Dra. Daniela Branchini

Terapeuta complementar, Psicóloga mais

São Paulo, Caraguatatuba 3 endereços

Número de registro: CRT 45200 CRP SP 06/73019

15 opiniões
Pacientes fiéis

Pacientes deste especialista retornam para outras consultas.

  • Dra. Daniela Branchini
    Dra. Daniela Branchini
    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    A Terapia Quântica é um processo que combina técnicas de cura energética, visualização criativa, diálogo terapêutico no qual iniciamos com uma avaliação para entender as necessidades e preocupações do cliente que inclui uma discussão sobre o histórico de saúde, os desafios emocionais e os objetivos de cura. Em seguida estabelecemos uma intenção de definir metas para alcançar um estado desejado de bem-estar e trabalhamos juntos para integrar as experiências que ocorrem no atendimento e criar um plano de ação para continuar o processo de cura fora do consultório com práticas de autocuidado, mudanças no estilo de vida e recomendações para os próximos atendimentos. O objetivo principal da Terapia Quântica é promover a cura holística, abordando os aspectos físicos, emocionais, mentais e espirituais do cliente.

  • Consultórios (4)

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE
    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo


    Medidas de segurança neste consultório

    Mostrar
    Atende: adultos, crianças de qualquer idade
    (11) 98897..... Mostrar número


    Pagamento após a consulta

    Com este especialista, você poderá pagar após a consulta. Veja mais


    Fuso horário: Brasilia

    Teleconsulta (descrição) • R$ 200

    Primeira consulta psicologia (descrição) • R$ 200

    Primeira consulta Terapias Complementares e Alternativas (descrição) • R$ 200 +22 mais

    Anamnese psicológica (descrição) • R$ 200

    Consulta em Terapias Integrativas e Complementares (descrição) • R$ 200

    Consulta psicológica (descrição) • R$ 200

    Mostrar mais serviços

    Atende: adultos, crianças de qualquer idade
    (11) 98897..... Mostrar número

    Método de pagamento: PIX, Transferência Bancária, Cartão de Débito, Cartão de Crédito, Boleto, Depósito Bancário

    Você efetua o pagamento após a consulta online. Logo após finalizar a consulta, você receberá um SMS e um e-mail com o link para o pagamento online seguro.

    O pagamento para a consulta vai diretamente para o especialista, que também é responsável por determinar sua própria política de cancelamento e reembolso.

    Caso tenha qualquer problema com pagamentos, por favor, entre em contato com a Doctoralia.

    Lembre-se de que a Doctoralia não cobra taxas adicionais pela marcação de uma consulta e não processa os pagamentos em nome do especialista.


    Prepare-se 10 minutos antes da consulta e verifique se o seu smartphone ou notebook está com a bateria carregada. Para uma videochamada, verifique se tudo funciona: conexão com a internet, câmera e microfone. Prepare também a documentação médica (como resultado de um exame) caso precise mostrar na consulta.


    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL
    Rua Santa Branca 443, Sumaré, Caraguatatuba


    Medidas de segurança neste consultório

    Mostrar
    Atende: adultos, crianças de qualquer idade
    (11) 98897..... Mostrar número


    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE
    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo


    Medidas de segurança neste consultório

    Mostrar
    Atende: adultos, crianças de qualquer idade
    (11) 98897..... Mostrar número


    Serviços e preços

    Os preços são para pacientes sem convênio médico

    Serviços em destaque


    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE


    R$ 200

    Teleconsulta

    Algumas pessoas só conseguem perceber algo errado com suas vidas quando se tornam adultos frustrados, cujos sonhos foram enterrados nos becos de sua história.

    A busca do autoconhecimento favorece o encontro de um melhor caminho com seu verdadeiro self, pois só nos amamos se nos conhecemos, é o comprometimento de estimular a sua evolução, superando medos, traumas, o equilíbrio das emoções e promovendo o diálogo interpessoal para o sucesso em seu desenvolvimento social, familiar, de trabalho, relacionamento amoroso.

    É o melhor caminho para prevenir a depressão, a síndrome do pânico, os transtornos ansiosos, o estresse e a violência social.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A teleconsulta em terapia quântica é uma modalidade de atendimento terapêutico que utiliza tecnologias de comunicação remotas, como videochamadas, chamadas de áudio, e-mails ou mensagens de texto, para conduzir sessões de terapia quântica à distância. Essa abordagem permite que os terapeutas ofereçam suporte terapêutico aos clientes que estão longe geograficamente, têm dificuldades de locomoção ou preferem a conveniência e privacidade do atendimento remoto.

    Aqui estão alguns aspectos importantes da teleconsulta em terapia quântica:

    1. **Acesso a distância:** A teleconsulta permite que os clientes acessem serviços de terapia quântica de qualquer lugar do mundo, desde que tenham acesso a uma conexão de internet estável e a um dispositivo compatível, como um computador, tablet ou smartphone.

    2. **Conveniência e flexibilidade:** As sessões de terapia quântica por teleconsulta oferecem conveniência e flexibilidade para os clientes, que podem agendar e participar das sessões no conforto de suas próprias casas, evitando deslocamentos e economizando tempo.

    3. **Privacidade e confidencialidade:** As plataformas de teleconsulta são projetadas para garantir a privacidade e a confidencialidade das comunicações entre terapeuta e cliente. Os terapeutas devem seguir as diretrizes éticas e legais para proteger as informações pessoais dos clientes e manter um ambiente seguro para o tratamento.

    4. **Tecnologia adequada:** Tanto o terapeuta quanto o cliente precisam estar confortáveis com o uso da tecnologia e ter acesso a dispositivos e software adequados para realizar as sessões de teleconsulta. Isso inclui garantir uma conexão de internet estável, usar plataformas de videoconferência seguras e proteger as informações confidenciais durante as sessões.

    5. **Adaptação das técnicas:** Os terapeutas de terapia quântica podem adaptar suas técnicas e abordagens para atender às necessidades dos clientes durante as sessões de teleconsulta. Isso pode incluir o uso de visualizações guiadas, exercícios de respiração, meditações virtuais e outras práticas terapêuticas que podem ser conduzidas remotamente.

    6. **Limitações:** Apesar das vantagens, a teleconsulta em terapia quântica também apresenta algumas limitações, incluindo a falta de contato físico direto entre terapeuta e cliente, possíveis problemas técnicos durante as sessões e a necessidade de adaptar algumas técnicas terapêuticas para o ambiente virtual.

    Em resumo, a teleconsulta em terapia quântica oferece uma alternativa conveniente e acessível para os clientes que desejam acessar serviços terapêuticos à distância. Embora não substitua completamente o atendimento presencial, pode ser uma opção eficaz para muitas pessoas, especialmente em situações em que o acesso ao atendimento presencial é limitado.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    O atendimento online é realizado com uma chamada em vídeo pelo celular ou computador através de aplicativos de whatsapp, skype.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    Saiba mais

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE



    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Acompanhamento Terapêutico Quântico aliado à técnicas complementares e alternativas (acupuntura, reiki, florais, etc.).


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    É focada nos conceitos da física quântica, autoconhecimento e leva em consideração que a mudança somente é possível dentro do processo de consciência, aceitação do que está dentro de você em relação aos seus sentimentos e pensamentos. Para que ocorra dentro de um olhar abrangente, é indicado pelo terapeuta, o uso de florais quânticos e técnicas integrativas das mais variadas e atuais.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A primeira consulta psicológica em terapia, muitas vezes chamada de sessão inicial ou sessão de avaliação, é um momento crucial para estabelecer uma base sólida para o trabalho terapêutico futuro. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a primeira consulta:

    1. **Boas-Vindas e Estabelecimento de Confiança**: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.

    2. **Coleta de Informações Iniciais**: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.

    3. **Exploração das Preocupações e Motivações**: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Esse é um momento para o cliente expressar livremente suas emoções, pensamentos e objetivos terapêuticos.

    4. **Estabelecimento de Metas Terapêuticas**: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.

    5. **Exploração da Relação Terapêutica**: Durante a primeira consulta, o terapeuta também está avaliando a compatibilidade e a dinâmica entre ele e o cliente. Isso envolve observar como o cliente responde ao terapeuta, como ele se sente em relação ao ambiente terapêutico e se há uma conexão mútua estabelecida.

    6. **Discussão sobre a Abordagem Terapêutica**: O terapeuta explica ao cliente o tipo de abordagem terapêutica que pretende utilizar e como ela pode beneficiar o cliente. Isso pode incluir uma explicação sobre a terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia centrada na pessoa, entre outras abordagens.

    7. **Finalização e Agendamento de Sessões Futuras**: Ao final da primeira consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.

    É importante lembrar que a primeira consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A primeira consulta psicológica em terapia, muitas vezes chamada de sessão inicial ou sessão de avaliação, é um momento crucial para estabelecer uma base sólida para o trabalho terapêutico futuro. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a primeira consulta:

    1. **Boas-Vindas e Estabelecimento de Confiança**: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.

    2. **Coleta de Informações Iniciais**: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.

    3. **Exploração das Preocupações e Motivações**: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Esse é um momento para o cliente expressar livremente suas emoções, pensamentos e objetivos terapêuticos.

    4. **Estabelecimento de Metas Terapêuticas**: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.

    5. **Exploração da Relação Terapêutica**: Durante a primeira consulta, o terapeuta também está avaliando a compatibilidade e a dinâmica entre ele e o cliente. Isso envolve observar como o cliente responde ao terapeuta, como ele se sente em relação ao ambiente terapêutico e se há uma conexão mútua estabelecida.

    6. **Discussão sobre a Abordagem Terapêutica**: O terapeuta explica ao cliente o tipo de abordagem terapêutica que pretende utilizar e como ela pode beneficiar o cliente. Isso pode incluir uma explicação sobre a terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia centrada na pessoa, entre outras abordagens.

    7. **Finalização e Agendamento de Sessões Futuras**: Ao final da primeira consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.

    É importante lembrar que a primeira consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A primeira consulta psicológica em terapia, muitas vezes chamada de sessão inicial ou sessão de avaliação, é um momento crucial para estabelecer uma base sólida para o trabalho terapêutico futuro. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a primeira consulta:

    1. **Boas-Vindas e Estabelecimento de Confiança**: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.

    2. **Coleta de Informações Iniciais**: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.

    3. **Exploração das Preocupações e Motivações**: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Esse é um momento para o cliente expressar livremente suas emoções, pensamentos e objetivos terapêuticos.

    4. **Estabelecimento de Metas Terapêuticas**: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.

    5. **Exploração da Relação Terapêutica**: Durante a primeira consulta, o terapeuta também está avaliando a compatibilidade e a dinâmica entre ele e o cliente. Isso envolve observar como o cliente responde ao terapeuta, como ele se sente em relação ao ambiente terapêutico e se há uma conexão mútua estabelecida.

    6. **Discussão sobre a Abordagem Terapêutica**: O terapeuta explica ao cliente o tipo de abordagem terapêutica que pretende utilizar e como ela pode beneficiar o cliente. Isso pode incluir uma explicação sobre a terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia centrada na pessoa, entre outras abordagens.

    7. **Finalização e Agendamento de Sessões Futuras**: Ao final da primeira consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.

    É importante lembrar que a primeira consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A primeira consulta psicológica em terapia, muitas vezes chamada de sessão inicial ou sessão de avaliação, é um momento crucial para estabelecer uma base sólida para o trabalho terapêutico futuro. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a primeira consulta:

    1. **Boas-Vindas e Estabelecimento de Confiança**: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.

    2. **Coleta de Informações Iniciais**: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.

    3. **Exploração das Preocupações e Motivações**: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Esse é um momento para o cliente expressar livremente suas emoções, pensamentos e objetivos terapêuticos.

    4. **Estabelecimento de Metas Terapêuticas**: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.

    5. **Exploração da Relação Terapêutica**: Durante a primeira consulta, o terapeuta também está avaliando a compatibilidade e a dinâmica entre ele e o cliente. Isso envolve observar como o cliente responde ao terapeuta, como ele se sente em relação ao ambiente terapêutico e se há uma conexão mútua estabelecida.

    6. **Discussão sobre a Abordagem Terapêutica**: O terapeuta explica ao cliente o tipo de abordagem terapêutica que pretende utilizar e como ela pode beneficiar o cliente. Isso pode incluir uma explicação sobre a terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia centrada na pessoa, entre outras abordagens.

    7. **Finalização e Agendamento de Sessões Futuras**: Ao final da primeira consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.

    É importante lembrar que a primeira consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 400

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Atendimento diagnóstico em Terapia Quântica aliada à outras técnicas de terapias complementares e alternativas (acupuntura, reiki, florais, etc.).


    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.



    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL



    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Quando se trata de terapias complementares e alternativas, como acupuntura, reiki, constelação familiar, entre outras, o retorno de consultas geralmente segue um padrão semelhante ao das consultas convencionais, mas com algumas características específicas. Aqui está uma descrição geral do que esperar durante o retorno de consultas em terapias complementares e alternativas:

    Avaliação do Progresso: Durante o retorno da consulta, o terapeuta fará uma avaliação do progresso desde a última sessão. Eles podem revisar os sintomas ou preocupações iniciais discutidos na primeira consulta e perguntar sobre quaisquer mudanças desde então.
    Reavaliação dos Objetivos: O terapeuta pode reavaliar os objetivos do tratamento e discutir se eles foram alcançados ou se precisam ser ajustados com base na resposta do paciente ao tratamento.
    Feedback do Paciente: É uma oportunidade para o paciente fornecer feedback sobre sua experiência com o tratamento. Eles podem compartilhar quais técnicas ou abordagens acharam mais úteis, quaisquer preocupações que possam ter surgido ou sugestões para melhorar o processo de tratamento.
    Ajuste do Plano de Tratamento: Com base na avaliação do progresso e no feedback do paciente, o terapeuta pode ajustar o plano de tratamento conforme necessário. Isso pode envolver a modificação das técnicas utilizadas, a frequência das sessões ou a introdução de novas abordagens terapêuticas.
    Educação Continuada: O terapeuta pode fornecer educação adicional ao paciente sobre práticas de autocuidado, mudanças no estilo de vida ou estratégias complementares para melhorar os resultados do tratamento entre as sessões.
    Agendamento de Consultas Futuras: No final do retorno da consulta, o terapeuta e o paciente geralmente agendam a próxima sessão. A frequência das consultas pode variar dependendo da condição tratada e das necessidades individuais do paciente.
    É importante notar que a duração e a frequência dos retornos de consulta podem variar dependendo da terapia específica e das necessidades do paciente. Além disso, o retorno da consulta em terapias complementares e alternativas muitas vezes enfatiza uma abordagem holística, considerando o bem-estar geral do paciente além dos sintomas específicos da condição tratada.

    Outros serviços


    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 180

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Quiroacupuntura Koryo nas mãos



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A anamnese psicológica em terapia é uma parte fundamental do processo terapêutico, onde o terapeuta coleta informações detalhadas sobre a história pessoal, familiar, emocional e psicológica do cliente. Essa coleta de dados ajuda o terapeuta a entender melhor o cliente, suas preocupações, desafios e objetivos, além de fornecer uma base sólida para o desenvolvimento do plano de tratamento. Aqui está uma descrição geral do que pode ser incluído na anamnese psicológica:

    1. **Informações Pessoais**: O terapeuta começa coletando informações básicas sobre o cliente, como nome, idade, estado civil, ocupação, endereço e contato de emergência. Isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança e permite ao terapeuta ter uma visão geral do cliente.

    2. **Motivo da Consulta**: O terapeuta pergunta ao cliente qual é o motivo que o levou a buscar terapia. Isso pode incluir preocupações específicas, sintomas emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, estresse no trabalho, entre outros.

    3. **História Médica e Psiquiátrica**: O terapeuta coleta informações sobre a história médica e psiquiátrica do cliente, incluindo quaisquer condições médicas ou psiquiátricas pré-existentes, tratamentos anteriores, hospitalizações, uso de medicamentos, alergias, entre outros.

    4. **História Familiar**: O terapeuta investiga a história familiar do cliente, incluindo informações sobre seus pais, irmãos, relacionamentos familiares, eventos significativos na família, histórico de doenças mentais na família, entre outros.

    5. **História Educacional e Profissional**: O terapeuta pergunta ao cliente sobre sua educação, formação acadêmica, experiência profissional, realizações profissionais, desafios no trabalho, objetivos de carreira, entre outros.

    6. **História de Desenvolvimento**: O terapeuta explora a história de desenvolvimento do cliente, incluindo eventos significativos na infância, adolescência e vida adulta, relacionamentos importantes, traumas, perdas, transições importantes, entre outros.

    7. **Recursos e Rede de Apoio**: O terapeuta investiga os recursos pessoais e a rede de apoio do cliente, incluindo amigos, familiares, colegas, grupos de apoio, atividades de lazer, entre outros.

    8. **Expectativas e Objetivos da Terapia**: O terapeuta pergunta ao cliente quais são suas expectativas em relação à terapia e quais são seus objetivos de curto e longo prazo. Isso ajuda a estabelecer metas terapêuticas claras e orienta o desenvolvimento do plano de tratamento.

    Ao coletar todas essas informações, o terapeuta pode obter uma compreensão abrangente do cliente e de suas necessidades, permitindo assim a personalização do tratamento para atender às suas necessidades específicas. Essa anamnese psicológica serve como ponto de partida para o trabalho terapêutico e ajuda a estabelecer uma base sólida para a construção de uma relação terapêutica eficaz.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A anamnese psicológica em terapia é uma parte fundamental do processo terapêutico, onde o terapeuta coleta informações detalhadas sobre a história pessoal, familiar, emocional e psicológica do cliente. Essa coleta de dados ajuda o terapeuta a entender melhor o cliente, suas preocupações, desafios e objetivos, além de fornecer uma base sólida para o desenvolvimento do plano de tratamento. Aqui está uma descrição geral do que pode ser incluído na anamnese psicológica:

    1. **Informações Pessoais**: O terapeuta começa coletando informações básicas sobre o cliente, como nome, idade, estado civil, ocupação, endereço e contato de emergência. Isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança e permite ao terapeuta ter uma visão geral do cliente.

    2. **Motivo da Consulta**: O terapeuta pergunta ao cliente qual é o motivo que o levou a buscar terapia. Isso pode incluir preocupações específicas, sintomas emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, estresse no trabalho, entre outros.

    3. **História Médica e Psiquiátrica**: O terapeuta coleta informações sobre a história médica e psiquiátrica do cliente, incluindo quaisquer condições médicas ou psiquiátricas pré-existentes, tratamentos anteriores, hospitalizações, uso de medicamentos, alergias, entre outros.

    4. **História Familiar**: O terapeuta investiga a história familiar do cliente, incluindo informações sobre seus pais, irmãos, relacionamentos familiares, eventos significativos na família, histórico de doenças mentais na família, entre outros.

    5. **História Educacional e Profissional**: O terapeuta pergunta ao cliente sobre sua educação, formação acadêmica, experiência profissional, realizações profissionais, desafios no trabalho, objetivos de carreira, entre outros.

    6. **História de Desenvolvimento**: O terapeuta explora a história de desenvolvimento do cliente, incluindo eventos significativos na infância, adolescência e vida adulta, relacionamentos importantes, traumas, perdas, transições importantes, entre outros.

    7. **Recursos e Rede de Apoio**: O terapeuta investiga os recursos pessoais e a rede de apoio do cliente, incluindo amigos, familiares, colegas, grupos de apoio, atividades de lazer, entre outros.

    8. **Expectativas e Objetivos da Terapia**: O terapeuta pergunta ao cliente quais são suas expectativas em relação à terapia e quais são seus objetivos de curto e longo prazo. Isso ajuda a estabelecer metas terapêuticas claras e orienta o desenvolvimento do plano de tratamento.

    Ao coletar todas essas informações, o terapeuta pode obter uma compreensão abrangente do cliente e de suas necessidades, permitindo assim a personalização do tratamento para atender às suas necessidades específicas. Essa anamnese psicológica serve como ponto de partida para o trabalho terapêutico e ajuda a estabelecer uma base sólida para a construção de uma relação terapêutica eficaz.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A anamnese psicológica em terapia é uma parte fundamental do processo terapêutico, onde o terapeuta coleta informações detalhadas sobre a história pessoal, familiar, emocional e psicológica do cliente. Essa coleta de dados ajuda o terapeuta a entender melhor o cliente, suas preocupações, desafios e objetivos, além de fornecer uma base sólida para o desenvolvimento do plano de tratamento. Aqui está uma descrição geral do que pode ser incluído na anamnese psicológica:

    1. **Informações Pessoais**: O terapeuta começa coletando informações básicas sobre o cliente, como nome, idade, estado civil, ocupação, endereço e contato de emergência. Isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança e permite ao terapeuta ter uma visão geral do cliente.

    2. **Motivo da Consulta**: O terapeuta pergunta ao cliente qual é o motivo que o levou a buscar terapia. Isso pode incluir preocupações específicas, sintomas emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, estresse no trabalho, entre outros.

    3. **História Médica e Psiquiátrica**: O terapeuta coleta informações sobre a história médica e psiquiátrica do cliente, incluindo quaisquer condições médicas ou psiquiátricas pré-existentes, tratamentos anteriores, hospitalizações, uso de medicamentos, alergias, entre outros.

