Microagulhamento - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em microagulhamento

Encontre um especialista em Microagulhamento na sua cidade:
Giuliana Wurthmann

Giuliana Wurthmann

Dermatologista

Mogi das Cruzes

Agendar uma visita
Claudia Lis Carvalho Batista

Claudia Lis Carvalho Batista

Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Natalia Maira Resende

Natalia Maira Resende

Dermatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

Perguntas sobre Microagulhamento

Nossos especialistas responderam a 18 perguntas sobre Microagulhamento

Dra. Juliana Maeda
Dra. Juliana Maeda
Dermatologista
São Paulo
Bom dia! Qualquer tratamento estético pode causar quelóide dependendo do tipo de pele do paciente, ou uma prévia tendência genética. Procedimentos mais invasivos têm chance maior de provocar…
2 respostas

Precisa levar em consideração vários fatores, mas principalmente quando foi o episódio da síndrome e se conseguiu identificar a causa.
2 respostas

Dr. Bruno De Paula E Silva Felici de Souza
Dr. Bruno De Paula E Silva Felici de Souza
Cirurgião plástico
São José Do Rio Pardo
Sim, o microagulhamento causa microperfurações que estimulam colágeno sem induzir a formação de queloides.
2 respostas

Especialistas falam sobre Microagulhamento

Microagulhamento é feito com um rolinho composto de 192 agulhas com a espessura que varia de 1,5 a 2,5 mm de comprimento cada agulha, indicado para quem não pode ficar afastada do trabalho com um tratamento com laser, por exemplo, com resultados próximos ao que se deseja com o laser. Recomenda-se também 3 sessões, e depois uma manutenção.

O microagulhamento consiste na aplicação de um dermaroller (eu utilizo o Dr. Roller), equipamento constituído por um cabo com um tambor giratório em sua extremidade (semelhante a um rolo de pintura). Neste, existem 192 microagulhas de até 2,5 milímetros de comprimento. Sob anestesia, o equipamento é passado sobre as cicatrizes em vários sentidos, causando milhares de perfurações, o que estimula a produção de colágeno. Isto faz com que, gradativamente, as cicatrizes tornem-se menos deprimidas. Pode ser usado em qualquer tom de pele pois não há risco de manchas e a recuperação é quase total em 24 horas. Estudos mostram mais de 50% de melhora com apenas 4 sessões.

André Lauth

Dermatologista

Curitiba

Agendar uma visita

As múltiplas punturas da pele são capazes de estimular a produção de colágeno e vêm sendo popularmente chamadas de microagulhamento. A forma mais comum de aplicar essa técnica é a utilização de rolinhos contendo múltiplas agulhas que são aplicados na área a ser tratada com movimentos de vai e vem. A técnica é utilizada para tratamento de rugas, cicatrizes de acne, estrias e até melasma. Quando aplicada no couro cabeludo, é capaz de liberar fatores de crescimento que estimulam o crescimento dos cabelos. Mais informações no nosso site.

Carolina Lins Lacerda De Melo

Dermatologista

Recife


O microagulhamento é realizado com um equipamento composto de um pequeno cilindro incrustado por centenas de pequenas agulhas, cuja finalidade é provocar microlesões na pele, através de pequenos orifícios, deixando áreas ao redor intactas, para que sirvam de aporte à regeneração da lesão provocada. Isso promove a formação de colágeno e elastina, além de provocar uma intensa renovação celular. Tem indicação no rejuvenescimento facial, estrias, cicatrizes de acne e suavização de outros tipos de cicatrizes.

É um procedimento que utiliza micragulhas e fazem microperfurações na pele. Isso leva a estímulo na produção de colágeno, deixando a pele mais jovem e luminosa. Também mostra resultados muito promissores no tratamento do melasma, acelerando o processo de clareamento da pele. Indicado para tratar envelhcimento da pele de leve a intenso, manchas, melasma, cicatrizes de acne e estrias. Durante o procedimento é usado creme anestésico que diminui o desconforto da aplicação. A recuperação é rápida e o resultado altamente satisfatórios.

