Tratamento de estrias - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em tratamento de estrias

Encontre um especialista em Tratamento de Estrias na sua cidade:
Berenice Werlang

Berenice Werlang

Dermatologista

João Pessoa

Iza Maria Correa

Iza Maria Correa

Dermatologista

Franco Da Rocha

Josiene Assis Pereira

Josiene Assis Pereira

Dermatologista

Uberlândia

Perguntas sobre Tratamento de estrias

Nossos especialistas responderam a 29 perguntas sobre Tratamento de estrias

Dra. Isis Oliveira
Dra. Isis Oliveira
Dermatologista
Belo Horizonte
Bom dia. Existe mais de um tipo de laser que pode ser utilizado para o tratamento, a escolha depende do tipo de estria, da área que sera tratada e do tipo de pele do paciente. Infelizmente o…
3 respostas

Dra. Helen Mara Lucarelo Gomes Protta
Dra. Helen Mara Lucarelo Gomes Protta
Especialista em medicina estética
São Paulo
Olá! Criança de 11 anos pode sim iniciar o tratamento para estrias! Porém, é importante uma avaliação médica para programar o melhor tratamento para ela.
4 respostas

 Renata Scartazzini
Renata Scartazzini
Especialista em medicina estética
Chapecó
Se você gosta da sua tatuagem, sim, hehe. Pois o laser acaba desbotando o pigmento da tatuagem além de chances de queimadura no local, dependendo o laser a ser utilizado.
3 respostas

Especialistas falam sobre Tratamento de Estrias

As estrias surgem quando há uma grande distensão da pele. Na adolescência, durante o estirão do crescimento, podem surgir nas costas. Nas meninas, podem surgir nos quadris, nádegas, coxas e mamas com o aumento destas regiões. São também comuns em pessoas obesas ou que ganharam muita massa muscular em atividades físicas. Na gravidez podem surgir, em geral, no abdome e nas mamas. Algumas medicações e doenças também podem predispor ao surgimento de estrias. As róseas (recentes) têm melhores resultados com o tratamento e respondem até mesmo a cremes. As brancas (tardias) são difíceis de tratar e podem melhorar com microagulhamento, laser e micropigmentação. Existem ainda outras opções.

Andre Lauth

Dermatologista

Curitiba

Agendar uma visita

As estrias são cicatrizes que se formam quando há destruição de fibras elásticas e colágenas na pele, normalmente causada por um estiramento da pele. A eficácia do tratamento irá depender da fase em que a estria está, o local em que a estria se encontra e sua espessura. É importante lembrar que não há cura total, mas há significativa melhora em sua aparência. Além disso, quanto mais cedo iniciar-se o tratamento, maiores as chances de que os resultados sejam positivos. Há vários tipos de tratamento, desde cremes tópicos, aplicação de ácidos, laser, carboxiterapia e peeling. O dermatologista é capaz de tratar e atenuar essa queixa tão frequente.

Lucas Miranda

Dermatologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

As estrias acometem a maior parte das mulheres e surgem principalmente a partir da puberdade. Há várias formas de prevenção, mas uma vez instaladas, peelings, microagulhamento, laser e Luz Pulsada são opções de tratamento.

Paula Corrêa

Dermatologista

Recife


As estrias aparecem quando ocorre estiramento excessivo da pele. Isso pode ocorrer durante a puberdade, na gestação ou quando há ganho rápido de peso. Medicamentos, predisposição genética e alterações hormonais podem favorecer o surgimento. Quando recentes, as estrias têm coloração avermelhada. Com o passar do tempo, elas vão ficando com aspecto esbranquiçado. Existem várias opções de tratamento, tais como peelings, lasers, radiofrequência fracionada, microagulhamento... A escolha varia de caso a caso. No entanto, quanto mais precocemente for iniciado, melhores serão os resultados atingidos. O tratamento de estrias recentes é sempre mais satisfatório.

As estrias são áreas de atrofia da pele, ou seja, áreas em que a pele é mais fina e menos distensível. Podem estar envolvidos em seu surgimento fatores genéticos, estiramento excessivo da pele (ganho e perda de peso rápidos, aumento rápido de massa muscular, gravidez e lactação, colocação de prótese de silicone, estirão de crescimento, etc), uso de corticoides, entre outros. São opções de tratamento: lasers ablativos e não ablativos, luz intensa pulsada (estrias avermelhadas), MMP (microinfusão de medicamentos na pele), microagulhamento, subscisão, etc.

Lahis Leão

Dermatologista

Goiânia


As estrias são depressões que se formam quando as fibras elásticas que dão sustentação à pele se rompem, causando o estiramento da pele. Isso pode acontecer por conta do aumento de peso, gravidez, uso de hormônios ou anabolizantes. Existem dois tipos de estrias, as recentes e mais rosadas e elevadas, e as antigas, brancas com leve enrugamento. As estrias podem coçar e inflamar. Os tratamentos podem ser feitos por aplicação de cremes e ácidos, de laser e peeling, isoladamente ou por associação.

Giselle Sanches

Dermatologista, Especialista em medicina estética

São Paulo

Agendar uma visita

As estrias são formas de cicatrizes e seu tratamento envolve desde prevenção do seu surgimento até como aplicação de peelings químicos, lasers, microagulhamento, entre outros. Há diferentes tipos de estrias e a qualidade da pele ao redor influencia na escolha do melhor tratamento. As mais diversas opções de tratamento de estrias estão disponíveis na clínica e sua realização depende da indicação clínica.

Tratamento de estrias não funcionam com apenas cremes, necessita-se da aplicação de tecnicas que estimulem a formação de colágeno e melhorem as estrias que são um tipo de cicatriz. O tratamento a laser costuma ter efeitos muito interressantes na melhora do colágeno e na profundidade das estrias.

Moyses Costa Lemos

Dermatologista

São Carlos

Agendar uma visita

As estrias são cicatrizes decorrentes de um estiramento excessivo das fibras elásticas da pele. São causadas pelo estiramento do tecido da pele, seja por puberdade, crescimento, musculação, obesidade, medicamentos, hormônios ou gravidez, e sua posterior redução, na qual a pele não retorna ao seu tamanho original. Todo processo de reparação da pele, inclusive o de estrias, depende das fibras colágenas. Sendo assim, os tratamentos para estrias e cicatrizes precisam promover estimulação colágena para reestruturação das fibras elásticas e o espessamento da pele.

Ana Pia Gomes Coelho

Dermatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Estrias são cicatrizes que se formam quando as fibras elásticas e colágenas da pele são rompidas, normalmente causadas pelo estiramento da pele. Podem ser tratadas de diversas formas: lasers, microagulhamento, radiofrequência microagulhada, peelings e cremes que auxiliam no tratamento.

Mayume Dias Shibuya

Dermatologista, Especialista em medicina estética

Salvador


As estrias são decorrentes da gestação, estirão da puberdade durante a adolescência, ganho rápido de muscular, medicamentos (uso prolongado de corticoides), cirurgias (prótese mamária) ou doenças. Peelings, Indução percutânea do colágeno e Microinfusão de Medicamentos na pele podem ser empregados em seu tratamento, melhorando o aspecto de estrias vermelhas ou brancas.

Antes as estrias eram um fantasma na vida de muitas pessoas, causando constrangimento e limitações, mas hoje , atraves de tratamentos como peelings, laser de Co2 e microagulhamento , podemos restaurar a aparência da pele, devolvendo a segurança e bem estar dos pacientes.

Tatiana Amaral Da Silva Vazquez

Especialista em medicina estética

Nova Iguaçu

Quais profissionais realizam Tratamento de estrias?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.