    4. **História Familiar**: O terapeuta investiga a história familiar do cliente, incluindo informações sobre seus pais, irmãos, relacionamentos familiares, eventos significativos na família, histórico de doenças mentais na família, entre outros.

    5. **História Educacional e Profissional**: O terapeuta pergunta ao cliente sobre sua educação, formação acadêmica, experiência profissional, realizações profissionais, desafios no trabalho, objetivos de carreira, entre outros.

    6. **História de Desenvolvimento**: O terapeuta explora a história de desenvolvimento do cliente, incluindo eventos significativos na infância, adolescência e vida adulta, relacionamentos importantes, traumas, perdas, transições importantes, entre outros.

    7. **Recursos e Rede de Apoio**: O terapeuta investiga os recursos pessoais e a rede de apoio do cliente, incluindo amigos, familiares, colegas, grupos de apoio, atividades de lazer, entre outros.

    8. **Expectativas e Objetivos da Terapia**: O terapeuta pergunta ao cliente quais são suas expectativas em relação à terapia e quais são seus objetivos de curto e longo prazo. Isso ajuda a estabelecer metas terapêuticas claras e orienta o desenvolvimento do plano de tratamento.

    Ao coletar todas essas informações, o terapeuta pode obter uma compreensão abrangente do cliente e de suas necessidades, permitindo assim a personalização do tratamento para atender às suas necessidades específicas. Essa anamnese psicológica serve como ponto de partida para o trabalho terapêutico e ajuda a estabelecer uma base sólida para a construção de uma relação terapêutica eficaz.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A anamnese psicológica em terapia é uma parte fundamental do processo terapêutico, onde o terapeuta coleta informações detalhadas sobre a história pessoal, familiar, emocional e psicológica do cliente. Essa coleta de dados ajuda o terapeuta a entender melhor o cliente, suas preocupações, desafios e objetivos, além de fornecer uma base sólida para o desenvolvimento do plano de tratamento. Aqui está uma descrição geral do que pode ser incluído na anamnese psicológica:

    1. **Informações Pessoais**: O terapeuta começa coletando informações básicas sobre o cliente, como nome, idade, estado civil, ocupação, endereço e contato de emergência. Isso ajuda a estabelecer uma relação de confiança e permite ao terapeuta ter uma visão geral do cliente.

    2. **Motivo da Consulta**: O terapeuta pergunta ao cliente qual é o motivo que o levou a buscar terapia. Isso pode incluir preocupações específicas, sintomas emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, estresse no trabalho, entre outros.

    3. **História Médica e Psiquiátrica**: O terapeuta coleta informações sobre a história médica e psiquiátrica do cliente, incluindo quaisquer condições médicas ou psiquiátricas pré-existentes, tratamentos anteriores, hospitalizações, uso de medicamentos, alergias, entre outros.

    4. **História Familiar**: O terapeuta investiga a história familiar do cliente, incluindo informações sobre seus pais, irmãos, relacionamentos familiares, eventos significativos na família, histórico de doenças mentais na família, entre outros.

    5. **História Educacional e Profissional**: O terapeuta pergunta ao cliente sobre sua educação, formação acadêmica, experiência profissional, realizações profissionais, desafios no trabalho, objetivos de carreira, entre outros.

    6. **História de Desenvolvimento**: O terapeuta explora a história de desenvolvimento do cliente, incluindo eventos significativos na infância, adolescência e vida adulta, relacionamentos importantes, traumas, perdas, transições importantes, entre outros.

    7. **Recursos e Rede de Apoio**: O terapeuta investiga os recursos pessoais e a rede de apoio do cliente, incluindo amigos, familiares, colegas, grupos de apoio, atividades de lazer, entre outros.

    8. **Expectativas e Objetivos da Terapia**: O terapeuta pergunta ao cliente quais são suas expectativas em relação à terapia e quais são seus objetivos de curto e longo prazo. Isso ajuda a estabelecer metas terapêuticas claras e orienta o desenvolvimento do plano de tratamento.

    Ao coletar todas essas informações, o terapeuta pode obter uma compreensão abrangente do cliente e de suas necessidades, permitindo assim a personalização do tratamento para atender às suas necessidades específicas. Essa anamnese psicológica serve como ponto de partida para o trabalho terapêutico e ajuda a estabelecer uma base sólida para a construção de uma relação terapêutica eficaz.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 500

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Atendimento em Constelação Familiar sistêmica em grupo ou individual na água e Constelação de Animais na água.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 500

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Constelação Sistêmica Organizacional em grupo ou individual na água e de Imóveis na água.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Uma consulta em terapias interativas e complementares alternativas geralmente começa com uma avaliação abrangente do indivíduo, onde o terapeuta busca compreender não apenas os sintomas físicos, mas também os aspectos emocionais, mentais e espirituais da pessoa. Aqui estão alguns elementos que podem estar presentes em uma consulta desse tipo:

    1. **Histórico médico e estilo de vida:** O terapeuta pode iniciar a consulta fazendo perguntas detalhadas sobre o histórico médico do paciente, incluindo quaisquer condições médicas pré-existentes, tratamentos médicos anteriores, medicamentos em uso e detalhes sobre o estilo de vida, incluindo dieta, exercício físico, padrões de sono e níveis de estresse.

    2. **Exploração dos sintomas:** O terapeuta irá explorar os sintomas específicos que levaram o paciente a buscar tratamento, bem como quaisquer outras preocupações de saúde física, mental ou emocional que o paciente possa ter.

    3. **Abordagem holística:** Ao contrário da medicina convencional, que muitas vezes se concentra apenas nos sintomas físicos, as terapias interativas e complementares consideram o indivíduo como um todo. O terapeuta pode explorar como os diferentes aspectos da vida do paciente estão interconectados e como podem estar influenciando sua saúde e bem-estar.

    4. **Discussão de opções de tratamento:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta discutirá diferentes opções de tratamento que podem ser adequadas para o paciente. Isso pode incluir uma variedade de abordagens, como acupuntura, quiropraxia, naturopatia, homeopatia, terapia nutricional, terapia de massagem, técnicas de relaxamento, meditação, entre outros.

    5. **Plano de tratamento personalizado:** O terapeuta trabalhará em conjunto com o paciente para desenvolver um plano de tratamento personalizado, adaptado às necessidades específicas e preferências do indivíduo. Isso pode envolver uma combinação de diferentes terapias e técnicas, dependendo dos objetivos de saúde e bem-estar do paciente.

    6. **Educação e empoderamento:** Durante a consulta, o terapeuta pode fornecer informações educativas sobre saúde e bem-estar, incluindo orientações sobre dieta, exercício, técnicas de gerenciamento de estresse e outras estratégias que o paciente possa incorporar em sua vida diária para promover a saúde e prevenir doenças.

    7. **Acompanhamento:** Após o início do tratamento, o terapeuta geralmente fará acompanhamento regular com o paciente para avaliar o progresso, fazer ajustes no plano de tratamento conforme necessário e oferecer suporte contínuo ao longo do processo de cura. Esse acompanhamento pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail ou outros meios de comunicação, conforme apropriado.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Durante uma consulta psicológica em terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica em terapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.
    Exploração dos Motivos da Consulta: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Isso pode incluir questões emocionais, problemas de relacionamento, dificuldades no trabalho, questões de autoestima, entre outros.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.
    Exploração de Padrões de Pensamento e Comportamento: O terapeuta ajuda o cliente a explorar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver identificar crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos, ou hábitos prejudiciais.
    Estabelecimento de Metas Terapêuticas: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: O terapeuta colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis para lidar com seus problemas. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva, entre outras.
    Finalização e Agendamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.
    É importante lembrar que a consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente. O terapeuta está lá para fornecer apoio, orientação e ferramentas para ajudar o cliente a explorar seus problemas, desenvolver insights e encontrar soluções para uma vida mais saudável e satisfatória.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Durante uma consulta psicológica em terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica em terapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.
    Exploração dos Motivos da Consulta: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Isso pode incluir questões emocionais, problemas de relacionamento, dificuldades no trabalho, questões de autoestima, entre outros.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.
    Exploração de Padrões de Pensamento e Comportamento: O terapeuta ajuda o cliente a explorar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver identificar crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos, ou hábitos prejudiciais.
    Estabelecimento de Metas Terapêuticas: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: O terapeuta colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis para lidar com seus problemas. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva, entre outras.
    Finalização e Agendamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.
    É importante lembrar que a consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente. O terapeuta está lá para fornecer apoio, orientação e ferramentas para ajudar o cliente a explorar seus problemas, desenvolver insights e encontrar soluções para uma vida mais saudável e satisfatória.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Durante uma consulta psicológica em terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica em terapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.
    Exploração dos Motivos da Consulta: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Isso pode incluir questões emocionais, problemas de relacionamento, dificuldades no trabalho, questões de autoestima, entre outros.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.
    Exploração de Padrões de Pensamento e Comportamento: O terapeuta ajuda o cliente a explorar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver identificar crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos, ou hábitos prejudiciais.
    Estabelecimento de Metas Terapêuticas: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: O terapeuta colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis para lidar com seus problemas. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva, entre outras.
    Finalização e Agendamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.
    É importante lembrar que a consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente. O terapeuta está lá para fornecer apoio, orientação e ferramentas para ajudar o cliente a explorar seus problemas, desenvolver insights e encontrar soluções para uma vida mais saudável e satisfatória.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Durante uma consulta psicológica em terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica em terapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe calorosamente o cliente e estabelece uma atmosfera de confiança e segurança desde o início. Isso geralmente envolve uma breve introdução ao processo terapêutico e às políticas de confidencialidade.
    Exploração dos Motivos da Consulta: O terapeuta convida o cliente a compartilhar suas preocupações, desafios ou razões para buscar terapia. Isso pode incluir questões emocionais, problemas de relacionamento, dificuldades no trabalho, questões de autoestima, entre outros.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente. Isso pode incluir perguntas sobre sua infância, eventos de vida significativos, relacionamentos, saúde mental e experiência anterior com terapia.
    Exploração de Padrões de Pensamento e Comportamento: O terapeuta ajuda o cliente a explorar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver identificar crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos, ou hábitos prejudiciais.
    Estabelecimento de Metas Terapêuticas: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta e o cliente trabalham juntos para estabelecer metas realistas e alcançáveis para o tratamento. Isso envolve discutir o que o cliente espera alcançar com a terapia e quais mudanças ele deseja fazer em sua vida.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: O terapeuta colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis para lidar com seus problemas. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva, entre outras.
    Finalização e Agendamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os próximos passos no processo terapêutico. Isso pode incluir o agendamento de sessões regulares e a definição de expectativas para o tratamento.
    É importante lembrar que a consulta psicológica é um ponto de partida e que o processo terapêutico pode evoluir e se ajustar ao longo do tempo de acordo com as necessidades do cliente. O terapeuta está lá para fornecer apoio, orientação e ferramentas para ajudar o cliente a explorar seus problemas, desenvolver insights e encontrar soluções para uma vida mais saudável e satisfatória.



    R$ 200

    Teleconsulta

    As consultas psicológicas para adolescentes são sessões dedicadas a oferecer suporte emocional, explorar questões pessoais e ajudar o adolescente a lidar com desafios específicos que possam estar enfrentando durante essa fase de desenvolvimento. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante essas consultas:

    Estabelecimento de Vínculo: No início das consultas, o psicólogo geralmente trabalha para estabelecer um relacionamento de confiança e segurança com o adolescente. Isso envolve criar um ambiente acolhedor e empático, onde o adolescente se sinta à vontade para compartilhar seus pensamentos, sentimentos e preocupações.
    Avaliação e Exploração: Durante as consultas, o psicólogo ajuda o adolescente a explorar seus pensamentos, emoções e comportamentos. Isso pode envolver discutir experiências passadas, desafios atuais, relacionamentos interpessoais, autoimagem, autoestima e outros aspectos relevantes da vida do adolescente.
    Identificação de Objetivos: O psicólogo trabalha com o adolescente para identificar objetivos terapêuticos específicos. Isso pode incluir o desenvolvimento de habilidades de enfrentamento, melhoria da autoestima, resolução de conflitos, redução da ansiedade ou depressão, entre outros.
    Exploração de Estratégias de Enfrentamento: O psicólogo auxilia o adolescente na identificação e desenvolvimento de estratégias saudáveis de enfrentamento para lidar com desafios e emoções difíceis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, habilidades de resolução de problemas, reestruturação cognitiva e outras abordagens baseadas em evidências.
    Fornecimento de Educação e Orientação: Durante as consultas, o psicólogo também pode fornecer educação sobre questões relacionadas à saúde mental, desenvolvimento adolescente, habilidades sociais e comunicação interpessoal. Além disso, eles oferecem orientação sobre como o adolescente pode aplicar esses conceitos em sua vida diária.
    Apoio e Empoderamento: O psicólogo oferece apoio emocional contínuo ao adolescente, validando seus sentimentos e experiências e incentivando seu autocuidado e autodesenvolvimento. Eles capacitam o adolescente a assumir um papel ativo em seu próprio processo de mudança e crescimento.
    Confidencialidade: O psicólogo mantém a confidencialidade das informações compartilhadas durante as consultas, a menos que haja preocupações com segurança ou risco de danos. Eles explicam claramente os limites da confidencialidade no início do processo terapêutico.
    Em resumo, as consultas psicológicas para adolescentes fornecem um espaço seguro e confidencial para explorar questões emocionais, desenvolver habilidades de enfrentamento e promover o bem-estar geral durante essa fase de transição crucial.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    As consultas psicológicas para adolescentes são sessões dedicadas a oferecer suporte emocional, explorar questões pessoais e ajudar o adolescente a lidar com desafios específicos que possam estar enfrentando durante essa fase de desenvolvimento. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante essas consultas:

    Estabelecimento de Vínculo: No início das consultas, o psicólogo geralmente trabalha para estabelecer um relacionamento de confiança e segurança com o adolescente. Isso envolve criar um ambiente acolhedor e empático, onde o adolescente se sinta à vontade para compartilhar seus pensamentos, sentimentos e preocupações.
    Avaliação e Exploração: Durante as consultas, o psicólogo ajuda o adolescente a explorar seus pensamentos, emoções e comportamentos. Isso pode envolver discutir experiências passadas, desafios atuais, relacionamentos interpessoais, autoimagem, autoestima e outros aspectos relevantes da vida do adolescente.
    Identificação de Objetivos: O psicólogo trabalha com o adolescente para identificar objetivos terapêuticos específicos. Isso pode incluir o desenvolvimento de habilidades de enfrentamento, melhoria da autoestima, resolução de conflitos, redução da ansiedade ou depressão, entre outros.
    Exploração de Estratégias de Enfrentamento: O psicólogo auxilia o adolescente na identificação e desenvolvimento de estratégias saudáveis de enfrentamento para lidar com desafios e emoções difíceis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, habilidades de resolução de problemas, reestruturação cognitiva e outras abordagens baseadas em evidências.
    Fornecimento de Educação e Orientação: Durante as consultas, o psicólogo também pode fornecer educação sobre questões relacionadas à saúde mental, desenvolvimento adolescente, habilidades sociais e comunicação interpessoal. Além disso, eles oferecem orientação sobre como o adolescente pode aplicar esses conceitos em sua vida diária.
    Apoio e Empoderamento: O psicólogo oferece apoio emocional contínuo ao adolescente, validando seus sentimentos e experiências e incentivando seu autocuidado e autodesenvolvimento. Eles capacitam o adolescente a assumir um papel ativo em seu próprio processo de mudança e crescimento.
    Confidencialidade: O psicólogo mantém a confidencialidade das informações compartilhadas durante as consultas, a menos que haja preocupações com segurança ou risco de danos. Eles explicam claramente os limites da confidencialidade no início do processo terapêutico.
    Em resumo, as consultas psicológicas para adolescentes fornecem um espaço seguro e confidencial para explorar questões emocionais, desenvolver habilidades de enfrentamento e promover o bem-estar geral durante essa fase de transição crucial.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Durante uma consulta psicológica para adultos, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica para adultos:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente calorosamente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta confortável para compartilhar suas preocupações.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente, bem como os motivos que o levaram a procurar terapia. Essa fase inicial também pode incluir a exploração das expectativas e metas do cliente para a terapia.
    Exploração de Questões e Desafios: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, emoções e experiências de vida. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental, entre outros desafios.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: O terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma consulta psicológica para adultos é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Durante uma consulta psicológica para adultos, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica para adultos:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente calorosamente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta confortável para compartilhar suas preocupações.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente, bem como os motivos que o levaram a procurar terapia. Essa fase inicial também pode incluir a exploração das expectativas e metas do cliente para a terapia.
    Exploração de Questões e Desafios: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, emoções e experiências de vida. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental, entre outros desafios.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: O terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma consulta psicológica para adultos é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Durante uma consulta psicológica para adultos, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica para adultos:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente calorosamente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta confortável para compartilhar suas preocupações.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente, bem como os motivos que o levaram a procurar terapia. Essa fase inicial também pode incluir a exploração das expectativas e metas do cliente para a terapia.
    Exploração de Questões e Desafios: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, emoções e experiências de vida. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental, entre outros desafios.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: O terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma consulta psicológica para adultos é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Durante uma consulta psicológica para adultos, o terapeuta cria um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica para adultos:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente calorosamente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta confortável para compartilhar suas preocupações.
    Coleta de Informações: O terapeuta faz perguntas para entender melhor a história pessoal, familiar e médica do cliente, bem como os motivos que o levaram a procurar terapia. Essa fase inicial também pode incluir a exploração das expectativas e metas do cliente para a terapia.
    Exploração de Questões e Desafios: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, emoções e experiências de vida. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental, entre outros desafios.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: O terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma consulta psicológica para adultos é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 180

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Massagem relaxante com aplicação de óleos essenciais e florais quânticos.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Massagem Relaxante com óleos essenciais e florais quânticos


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Massagem relaxante somente



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A orientação profissional em terapia é um processo que visa ajudar indivíduos a explorar e entender melhor suas habilidades, interesses, valores e metas profissionais, a fim de tomar decisões informadas sobre sua carreira. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a orientação profissional em terapia:

    1. **Autoconhecimento e Avaliação de Habilidades**: O terapeuta ajuda o cliente a explorar seus interesses, habilidades, valores e preferências pessoais relacionadas à carreira. Isso pode envolver o uso de questionários, testes de personalidade e exercícios de reflexão para ajudar o cliente a se conhecer melhor.

    2. **Exploração de Opções de Carreira**: O terapeuta e o cliente trabalham juntos para explorar diferentes opções de carreira que correspondam aos interesses e habilidades do cliente. Isso pode incluir pesquisar diferentes campos profissionais, investigar requisitos educacionais e oportunidades de emprego, e aprender mais sobre as características de cada carreira.

    3. **Análise do Mercado de Trabalho**: O terapeuta pode ajudar o cliente a entender as tendências do mercado de trabalho, as demandas atuais da indústria e as oportunidades de emprego em diferentes setores. Isso pode incluir discutir as perspectivas de emprego em diferentes áreas e identificar possíveis desafios e oportunidades.

    4. **Desenvolvimento de Estratégias de Planejamento de Carreira**: Com base nas informações coletadas, o terapeuta e o cliente desenvolvem um plano de ação para alcançar as metas profissionais do cliente. Isso pode incluir identificar passos práticos a serem seguidos, estabelecer metas de curto e longo prazo, e desenvolver um plano de desenvolvimento profissional.

    5. **Avaliação de Tomada de Decisão**: O terapeuta ajuda o cliente a avaliar suas opções de carreira, considerando fatores como suas habilidades, interesses, valores, aspirações e circunstâncias pessoais. Isso pode envolver discutir os prós e contras de diferentes opções e tomar decisões informadas sobre o caminho profissional a seguir.

    6. **Suporte e Acompanhamento Contínuo**: O terapeuta oferece suporte contínuo ao cliente durante todo o processo de orientação profissional, fornecendo orientação, encorajamento e feedback conforme necessário. Isso pode incluir ajudar o cliente a superar obstáculos, ajustar seus planos conforme necessário e lidar com quaisquer dúvidas ou preocupações que surjam ao longo do caminho.

    É importante ressaltar que a orientação profissional em terapia pode ser útil para pessoas em diferentes estágios de suas carreiras, desde estudantes que estão explorando opções de curso até profissionais experientes que desejam fazer uma transição para uma nova área. O objetivo principal é ajudar o cliente a tomar decisões informadas e alcançar suas metas profissionais de forma satisfatória e gratificante.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A orientação profissional em terapia é um processo que visa ajudar indivíduos a explorar e entender melhor suas habilidades, interesses, valores e metas profissionais, a fim de tomar decisões informadas sobre sua carreira. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a orientação profissional em terapia:

    1. **Autoconhecimento e Avaliação de Habilidades**: O terapeuta ajuda o cliente a explorar seus interesses, habilidades, valores e preferências pessoais relacionadas à carreira. Isso pode envolver o uso de questionários, testes de personalidade e exercícios de reflexão para ajudar o cliente a se conhecer melhor.

