Dr. Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

Médico clínico geral, Geriatra mais

São Paulo 1 endereço

Número de registro: CRM: 85220 - SP - RQE Nº: 18802 - RQE Nº: 18803

3 opiniões
Tempo estimado de resposta:

Consultório

Consultório particular
Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, Santana, São Paulo

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

(11) 2973..... Mostrar número
(11) 2979..... Mostrar número

Atendimento para a depressão na terceira idade

Avaliação Cognitiva

Avaliação Geriátrica Ampla

Mostrar mais serviços

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços em destaque


Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular

Outros serviços


Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular



Rua Conselheiro Moreira de Barros, 609, São Paulo

Consultório particular

Experiência

Sobre mim


Sou médico geriatra formado pela USP há 23 anos, com Residência no Hospital das Clínicas da FMUSP.
Continuo trabalhando na USP e no...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Geriatria

Formação

  • Formado em Medicina, Faculdade de Medicina da USP, 1995
  • Residência em Clínica Médica e Geriatria, Hospital das Clínicas da FMUSP, 1999
  • Médico Assistente com cargo de Supervisor Geral dos Ambulatórios, Serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da FMUSP, 2003

Idiomas

  • Português,
  • Inglês

Artigos

Avaliação Cognitiva

Um motivo comum de procura ao geriatra são queixas de memória. Através de uma entrevista detalhada e alguns testes de memória simples, o médico geriatra consegue avaliar se aquela queixa de memória configura uma doença (como o Alzheimer), ou se faz parte do envelhecimento normal. Esta avaliação é complementada com exames, e se for necessária, uma avaliação neuropsicológica para uma análise mais detalhada.


Gerenciamento de cuidados médicos

Um problema frequente do paciente idoso é ter muitos médicos especialistas. O geriatra é um generalista, que pode assumir o tratamento das doenças mais comuns da terceira idade, e avaliar o paciente e seus tratamentos como um todo, pensando em como um tratamento interfere nos demais. Entretanto, doenças menos comuns ou mais avançadas continuam necessitando do médico especialista. O médico geriatra orientará quando será necessário procurar o especialista. Claro que quaisquer especialistas que o paciente já estiver consultando podem ser mantidos, se assim o paciente desejar. O geriatra pode centralizar e “orquestrar” o cuidado global do idoso, dialogando com os outros médicos.

Veja todos os artigos

3 opiniões de pacientes

Classificação geral

Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
F
Local: Consultório particular Primeira consulta Geriatria

Quero agradecer pelo excelente atendimento, muito atencioso, explica tudo em uma linguagem simples e clara, onde tira todas as dúvidas, "vira o paciente de ponta cabeça" para descobrir o que tem, de onde veio a causa, se o caso pode ser hereditário ou o próprio corpo desenvolveu.]
Nossa!!! ele é incrível, realmente ama o que faz.
Vamos falar do cuidado que ele tem com o idoso, a paciência é notável a sua sensibilidade.
Dr. Antonio, minha mãe Francisca Borges ao qual o Dr. está tratando e minha família agradecemos pelo seu desempenho, atenção para conosco.
Eu super indico esse médico.

Obrigada

P
Perfil verificado
Local: Consultório particular Rotina com Geriatria

Pontos positivos
Eu acredito que todo ser humano deveria ter condição de se consultar com um médico do nível e conhecimento do Dr. Antonio. Localizei este especialista na internet e estamos muito felizes com os resultados obtidos, minha mãe está muito melhor em um curto espaço de tempo. Recomendo de olhos fechados.

Pontos de melhoria
Ao meu ver, não tenho nada para melhor o atendimento que ele dá para minha mãe. Tudo perfeito, o carinho e a atenção foi um divisor de águas para o tratamento dela. Eu e minhas irmãs estamos muito satisfeitas com ele.

Dr. Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

Agradeço muito as gentis palavras! Continuaremos juntos os cuidados! Abraço Antonio

P
Perfil verificado
Local: Consultório particular

Fazia tempo que eu queria ir no geriatra, devia ter ido antes (já tenho 63 anos) e gostei muito! Foi a consulta mais longa que eu já vi! Se bem que eu só vou em médico de convênio, não sei se o geriatra do convênio também conversa mais. Recomendo para todo mundo!

Dr. Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

Muito obrigado! Estou à disposição para o que precisar! Abraço!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

4 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Atenolol

Minha mae é idosa tem Alzheimer, gostaria de perguntar qual melhor horario pra ela tomar Atenolol pra pressão?

O Atenolol, quando utilizado no tratamento de Hipertensão, geralmente é tomado pela manhã. Mas dependendo do caso, pode ser necessário tomar uma dose de manhã e outra no jantar. Quando o paciente usa uma única dose ao dia, o habitual é que seja pela manhã. Não é necessário jejum, pode ser tomado com o café da manhã. Entretanto, sabemos que o suco de laranja diminui o efeito do remédio, então o café da manhã não deve incluir suco de laranja. Espero ter respondido sua dúvida! Abraço!

Dr. Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

medicamentos para colesterol alto podem causar demência ou problemas na memória?

Nunca se demonstrou que os medicamentos para colesterol alto causem demência ou problemas da memória. Pelo contrário, eles ajudam a prevenir a Demência Vascular, o segundo tipo mais comum de Demência. Se a sua preocupação é Memória, pode tomar o remédio para colesterol, pois ele deve estar ajudando!

Mas deixe eu explicar de onde veio esta informação. Em 2002 o FDA americano encontrou relatos de pacientes tomando estatinas e se queixando da memória. Na década seguinte, vários estudos de boa qualidade investigaram este assunto, e não encontraram relação entre estatinas e perda da memória.
Mas por causa dos relatos, foi incluída na bula dos remédios este aviso. Na bula da Sinvastatina da Anvisa consta "memória fraca" como um efeito "muito raro", que afeta "menos de 0.01% dos pacientes que utilizaram o medicamento".

Ou seja, pode tomar seu remédio tranquilo!

Espero ter ajudado! Abraço!

Dr. Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Perguntas frequentes