Daniela Vilariço Alves de Oliveira, Ginecologista São Paulo

Dra. Daniela Vilariço Alves de Oliveira

Salvar

Ginecologista mais

Número de registro: CRM SP 117045 RQE Nº: 72578
18 opiniões

Salvar

41 visitas ao perfil nos últimos 30 dias
Tempo estimado de resposta:

Consultório

Rua Apeninos, 485 conj 23, Liberdade, São Paulo
Consultório particular


(11) 4301..... Mostrar número


Experiência

Experiência em:

  • Anticoncepção
  • Menopausa
  • Parto Humanizado
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Incontinência urinária
  • Abortamento Espontâneo
  • Hipertensão Induzida Pela Gravidez
Mostrar mais doenças

Formação

  • Residência em Ginecologia e Obstetrícia, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2004
  • Especialização em Patologia Obstétrica e Medicina Fetal, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2007
  • Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, 2007


Idiomas

Inglês, Português, Francês

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços populares


Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular

Outros serviços


Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular



Rua Apeninos, 485 conj 23, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular

18 opiniões de pacientes

Classificação geral

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia

Excelente médica , que desde meu segundo filho me acompanha com dedicação e competência! Muito querida !


M
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia

Foi tudo muito bom, o atendimento clínico foi perfeito. Solicitou exames cujos resultados levarei no retorno.


B
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Check up

A Dra. Daniela é otima!! Super atenciosa, explica todos os pontos com muita paciência e atenção. Indico de olhos fechados!!


G
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Ginecologia

Dra. Daniela é muito atenciosa, me examinou e checou exames e depois de explicar pediu exames complementares


C
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia

Atendimento excelente e o espaço tambem super indico ... me sinto segura no atendimento da Dr Daniella


P
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Ginecologia

Super atenciosa, atendimento excelente, sai do consultório satisfeita, e com todas as minhas dúvidas respondidas.


P
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Ginecologia

Dra Daniela é incrível. Atenciosa! Tanto com o lado fisico qto emocional! Muito cuidadosa com a solicitação criteriosa de exames e um atendimento muito personalizado!!


P
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia

Recomendo. Excelente atendimento. Sem dúvida a melhor obstetra que já me consultei. Todas minhas dúvidas foram esclarecidas. Só tenho elogios.


L
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Retorno de consultas Ginecologia e Obstetrícia

Sou atendida pela Dra. Daniela há alguns anos, gosto muito do acompanhamento que faço com ela, pois é muito comprometida e extremamente atenciosa. Era atendida há muito tempo atrás em outro local, por mudanças perdi o contato. Mas depois fui atrás para conseguir voltar a consultar com ela, pois é muito difícil encontrar profissionais atenciosos como ela. Estou muito satisfeita.


A
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia

Dra Daniela é muito atenciosa, pontual e profissional. Excelente atendimento! Minuciosa nos detalhes, sem igual.


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

2 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Curetagem

ja perdi dois bebês e nas duas vezes fiz curetagem, para engravidar agora preciso fazer algum tratamento?

É necessário que sejam investigadas as causas dos abortamentos de repetição, que podem ser genéticas, imunológicas, anatômicas, metabólicas, trombofilias, infecciosas, entre outras. A partir desse diagnóstico, deve ser instituído o tratamento para a patologia encontrada. Deve procurar um ginecologista para tal rastreamento e início de cada tratamento específico.

Dra. Daniela Vilariço Alves de Oliveira

Pergunta sobre Insuficiência Placentária

Quem tem histórico de insuficiencia placentaria em duas gestaçoes, pode ocorrer numa terceira gestaçao de novo?

É bem provável que ocorra o mesmo problema em um nova gestação. É fundamental realizar exames que comprovem as causas da insuficiência placentaria para o seu caso, e instituir os tratamentos cabíveis já desde o início de sua gestação.