    2. **Exploração de Opções de Carreira**: O terapeuta e o cliente trabalham juntos para explorar diferentes opções de carreira que correspondam aos interesses e habilidades do cliente. Isso pode incluir pesquisar diferentes campos profissionais, investigar requisitos educacionais e oportunidades de emprego, e aprender mais sobre as características de cada carreira.

    3. **Análise do Mercado de Trabalho**: O terapeuta pode ajudar o cliente a entender as tendências do mercado de trabalho, as demandas atuais da indústria e as oportunidades de emprego em diferentes setores. Isso pode incluir discutir as perspectivas de emprego em diferentes áreas e identificar possíveis desafios e oportunidades.

    4. **Desenvolvimento de Estratégias de Planejamento de Carreira**: Com base nas informações coletadas, o terapeuta e o cliente desenvolvem um plano de ação para alcançar as metas profissionais do cliente. Isso pode incluir identificar passos práticos a serem seguidos, estabelecer metas de curto e longo prazo, e desenvolver um plano de desenvolvimento profissional.

    5. **Avaliação de Tomada de Decisão**: O terapeuta ajuda o cliente a avaliar suas opções de carreira, considerando fatores como suas habilidades, interesses, valores, aspirações e circunstâncias pessoais. Isso pode envolver discutir os prós e contras de diferentes opções e tomar decisões informadas sobre o caminho profissional a seguir.

    6. **Suporte e Acompanhamento Contínuo**: O terapeuta oferece suporte contínuo ao cliente durante todo o processo de orientação profissional, fornecendo orientação, encorajamento e feedback conforme necessário. Isso pode incluir ajudar o cliente a superar obstáculos, ajustar seus planos conforme necessário e lidar com quaisquer dúvidas ou preocupações que surjam ao longo do caminho.

    É importante ressaltar que a orientação profissional em terapia pode ser útil para pessoas em diferentes estágios de suas carreiras, desde estudantes que estão explorando opções de curso até profissionais experientes que desejam fazer uma transição para uma nova área. O objetivo principal é ajudar o cliente a tomar decisões informadas e alcançar suas metas profissionais de forma satisfatória e gratificante.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A orientação profissional em terapia é um processo que visa ajudar indivíduos a explorar e entender melhor suas habilidades, interesses, valores e metas profissionais, a fim de tomar decisões informadas sobre sua carreira. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a orientação profissional em terapia:

    1. **Autoconhecimento e Avaliação de Habilidades**: O terapeuta ajuda o cliente a explorar seus interesses, habilidades, valores e preferências pessoais relacionadas à carreira. Isso pode envolver o uso de questionários, testes de personalidade e exercícios de reflexão para ajudar o cliente a se conhecer melhor.

    2. **Exploração de Opções de Carreira**: O terapeuta e o cliente trabalham juntos para explorar diferentes opções de carreira que correspondam aos interesses e habilidades do cliente. Isso pode incluir pesquisar diferentes campos profissionais, investigar requisitos educacionais e oportunidades de emprego, e aprender mais sobre as características de cada carreira.

    3. **Análise do Mercado de Trabalho**: O terapeuta pode ajudar o cliente a entender as tendências do mercado de trabalho, as demandas atuais da indústria e as oportunidades de emprego em diferentes setores. Isso pode incluir discutir as perspectivas de emprego em diferentes áreas e identificar possíveis desafios e oportunidades.

    4. **Desenvolvimento de Estratégias de Planejamento de Carreira**: Com base nas informações coletadas, o terapeuta e o cliente desenvolvem um plano de ação para alcançar as metas profissionais do cliente. Isso pode incluir identificar passos práticos a serem seguidos, estabelecer metas de curto e longo prazo, e desenvolver um plano de desenvolvimento profissional.

    5. **Avaliação de Tomada de Decisão**: O terapeuta ajuda o cliente a avaliar suas opções de carreira, considerando fatores como suas habilidades, interesses, valores, aspirações e circunstâncias pessoais. Isso pode envolver discutir os prós e contras de diferentes opções e tomar decisões informadas sobre o caminho profissional a seguir.

    6. **Suporte e Acompanhamento Contínuo**: O terapeuta oferece suporte contínuo ao cliente durante todo o processo de orientação profissional, fornecendo orientação, encorajamento e feedback conforme necessário. Isso pode incluir ajudar o cliente a superar obstáculos, ajustar seus planos conforme necessário e lidar com quaisquer dúvidas ou preocupações que surjam ao longo do caminho.

    É importante ressaltar que a orientação profissional em terapia pode ser útil para pessoas em diferentes estágios de suas carreiras, desde estudantes que estão explorando opções de curso até profissionais experientes que desejam fazer uma transição para uma nova área. O objetivo principal é ajudar o cliente a tomar decisões informadas e alcançar suas metas profissionais de forma satisfatória e gratificante.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A orientação profissional em terapia é um processo que visa ajudar indivíduos a explorar e entender melhor suas habilidades, interesses, valores e metas profissionais, a fim de tomar decisões informadas sobre sua carreira. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante a orientação profissional em terapia:

    1. **Autoconhecimento e Avaliação de Habilidades**: O terapeuta ajuda o cliente a explorar seus interesses, habilidades, valores e preferências pessoais relacionadas à carreira. Isso pode envolver o uso de questionários, testes de personalidade e exercícios de reflexão para ajudar o cliente a se conhecer melhor.

    2. **Exploração de Opções de Carreira**: O terapeuta e o cliente trabalham juntos para explorar diferentes opções de carreira que correspondam aos interesses e habilidades do cliente. Isso pode incluir pesquisar diferentes campos profissionais, investigar requisitos educacionais e oportunidades de emprego, e aprender mais sobre as características de cada carreira.

    3. **Análise do Mercado de Trabalho**: O terapeuta pode ajudar o cliente a entender as tendências do mercado de trabalho, as demandas atuais da indústria e as oportunidades de emprego em diferentes setores. Isso pode incluir discutir as perspectivas de emprego em diferentes áreas e identificar possíveis desafios e oportunidades.

    4. **Desenvolvimento de Estratégias de Planejamento de Carreira**: Com base nas informações coletadas, o terapeuta e o cliente desenvolvem um plano de ação para alcançar as metas profissionais do cliente. Isso pode incluir identificar passos práticos a serem seguidos, estabelecer metas de curto e longo prazo, e desenvolver um plano de desenvolvimento profissional.

    5. **Avaliação de Tomada de Decisão**: O terapeuta ajuda o cliente a avaliar suas opções de carreira, considerando fatores como suas habilidades, interesses, valores, aspirações e circunstâncias pessoais. Isso pode envolver discutir os prós e contras de diferentes opções e tomar decisões informadas sobre o caminho profissional a seguir.

    6. **Suporte e Acompanhamento Contínuo**: O terapeuta oferece suporte contínuo ao cliente durante todo o processo de orientação profissional, fornecendo orientação, encorajamento e feedback conforme necessário. Isso pode incluir ajudar o cliente a superar obstáculos, ajustar seus planos conforme necessário e lidar com quaisquer dúvidas ou preocupações que surjam ao longo do caminho.

    É importante ressaltar que a orientação profissional em terapia pode ser útil para pessoas em diferentes estágios de suas carreiras, desde estudantes que estão explorando opções de curso até profissionais experientes que desejam fazer uma transição para uma nova área. O objetivo principal é ajudar o cliente a tomar decisões informadas e alcançar suas metas profissionais de forma satisfatória e gratificante.



    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A acupuntura Koryo é uma forma específica de acupuntura que se baseia nos princípios da medicina tradicional coreana. Ela se concentra na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo para equilibrar a energia vital, conhecida como "Qi", e promover a saúde e o bem-estar geral. Aqui está uma descrição geral do que pode acontecer durante uma consulta de acupuntura Koryo em terapia:

    1. **Entrevista Inicial**: O terapeuta realiza uma entrevista inicial com o cliente para entender suas queixas de saúde, histórico médico, sintomas específicos e quaisquer preocupações ou objetivos que tenha em relação ao tratamento com acupuntura.

    2. **Avaliação do Pulso e da Língua**: Antes de iniciar o tratamento, o terapeuta pode realizar uma avaliação do pulso e da língua do cliente, que são importantes na medicina tradicional chinesa e coreana para diagnosticar desequilíbrios energéticos no corpo.

    3. **Identificação dos Pontos de Acupuntura**: Com base na avaliação inicial, o terapeuta identifica os pontos de acupuntura relevantes para o tratamento das queixas específicas do cliente. A acupuntura Koryo geralmente se concentra em um conjunto específico de pontos de acupuntura conhecidos como "pontos Koryo".

    4. **Aplicação de Agulhas**: O terapeuta insere pequenas agulhas finas em pontos de acupuntura específicos nas mãos do corpo do cliente. As agulhas são geralmente deixadas no lugar por cerca de 20 a 30 minutos, durante os quais o cliente pode relaxar e permitir que a energia vital flua livremente.

    5. **Estímulo dos Pontos de Acupuntura**: Enquanto as agulhas estão no lugar, o terapeuta pode realizar estímulos adicionais nos pontos de acupuntura ou aplicar calor (por meio de moxabustão) para intensificar os efeitos terapêuticos.

    6. **Acompanhamento e Reavaliação**: Após a sessão de acupuntura, o terapeuta pode discutir os efeitos da sessão com o cliente e fazer recomendações para sessões futuras. Dependendo da resposta do cliente ao tratamento, podem ser necessárias sessões adicionais para alcançar os resultados desejados.

    7. **Integração com Outras Terapias**: Em alguns casos, a acupuntura Koryo pode ser integrada a outras formas de terapia, como massagem, terapia herbal ou exercícios de Qi Gong, para promover ainda mais o equilíbrio e a saúde geral do cliente.

    É importante ressaltar que a acupuntura Koryo, assim como outras formas de acupuntura, é uma prática complementar e não substitui o tratamento médico convencional. Sempre é recomendável consultar um profissional de saúde qualificado para obter um diagnóstico preciso e determinar o plano de tratamento mais adequado para suas necessidades individuais.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Durante uma consulta psicológica, um psicólogo oferece um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa discutir seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma visão geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica:

    Introdução e Estabelecimento de Confiança: O psicólogo cumprimenta o cliente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Eles explicam as regras de confidencialidade e criam um ambiente acolhedor para que o cliente se sinta à vontade para compartilhar.
    Exploração de Motivos e Expectativas: O psicólogo pergunta ao cliente sobre os motivos que o levaram a procurar terapia e quais são suas expectativas em relação ao processo terapêutico. Isso ajuda o psicólogo a entender as necessidades e objetivos do cliente.
    Discussão de Questões e Desafios: O cliente tem a oportunidade de falar sobre seus problemas, preocupações e desafios pessoais. O psicólogo ouve atentamente e faz perguntas para entender melhor a situação do cliente e como ela está afetando sua vida.
    Identificação de Padrões e Crenças: O psicólogo ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento, emoções ou comportamentos que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver a exploração de crenças limitantes ou pensamentos automáticos negativos.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nos problemas apresentados, o psicólogo colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O psicólogo pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, livros recomendados ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o psicólogo e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante destacar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo psicólogo. O objetivo principal de uma consulta psicológica é proporcionar um espaço seguro e de apoio para que o cliente possa explorar seus problemas e trabalhar em direção ao crescimento pessoal e bem-estar emocional


    R$ 200

    Teleconsulta

    Durante uma consulta psicológica, um psicólogo oferece um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa discutir seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma visão geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica:

    Introdução e Estabelecimento de Confiança: O psicólogo cumprimenta o cliente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Eles explicam as regras de confidencialidade e criam um ambiente acolhedor para que o cliente se sinta à vontade para compartilhar.
    Exploração de Motivos e Expectativas: O psicólogo pergunta ao cliente sobre os motivos que o levaram a procurar terapia e quais são suas expectativas em relação ao processo terapêutico. Isso ajuda o psicólogo a entender as necessidades e objetivos do cliente.
    Discussão de Questões e Desafios: O cliente tem a oportunidade de falar sobre seus problemas, preocupações e desafios pessoais. O psicólogo ouve atentamente e faz perguntas para entender melhor a situação do cliente e como ela está afetando sua vida.
    Identificação de Padrões e Crenças: O psicólogo ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento, emoções ou comportamentos que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver a exploração de crenças limitantes ou pensamentos automáticos negativos.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nos problemas apresentados, o psicólogo colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O psicólogo pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, livros recomendados ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o psicólogo e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante destacar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo psicólogo. O objetivo principal de uma consulta psicológica é proporcionar um espaço seguro e de apoio para que o cliente possa explorar seus problemas e trabalhar em direção ao crescimento pessoal e bem-estar emocional


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Durante uma consulta psicológica, um psicólogo oferece um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa discutir seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma visão geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica:

    Introdução e Estabelecimento de Confiança: O psicólogo cumprimenta o cliente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Eles explicam as regras de confidencialidade e criam um ambiente acolhedor para que o cliente se sinta à vontade para compartilhar.
    Exploração de Motivos e Expectativas: O psicólogo pergunta ao cliente sobre os motivos que o levaram a procurar terapia e quais são suas expectativas em relação ao processo terapêutico. Isso ajuda o psicólogo a entender as necessidades e objetivos do cliente.
    Discussão de Questões e Desafios: O cliente tem a oportunidade de falar sobre seus problemas, preocupações e desafios pessoais. O psicólogo ouve atentamente e faz perguntas para entender melhor a situação do cliente e como ela está afetando sua vida.
    Identificação de Padrões e Crenças: O psicólogo ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento, emoções ou comportamentos que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver a exploração de crenças limitantes ou pensamentos automáticos negativos.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nos problemas apresentados, o psicólogo colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O psicólogo pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, livros recomendados ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o psicólogo e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante destacar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo psicólogo. O objetivo principal de uma consulta psicológica é proporcionar um espaço seguro e de apoio para que o cliente possa explorar seus problemas e trabalhar em direção ao crescimento pessoal e bem-estar emocional


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Durante uma consulta psicológica, um psicólogo oferece um ambiente seguro e confidencial para que o cliente possa discutir seus pensamentos, sentimentos e experiências. Aqui está uma visão geral do que pode acontecer durante uma consulta psicológica:

    Introdução e Estabelecimento de Confiança: O psicólogo cumprimenta o cliente e estabelece uma relação de confiança desde o início. Eles explicam as regras de confidencialidade e criam um ambiente acolhedor para que o cliente se sinta à vontade para compartilhar.
    Exploração de Motivos e Expectativas: O psicólogo pergunta ao cliente sobre os motivos que o levaram a procurar terapia e quais são suas expectativas em relação ao processo terapêutico. Isso ajuda o psicólogo a entender as necessidades e objetivos do cliente.
    Discussão de Questões e Desafios: O cliente tem a oportunidade de falar sobre seus problemas, preocupações e desafios pessoais. O psicólogo ouve atentamente e faz perguntas para entender melhor a situação do cliente e como ela está afetando sua vida.
    Identificação de Padrões e Crenças: O psicólogo ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento, emoções ou comportamentos que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver a exploração de crenças limitantes ou pensamentos automáticos negativos.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nos problemas apresentados, o psicólogo colabora com o cliente para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode incluir técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O psicólogo pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, livros recomendados ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da consulta, o psicólogo e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante destacar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo psicólogo. O objetivo principal de uma consulta psicológica é proporcionar um espaço seguro e de apoio para que o cliente possa explorar seus problemas e trabalhar em direção ao crescimento pessoal e bem-estar emocional



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Em uma consulta de psicoterapia, o cliente tem a oportunidade de trabalhar com um terapeuta para explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, visando entender melhor a si mesmo, resolver problemas emocionais e alcançar objetivos pessoais. Aqui está uma descrição geral do que acontece durante uma sessão de psicoterapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente em um ambiente seguro e confidencial, estabelecendo uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta à vontade para compartilhar suas preocupações.
    Exploração de Questões e Objetivos: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, desafios e objetivos para a terapia. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental ou outros temas relevantes para a vida do cliente.
    Análise e Reflexão: O terapeuta ajuda o cliente a analisar e refletir sobre seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando entender as origens de padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: Durante a sessão, o terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar causando dificuldades em sua vida. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da sessão, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma sessão de psicoterapia é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Em uma consulta de psicoterapia, o cliente tem a oportunidade de trabalhar com um terapeuta para explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, visando entender melhor a si mesmo, resolver problemas emocionais e alcançar objetivos pessoais. Aqui está uma descrição geral do que acontece durante uma sessão de psicoterapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente em um ambiente seguro e confidencial, estabelecendo uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta à vontade para compartilhar suas preocupações.
    Exploração de Questões e Objetivos: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, desafios e objetivos para a terapia. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental ou outros temas relevantes para a vida do cliente.
    Análise e Reflexão: O terapeuta ajuda o cliente a analisar e refletir sobre seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando entender as origens de padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: Durante a sessão, o terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar causando dificuldades em sua vida. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da sessão, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma sessão de psicoterapia é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Em uma consulta de psicoterapia, o cliente tem a oportunidade de trabalhar com um terapeuta para explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, visando entender melhor a si mesmo, resolver problemas emocionais e alcançar objetivos pessoais. Aqui está uma descrição geral do que acontece durante uma sessão de psicoterapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente em um ambiente seguro e confidencial, estabelecendo uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta à vontade para compartilhar suas preocupações.
    Exploração de Questões e Objetivos: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, desafios e objetivos para a terapia. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental ou outros temas relevantes para a vida do cliente.
    Análise e Reflexão: O terapeuta ajuda o cliente a analisar e refletir sobre seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando entender as origens de padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: Durante a sessão, o terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar causando dificuldades em sua vida. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da sessão, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma sessão de psicoterapia é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    O autoconhecimento é uma busca para encontrar seu verdadeiro self e alcançar a consciência com o fortalecimento de seu amor próprio. É um enorme aprendizado que se conquista com disciplina, determinação, motivação e persistência. Este é o melhor caminho para a auto-realização.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Em uma consulta de psicoterapia, o cliente tem a oportunidade de trabalhar com um terapeuta para explorar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, visando entender melhor a si mesmo, resolver problemas emocionais e alcançar objetivos pessoais. Aqui está uma descrição geral do que acontece durante uma sessão de psicoterapia:

    Acolhimento e Estabelecimento de Confiança: O terapeuta recebe o cliente em um ambiente seguro e confidencial, estabelecendo uma relação de confiança desde o início. Isso inclui explicar as regras de confidencialidade e criar um espaço onde o cliente se sinta à vontade para compartilhar suas preocupações.
    Exploração de Questões e Objetivos: O terapeuta encoraja o cliente a falar sobre suas preocupações, desafios e objetivos para a terapia. Isso pode envolver discutir eventos estressantes recentes, problemas de relacionamento, questões de saúde mental ou outros temas relevantes para a vida do cliente.
    Análise e Reflexão: O terapeuta ajuda o cliente a analisar e refletir sobre seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando entender as origens de padrões de pensamento ou comportamento que possam estar contribuindo para seus problemas.
    Identificação de Padrões e Crenças Limitantes: Durante a sessão, o terapeuta ajuda o cliente a identificar padrões de pensamento ou comportamento que possam estar causando dificuldades em sua vida. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, pensamentos distorcidos ou hábitos prejudiciais.
    Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Com base nas preocupações do cliente, o terapeuta colabora com ele para desenvolver estratégias de enfrentamento e habilidades de enfrentamento saudáveis. Isso pode envolver técnicas de relaxamento, resolução de problemas, reestruturação cognitiva ou práticas de autocuidado.
    Exploração de Recursos e Apoio Adicionais: O terapeuta pode fornecer informações sobre recursos adicionais, como grupos de apoio, workshops, leituras recomendadas ou outras formas de apoio que possam beneficiar o cliente em seu processo de cura.
    Planejamento de Sessões Futuras: Ao final da sessão, o terapeuta e o cliente geralmente discutem planos para sessões futuras, incluindo a frequência das consultas e os objetivos terapêuticos a serem trabalhados.
    É importante notar que o processo terapêutico pode variar dependendo das necessidades e preferências individuais do cliente, bem como da abordagem terapêutica específica adotada pelo terapeuta. O objetivo principal de uma sessão de psicoterapia é proporcionar um espaço de suporte e orientação para que o cliente possa explorar e superar seus desafios pessoais.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A psicoterapia para adultos é um processo colaborativo entre o paciente e um psicoterapeuta, com o objetivo de explorar e resolver questões emocionais, comportamentais e relacionais. Aqui está uma descrição geral do que envolve a psicoterapia para adultos:

    1. **Avaliação inicial:** O processo geralmente começa com uma avaliação inicial, na qual o terapeuta e o paciente se conhecem e discutem as preocupações que o paciente está enfrentando. Durante essa fase, o terapeuta pode fazer perguntas sobre o histórico pessoal, familiar e médico do paciente, bem como suas motivações para buscar terapia.

