Terapia de reposição hormonal na menopausa - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em terapia de reposição hormonal na menopausa

Encontre um especialista em Terapia de reposição hormonal na menopausa na sua cidade:
Remberto J C Ponce

Remberto J C Ponce

Ginecologista

Porto Velho

Agendar uma visita
Sckarlet Biancolin

Sckarlet Biancolin

Ginecologista

São Paulo

Agendar uma visita
Fernanda Campos da Silva

Fernanda Campos da Silva

Ginecologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Jose Carlos Sadalla

Jose Carlos Sadalla

Ginecologista, Mastologista

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Terapia de reposição hormonal na menopausa

Nossos especialistas responderam a 12 perguntas sobre Terapia de reposição hormonal na menopausa

Olá. Nunca inicie uma medicação hormonal sem a ajuda do seu médico. Nem todas as mulheres podem fazer a reposição hormonal. Essas medicações podem estar associada a eventos graves como trombose.
2 respostas

Dr. Rodrigo Ferrarese
Dr. Rodrigo Ferrarese
Ginecologista
São Paulo
Olá!
Sim, mulheres com hipertensão arterial, desde que controlada, pode fazer uso de hormônio para reposição durante a menopausa.
É importante entender os riscos e benefícios da…
2 respostas

Olá. Nunca inicie uma medicação hormonal sem a ajuda do seu médico. Nem todas as mulheres podem fazer a reposição hormonal. Essa medicação pode estar associada a eventos graves como trombose.
2 respostas

Especialistas falam sobre Terapia de reposição hormonal na menopausa

A menopausa é um evento fisiológico caracterizado pela ausência de menstruação por um período de 12 meses, marcando o fim da vida reprodutiva da mulher, que geralmente acontece por volta dos 45 a 52 anos. O período de transição que antecede a menopausa é chamado de climatério, quando as alterações hormonais associadas a diminuição gradativa de produção de estrógenos pelos ovários causam vários sintomas: alterações do fluxo menstrual, ondas de calor, insonia, vagina seca, diminuição do desejo sexual, perda de massa óssea e depressão. A avaliação ginecológica adequada é essencial para identificação da necessidade e contra indicações para a reposição hormonal.

A terapia hormonal no climatério, ou menopausa, é um avanço significativo na qualidade de vida na mulher que chegou a essa nova fase da vida, garantindo a essas mulheres qualidade de vida, bem como redução dos sintomas que vem com a menopausa. Entretanto, antes de inciar a TH (terapia hormonal), se faz necessária investigação nos exames de rotina e histórico familiar hereditário desta, para saber se o benefício da TH é maior que o risco.

A chegada da menopausa ainda amedronta muitas mulheres. Devido à queda nos níveis dos hormônios femininos sintomas como calorões, redução da libido, insônia e cansaço podem aparecer. A Terapia Hormonal, quando devidamente indicada, melhora a qualidade de vida dessas mulheres, promovendo saúde e bem estar. Não há mais razões para sofrer com a menopausa, procure seu médico ginecologista.

Raquel Reis Magalhães

Ginecologista

São Paulo


Os sintomas são parecidos aos de uma TPM, porém mais intensa e prolongada. Pode ocorrer sensação de inchaço no corpo e mamas, os famosos fogachos (ondas de calor), dor de cabeça ou enxaqueca, alterações de humor (nervosismo, irritação, tristeza profunda e mesmo depressão), perda do desejo sexual, entre outros. Com uma avaliação completa, conseguimos identificar em que período encontra-se essa mulher e buscar o melhor tratamento possível, para que ela atravesse essa fase da vida da melhor maneira possível e com qualidade de vida, sem o uso de hormônios sintéticos, e sim com o uso de hormônios bioidênticos, que não causarão prejuízos na saúde da paciente.

Quais profissionais realizam Terapia de reposição hormonal na menopausa?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.