O microagulhamento é o nome “genérico” para um procedimento realizado sem padrão específico. Na minha prática, é utilizado para o tratamento da queda capilar (nas alopecias) e na face quando se objetiva o rejuvenescimento ou a atenuação de cicatrizes e do melasma. A técnica IPCA ® (Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas) é a minha escolha. Nela, após aplicação de anestésico tópico, é utilizado um dispositivo contendo pequenas agulhas que provocam múltiplas microperfurações na pele, responsáveis por estimular a produção de novas fibras de colágeno e também pela uniformização do tom. Tanto no face quanto no couro cabeludo, pode favorecer a penetração de ativos ("drug delivery").

Bruno De Souza Machado

Dermatologista

Goiânia


Também conhecido por Dermaroller ou IPC (Indução Percutânea de Colágeno) é realizado através de um aparelho descartável que lembra um rolinho com agulhas bem pequenas e finas, que estimula a produção de colágeno e o rejuvenescimento. É aplicado na pele após uso de anestésico tópico (pomadas anestésicas) e realização de bloqueio anestésico, em alguns casos. É indicado para rejuvenescimento, rugas, cicatrizes de acne, manchas/melasma, fechamento de poros, estrias e queda de cabelo. São realizadas sessões mensais e a quantidade de sessões depende do problema tratado.

Érica Amarante Rodrigues Dourado

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Belo Horizonte

Agendar uma visita

A indução percutânea de colágeno (IPCA) é um tratamento inovador e moderno, muito utilizado quando o objetivo é o estímulo da produção de colágeno. É bastante indicado para restaurar a juventude da pele, clarear manchas (como melasma) e amenizar rugas, cicatrizes, linhas de expressão e estrias. A IPCA é realizada com um instrumento em forma de cilindo contendo pequenas agulhas, causando micropunturas na pele. Através das micro-lesões causadas, inicia-se um processo natural de reparação da pele, que leva a revitalização da pele, deixando-a mais brilhosa e promovendo clareamento das manchas. A formação do novo colágeno pode levar de 6 a 8 semanas, quando os resultados são mais perceptíveis.

O IPCA ®️ - Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas - é um tratamento que utiliza várias agulhas estéreis dispostas em um rolo. Ao ser aplicado na pele, provoca pequenas punturas, estimulando vasodilatação e síntese de colágeno. Pode ser utilizado no tratamento de várias afecções, como cicatrizes de acne, estrias, rejuvenescimento cutâneo, melasma e calvície.

Lia Loureiro Albuquerque

Dermatologista

Fortaleza


Consiste na realização de microfuros na pele com um dispositivo chamado Dermaroller, sob anestesia tópica ou local, com o objetivo de estimular a produção de colágeno. É usado para principalmente para rejuvenescimento, redução de poros, tratamento de melasma, estrias, cicatrizes de acne e outras cicatrizes. O tratamento é feito em sessões, e podem ser associados ativos dermatológicos tópicos posteriormente em drug delivery, aumentando sua absorção e potencializando os resultados.

O microagulhamento ou indução percutâneo de colágeno consiste em um procedimento dermatológico em que produzimos furos minúsculos na pele, com o intuito de estimular os fibroblastos, células produtoras de colágeno. Trata-se de um método simples e rápido que possui diversas aplicações na dermatologia estética , destacando o incremento nas seguintes condições: : - Fotoenvelhecimento ( alternativa aos laser ablativos); - Cicatrizes de acne; - Queimaduras; - Melasma ; - Cicatrizes cirúrgicas. O procedimento com a microagulhamento deve ser realizado sob anestesia local, através do uso de um dispositivo dotado de um sistema de rolamento que contém inúmeras agulhas.

Breno Castro

Dermatologista

João Monlevade


O microagulhamento consiste na aplicação na pele de uma pequena ferramenta com agulhas acopladas. Ao ser friccionada, essa peça gera múltiplas puncturas na pele, delicados furinhos controlados que são benéficos para o tratamento de vários problemas, como rugas, manchas na pele, estrias, queda do cabelo, entre outros. O procedimento deve ser realizado de forma estéril e por médico que conheça a técnica para realizá-la de maneira segura e controlando o grau de fricção exatamente necessário para cada problema e tipo de pele.

Realizado para rejuvenescimento facial, melhora de rugas finas e cicatrizes de acne. Utiliza-se um dispositivo á laser que provoca inúmeras micropunturas na pele, para estímulo do colágeno. Possui efeito no clareamento de manchas como o melasma. No corpo, pode ser utilizado para tratamento de estrias e, no couro cabeludo, como adjuvante no tratamento da queda de cabelo.