    2. **Estabelecimento de metas:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta e o paciente colaboram para estabelecer metas terapêuticas claras e específicas. Essas metas podem incluir aliviar sintomas específicos, desenvolver habilidades de enfrentamento, melhorar relacionamentos ou promover o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

    3. **Exploração e insight:** Durante as sessões de terapia, o terapeuta ajuda o paciente a explorar pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando insights sobre padrões subjacentes que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver discussões sobre experiências passadas, relacionamentos significativos, crenças pessoais e outros aspectos da vida do paciente.

    4. **Desenvolvimento de habilidades:** O terapeuta pode ensinar ao paciente habilidades práticas para lidar com desafios específicos, como técnicas de relaxamento, comunicação eficaz, resolução de problemas e manejo do estresse. Essas habilidades podem ajudar o paciente a lidar melhor com os desafios da vida cotidiana e a alcançar seus objetivos terapêuticos.

    5. **Experiência emocional:** Durante a terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e de apoio no qual o paciente pode explorar e expressar livremente suas emoções. Isso pode envolver o processamento de experiências dolorosas, a expressão de raiva, tristeza, medo ou outras emoções difíceis e o desenvolvimento de maior autoconsciência e autorregulação emocional.

    6. **Promoção de mudanças:** Ao longo do tempo, o terapeuta trabalha com o paciente para identificar e implementar mudanças positivas em sua vida. Isso pode incluir mudanças de comportamento, padrões de pensamento ou estilo de vida que possam estar contribuindo para os problemas do paciente.

    7. **Fechamento e reflexão:** À medida que a terapia chega ao fim, o terapeuta e o paciente revisam o progresso feito em direção às metas terapêuticas e discutem estratégias para manter os ganhos obtidos durante a terapia. O fechamento da terapia é um momento para reflexão sobre o que foi aprendido e conquistado, bem como para discutir planos para o futuro.

    É importante ressaltar que a psicoterapia é um processo individualizado e que pode variar significativamente de acordo com as necessidades e preferências de cada paciente. O tipo específico de abordagem terapêutica utilizada dependerá dos problemas do paciente, das metas terapêuticas e da orientação teórica do terapeuta.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A psicoterapia para adultos é um processo colaborativo entre o paciente e um psicoterapeuta, com o objetivo de explorar e resolver questões emocionais, comportamentais e relacionais. Aqui está uma descrição geral do que envolve a psicoterapia para adultos:

    1. **Avaliação inicial:** O processo geralmente começa com uma avaliação inicial, na qual o terapeuta e o paciente se conhecem e discutem as preocupações que o paciente está enfrentando. Durante essa fase, o terapeuta pode fazer perguntas sobre o histórico pessoal, familiar e médico do paciente, bem como suas motivações para buscar terapia.

    2. **Estabelecimento de metas:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta e o paciente colaboram para estabelecer metas terapêuticas claras e específicas. Essas metas podem incluir aliviar sintomas específicos, desenvolver habilidades de enfrentamento, melhorar relacionamentos ou promover o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

    3. **Exploração e insight:** Durante as sessões de terapia, o terapeuta ajuda o paciente a explorar pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando insights sobre padrões subjacentes que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver discussões sobre experiências passadas, relacionamentos significativos, crenças pessoais e outros aspectos da vida do paciente.

    4. **Desenvolvimento de habilidades:** O terapeuta pode ensinar ao paciente habilidades práticas para lidar com desafios específicos, como técnicas de relaxamento, comunicação eficaz, resolução de problemas e manejo do estresse. Essas habilidades podem ajudar o paciente a lidar melhor com os desafios da vida cotidiana e a alcançar seus objetivos terapêuticos.

    5. **Experiência emocional:** Durante a terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e de apoio no qual o paciente pode explorar e expressar livremente suas emoções. Isso pode envolver o processamento de experiências dolorosas, a expressão de raiva, tristeza, medo ou outras emoções difíceis e o desenvolvimento de maior autoconsciência e autorregulação emocional.

    6. **Promoção de mudanças:** Ao longo do tempo, o terapeuta trabalha com o paciente para identificar e implementar mudanças positivas em sua vida. Isso pode incluir mudanças de comportamento, padrões de pensamento ou estilo de vida que possam estar contribuindo para os problemas do paciente.

    7. **Fechamento e reflexão:** À medida que a terapia chega ao fim, o terapeuta e o paciente revisam o progresso feito em direção às metas terapêuticas e discutem estratégias para manter os ganhos obtidos durante a terapia. O fechamento da terapia é um momento para reflexão sobre o que foi aprendido e conquistado, bem como para discutir planos para o futuro.

    É importante ressaltar que a psicoterapia é um processo individualizado e que pode variar significativamente de acordo com as necessidades e preferências de cada paciente. O tipo específico de abordagem terapêutica utilizada dependerá dos problemas do paciente, das metas terapêuticas e da orientação teórica do terapeuta.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia para adultos é um processo colaborativo entre o paciente e um psicoterapeuta, com o objetivo de explorar e resolver questões emocionais, comportamentais e relacionais. Aqui está uma descrição geral do que envolve a psicoterapia para adultos:

    1. **Avaliação inicial:** O processo geralmente começa com uma avaliação inicial, na qual o terapeuta e o paciente se conhecem e discutem as preocupações que o paciente está enfrentando. Durante essa fase, o terapeuta pode fazer perguntas sobre o histórico pessoal, familiar e médico do paciente, bem como suas motivações para buscar terapia.

    2. **Estabelecimento de metas:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta e o paciente colaboram para estabelecer metas terapêuticas claras e específicas. Essas metas podem incluir aliviar sintomas específicos, desenvolver habilidades de enfrentamento, melhorar relacionamentos ou promover o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

    3. **Exploração e insight:** Durante as sessões de terapia, o terapeuta ajuda o paciente a explorar pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando insights sobre padrões subjacentes que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver discussões sobre experiências passadas, relacionamentos significativos, crenças pessoais e outros aspectos da vida do paciente.

    4. **Desenvolvimento de habilidades:** O terapeuta pode ensinar ao paciente habilidades práticas para lidar com desafios específicos, como técnicas de relaxamento, comunicação eficaz, resolução de problemas e manejo do estresse. Essas habilidades podem ajudar o paciente a lidar melhor com os desafios da vida cotidiana e a alcançar seus objetivos terapêuticos.

    5. **Experiência emocional:** Durante a terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e de apoio no qual o paciente pode explorar e expressar livremente suas emoções. Isso pode envolver o processamento de experiências dolorosas, a expressão de raiva, tristeza, medo ou outras emoções difíceis e o desenvolvimento de maior autoconsciência e autorregulação emocional.

    6. **Promoção de mudanças:** Ao longo do tempo, o terapeuta trabalha com o paciente para identificar e implementar mudanças positivas em sua vida. Isso pode incluir mudanças de comportamento, padrões de pensamento ou estilo de vida que possam estar contribuindo para os problemas do paciente.

    7. **Fechamento e reflexão:** À medida que a terapia chega ao fim, o terapeuta e o paciente revisam o progresso feito em direção às metas terapêuticas e discutem estratégias para manter os ganhos obtidos durante a terapia. O fechamento da terapia é um momento para reflexão sobre o que foi aprendido e conquistado, bem como para discutir planos para o futuro.

    É importante ressaltar que a psicoterapia é um processo individualizado e que pode variar significativamente de acordo com as necessidades e preferências de cada paciente. O tipo específico de abordagem terapêutica utilizada dependerá dos problemas do paciente, das metas terapêuticas e da orientação teórica do terapeuta.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Ampliar a visão das possibilidades de alcançar seus objetivos;
    Produzir condições favoráveis de mudanças na vida;
    Gerenciar seus interesses em sua área de trabalho;
    Alcançar relacionamentos de alta qualidade;
    Sensibilizar para maior conscientização de comportamentos e comunicação;
    Objetivar resultados instantâneos ao direcionar maior foco, disciplina, comprometimento, consciência, sabedoria, inteligência e força de vontade com a busca do autoconhecimento;


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 180

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia para adultos é um processo colaborativo entre o paciente e um psicoterapeuta, com o objetivo de explorar e resolver questões emocionais, comportamentais e relacionais. Aqui está uma descrição geral do que envolve a psicoterapia para adultos:

    1. **Avaliação inicial:** O processo geralmente começa com uma avaliação inicial, na qual o terapeuta e o paciente se conhecem e discutem as preocupações que o paciente está enfrentando. Durante essa fase, o terapeuta pode fazer perguntas sobre o histórico pessoal, familiar e médico do paciente, bem como suas motivações para buscar terapia.

    2. **Estabelecimento de metas:** Com base na avaliação inicial, o terapeuta e o paciente colaboram para estabelecer metas terapêuticas claras e específicas. Essas metas podem incluir aliviar sintomas específicos, desenvolver habilidades de enfrentamento, melhorar relacionamentos ou promover o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

    3. **Exploração e insight:** Durante as sessões de terapia, o terapeuta ajuda o paciente a explorar pensamentos, sentimentos e comportamentos, buscando insights sobre padrões subjacentes que possam estar contribuindo para seus problemas. Isso pode envolver discussões sobre experiências passadas, relacionamentos significativos, crenças pessoais e outros aspectos da vida do paciente.

    4. **Desenvolvimento de habilidades:** O terapeuta pode ensinar ao paciente habilidades práticas para lidar com desafios específicos, como técnicas de relaxamento, comunicação eficaz, resolução de problemas e manejo do estresse. Essas habilidades podem ajudar o paciente a lidar melhor com os desafios da vida cotidiana e a alcançar seus objetivos terapêuticos.

    5. **Experiência emocional:** Durante a terapia, o terapeuta cria um ambiente seguro e de apoio no qual o paciente pode explorar e expressar livremente suas emoções. Isso pode envolver o processamento de experiências dolorosas, a expressão de raiva, tristeza, medo ou outras emoções difíceis e o desenvolvimento de maior autoconsciência e autorregulação emocional.

    6. **Promoção de mudanças:** Ao longo do tempo, o terapeuta trabalha com o paciente para identificar e implementar mudanças positivas em sua vida. Isso pode incluir mudanças de comportamento, padrões de pensamento ou estilo de vida que possam estar contribuindo para os problemas do paciente.

    7. **Fechamento e reflexão:** À medida que a terapia chega ao fim, o terapeuta e o paciente revisam o progresso feito em direção às metas terapêuticas e discutem estratégias para manter os ganhos obtidos durante a terapia. O fechamento da terapia é um momento para reflexão sobre o que foi aprendido e conquistado, bem como para discutir planos para o futuro.

    É importante ressaltar que a psicoterapia é um processo individualizado e que pode variar significativamente de acordo com as necessidades e preferências de cada paciente. O tipo específico de abordagem terapêutica utilizada dependerá dos problemas do paciente, das metas terapêuticas e da orientação teórica do terapeuta.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A psicoterapia com imigrantes é uma forma especializada de psicoterapia que leva em consideração as experiências, desafios e questões específicas que os imigrantes podem enfrentar ao se ajustarem a um novo país, cultura e ambiente. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia com imigrantes:

    1. **Cultura e identidade:** Um dos principais focos da psicoterapia com imigrantes é explorar a influência da cultura de origem do paciente em sua identidade e nas questões que eles enfrentam. Isso pode incluir valores culturais, normas familiares, expectativas sociais e desafios de integração cultural.

    2. **Estresse de adaptação:** A migração pode ser uma experiência estressante e traumática, envolvendo perda de identidade, suporte social e familiar, bem como enfrentando barreiras linguísticas, discriminação e desafios legais. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a lidar com esses estressores e facilitar o processo de adaptação a um novo ambiente.

    3. **Trauma e experiências prévias:** Muitos imigrantes podem ter vivenciado traumas em seus países de origem, como guerra, perseguição política, violência ou pobreza extrema. A psicoterapia com imigrantes aborda essas experiências passadas e seu impacto na saúde mental e no bem-estar emocional do paciente.

    4. **Barreiras linguísticas e culturais:** A comunicação eficaz é essencial na psicoterapia. Para imigrantes que não falam o idioma do país de acolhimento, ou que têm dificuldades de comunicação devido a diferenças culturais, é importante que o terapeuta tenha competência cultural e linguística para garantir uma compreensão mútua.

    5. **Família e suporte social:** A família desempenha um papel crucial na vida dos imigrantes, e a psicoterapia com imigrantes muitas vezes aborda questões familiares e de relacionamento, incluindo conflitos intergeracionais, dificuldades de comunicação e desafios na negociação de papéis familiares em um novo contexto cultural.

    6. **Resiliência e recursos:** Apesar dos desafios enfrentados, muitos imigrantes são incrivelmente resilientes e possuem uma variedade de recursos pessoais e comunitários que podem ser mobilizados para enfrentar as dificuldades. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a identificar e fortalecer esses recursos, promovendo a resiliência e o bem-estar.

    7. **Integração e identidade:** A psicoterapia com imigrantes também pode explorar questões de identidade e integração, ajudando os pacientes a navegar entre sua identidade de origem e sua identidade no país de acolhimento, e a encontrar um senso de pertencimento e significado em sua nova comunidade.

    Em resumo, a psicoterapia com imigrantes é uma abordagem sensível e culturalmente competente que reconhece as complexidades da experiência migratória e busca fornecer apoio e orientação para ajudar os imigrantes a se ajustarem e prosperarem em seu novo ambiente.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A psicoterapia com imigrantes é uma forma especializada de psicoterapia que leva em consideração as experiências, desafios e questões específicas que os imigrantes podem enfrentar ao se ajustarem a um novo país, cultura e ambiente. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia com imigrantes:

    1. **Cultura e identidade:** Um dos principais focos da psicoterapia com imigrantes é explorar a influência da cultura de origem do paciente em sua identidade e nas questões que eles enfrentam. Isso pode incluir valores culturais, normas familiares, expectativas sociais e desafios de integração cultural.

    2. **Estresse de adaptação:** A migração pode ser uma experiência estressante e traumática, envolvendo perda de identidade, suporte social e familiar, bem como enfrentando barreiras linguísticas, discriminação e desafios legais. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a lidar com esses estressores e facilitar o processo de adaptação a um novo ambiente.

    3. **Trauma e experiências prévias:** Muitos imigrantes podem ter vivenciado traumas em seus países de origem, como guerra, perseguição política, violência ou pobreza extrema. A psicoterapia com imigrantes aborda essas experiências passadas e seu impacto na saúde mental e no bem-estar emocional do paciente.

    4. **Barreiras linguísticas e culturais:** A comunicação eficaz é essencial na psicoterapia. Para imigrantes que não falam o idioma do país de acolhimento, ou que têm dificuldades de comunicação devido a diferenças culturais, é importante que o terapeuta tenha competência cultural e linguística para garantir uma compreensão mútua.

    5. **Família e suporte social:** A família desempenha um papel crucial na vida dos imigrantes, e a psicoterapia com imigrantes muitas vezes aborda questões familiares e de relacionamento, incluindo conflitos intergeracionais, dificuldades de comunicação e desafios na negociação de papéis familiares em um novo contexto cultural.

    6. **Resiliência e recursos:** Apesar dos desafios enfrentados, muitos imigrantes são incrivelmente resilientes e possuem uma variedade de recursos pessoais e comunitários que podem ser mobilizados para enfrentar as dificuldades. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a identificar e fortalecer esses recursos, promovendo a resiliência e o bem-estar.

    7. **Integração e identidade:** A psicoterapia com imigrantes também pode explorar questões de identidade e integração, ajudando os pacientes a navegar entre sua identidade de origem e sua identidade no país de acolhimento, e a encontrar um senso de pertencimento e significado em sua nova comunidade.

    Em resumo, a psicoterapia com imigrantes é uma abordagem sensível e culturalmente competente que reconhece as complexidades da experiência migratória e busca fornecer apoio e orientação para ajudar os imigrantes a se ajustarem e prosperarem em seu novo ambiente.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia com imigrantes é uma forma especializada de psicoterapia que leva em consideração as experiências, desafios e questões específicas que os imigrantes podem enfrentar ao se ajustarem a um novo país, cultura e ambiente. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia com imigrantes:

    1. **Cultura e identidade:** Um dos principais focos da psicoterapia com imigrantes é explorar a influência da cultura de origem do paciente em sua identidade e nas questões que eles enfrentam. Isso pode incluir valores culturais, normas familiares, expectativas sociais e desafios de integração cultural.

    2. **Estresse de adaptação:** A migração pode ser uma experiência estressante e traumática, envolvendo perda de identidade, suporte social e familiar, bem como enfrentando barreiras linguísticas, discriminação e desafios legais. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a lidar com esses estressores e facilitar o processo de adaptação a um novo ambiente.

    3. **Trauma e experiências prévias:** Muitos imigrantes podem ter vivenciado traumas em seus países de origem, como guerra, perseguição política, violência ou pobreza extrema. A psicoterapia com imigrantes aborda essas experiências passadas e seu impacto na saúde mental e no bem-estar emocional do paciente.

    4. **Barreiras linguísticas e culturais:** A comunicação eficaz é essencial na psicoterapia. Para imigrantes que não falam o idioma do país de acolhimento, ou que têm dificuldades de comunicação devido a diferenças culturais, é importante que o terapeuta tenha competência cultural e linguística para garantir uma compreensão mútua.

    5. **Família e suporte social:** A família desempenha um papel crucial na vida dos imigrantes, e a psicoterapia com imigrantes muitas vezes aborda questões familiares e de relacionamento, incluindo conflitos intergeracionais, dificuldades de comunicação e desafios na negociação de papéis familiares em um novo contexto cultural.

    6. **Resiliência e recursos:** Apesar dos desafios enfrentados, muitos imigrantes são incrivelmente resilientes e possuem uma variedade de recursos pessoais e comunitários que podem ser mobilizados para enfrentar as dificuldades. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a identificar e fortalecer esses recursos, promovendo a resiliência e o bem-estar.

    7. **Integração e identidade:** A psicoterapia com imigrantes também pode explorar questões de identidade e integração, ajudando os pacientes a navegar entre sua identidade de origem e sua identidade no país de acolhimento, e a encontrar um senso de pertencimento e significado em sua nova comunidade.

    Em resumo, a psicoterapia com imigrantes é uma abordagem sensível e culturalmente competente que reconhece as complexidades da experiência migratória e busca fornecer apoio e orientação para ajudar os imigrantes a se ajustarem e prosperarem em seu novo ambiente.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 180

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia com imigrantes é uma forma especializada de psicoterapia que leva em consideração as experiências, desafios e questões específicas que os imigrantes podem enfrentar ao se ajustarem a um novo país, cultura e ambiente. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia com imigrantes:

    1. **Cultura e identidade:** Um dos principais focos da psicoterapia com imigrantes é explorar a influência da cultura de origem do paciente em sua identidade e nas questões que eles enfrentam. Isso pode incluir valores culturais, normas familiares, expectativas sociais e desafios de integração cultural.

    2. **Estresse de adaptação:** A migração pode ser uma experiência estressante e traumática, envolvendo perda de identidade, suporte social e familiar, bem como enfrentando barreiras linguísticas, discriminação e desafios legais. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a lidar com esses estressores e facilitar o processo de adaptação a um novo ambiente.

    3. **Trauma e experiências prévias:** Muitos imigrantes podem ter vivenciado traumas em seus países de origem, como guerra, perseguição política, violência ou pobreza extrema. A psicoterapia com imigrantes aborda essas experiências passadas e seu impacto na saúde mental e no bem-estar emocional do paciente.

    4. **Barreiras linguísticas e culturais:** A comunicação eficaz é essencial na psicoterapia. Para imigrantes que não falam o idioma do país de acolhimento, ou que têm dificuldades de comunicação devido a diferenças culturais, é importante que o terapeuta tenha competência cultural e linguística para garantir uma compreensão mútua.

    5. **Família e suporte social:** A família desempenha um papel crucial na vida dos imigrantes, e a psicoterapia com imigrantes muitas vezes aborda questões familiares e de relacionamento, incluindo conflitos intergeracionais, dificuldades de comunicação e desafios na negociação de papéis familiares em um novo contexto cultural.

    6. **Resiliência e recursos:** Apesar dos desafios enfrentados, muitos imigrantes são incrivelmente resilientes e possuem uma variedade de recursos pessoais e comunitários que podem ser mobilizados para enfrentar as dificuldades. A psicoterapia com imigrantes pode ajudar a identificar e fortalecer esses recursos, promovendo a resiliência e o bem-estar.

    7. **Integração e identidade:** A psicoterapia com imigrantes também pode explorar questões de identidade e integração, ajudando os pacientes a navegar entre sua identidade de origem e sua identidade no país de acolhimento, e a encontrar um senso de pertencimento e significado em sua nova comunidade.

    Em resumo, a psicoterapia com imigrantes é uma abordagem sensível e culturalmente competente que reconhece as complexidades da experiência migratória e busca fornecer apoio e orientação para ajudar os imigrantes a se ajustarem e prosperarem em seu novo ambiente.



    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia infantil é uma forma de tratamento psicológico especializado que visa ajudar crianças e adolescentes a lidar com problemas emocionais, comportamentais e sociais. É adaptada para atender às necessidades específicas das crianças, levando em consideração seu desenvolvimento cognitivo, emocional e social. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia infantil:

    1. **Abordagem lúdica:** Como as crianças muitas vezes têm dificuldade em expressar seus sentimentos e pensamentos através da linguagem verbal, a psicoterapia infantil frequentemente utiliza técnicas lúdicas, como brincadeiras, jogos, desenhos, pinturas, modelagem de argila e histórias, para ajudar as crianças a se expressarem e explorarem seus problemas de forma mais confortável e natural.