Dra. Daniela Vilariço Alves de Oliveira

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Experiência em:

  • Anticoncepção
  • Menopausa
  • Parto Humanizado
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Incontinência urinária
  • Abortamento Espontâneo
  • Hipertensão Induzida Pela Gravidez
Mostrar mais doenças

Formação

  • Residência em Ginecologia e Obstetrícia, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2004
  • Especialização em Patologia Obstétrica e Medicina Fetal, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2007
  • Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, 2007

Certificado Doctoralia



Idiomas

Inglês, Português, Francês

Artigos

Exame ginecológico

O exame ginecológico de rotina deve ser realizado para prevenção e diagnóstico precoce de doenças graves, além da manutenção da saúde reprodutiva e sexual da mulher. O exame clínico ginecológico, com palpação das mamas, exame especular para visualização do colo uterino e toque vaginal para avaliação da anatomia pélvica, é imprescindível para detecção de doenças como câncer de colo uterino e de mama e, associados a exames complementares de imagem (mamografia e Papanicolau, entre outros), é fundamental para a detecção de doenças, uma vez que muitas condições clínicas são assintomáticas.


Doenças Sexualmente Transmissíveis

As doenças sexualmente transmissíveis (DST) são doenças causadas por vírus, bactérias ou outros microorganismos que se transmitem principalmente por meio de relações sexuais desprotegidas. Podem ser muito graves, como no caso do vírus do HIV e possuem a particularidade de muitas delas serem assintomáticas, tornando o portador um transmissor silencioso. Apesar dos avanços diagnósticos e terapêuticos, as taxas de DSTs prevalecem altas na maior parte do mundo, alertando para necessidade de mudanças comportamentais como uso de preservativo em todas as relações.


Distúrbios Menstruais

A regularidade dos ciclos menstruais é uma das principais características do organismo feminino que assegura que ele está saudável, pronto para uma gestação. Excluindo os extremos das idades - adolescência e climatério- onde as irregularidades são esperadas e não representam distúrbios. Há diversas doenças que podem acarretar irregularidade menstrual, como alterações hormonais (por exemplo síndrome dos ovários policísticos), alterações metabólicas (como por exemplo doenças da tireóide), alterações anatômicas(como por exemplo miomas e pólipos), infecções, uso de medicamentos, entre outras, e uma investigação minuciosa é necessária.


Candidíase vulvovaginal

A Candidíase vaginal, ou também vulvovaginite por cândida, é uma afecção extremamente comum ocasionada habitualmente pelo fungo Candida Albicans. Tal fungo existe na flora vaginal em condições normais, sendo responsável pela doença vaginal quando em algumas situações prolifera de maneira agudizada. As situações mais comuns que podem ocasionar aumento de colônias do fungo e consequentemente reproduzir a doença são uso de antibióticos, situações depressoras do sistema imunológico (tais como stress, alteração de sono, mudanças na alimentação, entre outros), doenças metabólicas (como diabetes), gestação. Há muitas formas de tratamento e prevenção da doença e a avaliação médica é fundamental.


Endometriose

A presença de endométrio (tecido que reveste o útero e descama na menstruação) fora da cavidade uterina caracteriza a endometriose. O local mais comum para implantação dos fragmentos de endométrio é a cavidade pélvica (tubas, ovários, bexiga, intestino..), ocasionando aderências locais com consequentes alterações anatômicas, e provocando um processo inflamatório crônico na região pélvica, problemas que além de culminarem com sintomas como dor importante às relações sexuais e cólica menstrual intensa, podem ser causa de infertilidade na mulher.


Abortamento Espontâneo

Abortamentos são definidos por perdas fetais abaixo de 20 semanas, ou perda de fetos que não atinjam 500 gramas. Apesar de se tratar de fato bastante comum nas primeiras semanas de gestação, pode ter bastante repercussão na vida reprodutiva do casal e merece tratamento médico adequado, e por vezes também tratamento psicológico. É uma patologia de causas variadas: alterações cromossômicas e genéticas fetais, alterações anatômicas maternas, causas imunológicas, trombofilias, alterações metabólicas, fator masculino, infecções, entre outras. A avaliação médica é imprescindível para investigação e para adoção de medidas preventivas e para tratamento adequado.

Veja todos os artigos

Pesquisas relacionadas