Implante transdérmico (implanon) - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Outros nomes: Implante contraceptivo subcutâneo (Implanon).

Especialistas - implante transdérmico (implanon)

Encontre um especialista na sua cidade:
Fernanda Campos da Silva

Fernanda Campos da Silva

Ginecologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Gabriela Boufelli de Freitas

Gabriela Boufelli de Freitas

Ginecologista, Mastologista

São Paulo

Agendar uma visita
Gustavo Kröger

Gustavo Kröger

Ginecologista, Nutrólogo

Barueri

Agendar uma visita
Ivo Luiz Pasinato Junior

Ivo Luiz Pasinato Junior

Ginecologista

Florianópolis

Agendar uma visita

Perguntas sobre Implante transdérmico (implanon)

Nossos especialistas responderam a 120 perguntas sobre Implante transdérmico (implanon)

O Implanon foi calculado para durar 3 anos, baseado num estudo com vários pacientes, e observado por quanto tempo o hormônio fica no corpo. Se falta apenas um mês para vencer, ainda estaria…
2 respostas


Qual a necessidade do álcool? Para antissepsia da pele?
Não há nenhum problema em utilizá-lo.
3 respostas


Olá. Sempre siga as orientações do seu médico. Agende a sua consulta de reavaliação e esclareça suas dúvidas.
O Implante é o método anticoncepcional mais seguro existente, com risco de…
2 respostas

Especialistas falam sobre Implante transdérmico (Implanon)

O implanon é um método anticoncepcional de longa duração (dura até 3 anos). É um dispositivo (implante) de plástico colocado debaixo da pele no braço.Ele é seguro e com baixíssima taxa de falha, considerado um método mais seguro inclusive que a laqueadura tubárea. Quando retirado, a mulher volta rapidamente a sua fertilidade. A colocação é tranquila e rápida, feita em consultório com anestesia local. O principal efeito colateral que algumas mulheres apresentam é o sangramento uterino irregular. Esse método não aumenta o risco de trombose como os anticoncepcionais combinados comuns.

Grande novidade do momento na anticoncepção, é um implante que fica debaixo da pele do braço com liberação diária de progestágeno por 3 anos. Prático e sem risco de trombose.

Natalia Gama

Ginecologista

Rio de Janeiro


O Implante é um bastonete que contém apenas progesterona. Insere-se na parte interna do braço. Tem a duração de 3 anos, mas pode ser retirado a qualquer momento, se necessário. O método apresenta alta eficácia, 99%. Pode ser utilizado por adolescente. Boa opção para quem esquece de tomar a pílula e para mulheres que apresentam TPM. O sangramento pode ficar irregular, prinicpalmente nos primeiros meses.

Aparecida Monteiro

Ginecologista

Rio de Janeiro


O implanon é um anticoncepcional que dura 3 anos, reduz muito ou pára com a menstruação e tem o menor índice de falhas dentre os métodos contraceptivos. É colocado no consultório sob anestesia local, apresenta baixíssimo índice de complicações e NÃO aumenta o risco de trombose. Excelente escolha para quem não quer se preocupar em tomar pílulas todos os dias ou que não pode usar o hormônio estrogênio, pois tem apenas o hormônio progestágeno.

Diego Di Marco Ataides

Ginecologista

Florianópolis

Agendar uma visita

O implante contraceptivo (Implanon) é um pequeno bastonete, com duração de 3 anos. Seus principais benefícios são a confiabilidade (taxa de falha de apenas 0,05% - a menor entre todos os anticoncepcionais) e a praticidade. Sangramento menstrual irregular ou ausência de menstruação são os efeitos colaterais mais comuns. Faço a inserção no braço, no consultório, com anestesia local. O procedimento é rápido e praticamente indolor. Após a retirada, a mulher pode engravidar normalmente. Mulheres com trombofilia ou passado de trombose podem utilizar este método. A inserção e o fornecimento do Implanon não são cobertos por planos de saúde.

Paula Guastaferro Magalhães

Ginecologista

Belo Horizonte


O implante contraceptivo é um método anticoncepcional ideal para quem não gosta da responsabilidade de lembrar-se de tomar a pílula diariamente. Tão eficaz quanto outros contraceptivos populares, como dispositivo intra-uterino (DIU), laqueadura e vasectomia, ele tem longa duração e possui efeitos colaterais reduzidos. A colocação do implanon é feita em ambulatório ou consultório médico. Com anestesia local, o procedimento dura poucos minutos e consiste na inserção do implante na face anterior do braço.

Medicamento contraceptivo hormonal pode ser recebido por várias formas de uso, como comprimidos, injeção, adesivo na pele, anel vagina, DIU e implante subcutâneo. O implante Implanon subcutâneo é uma excelente opção contraceptiva, cuja eficácia é comparável aos demais métodos hormonais. Mas ele apresenta uma grande praticidade, pois depois de inserido seu efeito dura por três anos, sendo que a mulher não precisa fazer nada mais para que ele funcione. Pode ser usado mesmo em mulheres que nunca tiveram bebê. Implanon também reduz significativamente o fluxo menstrual e na maioria das mulheres ocorre uma completa interrupção da menstruação durante o seu uso.

Paulo Batistuta Novaes

Ginecologista

Vitória

Quais profissionais realizam Implante transdérmico (implanon)?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.