Alessandra Toledo

Dermatologista

São Paulo


Procedimento avançado em cosmiatria e dermatologia com resultados excelentes para cicatrizes de acne e outras cicatrizes, manchas no rosto (melasma), tratamento capilar (quedas de cabelo e calvície masculina e feminina). As sessões podem ser 15/15 dias para melhores resultados ou mensais.

Marina Valente Maia Abinader

Alergista, Dermatologista

Manaus


O microagulhamento é um procedimento que utiliza um sistema de microagulhas aplicado à pele, resultando em estímulo à produção de colágeno.Pode ser utilizado para o tratamento de várias condições,como:cicatrizes de acne, melasma, rejuvenescimento facial, melhora da textura da pele e diminuição de rugas. Para cada queixa, é utilizado um comprimento de agulha diferente. Deve ser realizado por médico Dermatologista habilitado.

O microagulhamento consiste em micropunturas na pele associadas ou não a administração de ativos para tratamento de manchas, rejuvenescimento, correção de cicatrizes de acne, estrias, entre outros. As agulhas utilizadas que fazem parte do roller são descartáveis e em hipótese alguma podem ser reutilizadas, nem no mesmo paciente. Existem comprimentos de agulhas de uso médico e comprimentos de agulhas de uso mais disseminado, estas são agulhas mais curtas que tem efeito reduzido e resultados mais discretos. Como em todo tratamento estético, é fundamental a boa indicação do procedimento, associada à técnica correta e precauções de contaminação para bons e seguros resultados.

Microagulhamento é um procedimento realizado com dermaroller, que tem como objetivo estimular a produção de novo colágeno ou promover uma via de abertura para potencializar tratamentos tópicos Existem várias condições que podem ser tratadas com microagulhamento, as mais comuns são as seguintes: - Envelhecimento da pele - Flacidez - Estrias - Cicatriz de acne - Melasma - Queda de cabelo.

Utiliza-se um dispositivo com microagulhas que, ao perfurarem o couro cabeludo, estimulam a produção de substâncias chamadas fatores de crescimento. Além disso, as microagulhas criam canais que permitem o chamado “drug delivery”, que é a entrega de medicamentos diretamente no couro cabeludo. Estes medicamentos são escolhidos de forma individualizada a cada sessão do procedimento.

O microagulhamento é um procedimento médico que utiliza um rolinho desenvolvido especialmente para tratamento de problemas na pele. Este rolinho é composto por microagulhas que quando aplicado na pele estimula a produção de colágeno e elastina que irão promover a restauração dos tecidos. Esta técnica é eficaz para várias disfunções estéticas, melhorando a circulação loca, bem como o aspecto geral do tecido. É indicado para pessoas com flacidez facial, rugas, cicatriz de acne, estrias, linhas de expressão e queda de cabelo.

Thiago Amparo

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Salvador


Método que utiliza um instrumental com microagulhas estéreis que visa um estímulo na produção de colágeno, melhorando a coloração, textura, brilho e firmeza da pele. Utilizado para tratamento de melasma; estrias; cicatrizes da acne, pós-trauma e pós-cirúrgicas.

Mayume Dias Shibuya

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Salvador

Agendar uma visita

Você já deve ter ouvido falar sobre microagulhamento. O procedimento tem sido um dos trending topics nos portais de notícia em beleza e estética e sua procura tem lotado os consultórios dos dermatologistas. O microagulhamento funciona fazendo múltiplas microperfurações na superfície da pele sem gerar calor. Produz assim, microtraumas e inflamação que estimulam a formação e remodelamento do tão desejado colágeno, melhorando linhas, elasticidade e densidade da pele e conferindo um aspecto mais bonito e rejuvenescido. Agende seu horário para saber mais sobre essa maravilha.

Natalia Segatti

Dermatologista

São Paulo


O microagulhamento ou Indução percutânea de colágeno (IPCA) é procedimento no qual o médico dermatologista aplica um aparelho com múltiplas agulhas para tratamento de cicatrizes após acne, melasma, estímulo de colágeno e outros. É capaz de renovar a pele pelas microperfurações geradas, mas sem nenhuma remoção de pele. Durante a realização, o paciente deverá evitar Sol. E a pele deve receber tratamentos de preparação antes e depois para o procedimento.