    2. **Terapia de jogo:** A terapia de jogo é uma abordagem terapêutica que permite às crianças expressar seus pensamentos, sentimentos e experiências através do brincar. O terapeuta observa o jogo da criança, interage com ela de forma sensível e reflexiva, e utiliza o jogo como uma ferramenta para compreender as preocupações da criança, promover a resolução de problemas e desenvolver habilidades sociais e emocionais.

    3. **Abordagem centrada na criança:** A psicoterapia infantil é centrada na criança, o que significa que o terapeuta adapta as técnicas e estratégias terapêuticas de acordo com a idade, interesses, personalidade e necessidades individuais da criança. O terapeuta trabalha em colaboração com a criança, respeitando sua autonomia e incentivando sua participação ativa no processo terapêutico.

    4. **Envolvimento dos pais:** Os pais desempenham um papel crucial no processo terapêutico infantil. Eles são frequentemente envolvidos na avaliação inicial, no desenvolvimento do plano de tratamento, na implementação de estratégias terapêuticas em casa e no apoio contínuo ao progresso da criança. A terapia familiar também pode ser recomendada em alguns casos para abordar questões familiares e dinâmicas de relacionamento.

    5. **Tratamento de uma variedade de problemas:** A psicoterapia infantil pode ser útil no tratamento de uma ampla gama de problemas, incluindo ansiedade, depressão, transtornos do humor, problemas de comportamento, dificuldades de aprendizagem, traumas, luto, problemas de relacionamento, questões de identidade, entre outros.

    6. **Objetivos terapêuticos:** Os objetivos da psicoterapia infantil variam dependendo das necessidades da criança e de sua família. Eles podem incluir o desenvolvimento de habilidades de enfrentamento saudáveis, melhoria das relações interpessoais, fortalecimento da autoestima e autoconfiança, aprendizado de habilidades de comunicação eficazes, redução de sintomas emocionais e comportamentais, e promoção do bem-estar emocional e social.

    7. **Confidencialidade e segurança:** Os terapeutas de psicoterapia infantil são treinados para criar um ambiente seguro, confidencial e respeitoso para as crianças, onde elas se sintam à vontade para compartilhar suas preocupações e experiências. A confidencialidade é mantida dentro dos limites éticos e legais, mas os terapeutas também trabalham em estreita colaboração com os pais para garantir o bem-estar e a segurança das crianças.

    Em resumo, a psicoterapia infantil é uma forma especializada de tratamento psicológico que visa promover o desenvolvimento saudável e o bem-estar emocional das crianças e adolescentes, fornecendo apoio terapêutico adaptado às suas necessidades individuais e contextuais.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia infantil é uma forma de tratamento psicológico especializado que visa ajudar crianças e adolescentes a lidar com problemas emocionais, comportamentais e sociais. É adaptada para atender às necessidades específicas das crianças, levando em consideração seu desenvolvimento cognitivo, emocional e social. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia infantil:

    1. **Abordagem lúdica:** Como as crianças muitas vezes têm dificuldade em expressar seus sentimentos e pensamentos através da linguagem verbal, a psicoterapia infantil frequentemente utiliza técnicas lúdicas, como brincadeiras, jogos, desenhos, pinturas, modelagem de argila e histórias, para ajudar as crianças a se expressarem e explorarem seus problemas de forma mais confortável e natural.

    2. **Terapia de jogo:** A terapia de jogo é uma abordagem terapêutica que permite às crianças expressar seus pensamentos, sentimentos e experiências através do brincar. O terapeuta observa o jogo da criança, interage com ela de forma sensível e reflexiva, e utiliza o jogo como uma ferramenta para compreender as preocupações da criança, promover a resolução de problemas e desenvolver habilidades sociais e emocionais.

    3. **Abordagem centrada na criança:** A psicoterapia infantil é centrada na criança, o que significa que o terapeuta adapta as técnicas e estratégias terapêuticas de acordo com a idade, interesses, personalidade e necessidades individuais da criança. O terapeuta trabalha em colaboração com a criança, respeitando sua autonomia e incentivando sua participação ativa no processo terapêutico.

    4. **Envolvimento dos pais:** Os pais desempenham um papel crucial no processo terapêutico infantil. Eles são frequentemente envolvidos na avaliação inicial, no desenvolvimento do plano de tratamento, na implementação de estratégias terapêuticas em casa e no apoio contínuo ao progresso da criança. A terapia familiar também pode ser recomendada em alguns casos para abordar questões familiares e dinâmicas de relacionamento.

    5. **Tratamento de uma variedade de problemas:** A psicoterapia infantil pode ser útil no tratamento de uma ampla gama de problemas, incluindo ansiedade, depressão, transtornos do humor, problemas de comportamento, dificuldades de aprendizagem, traumas, luto, problemas de relacionamento, questões de identidade, entre outros.

    6. **Objetivos terapêuticos:** Os objetivos da psicoterapia infantil variam dependendo das necessidades da criança e de sua família. Eles podem incluir o desenvolvimento de habilidades de enfrentamento saudáveis, melhoria das relações interpessoais, fortalecimento da autoestima e autoconfiança, aprendizado de habilidades de comunicação eficazes, redução de sintomas emocionais e comportamentais, e promoção do bem-estar emocional e social.

    7. **Confidencialidade e segurança:** Os terapeutas de psicoterapia infantil são treinados para criar um ambiente seguro, confidencial e respeitoso para as crianças, onde elas se sintam à vontade para compartilhar suas preocupações e experiências. A confidencialidade é mantida dentro dos limites éticos e legais, mas os terapeutas também trabalham em estreita colaboração com os pais para garantir o bem-estar e a segurança das crianças.

    Em resumo, a psicoterapia infantil é uma forma especializada de tratamento psicológico que visa promover o desenvolvimento saudável e o bem-estar emocional das crianças e adolescentes, fornecendo apoio terapêutico adaptado às suas necessidades individuais e contextuais.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A psicoterapia online, também conhecida como terapia virtual ou terapia remota, é uma modalidade de tratamento psicológico em que o terapeuta e o cliente se encontram através de meios de comunicação eletrônicos, como videochamadas, chamadas de áudio, e-mails ou mensagens de texto. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia online:

    1. **Acessibilidade:** Uma das principais vantagens da psicoterapia online é a sua acessibilidade. Ela permite que pessoas em áreas remotas ou com mobilidade reduzida tenham acesso a serviços de saúde mental sem precisar se deslocar para um consultório físico.

    2. **Conveniência:** A terapia online oferece conveniência para os clientes, que podem realizar sessões de terapia no conforto de suas próprias casas, evitando o estresse e o tempo associados às viagens para um consultório.

    3. **Flexibilidade de horários:** A terapia online muitas vezes oferece uma maior flexibilidade de horários, permitindo que os clientes agendem sessões em momentos que sejam mais convenientes para eles, como antes ou depois do trabalho, durante a hora do almoço ou nos fins de semana.

    4. **Privacidade:** As plataformas de psicoterapia online geralmente garantem altos padrões de privacidade e confidencialidade, protegendo as informações pessoais dos clientes e as comunicações durante as sessões.

    5. **Variedade de abordagens:** Assim como na terapia presencial, a psicoterapia online pode abranger uma variedade de abordagens terapêuticas, incluindo terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia de aceitação e compromisso, entre outras.

    6. **Adaptação tecnológica:** Tanto o terapeuta quanto o cliente precisam estar confortáveis com o uso da tecnologia e com as plataformas de videoconferência ou mensagens seguras utilizadas para as sessões. É importante que ambos tenham acesso a uma conexão de internet estável e a um ambiente privado e tranquilo para as sessões.

    7. **Limitações:** Embora a psicoterapia online seja uma opção conveniente e eficaz para muitas pessoas, ela pode não ser adequada para todos os casos e necessidades terapêuticas. Algumas pessoas podem preferir o contato presencial e a interação cara a cara com o terapeuta. Além disso, em casos de emergência ou crises agudas, a psicoterapia online pode não ser a melhor opção, e é importante ter um plano de contingência para essas situações. Para isso eu disponibilizo a oportunidade de algumas consultas presenciais com o cliente para abrandar qualquer limitação que possa ocorrer com os atendimentos online.

    Em resumo, a psicoterapia online é uma modalidade cada vez mais popular e eficaz de tratamento psicológico, oferecendo acesso conveniente e flexível a serviços de saúde mental para uma variedade de pessoas em todo o mundo.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A psicoterapia online, também conhecida como terapia virtual ou terapia remota, é uma modalidade de tratamento psicológico em que o terapeuta e o cliente se encontram através de meios de comunicação eletrônicos, como videochamadas, chamadas de áudio, e-mails ou mensagens de texto. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia online:

    1. **Acessibilidade:** Uma das principais vantagens da psicoterapia online é a sua acessibilidade. Ela permite que pessoas em áreas remotas ou com mobilidade reduzida tenham acesso a serviços de saúde mental sem precisar se deslocar para um consultório físico.

    2. **Conveniência:** A terapia online oferece conveniência para os clientes, que podem realizar sessões de terapia no conforto de suas próprias casas, evitando o estresse e o tempo associados às viagens para um consultório.

    3. **Flexibilidade de horários:** A terapia online muitas vezes oferece uma maior flexibilidade de horários, permitindo que os clientes agendem sessões em momentos que sejam mais convenientes para eles, como antes ou depois do trabalho, durante a hora do almoço ou nos fins de semana.

    4. **Privacidade:** As plataformas de psicoterapia online geralmente garantem altos padrões de privacidade e confidencialidade, protegendo as informações pessoais dos clientes e as comunicações durante as sessões.

    5. **Variedade de abordagens:** Assim como na terapia presencial, a psicoterapia online pode abranger uma variedade de abordagens terapêuticas, incluindo terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia de aceitação e compromisso, entre outras.

    6. **Adaptação tecnológica:** Tanto o terapeuta quanto o cliente precisam estar confortáveis com o uso da tecnologia e com as plataformas de videoconferência ou mensagens seguras utilizadas para as sessões. É importante que ambos tenham acesso a uma conexão de internet estável e a um ambiente privado e tranquilo para as sessões.

    7. **Limitações:** Embora a psicoterapia online seja uma opção conveniente e eficaz para muitas pessoas, ela pode não ser adequada para todos os casos e necessidades terapêuticas. Algumas pessoas podem preferir o contato presencial e a interação cara a cara com o terapeuta. Além disso, em casos de emergência ou crises agudas, a psicoterapia online pode não ser a melhor opção, e é importante ter um plano de contingência para essas situações. Para isso eu disponibilizo a oportunidade de algumas consultas presenciais com o cliente para abrandar qualquer limitação que possa ocorrer com os atendimentos online.

    Em resumo, a psicoterapia online é uma modalidade cada vez mais popular e eficaz de tratamento psicológico, oferecendo acesso conveniente e flexível a serviços de saúde mental para uma variedade de pessoas em todo o mundo.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia online, também conhecida como terapia virtual ou terapia remota, é uma modalidade de tratamento psicológico em que o terapeuta e o cliente se encontram através de meios de comunicação eletrônicos, como videochamadas, chamadas de áudio, e-mails ou mensagens de texto. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia online:

    1. **Acessibilidade:** Uma das principais vantagens da psicoterapia online é a sua acessibilidade. Ela permite que pessoas em áreas remotas ou com mobilidade reduzida tenham acesso a serviços de saúde mental sem precisar se deslocar para um consultório físico.

    2. **Conveniência:** A terapia online oferece conveniência para os clientes, que podem realizar sessões de terapia no conforto de suas próprias casas, evitando o estresse e o tempo associados às viagens para um consultório.

    3. **Flexibilidade de horários:** A terapia online muitas vezes oferece uma maior flexibilidade de horários, permitindo que os clientes agendem sessões em momentos que sejam mais convenientes para eles, como antes ou depois do trabalho, durante a hora do almoço ou nos fins de semana.

    4. **Privacidade:** As plataformas de psicoterapia online geralmente garantem altos padrões de privacidade e confidencialidade, protegendo as informações pessoais dos clientes e as comunicações durante as sessões.

    5. **Variedade de abordagens:** Assim como na terapia presencial, a psicoterapia online pode abranger uma variedade de abordagens terapêuticas, incluindo terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia de aceitação e compromisso, entre outras.

    6. **Adaptação tecnológica:** Tanto o terapeuta quanto o cliente precisam estar confortáveis com o uso da tecnologia e com as plataformas de videoconferência ou mensagens seguras utilizadas para as sessões. É importante que ambos tenham acesso a uma conexão de internet estável e a um ambiente privado e tranquilo para as sessões.

    7. **Limitações:** Embora a psicoterapia online seja uma opção conveniente e eficaz para muitas pessoas, ela pode não ser adequada para todos os casos e necessidades terapêuticas. Algumas pessoas podem preferir o contato presencial e a interação cara a cara com o terapeuta. Além disso, em casos de emergência ou crises agudas, a psicoterapia online pode não ser a melhor opção, e é importante ter um plano de contingência para essas situações. Para isso eu disponibilizo a oportunidade de algumas consultas presenciais com o cliente para abrandar qualquer limitação que possa ocorrer com os atendimentos online.

    Em resumo, a psicoterapia online é uma modalidade cada vez mais popular e eficaz de tratamento psicológico, oferecendo acesso conveniente e flexível a serviços de saúde mental para uma variedade de pessoas em todo o mundo.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia online, também conhecida como terapia virtual ou terapia remota, é uma modalidade de tratamento psicológico em que o terapeuta e o cliente se encontram através de meios de comunicação eletrônicos, como videochamadas, chamadas de áudio, e-mails ou mensagens de texto. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia online:

    1. **Acessibilidade:** Uma das principais vantagens da psicoterapia online é a sua acessibilidade. Ela permite que pessoas em áreas remotas ou com mobilidade reduzida tenham acesso a serviços de saúde mental sem precisar se deslocar para um consultório físico.

    2. **Conveniência:** A terapia online oferece conveniência para os clientes, que podem realizar sessões de terapia no conforto de suas próprias casas, evitando o estresse e o tempo associados às viagens para um consultório.

    3. **Flexibilidade de horários:** A terapia online muitas vezes oferece uma maior flexibilidade de horários, permitindo que os clientes agendem sessões em momentos que sejam mais convenientes para eles, como antes ou depois do trabalho, durante a hora do almoço ou nos fins de semana.

    4. **Privacidade:** As plataformas de psicoterapia online geralmente garantem altos padrões de privacidade e confidencialidade, protegendo as informações pessoais dos clientes e as comunicações durante as sessões.

    5. **Variedade de abordagens:** Assim como na terapia presencial, a psicoterapia online pode abranger uma variedade de abordagens terapêuticas, incluindo terapia cognitivo-comportamental, terapia psicodinâmica, terapia de aceitação e compromisso, entre outras.

    6. **Adaptação tecnológica:** Tanto o terapeuta quanto o cliente precisam estar confortáveis com o uso da tecnologia e com as plataformas de videoconferência ou mensagens seguras utilizadas para as sessões. É importante que ambos tenham acesso a uma conexão de internet estável e a um ambiente privado e tranquilo para as sessões.

    7. **Limitações:** Embora a psicoterapia online seja uma opção conveniente e eficaz para muitas pessoas, ela pode não ser adequada para todos os casos e necessidades terapêuticas. Algumas pessoas podem preferir o contato presencial e a interação cara a cara com o terapeuta. Além disso, em casos de emergência ou crises agudas, a psicoterapia online pode não ser a melhor opção, e é importante ter um plano de contingência para essas situações. Para isso eu disponibilizo a oportunidade de algumas consultas presenciais com o cliente para abrandar qualquer limitação que possa ocorrer com os atendimentos online.

    Em resumo, a psicoterapia online é uma modalidade cada vez mais popular e eficaz de tratamento psicológico, oferecendo acesso conveniente e flexível a serviços de saúde mental para uma variedade de pessoas em todo o mundo.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A psicoterapia para brasileiros no exterior é uma modalidade de tratamento psicológico adaptada às necessidades específicas dos brasileiros que vivem em outros países. Essa população enfrenta desafios únicos relacionados à adaptação cultural, distância da família e amigos, barreiras linguísticas, questões de identidade e solidão, entre outros. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia para brasileiros no exterior:

    1. **Culturalmente sensível:** Terapeutas que trabalham com brasileiros no exterior devem ter sensibilidade cultural para compreender as nuances da identidade brasileira, valores culturais, padrões familiares e experiências migratórias. Isso inclui reconhecer a importância da família, religião, comida e outras tradições brasileiras na vida do paciente.

    2. **Barreiras linguísticas:** A língua é uma parte fundamental da identidade cultural e pode ser uma fonte de conforto ou frustração para os brasileiros que vivem no exterior. Terapeutas que oferecem psicoterapia para brasileiros devem ser fluentes em português ou oferecer serviços em português para garantir uma comunicação eficaz e uma compreensão completa dos problemas do cliente.

    3. **Desafios de adaptação:** A migração para um país estrangeiro pode ser uma experiência desafiadora, envolvendo a adaptação a uma nova cultura, normas sociais, ambiente de trabalho e sistema de saúde. A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a navegar por esses desafios e a desenvolver estratégias de enfrentamento eficazes.

    4. **Suporte emocional:** Muitos brasileiros que vivem no exterior podem experimentar sentimentos de solidão, isolamento, nostalgia e saudade de casa. A psicoterapia pode oferecer um espaço seguro e acolhedor para expressar esses sentimentos, processar experiências passadas e encontrar formas saudáveis de lidar com a vida no exterior.

    5. **Identidade e pertencimento:** A psicoterapia para brasileiros no exterior pode explorar questões de identidade e pertencimento, ajudando os clientes a reconciliar sua identidade brasileira com sua identidade no país de acolhimento e a encontrar um senso de pertencimento e conexão em sua nova comunidade.

    6. **Rede de apoio:** Os terapeutas podem ajudar os brasileiros no exterior a identificar e desenvolver uma rede de apoio social e emocional, incluindo amigos, familiares, grupos de apoio e recursos comunitários, que possam oferecer suporte durante os desafios da vida no exterior.

    7. **Integração cultural:** A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a se integrarem mais plenamente à cultura e à comunidade local, facilitando o desenvolvimento de habilidades de comunicação intercultural, compreensão das normas sociais e participação em atividades e eventos locais.

    Em resumo, a psicoterapia para brasileiros no exterior é uma ferramenta valiosa para ajudar os indivíduos a enfrentar os desafios únicos da vida em um país estrangeiro, promovendo o bem-estar emocional, o crescimento pessoal e a adaptação bem-sucedida à nova realidade cultural.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A psicoterapia para brasileiros no exterior é uma modalidade de tratamento psicológico adaptada às necessidades específicas dos brasileiros que vivem em outros países. Essa população enfrenta desafios únicos relacionados à adaptação cultural, distância da família e amigos, barreiras linguísticas, questões de identidade e solidão, entre outros. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia para brasileiros no exterior:

    1. **Culturalmente sensível:** Terapeutas que trabalham com brasileiros no exterior devem ter sensibilidade cultural para compreender as nuances da identidade brasileira, valores culturais, padrões familiares e experiências migratórias. Isso inclui reconhecer a importância da família, religião, comida e outras tradições brasileiras na vida do paciente.

    2. **Barreiras linguísticas:** A língua é uma parte fundamental da identidade cultural e pode ser uma fonte de conforto ou frustração para os brasileiros que vivem no exterior. Terapeutas que oferecem psicoterapia para brasileiros devem ser fluentes em português ou oferecer serviços em português para garantir uma comunicação eficaz e uma compreensão completa dos problemas do cliente.

    3. **Desafios de adaptação:** A migração para um país estrangeiro pode ser uma experiência desafiadora, envolvendo a adaptação a uma nova cultura, normas sociais, ambiente de trabalho e sistema de saúde. A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a navegar por esses desafios e a desenvolver estratégias de enfrentamento eficazes.

    4. **Suporte emocional:** Muitos brasileiros que vivem no exterior podem experimentar sentimentos de solidão, isolamento, nostalgia e saudade de casa. A psicoterapia pode oferecer um espaço seguro e acolhedor para expressar esses sentimentos, processar experiências passadas e encontrar formas saudáveis de lidar com a vida no exterior.

    5. **Identidade e pertencimento:** A psicoterapia para brasileiros no exterior pode explorar questões de identidade e pertencimento, ajudando os clientes a reconciliar sua identidade brasileira com sua identidade no país de acolhimento e a encontrar um senso de pertencimento e conexão em sua nova comunidade.

    6. **Rede de apoio:** Os terapeutas podem ajudar os brasileiros no exterior a identificar e desenvolver uma rede de apoio social e emocional, incluindo amigos, familiares, grupos de apoio e recursos comunitários, que possam oferecer suporte durante os desafios da vida no exterior.

    7. **Integração cultural:** A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a se integrarem mais plenamente à cultura e à comunidade local, facilitando o desenvolvimento de habilidades de comunicação intercultural, compreensão das normas sociais e participação em atividades e eventos locais.

