mesmo nas veias safenas, e em casos selecionados, pode substituir a cirurgia de varizes. Técnica realizada no consultótio, sem necessidade de internação ou anestesia, geralmente com o auxílio do aparelho de ecoDoppler.

Breno França Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Niterói


Escleroterapia com espuma densa consiste na injeção de substância química (parece uma espuma de barba) dentro de varizes maiores que 4mm e que causam uma irritação local na parede do vasinho causando um flebite química causando o fechamento e cicatrização do vaso e ele desaparece, não circula mais sangue nele ("cola" a veia). A ação é local porque a quantidade injetada é pequena e não chega a atingir a circulação sistêmica. A espuma não é utilizada para vasinhos muito fininhos devido ao risco de pigmentar a pele. (veja vídeos de colegas anexo na página com boa explicação sobre técnicas).

Maira Souza

Angiologista, Cirurgião vascular

Aracaju

Agendar uma visita

Escleroterapia com espuma consiste na injeção de um medicamento na forma de espuma (polidocanol) dentro dos vasos que encontram-se doentes para, através de um processo de esclerose, tratá-los. Essa técnica pode ser utilizada nas veias safenas, nas varizes e mesmo em alguns casos de teleangiectasias (vasinhos).

Ana Bittencourt Detanico

Angiologista, Cirurgião vascular

Goiânia


A Escleroterapia com Espuma consiste na aplicação de uma substância chamada Polidocanol, que atinge a consistência de espuma após ser misturada com ar. Pode ser utilizada como opção a cirurgia de varizes nos casos de impedimento à cirurgia (idade avançada ou problemas cardíacos , por exemplo). É também utilizada como opção à cirurgia nos casos em que a finalidade do tratamento é estética (nesta situação para tratar as veias reticulares também chamadas de “veias mãezinhas”).

David Sales Rocha Pinto

Angiologista, Cirurgião vascular

Pacajús

Agendar uma visita

O tratamento com espuma consiste na mistura de uma substância esclerosante com o ar, levando à formação da espuma densa que possui um alto poder de tratamento das varizes. O procedimento é bastante efetivo, principalmente para as varizes mais calibrosas, muitas vezes pode ser usado como substituto à cirurgia convencional evitando assim internação hospitalar, cortes e anestesia.

Victor Hugo Lauro Soares

Angiologista, Cirurgião vascular

Fortaleza


O Tratamento de Varizes por Espuma é uma grande alternativa no tratamento desse tipo de veia. Não está indicado para todos os calibres de varizes, portanto é importantíssimo a avaliação prévia com Eco Color Doppler, até mesmo durante o procedimento.

Felipe Silva Da Costa

Angiologista, Cirurgião vascular

Niterói

Agendar uma visita

A espuma densa é um medicamento capaz de tratar algumas varizes mais calibrosas sem a necessidade de cirurgia, no entanto a chance de aparecerem manchas após o tratamento existe. A espuma é muito utilizada para acelerar a cicatrização de úlceras venosas e tratar varizes em pacientes com risco cirúrgico elevado. O procedimento é feito no consultório e as restrições das atividades são mínimas, mas há necessidade de compressão com meias ou ataduras elásticas na área tratada.

Ludmila Bertti Coelho

Angiologista, Cirurgião vascular

Brasília

Quais profissionais realizam Escleroterapia com espuma?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.