Renata Furtado

Dermatologista

Recife


O microagulhamento é uma técnica incrível na estimulação cutânea de colágeno. Sou grande fã do procedimento pois em duas ou três sessões ocorre intensa melhora da Epiderme ,podendo ser associado ao Peeling que estimula ainda mais a produção de colágeno e clareia a pele. Pode ser feito com anestesia tópica ou bloqueio anestésico local para maior conforto. E ainda usa como ativos Vitamina C .e Fatores de Crescimento do próprio organismo.

Ana Beatriz Arbex Ferreira

Especialista em medicina estética, Generalista

São Paulo


O Microagulhamento nada mais é do que a Indução Percutânea de Colágeno (veja descrição em Indução Percutânea de Colágeno).

Cinthia Orasmo

Dermatologista

São Paulo

Agendar uma visita

Microagulhamento ou Indução Percutânea de Colágeno (IPCA) é a técnica onde através de múltiplas micro agulhas fazemos microperfurações na pele, gerando um processo inflamatório local capaz de estimular os fibroblastos que são as células responsáveis pela produção de colágeno. Pode ser associada com a aplicação local imediata de substâncias com as mais diversas funções , entre elas o ácido tranexâmico. É indicada para o tratamento de manchas, inclusive o melasma, para o rejuvenescimento geral com melhora da qualidade da pele, rugas, cicatriz de acne e estrias.

Jomara Estefaneli

Dermatologista

Rio de Janeiro


O microagulhamento é um tratamento realizado com um rolo que possui várias agulhas e que ao ser passado na pele causa múltiplas perfurações. Para esta técnica prefiro utilizar o termo Indução Percutânea de Colágeno e este nome já explica um dos objetivos do tratamento com multiagulhas (que pode ser feito de várias formas além do roller ). Podemos melhorar com está técnicas vários problemas de pele como: melasma, cicatrizes de acne, rugas e estrias. Para obter ainda mais efeito é comum junto com o agulhamento utilizarmos alguns ativos (ex: vitamina C , clareadores) para aproveitar os canais formados na pele e aumentar a penetração dos ativos e essa técnica.

Tais Bonilha Alves

Dermatologista

São Paulo


No microagulhamento são utilizadas várias agulhas muito finas que ao deslizarem pelo couro cabeludo e pele causam microlesões na pele que estimulam a circulação, produção de colágeno. Pode ser realizado para o tratamento de estrias e envelheciemento. Estimulando a produção de colágeno. Para o melasma, auxiliando no clareamento das manchas. Para queda de cabelo e calvície estimulando o crescimento de novos fios de forma mais rápida e efetiva.

Nicole Perim

Dermatologista

Belo Horizonte


Procedimento que promove microperfuracoes na pele que são capazes de gerar estimulo de colageno. Indicado para tratamento da flacidez facial, estrias, alguns tipos de cicatrizes, melasma e para melhorar os poros e a qualidade da pele de maneira geral. Realizo este procedimento ou com caneta vibratória, menos doloroso que com rolos de agulhas e me permite escolher o tamanho da agulha que quero usar em cada região facial, ou com aparelho de microagulhamento robótica que junto com as perfurações também faz a aplicação de radiofrequencia aumentando a quantidade de colageno produzida. Antes do procedimento e realizado anestesia com creme e uso de analgésico potente para seja bem tolerado.

Isis Oliveira

Dermatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

Um tratamento versátil em Dermatologia: trata-se de um procedimento realizado com pequenas agulhas, visando melhorar cicatrizes, como as estrias e as de acne; as manchas, como o melasma; e estimular o colágeno, combatendo a flacidez.

Murilo Calvo Peretti

Dermatologista

Presidente Prudente

Agendar uma visita

Microagulhamento é uma técnica de estimulação de colágeno e elastina através de um instrumento constituído por um rolo encravado por agulhas estéreis, alinhadas simetricamente em fileiras. Após o procedimento, podem ser usados alguns ativos farmacológicos (drug delivery) para se obter respostas mais rápidas e eficientes. Atua como estímulo para o rejuvenescimento da face, melhorando a coloração, textura e brilho da pele. Tem indicação no tratamento da flacidez e atenuação das rugas, já que favorece a produção de colágeno. E também na correção de cicatrizes de acne e estrias. Pode ser realizado tanto em mulheres como em homens a partir dos 18 anos.

Helen Mara Lucarelo Gomes Protta

Especialista em medicina estética

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Microagulhamento?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.