    Em resumo, a psicoterapia para brasileiros no exterior é uma ferramenta valiosa para ajudar os indivíduos a enfrentar os desafios únicos da vida em um país estrangeiro, promovendo o bem-estar emocional, o crescimento pessoal e a adaptação bem-sucedida à nova realidade cultural.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia para brasileiros no exterior é uma modalidade de tratamento psicológico adaptada às necessidades específicas dos brasileiros que vivem em outros países. Essa população enfrenta desafios únicos relacionados à adaptação cultural, distância da família e amigos, barreiras linguísticas, questões de identidade e solidão, entre outros. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia para brasileiros no exterior:

    1. **Culturalmente sensível:** Terapeutas que trabalham com brasileiros no exterior devem ter sensibilidade cultural para compreender as nuances da identidade brasileira, valores culturais, padrões familiares e experiências migratórias. Isso inclui reconhecer a importância da família, religião, comida e outras tradições brasileiras na vida do paciente.

    2. **Barreiras linguísticas:** A língua é uma parte fundamental da identidade cultural e pode ser uma fonte de conforto ou frustração para os brasileiros que vivem no exterior. Terapeutas que oferecem psicoterapia para brasileiros devem ser fluentes em português ou oferecer serviços em português para garantir uma comunicação eficaz e uma compreensão completa dos problemas do cliente.

    3. **Desafios de adaptação:** A migração para um país estrangeiro pode ser uma experiência desafiadora, envolvendo a adaptação a uma nova cultura, normas sociais, ambiente de trabalho e sistema de saúde. A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a navegar por esses desafios e a desenvolver estratégias de enfrentamento eficazes.

    4. **Suporte emocional:** Muitos brasileiros que vivem no exterior podem experimentar sentimentos de solidão, isolamento, nostalgia e saudade de casa. A psicoterapia pode oferecer um espaço seguro e acolhedor para expressar esses sentimentos, processar experiências passadas e encontrar formas saudáveis de lidar com a vida no exterior.

    5. **Identidade e pertencimento:** A psicoterapia para brasileiros no exterior pode explorar questões de identidade e pertencimento, ajudando os clientes a reconciliar sua identidade brasileira com sua identidade no país de acolhimento e a encontrar um senso de pertencimento e conexão em sua nova comunidade.

    6. **Rede de apoio:** Os terapeutas podem ajudar os brasileiros no exterior a identificar e desenvolver uma rede de apoio social e emocional, incluindo amigos, familiares, grupos de apoio e recursos comunitários, que possam oferecer suporte durante os desafios da vida no exterior.

    7. **Integração cultural:** A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a se integrarem mais plenamente à cultura e à comunidade local, facilitando o desenvolvimento de habilidades de comunicação intercultural, compreensão das normas sociais e participação em atividades e eventos locais.

    Em resumo, a psicoterapia para brasileiros no exterior é uma ferramenta valiosa para ajudar os indivíduos a enfrentar os desafios únicos da vida em um país estrangeiro, promovendo o bem-estar emocional, o crescimento pessoal e a adaptação bem-sucedida à nova realidade cultural.
    Experiência de atendimentos em Inglaterra, Italia, Portugal, Australia, Estados Unidos, por exemplo.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia para brasileiros no exterior é uma modalidade de tratamento psicológico adaptada às necessidades específicas dos brasileiros que vivem em outros países. Essa população enfrenta desafios únicos relacionados à adaptação cultural, distância da família e amigos, barreiras linguísticas, questões de identidade e solidão, entre outros. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia para brasileiros no exterior:

    1. **Culturalmente sensível:** Terapeutas que trabalham com brasileiros no exterior devem ter sensibilidade cultural para compreender as nuances da identidade brasileira, valores culturais, padrões familiares e experiências migratórias. Isso inclui reconhecer a importância da família, religião, comida e outras tradições brasileiras na vida do paciente.

    2. **Barreiras linguísticas:** A língua é uma parte fundamental da identidade cultural e pode ser uma fonte de conforto ou frustração para os brasileiros que vivem no exterior. Terapeutas que oferecem psicoterapia para brasileiros devem ser fluentes em português ou oferecer serviços em português para garantir uma comunicação eficaz e uma compreensão completa dos problemas do cliente.

    3. **Desafios de adaptação:** A migração para um país estrangeiro pode ser uma experiência desafiadora, envolvendo a adaptação a uma nova cultura, normas sociais, ambiente de trabalho e sistema de saúde. A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a navegar por esses desafios e a desenvolver estratégias de enfrentamento eficazes.

    4. **Suporte emocional:** Muitos brasileiros que vivem no exterior podem experimentar sentimentos de solidão, isolamento, nostalgia e saudade de casa. A psicoterapia pode oferecer um espaço seguro e acolhedor para expressar esses sentimentos, processar experiências passadas e encontrar formas saudáveis de lidar com a vida no exterior.

    5. **Identidade e pertencimento:** A psicoterapia para brasileiros no exterior pode explorar questões de identidade e pertencimento, ajudando os clientes a reconciliar sua identidade brasileira com sua identidade no país de acolhimento e a encontrar um senso de pertencimento e conexão em sua nova comunidade.

    6. **Rede de apoio:** Os terapeutas podem ajudar os brasileiros no exterior a identificar e desenvolver uma rede de apoio social e emocional, incluindo amigos, familiares, grupos de apoio e recursos comunitários, que possam oferecer suporte durante os desafios da vida no exterior.

    7. **Integração cultural:** A psicoterapia pode ajudar os brasileiros no exterior a se integrarem mais plenamente à cultura e à comunidade local, facilitando o desenvolvimento de habilidades de comunicação intercultural, compreensão das normas sociais e participação em atividades e eventos locais.

    Em resumo, a psicoterapia para brasileiros no exterior é uma ferramenta valiosa para ajudar os indivíduos a enfrentar os desafios únicos da vida em um país estrangeiro, promovendo o bem-estar emocional, o crescimento pessoal e a adaptação bem-sucedida à nova realidade cultural.
    Experiência de atendimentos em Inglaterra, Italia, Portugal, Australia, Estados Unidos, por exemplo.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A psicoterapia positiva é uma abordagem baseada na psicologia positiva, um campo que se concentra no estudo e promoção de aspectos positivos do funcionamento humano, como felicidade, bem-estar, resiliência e virtudes pessoais. Essa abordagem procura não apenas reduzir os sintomas de doenças mentais, mas também promover o florescimento e o crescimento pessoal. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia positiva:

    1. **Foco nos pontos fortes:** A psicoterapia positiva enfatiza o desenvolvimento e uso dos pontos fortes e recursos pessoais do cliente. Em vez de se concentrar apenas nos problemas e deficiências, o terapeuta busca identificar e ampliar os aspectos positivos do cliente, como habilidades, talentos, valores e recursos internos.

    2. **Cultivo de emoções positivas:** A psicoterapia positiva visa cultivar emoções positivas, como gratidão, esperança, otimismo, amor e alegria. Isso pode ser feito através de exercícios práticos, como manter um diário de gratidão, praticar atos de bondade, visualizar metas alcançadas e identificar momentos de prazer e satisfação na vida cotidiana.

    3. **Crescimento pós-traumático:** A psicoterapia positiva reconhece que as experiências de adversidade e trauma podem ser catalisadoras para o crescimento pessoal e o desenvolvimento de resiliência. Os terapeutas ajudam os clientes a encontrar significado e propósito nas experiências difíceis, promovendo o crescimento pós-traumático e a transformação positiva.

    4. **Foco no presente e futuro:** Embora reconheça a importância de explorar o passado para entender o presente, a psicoterapia positiva concentra-se principalmente no presente e no futuro, encorajando os clientes a definir metas significativas, desenvolver um senso de direção e tomar medidas concretas para alcançar uma vida mais plena e satisfatória.

    5. **Relacionamentos positivos:** Os relacionamentos desempenham um papel fundamental no bem-estar emocional e na felicidade. A psicoterapia positiva ajuda os clientes a cultivar relacionamentos saudáveis e significativos, fortalecendo os laços sociais, desenvolvendo habilidades de comunicação e resolução de conflitos, e promovendo o apoio mútuo e a conexão emocional.

    6. **Gratidão e apreciação:** A prática da gratidão é uma parte central da psicoterapia positiva. Os terapeutas ajudam os clientes a reconhecer e valorizar as coisas boas em suas vidas, cultivando uma atitude de gratidão e apreciação pelos pequenos prazeres e bênçãos diárias.

    7. **Cognição positiva:** A psicoterapia positiva trabalha para identificar e desafiar padrões de pensamento negativos e autocríticos, promovendo uma perspectiva mais positiva e esperançosa em relação a si mesmo, aos outros e ao mundo ao redor.

    Em resumo, a psicoterapia positiva é uma abordagem baseada no fortalecimento dos recursos pessoais, no cultivo de emoções positivas e no desenvolvimento de uma perspectiva mais otimista e significativa sobre a vida. Ela visa não apenas aliviar o sofrimento, mas também promover o florescimento humano e o bem-estar duradouro.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A psicoterapia positiva é uma abordagem baseada na psicologia positiva, um campo que se concentra no estudo e promoção de aspectos positivos do funcionamento humano, como felicidade, bem-estar, resiliência e virtudes pessoais. Essa abordagem procura não apenas reduzir os sintomas de doenças mentais, mas também promover o florescimento e o crescimento pessoal. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia positiva:

    1. **Foco nos pontos fortes:** A psicoterapia positiva enfatiza o desenvolvimento e uso dos pontos fortes e recursos pessoais do cliente. Em vez de se concentrar apenas nos problemas e deficiências, o terapeuta busca identificar e ampliar os aspectos positivos do cliente, como habilidades, talentos, valores e recursos internos.

    2. **Cultivo de emoções positivas:** A psicoterapia positiva visa cultivar emoções positivas, como gratidão, esperança, otimismo, amor e alegria. Isso pode ser feito através de exercícios práticos, como manter um diário de gratidão, praticar atos de bondade, visualizar metas alcançadas e identificar momentos de prazer e satisfação na vida cotidiana.

    3. **Crescimento pós-traumático:** A psicoterapia positiva reconhece que as experiências de adversidade e trauma podem ser catalisadoras para o crescimento pessoal e o desenvolvimento de resiliência. Os terapeutas ajudam os clientes a encontrar significado e propósito nas experiências difíceis, promovendo o crescimento pós-traumático e a transformação positiva.

    4. **Foco no presente e futuro:** Embora reconheça a importância de explorar o passado para entender o presente, a psicoterapia positiva concentra-se principalmente no presente e no futuro, encorajando os clientes a definir metas significativas, desenvolver um senso de direção e tomar medidas concretas para alcançar uma vida mais plena e satisfatória.

    5. **Relacionamentos positivos:** Os relacionamentos desempenham um papel fundamental no bem-estar emocional e na felicidade. A psicoterapia positiva ajuda os clientes a cultivar relacionamentos saudáveis e significativos, fortalecendo os laços sociais, desenvolvendo habilidades de comunicação e resolução de conflitos, e promovendo o apoio mútuo e a conexão emocional.

    6. **Gratidão e apreciação:** A prática da gratidão é uma parte central da psicoterapia positiva. Os terapeutas ajudam os clientes a reconhecer e valorizar as coisas boas em suas vidas, cultivando uma atitude de gratidão e apreciação pelos pequenos prazeres e bênçãos diárias.

    7. **Cognição positiva:** A psicoterapia positiva trabalha para identificar e desafiar padrões de pensamento negativos e autocríticos, promovendo uma perspectiva mais positiva e esperançosa em relação a si mesmo, aos outros e ao mundo ao redor.

    Em resumo, a psicoterapia positiva é uma abordagem baseada no fortalecimento dos recursos pessoais, no cultivo de emoções positivas e no desenvolvimento de uma perspectiva mais otimista e significativa sobre a vida. Ela visa não apenas aliviar o sofrimento, mas também promover o florescimento humano e o bem-estar duradouro.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A psicoterapia positiva é uma abordagem baseada na psicologia positiva, um campo que se concentra no estudo e promoção de aspectos positivos do funcionamento humano, como felicidade, bem-estar, resiliência e virtudes pessoais. Essa abordagem procura não apenas reduzir os sintomas de doenças mentais, mas também promover o florescimento e o crescimento pessoal. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia positiva:

    1. **Foco nos pontos fortes:** A psicoterapia positiva enfatiza o desenvolvimento e uso dos pontos fortes e recursos pessoais do cliente. Em vez de se concentrar apenas nos problemas e deficiências, o terapeuta busca identificar e ampliar os aspectos positivos do cliente, como habilidades, talentos, valores e recursos internos.

    2. **Cultivo de emoções positivas:** A psicoterapia positiva visa cultivar emoções positivas, como gratidão, esperança, otimismo, amor e alegria. Isso pode ser feito através de exercícios práticos, como manter um diário de gratidão, praticar atos de bondade, visualizar metas alcançadas e identificar momentos de prazer e satisfação na vida cotidiana.

    3. **Crescimento pós-traumático:** A psicoterapia positiva reconhece que as experiências de adversidade e trauma podem ser catalisadoras para o crescimento pessoal e o desenvolvimento de resiliência. Os terapeutas ajudam os clientes a encontrar significado e propósito nas experiências difíceis, promovendo o crescimento pós-traumático e a transformação positiva.

    4. **Foco no presente e futuro:** Embora reconheça a importância de explorar o passado para entender o presente, a psicoterapia positiva concentra-se principalmente no presente e no futuro, encorajando os clientes a definir metas significativas, desenvolver um senso de direção e tomar medidas concretas para alcançar uma vida mais plena e satisfatória.

    5. **Relacionamentos positivos:** Os relacionamentos desempenham um papel fundamental no bem-estar emocional e na felicidade. A psicoterapia positiva ajuda os clientes a cultivar relacionamentos saudáveis e significativos, fortalecendo os laços sociais, desenvolvendo habilidades de comunicação e resolução de conflitos, e promovendo o apoio mútuo e a conexão emocional.

    6. **Gratidão e apreciação:** A prática da gratidão é uma parte central da psicoterapia positiva. Os terapeutas ajudam os clientes a reconhecer e valorizar as coisas boas em suas vidas, cultivando uma atitude de gratidão e apreciação pelos pequenos prazeres e bênçãos diárias.

    7. **Cognição positiva:** A psicoterapia positiva trabalha para identificar e desafiar padrões de pensamento negativos e autocríticos, promovendo uma perspectiva mais positiva e esperançosa em relação a si mesmo, aos outros e ao mundo ao redor.

    Em resumo, a psicoterapia positiva é uma abordagem baseada no fortalecimento dos recursos pessoais, no cultivo de emoções positivas e no desenvolvimento de uma perspectiva mais otimista e significativa sobre a vida. Ela visa não apenas aliviar o sofrimento, mas também promover o florescimento humano e o bem-estar duradouro.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A psicoterapia positiva é uma abordagem baseada na psicologia positiva, um campo que se concentra no estudo e promoção de aspectos positivos do funcionamento humano, como felicidade, bem-estar, resiliência e virtudes pessoais. Essa abordagem procura não apenas reduzir os sintomas de doenças mentais, mas também promover o florescimento e o crescimento pessoal. Aqui estão alguns aspectos importantes da psicoterapia positiva:

    1. **Foco nos pontos fortes:** A psicoterapia positiva enfatiza o desenvolvimento e uso dos pontos fortes e recursos pessoais do cliente. Em vez de se concentrar apenas nos problemas e deficiências, o terapeuta busca identificar e ampliar os aspectos positivos do cliente, como habilidades, talentos, valores e recursos internos.

    2. **Cultivo de emoções positivas:** A psicoterapia positiva visa cultivar emoções positivas, como gratidão, esperança, otimismo, amor e alegria. Isso pode ser feito através de exercícios práticos, como manter um diário de gratidão, praticar atos de bondade, visualizar metas alcançadas e identificar momentos de prazer e satisfação na vida cotidiana.

    3. **Crescimento pós-traumático:** A psicoterapia positiva reconhece que as experiências de adversidade e trauma podem ser catalisadoras para o crescimento pessoal e o desenvolvimento de resiliência. Os terapeutas ajudam os clientes a encontrar significado e propósito nas experiências difíceis, promovendo o crescimento pós-traumático e a transformação positiva.

    4. **Foco no presente e futuro:** Embora reconheça a importância de explorar o passado para entender o presente, a psicoterapia positiva concentra-se principalmente no presente e no futuro, encorajando os clientes a definir metas significativas, desenvolver um senso de direção e tomar medidas concretas para alcançar uma vida mais plena e satisfatória.

    5. **Relacionamentos positivos:** Os relacionamentos desempenham um papel fundamental no bem-estar emocional e na felicidade. A psicoterapia positiva ajuda os clientes a cultivar relacionamentos saudáveis e significativos, fortalecendo os laços sociais, desenvolvendo habilidades de comunicação e resolução de conflitos, e promovendo o apoio mútuo e a conexão emocional.

    6. **Gratidão e apreciação:** A prática da gratidão é uma parte central da psicoterapia positiva. Os terapeutas ajudam os clientes a reconhecer e valorizar as coisas boas em suas vidas, cultivando uma atitude de gratidão e apreciação pelos pequenos prazeres e bênçãos diárias.

    7. **Cognição positiva:** A psicoterapia positiva trabalha para identificar e desafiar padrões de pensamento negativos e autocríticos, promovendo uma perspectiva mais positiva e esperançosa em relação a si mesmo, aos outros e ao mundo ao redor.

    Em resumo, a psicoterapia positiva é uma abordagem baseada no fortalecimento dos recursos pessoais, no cultivo de emoções positivas e no desenvolvimento de uma perspectiva mais otimista e significativa sobre a vida. Ela visa não apenas aliviar o sofrimento, mas também promover o florescimento humano e o bem-estar duradouro.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 100

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Aplicação de Reiki individual.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A Terapia Quântica é uma abordagem terapêutica que se baseia nos princípios da física quântica para promover o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.
    Aqui estão alguns aspectos fundamentais frequentemente associados à Terapia Quântica:

    1. **Princípios da física quântica:** A física quântica é uma área da física que estuda o comportamento das partículas subatômicas, como elétrons e fótons, em níveis muito pequenos. Ela desafia nossa compreensão tradicional da realidade, sugerindo que as partículas podem existir em múltiplos estados simultaneamente e podem ser influenciadas pela observação e pela consciência.

    2. **Natureza energética do universo:** A Terapia Quântica parte do pressuposto de que tudo no universo, incluindo o corpo humano, é composto de energia. Essa energia pode ser influenciada e manipulada por meio de técnicas terapêuticas, visando restaurar o equilíbrio e promover a cura.

    3. **Integração mente-corpo-espírito:** A Terapia Quântica reconhece a interconexão entre mente, corpo e espírito, e busca tratar o ser humano como um todo integrado. Ela não se limita apenas aos sintomas físicos, mas também aborda as causas subjacentes dos desequilíbrios, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    4. **Técnicas de cura:** As técnicas utilizadas na Terapia Quântica podem variar amplamente e incluir uma combinação de abordagens, como visualização criativa, meditação, respiração consciente, trabalho com cristais, reequilíbrio de chakras, imposição de mãos, entre outras.

    5. **Foco na consciência:** A Terapia Quântica enfatiza a importância da consciência e da intenção na criação da realidade. Acredita-se que a mente do cliente e do terapeuta desempenham um papel fundamental na eficácia do tratamento, e técnicas são frequentemente direcionadas para alinhar a consciência com o processo de cura.

    6. **Abordagem holística e personalizada:** Cada pessoa é única, e a Terapia Quântica é adaptada às necessidades individuais do cliente. Ela busca não apenas aliviar os sintomas, mas também promover o crescimento pessoal, o desenvolvimento espiritual e a expansão da consciência.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A Terapia Quântica é uma abordagem terapêutica que se baseia nos princípios da física quântica para promover o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.
    Aqui estão alguns aspectos fundamentais frequentemente associados à Terapia Quântica:

    1. **Princípios da física quântica:** A física quântica é uma área da física que estuda o comportamento das partículas subatômicas, como elétrons e fótons, em níveis muito pequenos. Ela desafia nossa compreensão tradicional da realidade, sugerindo que as partículas podem existir em múltiplos estados simultaneamente e podem ser influenciadas pela observação e pela consciência.

    2. **Natureza energética do universo:** A Terapia Quântica parte do pressuposto de que tudo no universo, incluindo o corpo humano, é composto de energia. Essa energia pode ser influenciada e manipulada por meio de técnicas terapêuticas, visando restaurar o equilíbrio e promover a cura.

    3. **Integração mente-corpo-espírito:** A Terapia Quântica reconhece a interconexão entre mente, corpo e espírito, e busca tratar o ser humano como um todo integrado. Ela não se limita apenas aos sintomas físicos, mas também aborda as causas subjacentes dos desequilíbrios, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    4. **Técnicas de cura:** As técnicas utilizadas na Terapia Quântica podem variar amplamente e incluir uma combinação de abordagens, como visualização criativa, meditação, respiração consciente, trabalho com cristais, reequilíbrio de chakras, imposição de mãos, entre outras.

    5. **Foco na consciência:** A Terapia Quântica enfatiza a importância da consciência e da intenção na criação da realidade. Acredita-se que a mente do cliente e do terapeuta desempenham um papel fundamental na eficácia do tratamento, e técnicas são frequentemente direcionadas para alinhar a consciência com o processo de cura.

    6. **Abordagem holística e personalizada:** Cada pessoa é única, e a Terapia Quântica é adaptada às necessidades individuais do cliente. Ela busca não apenas aliviar os sintomas, mas também promover o crescimento pessoal, o desenvolvimento espiritual e a expansão da consciência.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A Terapia Quântica é uma abordagem terapêutica que se baseia nos princípios da física quântica para promover o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.
    Aqui estão alguns aspectos fundamentais frequentemente associados à Terapia Quântica:

    1. **Princípios da física quântica:** A física quântica é uma área da física que estuda o comportamento das partículas subatômicas, como elétrons e fótons, em níveis muito pequenos. Ela desafia nossa compreensão tradicional da realidade, sugerindo que as partículas podem existir em múltiplos estados simultaneamente e podem ser influenciadas pela observação e pela consciência.

    2. **Natureza energética do universo:** A Terapia Quântica parte do pressuposto de que tudo no universo, incluindo o corpo humano, é composto de energia. Essa energia pode ser influenciada e manipulada por meio de técnicas terapêuticas, visando restaurar o equilíbrio e promover a cura.

    3. **Integração mente-corpo-espírito:** A Terapia Quântica reconhece a interconexão entre mente, corpo e espírito, e busca tratar o ser humano como um todo integrado. Ela não se limita apenas aos sintomas físicos, mas também aborda as causas subjacentes dos desequilíbrios, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    4. **Técnicas de cura:** As técnicas utilizadas na Terapia Quântica podem variar amplamente e incluir uma combinação de abordagens, como visualização criativa, meditação, respiração consciente, trabalho com cristais, reequilíbrio de chakras, imposição de mãos, entre outras.

    5. **Foco na consciência:** A Terapia Quântica enfatiza a importância da consciência e da intenção na criação da realidade. Acredita-se que a mente do cliente e do terapeuta desempenham um papel fundamental na eficácia do tratamento, e técnicas são frequentemente direcionadas para alinhar a consciência com o processo de cura.

    6. **Abordagem holística e personalizada:** Cada pessoa é única, e a Terapia Quântica é adaptada às necessidades individuais do cliente. Ela busca não apenas aliviar os sintomas, mas também promover o crescimento pessoal, o desenvolvimento espiritual e a expansão da consciência.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A Terapia Quântica é uma abordagem terapêutica que se baseia nos princípios da física quântica para promover o bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.
    Aqui estão alguns aspectos fundamentais frequentemente associados à Terapia Quântica:

    1. **Princípios da física quântica:** A física quântica é uma área da física que estuda o comportamento das partículas subatômicas, como elétrons e fótons, em níveis muito pequenos. Ela desafia nossa compreensão tradicional da realidade, sugerindo que as partículas podem existir em múltiplos estados simultaneamente e podem ser influenciadas pela observação e pela consciência.

    2. **Natureza energética do universo:** A Terapia Quântica parte do pressuposto de que tudo no universo, incluindo o corpo humano, é composto de energia. Essa energia pode ser influenciada e manipulada por meio de técnicas terapêuticas, visando restaurar o equilíbrio e promover a cura.

    3. **Integração mente-corpo-espírito:** A Terapia Quântica reconhece a interconexão entre mente, corpo e espírito, e busca tratar o ser humano como um todo integrado. Ela não se limita apenas aos sintomas físicos, mas também aborda as causas subjacentes dos desequilíbrios, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    4. **Técnicas de cura:** As técnicas utilizadas na Terapia Quântica podem variar amplamente e incluir uma combinação de abordagens, como visualização criativa, meditação, respiração consciente, trabalho com cristais, reequilíbrio de chakras, imposição de mãos, entre outras.

    5. **Foco na consciência:** A Terapia Quântica enfatiza a importância da consciência e da intenção na criação da realidade. Acredita-se que a mente do cliente e do terapeuta desempenham um papel fundamental na eficácia do tratamento, e técnicas são frequentemente direcionadas para alinhar a consciência com o processo de cura.

    6. **Abordagem holística e personalizada:** Cada pessoa é única, e a Terapia Quântica é adaptada às necessidades individuais do cliente. Ela busca não apenas aliviar os sintomas, mas também promover o crescimento pessoal, o desenvolvimento espiritual e a expansão da consciência.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A terapia de casal na abordagem quântica é uma forma de terapia que reconhece a interconexão entre os parceiros e busca equilibrar as energias do relacionamento como um todo. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para fortalecer os relacionamentos. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia de casal em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética do Relacionamento**: O terapeuta quântico pode começar a terapia de casal conduzindo uma avaliação energética do relacionamento. Isso pode envolver a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estejam afetando a dinâmica do casal.

    2. **Comunicação Consciente**: Um aspecto fundamental da terapia de casal em terapia quântica é promover a comunicação consciente e autêntica entre os parceiros. Isso pode incluir técnicas de escuta ativa, expressão de sentimentos com honestidade e respeito, e práticas de comunicação não violenta.

    3. **Resolução de Conflitos**: O terapeuta quântico ajuda o casal a identificar e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de resolução de problemas, negociação de compromissos e desenvolvimento de habilidades para lidar com desacordos de forma saudável.

    4. **Reconexão Energética**: A terapia quântica pode incluir práticas para reconectar os parceiros em um nível energético. Isso pode envolver exercícios de respiração compartilhada, visualizações guiadas, ou outras técnicas para fortalecer o vínculo emocional entre o casal.

    5. **Cura de Feridas do Passado**: O terapeuta quântico pode ajudar o casal a explorar e curar feridas emocionais do passado que possam estar afetando o relacionamento. Isso pode envolver técnicas de regressão, perdão mútuo, ou outras práticas para liberar ressentimentos e cicatrizar traumas.

    6. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva o casal a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    7. **Manutenção do Equilíbrio Energético**: O terapeuta quântico pode fornecer ao casal ferramentas e técnicas para manter o equilíbrio energético do relacionamento a longo prazo. Isso pode incluir práticas regulares de autocuidado, comunicação aberta e honesta, e rituais de conexão emocional.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A terapia de casal na abordagem quântica é uma forma de terapia que reconhece a interconexão entre os parceiros e busca equilibrar as energias do relacionamento como um todo. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para fortalecer os relacionamentos. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia de casal em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética do Relacionamento**: O terapeuta quântico pode começar a terapia de casal conduzindo uma avaliação energética do relacionamento. Isso pode envolver a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estejam afetando a dinâmica do casal.

    2. **Comunicação Consciente**: Um aspecto fundamental da terapia de casal em terapia quântica é promover a comunicação consciente e autêntica entre os parceiros. Isso pode incluir técnicas de escuta ativa, expressão de sentimentos com honestidade e respeito, e práticas de comunicação não violenta.

    3. **Resolução de Conflitos**: O terapeuta quântico ajuda o casal a identificar e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de resolução de problemas, negociação de compromissos e desenvolvimento de habilidades para lidar com desacordos de forma saudável.

    4. **Reconexão Energética**: A terapia quântica pode incluir práticas para reconectar os parceiros em um nível energético. Isso pode envolver exercícios de respiração compartilhada, visualizações guiadas, ou outras técnicas para fortalecer o vínculo emocional entre o casal.

    5. **Cura de Feridas do Passado**: O terapeuta quântico pode ajudar o casal a explorar e curar feridas emocionais do passado que possam estar afetando o relacionamento. Isso pode envolver técnicas de regressão, perdão mútuo, ou outras práticas para liberar ressentimentos e cicatrizar traumas.

    6. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva o casal a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    7. **Manutenção do Equilíbrio Energético**: O terapeuta quântico pode fornecer ao casal ferramentas e técnicas para manter o equilíbrio energético do relacionamento a longo prazo. Isso pode incluir práticas regulares de autocuidado, comunicação aberta e honesta, e rituais de conexão emocional.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A terapia de casal na abordagem quântica é uma forma de terapia que reconhece a interconexão entre os parceiros e busca equilibrar as energias do relacionamento como um todo. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para fortalecer os relacionamentos. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia de casal em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética do Relacionamento**: O terapeuta quântico pode começar a terapia de casal conduzindo uma avaliação energética do relacionamento. Isso pode envolver a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estejam afetando a dinâmica do casal.

    2. **Comunicação Consciente**: Um aspecto fundamental da terapia de casal em terapia quântica é promover a comunicação consciente e autêntica entre os parceiros. Isso pode incluir técnicas de escuta ativa, expressão de sentimentos com honestidade e respeito, e práticas de comunicação não violenta.

    3. **Resolução de Conflitos**: O terapeuta quântico ajuda o casal a identificar e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de resolução de problemas, negociação de compromissos e desenvolvimento de habilidades para lidar com desacordos de forma saudável.

    4. **Reconexão Energética**: A terapia quântica pode incluir práticas para reconectar os parceiros em um nível energético. Isso pode envolver exercícios de respiração compartilhada, visualizações guiadas, ou outras técnicas para fortalecer o vínculo emocional entre o casal.

    5. **Cura de Feridas do Passado**: O terapeuta quântico pode ajudar o casal a explorar e curar feridas emocionais do passado que possam estar afetando o relacionamento. Isso pode envolver técnicas de regressão, perdão mútuo, ou outras práticas para liberar ressentimentos e cicatrizar traumas.

    6. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva o casal a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    7. **Manutenção do Equilíbrio Energético**: O terapeuta quântico pode fornecer ao casal ferramentas e técnicas para manter o equilíbrio energético do relacionamento a longo prazo. Isso pode incluir práticas regulares de autocuidado, comunicação aberta e honesta, e rituais de conexão emocional.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A terapia de casal na abordagem quântica é uma forma de terapia que reconhece a interconexão entre os parceiros e busca equilibrar as energias do relacionamento como um todo. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para fortalecer os relacionamentos. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia de casal em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética do Relacionamento**: O terapeuta quântico pode começar a terapia de casal conduzindo uma avaliação energética do relacionamento. Isso pode envolver a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estejam afetando a dinâmica do casal.

    2. **Comunicação Consciente**: Um aspecto fundamental da terapia de casal em terapia quântica é promover a comunicação consciente e autêntica entre os parceiros. Isso pode incluir técnicas de escuta ativa, expressão de sentimentos com honestidade e respeito, e práticas de comunicação não violenta.

    3. **Resolução de Conflitos**: O terapeuta quântico ajuda o casal a identificar e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de resolução de problemas, negociação de compromissos e desenvolvimento de habilidades para lidar com desacordos de forma saudável.

    4. **Reconexão Energética**: A terapia quântica pode incluir práticas para reconectar os parceiros em um nível energético. Isso pode envolver exercícios de respiração compartilhada, visualizações guiadas, ou outras técnicas para fortalecer o vínculo emocional entre o casal.

    5. **Cura de Feridas do Passado**: O terapeuta quântico pode ajudar o casal a explorar e curar feridas emocionais do passado que possam estar afetando o relacionamento. Isso pode envolver técnicas de regressão, perdão mútuo, ou outras práticas para liberar ressentimentos e cicatrizar traumas.

    6. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva o casal a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    7. **Manutenção do Equilíbrio Energético**: O terapeuta quântico pode fornecer ao casal ferramentas e técnicas para manter o equilíbrio energético do relacionamento a longo prazo. Isso pode incluir práticas regulares de autocuidado, comunicação aberta e honesta, e rituais de conexão emocional.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A terapia familiar em uma abordagem quântica é centrada na ideia de que os membros da família estão interconectados energeticamente e que o equilíbrio e a saúde de um indivíduo afetam todo o sistema familiar. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para melhorar a dinâmica familiar e promover o bem-estar de todos os membros. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia familiar em terapia quântica:

    1. **Compreensão da Energia Familiar**: O terapeuta quântico ajuda a família a entender a dinâmica energética que opera dentro do sistema familiar. Isso pode incluir a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estão afetando a harmonia familiar.

    2. **Identificação de Padrões e Crenças Limitantes**: A terapia quântica ajuda a família a identificar padrões de pensamento ou comportamento que contribuem para conflitos ou problemas dentro do sistema familiar. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, padrões de comunicação disfuncionais, ou hábitos prejudiciais de relacionamento.

    3. **Equilíbrio Energético e Harmonização**: O terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do sistema familiar, aplicando técnicas de cura energética como imposição de mãos, aplicação de frequências vibracionais, uso de cristais, entre outros. Isso pode ajudar a harmonizar as relações e promover um ambiente familiar mais saudável.

    4. **Desbloqueio Emocional e Resolução de Conflitos**: A terapia quântica ajuda a família a liberar bloqueios emocionais e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de comunicação consciente, visualizações guiadas, exercícios de perdão e aceitação, entre outros.

    5. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva a família a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento familiar e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    6. **Aprendizado e Crescimento Coletivo**: A terapia quântica proporciona à família a oportunidade de aprender e crescer juntos, à medida que enfrentam desafios e superam obstáculos. Isso pode fortalecer os laços familiares e promover um maior entendimento e compaixão entre os membros da família.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A terapia familiar em uma abordagem quântica é centrada na ideia de que os membros da família estão interconectados energeticamente e que o equilíbrio e a saúde de um indivíduo afetam todo o sistema familiar. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para melhorar a dinâmica familiar e promover o bem-estar de todos os membros. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia familiar em terapia quântica:

    1. **Compreensão da Energia Familiar**: O terapeuta quântico ajuda a família a entender a dinâmica energética que opera dentro do sistema familiar. Isso pode incluir a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estão afetando a harmonia familiar.

    2. **Identificação de Padrões e Crenças Limitantes**: A terapia quântica ajuda a família a identificar padrões de pensamento ou comportamento que contribuem para conflitos ou problemas dentro do sistema familiar. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, padrões de comunicação disfuncionais, ou hábitos prejudiciais de relacionamento.

    3. **Equilíbrio Energético e Harmonização**: O terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do sistema familiar, aplicando técnicas de cura energética como imposição de mãos, aplicação de frequências vibracionais, uso de cristais, entre outros. Isso pode ajudar a harmonizar as relações e promover um ambiente familiar mais saudável.

    4. **Desbloqueio Emocional e Resolução de Conflitos**: A terapia quântica ajuda a família a liberar bloqueios emocionais e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de comunicação consciente, visualizações guiadas, exercícios de perdão e aceitação, entre outros.

    5. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva a família a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento familiar e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    6. **Aprendizado e Crescimento Coletivo**: A terapia quântica proporciona à família a oportunidade de aprender e crescer juntos, à medida que enfrentam desafios e superam obstáculos. Isso pode fortalecer os laços familiares e promover um maior entendimento e compaixão entre os membros da família.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A terapia familiar em uma abordagem quântica é centrada na ideia de que os membros da família estão interconectados energeticamente e que o equilíbrio e a saúde de um indivíduo afetam todo o sistema familiar. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para melhorar a dinâmica familiar e promover o bem-estar de todos os membros. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia familiar em terapia quântica:

    1. **Compreensão da Energia Familiar**: O terapeuta quântico ajuda a família a entender a dinâmica energética que opera dentro do sistema familiar. Isso pode incluir a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estão afetando a harmonia familiar.

    2. **Identificação de Padrões e Crenças Limitantes**: A terapia quântica ajuda a família a identificar padrões de pensamento ou comportamento que contribuem para conflitos ou problemas dentro do sistema familiar. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, padrões de comunicação disfuncionais, ou hábitos prejudiciais de relacionamento.

    3. **Equilíbrio Energético e Harmonização**: O terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do sistema familiar, aplicando técnicas de cura energética como imposição de mãos, aplicação de frequências vibracionais, uso de cristais, entre outros. Isso pode ajudar a harmonizar as relações e promover um ambiente familiar mais saudável.

    4. **Desbloqueio Emocional e Resolução de Conflitos**: A terapia quântica ajuda a família a liberar bloqueios emocionais e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de comunicação consciente, visualizações guiadas, exercícios de perdão e aceitação, entre outros.

    5. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva a família a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento familiar e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    6. **Aprendizado e Crescimento Coletivo**: A terapia quântica proporciona à família a oportunidade de aprender e crescer juntos, à medida que enfrentam desafios e superam obstáculos. Isso pode fortalecer os laços familiares e promover um maior entendimento e compaixão entre os membros da família.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A terapia familiar em uma abordagem quântica é centrada na ideia de que os membros da família estão interconectados energeticamente e que o equilíbrio e a saúde de um indivíduo afetam todo o sistema familiar. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar para melhorar a dinâmica familiar e promover o bem-estar de todos os membros. Aqui estão alguns aspectos comuns da terapia familiar em terapia quântica:

    1. **Compreensão da Energia Familiar**: O terapeuta quântico ajuda a família a entender a dinâmica energética que opera dentro do sistema familiar. Isso pode incluir a identificação de padrões de energia disfuncionais, bloqueios emocionais ou desequilíbrios que estão afetando a harmonia familiar.

    2. **Identificação de Padrões e Crenças Limitantes**: A terapia quântica ajuda a família a identificar padrões de pensamento ou comportamento que contribuem para conflitos ou problemas dentro do sistema familiar. Isso pode incluir crenças negativas sobre si mesmo, padrões de comunicação disfuncionais, ou hábitos prejudiciais de relacionamento.

    3. **Equilíbrio Energético e Harmonização**: O terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do sistema familiar, aplicando técnicas de cura energética como imposição de mãos, aplicação de frequências vibracionais, uso de cristais, entre outros. Isso pode ajudar a harmonizar as relações e promover um ambiente familiar mais saudável.

    4. **Desbloqueio Emocional e Resolução de Conflitos**: A terapia quântica ajuda a família a liberar bloqueios emocionais e resolver conflitos de uma maneira construtiva. Isso pode envolver técnicas de comunicação consciente, visualizações guiadas, exercícios de perdão e aceitação, entre outros.

    5. **Criação de Novos Paradigmas Relacionais**: A terapia quântica incentiva a família a criar novos paradigmas relacionais baseados em princípios de amor, respeito mútuo e cooperação. Isso pode envolver a definição de intenções positivas para o relacionamento familiar e a visualização conjunta de um futuro harmonioso e próspero.

    6. **Aprendizado e Crescimento Coletivo**: A terapia quântica proporciona à família a oportunidade de aprender e crescer juntos, à medida que enfrentam desafios e superam obstáculos. Isso pode fortalecer os laços familiares e promover um maior entendimento e compaixão entre os membros da família.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 180

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A Terapia Reiki é uma prática de cura holística que se originou no Japão no início do século XX. "Reiki" é uma palavra japonesa que significa "energia vital universal". Essa abordagem terapêutica baseia-se na crença de que uma energia vital invisível flui através de nós e é o que nos mantém vivos. Quando essa energia está baixa ou bloqueada, podemos nos sentir doentes ou estressados, e é aí que o Reiki entra em ação.

    A prática do Reiki envolve um terapeuta que canaliza a energia universal para o corpo do cliente através das mãos, com o objetivo de promover a cura física, mental, emocional e espiritual. Aqui estão os princípios básicos do Reiki e como funciona:

    1. **Energia universal:** De acordo com a filosofia do Reiki, a energia vital universal flui através de todos os seres vivos. Quando essa energia está em desequilíbrio ou bloqueada, pode levar ao estresse, doença ou desconforto.

    2. **Canalização da energia:** O terapeuta Reiki atua como um canal para essa energia, direcionando-a para o corpo do cliente através das mãos. Isso é feito através de técnicas de imposição de mãos, onde o terapeuta coloca as mãos suavemente sobre ou próximo ao corpo do cliente em pontos específicos.

    3. **Promoção do equilíbrio:** O Reiki tem como objetivo restaurar o equilíbrio e a harmonia no corpo, mente e espírito do cliente, liberando bloqueios energéticos e promovendo o fluxo livre de energia vital. Isso pode ajudar a aliviar o estresse, reduzir a dor, promover a cura física e emocional, e melhorar o bem-estar geral.

    4. **Auto-cura:** Uma crença fundamental do Reiki é que o cliente tem o poder de cura dentro de si mesmo. O terapeuta Reiki atua como um facilitador, ajudando o cliente a acessar e canalizar sua própria energia de cura para promover a auto-cura e o autoconhecimento.

    5. **Abordagem holística:** O Reiki é uma prática holística que reconhece a interconexão entre corpo, mente e espírito. Ele aborda não apenas os sintomas físicos, mas também as causas subjacentes do desequilíbrio energético, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    6. **Sessões individuais:** As sessões de Reiki geralmente são realizadas em um ambiente tranquilo e relaxante, onde o cliente pode deitar-se completamente vestido em uma maca de massagem. O terapeuta Reiki então coloca as mãos em várias posições sobre o corpo do cliente, concentrando-se em áreas específicas que precisam de cura ou equilíbrio.

    7. **Benefícios:** Os benefícios relatados do Reiki incluem redução do estresse e ansiedade, alívio da dor, melhora do sono, fortalecimento do sistema imunológico, aceleração da cicatrização de feridas, aumento da energia e vitalidade, e promoção do bem-estar emocional e espiritual.

    Em resumo, o Reiki é uma prática suave e não invasiva que visa promover a cura e o bem-estar holístico através da canalização da energia vital universal. É importante notar que o Reiki não é uma substituição para o tratamento médico convencional, mas pode ser usado como complemento a outros tratamentos e práticas de autocuidado.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A Terapia Reiki é uma prática de cura holística que se originou no Japão no início do século XX. "Reiki" é uma palavra japonesa que significa "energia vital universal". Essa abordagem terapêutica baseia-se na crença de que uma energia vital invisível flui através de nós e é o que nos mantém vivos. Quando essa energia está baixa ou bloqueada, podemos nos sentir doentes ou estressados, e é aí que o Reiki entra em ação.

    A prática do Reiki envolve um terapeuta que canaliza a energia universal para o corpo do cliente através das mãos, com o objetivo de promover a cura física, mental, emocional e espiritual. Aqui estão os princípios básicos do Reiki e como funciona:

    1. **Energia universal:** De acordo com a filosofia do Reiki, a energia vital universal flui através de todos os seres vivos. Quando essa energia está em desequilíbrio ou bloqueada, pode levar ao estresse, doença ou desconforto.

    2. **Canalização da energia:** O terapeuta Reiki atua como um canal para essa energia, direcionando-a para o corpo do cliente através das mãos. Isso é feito através de técnicas de imposição de mãos, onde o terapeuta coloca as mãos suavemente sobre ou próximo ao corpo do cliente em pontos específicos.

    3. **Promoção do equilíbrio:** O Reiki tem como objetivo restaurar o equilíbrio e a harmonia no corpo, mente e espírito do cliente, liberando bloqueios energéticos e promovendo o fluxo livre de energia vital. Isso pode ajudar a aliviar o estresse, reduzir a dor, promover a cura física e emocional, e melhorar o bem-estar geral.

    4. **Auto-cura:** Uma crença fundamental do Reiki é que o cliente tem o poder de cura dentro de si mesmo. O terapeuta Reiki atua como um facilitador, ajudando o cliente a acessar e canalizar sua própria energia de cura para promover a auto-cura e o autoconhecimento.

    5. **Abordagem holística:** O Reiki é uma prática holística que reconhece a interconexão entre corpo, mente e espírito. Ele aborda não apenas os sintomas físicos, mas também as causas subjacentes do desequilíbrio energético, incluindo questões emocionais, mentais e espirituais.

    6. **Sessões individuais:** As sessões de Reiki geralmente são realizadas em um ambiente tranquilo e relaxante, onde o cliente pode deitar-se completamente vestido em uma maca de massagem. O terapeuta Reiki então coloca as mãos em várias posições sobre o corpo do cliente, concentrando-se em áreas específicas que precisam de cura ou equilíbrio.

    7. **Benefícios:** Os benefícios relatados do Reiki incluem redução do estresse e ansiedade, alívio da dor, melhora do sono, fortalecimento do sistema imunológico, aceleração da cicatrização de feridas, aumento da energia e vitalidade, e promoção do bem-estar emocional e espiritual.

    Em resumo, o Reiki é uma prática suave e não invasiva que visa promover a cura e o bem-estar holístico através da canalização da energia vital universal. É importante notar que o Reiki não é uma substituição para o tratamento médico convencional, mas pode ser usado como complemento a outros tratamentos e práticas de autocuidado.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A Terapia Ho'oponopono é uma prática havaiana tradicional de resolução de problemas e reconciliação. Originária das tradições indígenas do Havaí, Ho'oponopono significa "corrigir um erro" ou "tornar certo". A prática foi trazida à luz por Morrnah Simeona e posteriormente popularizada por Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len.

    A essência do Ho'oponopono é a crença de que todos os problemas, conflitos e sofrimentos em nossas vidas são causados por memórias, padrões de pensamento e crenças subconscientes negativas que foram acumuladas ao longo do tempo. Estas memórias dolorosas são consideradas a causa de desequilíbrios mentais, emocionais e físicos.

    A prática do Ho'oponopono envolve quatro frases-chave:

    1. **Sinto muito:** Expressa responsabilidade e arrependimento por qualquer desconforto, sofrimento ou conflito causado, consciente ou inconscientemente.

    2. **Por favor, me perdoe:** Reconhece a necessidade de perdão, não apenas de outras pessoas, mas também de si mesmo, por contribuir para a situação problemática.

    3. **Eu te amo:** Expressa amor incondicional e compaixão por si mesmo, pelos outros envolvidos na situação e por todas as partes afetadas.

    4. **Obrigado:** Expressa gratidão pela oportunidade de reconhecer e liberar as memórias dolorosas, e pela cura que está ocorrendo.

    Ao repetir essas frases internamente, a pessoa assume a responsabilidade por seus próprios pensamentos e ações, libera as memórias dolorosas que estão por trás dos problemas e abre espaço para a cura e o perdão.

    A Terapia Ho'oponopono pode ser praticada individualmente, repetindo as frases internamente ou em voz alta, ou pode ser facilitada por um terapeuta treinado. Algumas variações modernas da prática também incluem o uso de técnicas de visualização, meditação e respiração para facilitar a liberação de memórias dolorosas e promover a cura.

    É importante notar que a Terapia Ho'oponopono é uma prática espiritual e holística, e não substitui a orientação médica ou psicológica convencional. É vista como uma ferramenta complementar para promover o bem-estar emocional, mental e espiritual, e pode ser praticada em conjunto com outras formas de terapia e autocuidado.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A terapia quântica é uma abordagem relativamente nova e não convencional que busca tratar problemas emocionais, mentais e físicos através da aplicação de princípios da física quântica e da energia. No contexto do tratamento da ansiedade, a terapia quântica geralmente se concentra em equilibrar e harmonizar as energias do corpo para promover um estado de bem-estar emocional e mental.

    Aqui estão alguns aspectos típicos do atendimento para ansiedade em terapia quântica:

    Avaliação Energética: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética do paciente usando métodos como radiestesia, bioressonância ou outras técnicas para identificar desequilíbrios energéticos que possam estar contribuindo para a ansiedade.
    Tratamento Energético: Com base na avaliação, o terapeuta quântico pode usar uma variedade de técnicas para equilibrar e restaurar a energia do corpo. Isso pode incluir a aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, visualizações guiadas, cristais, entre outros métodos.
    Reprogramação Mental: Alguns terapeutas quânticos também incorporam técnicas de reprogramação mental, como a utilização de afirmações positivas, visualizações criativas e técnicas de neurofeedback para ajudar o paciente a superar padrões de pensamento negativos associados à ansiedade.
    Abordagem Holística: A terapia quântica geralmente adota uma abordagem holística, considerando a interconexão entre mente, corpo e espírito. Portanto, o tratamento pode incluir recomendações relacionadas à dieta, exercícios, práticas de autocuidado e mudanças no estilo de vida para apoiar o processo de cura.
    Sessões Individuais ou em Grupo: O atendimento em terapia quântica pode ocorrer em sessões individuais ou em grupo, dependendo das preferências e necessidades do paciente. Algumas práticas também oferecem sessões online para maior acessibilidade.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A terapia quântica é uma abordagem relativamente nova e não convencional que busca tratar problemas emocionais, mentais e físicos através da aplicação de princípios da física quântica e da energia. No contexto do tratamento da ansiedade, a terapia quântica geralmente se concentra em equilibrar e harmonizar as energias do corpo para promover um estado de bem-estar emocional e mental.

    Aqui estão alguns aspectos típicos do atendimento para ansiedade em terapia quântica:

    Avaliação Energética: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética do paciente usando métodos como radiestesia, bioressonância ou outras técnicas para identificar desequilíbrios energéticos que possam estar contribuindo para a ansiedade.
    Tratamento Energético: Com base na avaliação, o terapeuta quântico pode usar uma variedade de técnicas para equilibrar e restaurar a energia do corpo. Isso pode incluir a aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, visualizações guiadas, cristais, entre outros métodos.
    Reprogramação Mental: Alguns terapeutas quânticos também incorporam técnicas de reprogramação mental, como a utilização de afirmações positivas, visualizações criativas e técnicas de neurofeedback para ajudar o paciente a superar padrões de pensamento negativos associados à ansiedade.
    Abordagem Holística: A terapia quântica geralmente adota uma abordagem holística, considerando a interconexão entre mente, corpo e espírito. Portanto, o tratamento pode incluir recomendações relacionadas à dieta, exercícios, práticas de autocuidado e mudanças no estilo de vida para apoiar o processo de cura.
    Sessões Individuais ou em Grupo: O atendimento em terapia quântica pode ocorrer em sessões individuais ou em grupo, dependendo das preferências e necessidades do paciente. Algumas práticas também oferecem sessões online para maior acessibilidade.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    A terapia quântica é uma abordagem relativamente nova e não convencional que busca tratar problemas emocionais, mentais e físicos através da aplicação de princípios da física quântica e da energia. No contexto do tratamento da ansiedade, a terapia quântica geralmente se concentra em equilibrar e harmonizar as energias do corpo para promover um estado de bem-estar emocional e mental.

    Aqui estão alguns aspectos típicos do atendimento para ansiedade em terapia quântica:

    Avaliação Energética: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética do paciente usando métodos como radiestesia, bioressonância ou outras técnicas para identificar desequilíbrios energéticos que possam estar contribuindo para a ansiedade.
    Tratamento Energético: Com base na avaliação, o terapeuta quântico pode usar uma variedade de técnicas para equilibrar e restaurar a energia do corpo. Isso pode incluir a aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, visualizações guiadas, cristais, entre outros métodos.
    Reprogramação Mental: Alguns terapeutas quânticos também incorporam técnicas de reprogramação mental, como a utilização de afirmações positivas, visualizações criativas e técnicas de neurofeedback para ajudar o paciente a superar padrões de pensamento negativos associados à ansiedade.
    Abordagem Holística: A terapia quântica geralmente adota uma abordagem holística, considerando a interconexão entre mente, corpo e espírito. Portanto, o tratamento pode incluir recomendações relacionadas à dieta, exercícios, práticas de autocuidado e mudanças no estilo de vida para apoiar o processo de cura.
    Sessões Individuais ou em Grupo: O atendimento em terapia quântica pode ocorrer em sessões individuais ou em grupo, dependendo das preferências e necessidades do paciente. Algumas práticas também oferecem sessões online para maior acessibilidade.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    A terapia quântica é uma abordagem relativamente nova e não convencional que busca tratar problemas emocionais, mentais e físicos através da aplicação de princípios da física quântica e da energia. No contexto do tratamento da ansiedade, a terapia quântica geralmente se concentra em equilibrar e harmonizar as energias do corpo para promover um estado de bem-estar emocional e mental.

    Aqui estão alguns aspectos típicos do atendimento para ansiedade em terapia quântica:

    Avaliação Energética: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética do paciente usando métodos como radiestesia, bioressonância ou outras técnicas para identificar desequilíbrios energéticos que possam estar contribuindo para a ansiedade.
    Tratamento Energético: Com base na avaliação, o terapeuta quântico pode usar uma variedade de técnicas para equilibrar e restaurar a energia do corpo. Isso pode incluir a aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, visualizações guiadas, cristais, entre outros métodos.
    Reprogramação Mental: Alguns terapeutas quânticos também incorporam técnicas de reprogramação mental, como a utilização de afirmações positivas, visualizações criativas e técnicas de neurofeedback para ajudar o paciente a superar padrões de pensamento negativos associados à ansiedade.
    Abordagem Holística: A terapia quântica geralmente adota uma abordagem holística, considerando a interconexão entre mente, corpo e espírito. Portanto, o tratamento pode incluir recomendações relacionadas à dieta, exercícios, práticas de autocuidado e mudanças no estilo de vida para apoiar o processo de cura.
    Sessões Individuais ou em Grupo: O atendimento em terapia quântica pode ocorrer em sessões individuais ou em grupo, dependendo das preferências e necessidades do paciente. Algumas práticas também oferecem sessões online para maior acessibilidade.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    Em terapia quântica, o tratamento da depressão geralmente envolve uma abordagem holística que visa equilibrar e harmonizar as energias do corpo, mente e espírito. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar no tratamento da depressão. Aqui estão alguns aspectos comuns do tratamento de depressão em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética**: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética para identificar desequilíbrios ou bloqueios de energia que possam estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como radiestesia, bioressonância ou outras formas de medição energética.

    2. **Reequilíbrio Energético**: Com base na avaliação, o terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do corpo. Isso pode ser feito através da aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, uso de cristais, entre outras técnicas de cura energética.

    3. **Desbloqueio Emocional**: A terapia quântica muitas vezes se concentra em identificar e liberar padrões emocionais negativos que podem estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como visualizações guiadas, terapia de regressão, ou a utilização de afirmações positivas para promover uma mudança de padrão mental.

    4. **Integração Mente-Corpo-Espírito**: A terapia quântica enfatiza a importância da conexão entre mente, corpo e espírito no processo de cura. Portanto, o tratamento da depressão pode incluir práticas que promovam o equilíbrio nessas áreas, como meditação, yoga, exercícios de respiração, entre outros.

    5. **Nutrição e Estilo de Vida**: O terapeuta quântico pode fornecer orientações sobre nutrição e estilo de vida que possam apoiar o bem-estar emocional e mental do indivíduo. Isso pode incluir recomendações dietéticas, práticas de autocuidado, exercícios físicos, entre outros.

    6. **Acompanhamento e Suporte Contínuo**: O tratamento da depressão em terapia quântica muitas vezes envolve sessões de acompanhamento regulares para monitorar o progresso do indivíduo e ajustar o plano de tratamento conforme necessário. O terapeuta também pode oferecer suporte contínuo entre as sessões, se necessário.


    R$ 200

    Teleconsulta

    Em terapia quântica, o tratamento da depressão geralmente envolve uma abordagem holística que visa equilibrar e harmonizar as energias do corpo, mente e espírito. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar no tratamento da depressão. Aqui estão alguns aspectos comuns do tratamento de depressão em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética**: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética para identificar desequilíbrios ou bloqueios de energia que possam estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como radiestesia, bioressonância ou outras formas de medição energética.

    2. **Reequilíbrio Energético**: Com base na avaliação, o terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do corpo. Isso pode ser feito através da aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, uso de cristais, entre outras técnicas de cura energética.

    3. **Desbloqueio Emocional**: A terapia quântica muitas vezes se concentra em identificar e liberar padrões emocionais negativos que podem estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como visualizações guiadas, terapia de regressão, ou a utilização de afirmações positivas para promover uma mudança de padrão mental.

    4. **Integração Mente-Corpo-Espírito**: A terapia quântica enfatiza a importância da conexão entre mente, corpo e espírito no processo de cura. Portanto, o tratamento da depressão pode incluir práticas que promovam o equilíbrio nessas áreas, como meditação, yoga, exercícios de respiração, entre outros.

    5. **Nutrição e Estilo de Vida**: O terapeuta quântico pode fornecer orientações sobre nutrição e estilo de vida que possam apoiar o bem-estar emocional e mental do indivíduo. Isso pode incluir recomendações dietéticas, práticas de autocuidado, exercícios físicos, entre outros.

    6. **Acompanhamento e Suporte Contínuo**: O tratamento da depressão em terapia quântica muitas vezes envolve sessões de acompanhamento regulares para monitorar o progresso do indivíduo e ajustar o plano de tratamento conforme necessário. O terapeuta também pode oferecer suporte contínuo entre as sessões, se necessário.


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    Saiba mais

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL


    Rua Santa Branca 443, Caraguatatuba

    R$ 180

    Sintonia - ATENDIMENTO ONLINE E PRESENCIAL

    Em terapia quântica, o tratamento da depressão geralmente envolve uma abordagem holística que visa equilibrar e harmonizar as energias do corpo, mente e espírito. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar no tratamento da depressão. Aqui estão alguns aspectos comuns do tratamento de depressão em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética**: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética para identificar desequilíbrios ou bloqueios de energia que possam estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como radiestesia, bioressonância ou outras formas de medição energética.

    2. **Reequilíbrio Energético**: Com base na avaliação, o terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do corpo. Isso pode ser feito através da aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, uso de cristais, entre outras técnicas de cura energética.

    3. **Desbloqueio Emocional**: A terapia quântica muitas vezes se concentra em identificar e liberar padrões emocionais negativos que podem estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como visualizações guiadas, terapia de regressão, ou a utilização de afirmações positivas para promover uma mudança de padrão mental.

    4. **Integração Mente-Corpo-Espírito**: A terapia quântica enfatiza a importância da conexão entre mente, corpo e espírito no processo de cura. Portanto, o tratamento da depressão pode incluir práticas que promovam o equilíbrio nessas áreas, como meditação, yoga, exercícios de respiração, entre outros.

    5. **Nutrição e Estilo de Vida**: O terapeuta quântico pode fornecer orientações sobre nutrição e estilo de vida que possam apoiar o bem-estar emocional e mental do indivíduo. Isso pode incluir recomendações dietéticas, práticas de autocuidado, exercícios físicos, entre outros.

    6. **Acompanhamento e Suporte Contínuo**: O tratamento da depressão em terapia quântica muitas vezes envolve sessões de acompanhamento regulares para monitorar o progresso do indivíduo e ajustar o plano de tratamento conforme necessário. O terapeuta também pode oferecer suporte contínuo entre as sessões, se necessário.


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 230

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE


    Av. Sabiá, 384 - Moema, São Paulo

    R$ 200

    Espaço Shambala - ATENDIMENTO ONLINE

    Em terapia quântica, o tratamento da depressão geralmente envolve uma abordagem holística que visa equilibrar e harmonizar as energias do corpo, mente e espírito. As pessoas relatam benefícios dessa abordagem complementar no tratamento da depressão. Aqui estão alguns aspectos comuns do tratamento de depressão em terapia quântica:

    1. **Avaliação Energética**: O terapeuta quântico pode realizar uma avaliação energética para identificar desequilíbrios ou bloqueios de energia que possam estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como radiestesia, bioressonância ou outras formas de medição energética.

    2. **Reequilíbrio Energético**: Com base na avaliação, o terapeuta trabalha para restaurar o equilíbrio energético do corpo. Isso pode ser feito através da aplicação de frequências vibracionais específicas, imposição de mãos, uso de cristais, entre outras técnicas de cura energética.

    3. **Desbloqueio Emocional**: A terapia quântica muitas vezes se concentra em identificar e liberar padrões emocionais negativos que podem estar contribuindo para a depressão. Isso pode envolver o uso de técnicas como visualizações guiadas, terapia de regressão, ou a utilização de afirmações positivas para promover uma mudança de padrão mental.

    4. **Integração Mente-Corpo-Espírito**: A terapia quântica enfatiza a importância da conexão entre mente, corpo e espírito no processo de cura. Portanto, o tratamento da depressão pode incluir práticas que promovam o equilíbrio nessas áreas, como meditação, yoga, exercícios de respiração, entre outros.

    5. **Nutrição e Estilo de Vida**: O terapeuta quântico pode fornecer orientações sobre nutrição e estilo de vida que possam apoiar o bem-estar emocional e mental do indivíduo. Isso pode incluir recomendações dietéticas, práticas de autocuidado, exercícios físicos, entre outros.

    6. **Acompanhamento e Suporte Contínuo**: O tratamento da depressão em terapia quântica muitas vezes envolve sessões de acompanhamento regulares para monitorar o progresso do indivíduo e ajustar o plano de tratamento conforme necessário. O terapeuta também pode oferecer suporte contínuo entre as sessões, se necessário.



    Av. Trindade, 254 3º andar – Sala 310 Office Bethaville, São Paulo

    R$ 200

    Janela Verde - ATENDIMENTOS ONLINE SOMENTE

    A terapia quântica é uma abordagem holística que visa equilibrar o corpo, a mente e o espírito, utilizando princípios da física quântica que para o tratamento da insônia pode envolver uma abordagem multidimensional, incluindo:

    1. **Equilíbrio energético:** Os praticantes de terapia quântica podem trabalhar para identificar e corrigir possíveis bloqueios ou desequilíbrios energéticos no corpo, que podem estar contribuindo para a insônia. Isso pode ser feito através de técnicas como reiki, imposição de mãos ou outras práticas energéticas.

    2. **Visualização e meditação quântica:** A meditação e visualização guiada podem ser usadas para acalmar a mente e promover um estado de relaxamento profundo, o que pode ajudar a melhorar a qualidade do sono.

    3. **Reprogramação mental:** Técnicas de reprogramação mental, como afirmações positivas ou visualizações criativas, podem ser usadas para ajudar a recondicionar padrões de pensamento negativos ou preocupações que possam estar contribuindo para a insônia.

    4. **Nutrição e estilo de vida:** Os praticantes de terapia quântica podem oferecer orientação sobre nutrição adequada, exercícios físicos e outras mudanças no estilo de vida que podem ajudar a promover um sono saudável.


    R$ 200

    Teleconsulta

    A terapia quântica é uma abordagem holística que visa equilibrar o corpo, a mente e o espírito, utilizando princípios da física quântica que para o tratamento da insônia pode envolver uma abordagem multidimensional, incluindo:

    1. **Equilíbrio energético:** Os praticantes de terapia quântica podem traba