Perguntas sobre Doenças da córnea

O que é?

A córnea é uma estrutura transparente que fica na frente da íris (membrana que dá cor aos olhos). Ela é responsável pelo envio de luz para o interior do olho, o que permite uma visão bem mais clara dos objetos. Qualquer lesão na córnea pode causar sérios prejuízos na visão conduzindo também à cegueira em alguns casos. Todavia, a grande maioria das doenças tem tratamento e, quando isso não é possível, o transplante de córnea é uma opção viável. As principais doenças da córnea são:

Queratite (Ceratite) pontuada superficial

Causada por infecção viral ou bacteriana, secura dos olhos, exposição aos raios ultravioletas (luz solar ou lâmpadas), uso prolongado de lentes de contato ou reação ao uso de colírio. Ela gera dor nos olhos, que ficam lacrimejantes, sensíveis à luz e injetados de sangue. Com o uso de medicamentos a doença é tratável e a recuperação é plena. No caso de viroses, mesmo sem tratamento, a região volta ao normal em até três semanas.

Úlcera da córnea

Aparece quando há uma perfuração na córnea normalmente causada por uma infecção. Às vezes surge por causa de uma ferida na região. Provoca dor moderada, sensibilidade à luz e maior secreção de lágrimas. Pode haver o acúmulo de pus atrás da córnea. Precisa ser tratada com rapidez e com medicamentos. Eventualmente pode ser necessário realizar uma cirurgia.

Infecção por herpes simples

Essa infecção pode aparecer com frequência e normalmente desaparece naturalmente. Quando o quadro se agrava, se pode receitar antivirais ou mesmo fazer uma raspagem da córnea para acelerar o processo de cura.

Infecção por herpes zoster

Essa infecção provoca dor, vermelhidão e edema nas pálpebras. A córnea pode inchar e inclusive gerar um glaucoma (aumento da pressão intraocular). Medicamentos podem combater os sintomas e o agravamento do quadro, mas não há garantia de que possam evitar novas ocorrências.

Queratite (ceratite) ulcerativa periférica

Ulceração da córnea que comumente aparece em pessoas que sofrem de artrite reumatoide e outras doenças do tecido conectivo. Provavelmente causada por uma reação autoimune. A doença deteriora a visão, aumenta a sensibilidade à luz e dá à pessoa a sensação de que há algum objeto no olho. Não há cura.

Queratomalacia

Causada pela falta de vitamina A, de proteínas e por dieta com baixa caloria. A córnea seca e se torna opaca. Pode ser resolvida com medicamentos e mudança da dieta.

Queratocone (Ceratocone)

Alteração gradual da córnea, que fica com formato de cone. Pode até afetar os dois olhos e provoca constantes alterações no grau dos óculos. Em casos extremos, pode levar ao transplante de córnea.

Queratopatia bolhosa

Acontece com mais frequência em pessoas idosas. Surge após cirurgias como a de catarata. Pode ser tratada com medicamentos e uso de lentes de contato.

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 59 perguntas sobre Doenças da córnea

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.

Perguntas sobre Doenças da córnea

Dr. Otávio Magalhães
Dr. Otávio Magalhães
Oftalmologista
Porto Alegre
Pode ser Síndrome da erosão recorrente como já foi dito mesmo. Há diversas modalidades de tratamento desde colírios hipertônicos, passando por ceratectomia superficial e PTK (Laser).
2 respostas

Pode sim. Mas dependendo da intensidade/gravidade da gutata, podem ser necessários alguns cuidados adicionais durante a cirurgia de catarata, no intuito de evitar um dano adicional à córnea que…
1 respostas

Dr. Otávio Magalhães
Dr. Otávio Magalhães
Oftalmologista
Porto Alegre
Pode. Você tem boa contagem e faz uso eventual de lente de contato. Continue acompanhamento com o seu oftalmologista.
3 respostas

Sim. Além da cirurgia refrativa a laser (LASIK e PRK), existe a correção de grau por meio de implante de lente intra-ocular fácica (mantendo o cristalino intacto). As principais lentes intra-oculares…
1 respostas

No leucoma de Cornea (opacidade esbranquiçada) para poder definir uma conduta terapêutica temos que definir a profundidade da lesão pelos exames de UBM ou OCT de córnea. Se for lesões superficiais…
4 respostas

Dr. Fernando Zeitounian
Dr. Fernando Zeitounian
Oftalmologista
São Paulo
Olá. Em casos de lesões da córnea que acometem o eixo visual (centro da córnea), ocorre embaçamento visual. à medida que você usar o colírio e a pomada, há melhora e a visão tenderá a voltar…
2 respostas

Boa tarde. Após ter alguma lesão na cornea que cause opacidade temos que avaliar se a lesão se encontrá no eixo visual ou na periférica. As lesões centrais (eixo visual) causam baixa visual e…
2 respostas

Melhor seria o hyabak mesmo, esses colírios antibióticos como o tobrex e o vigamox não estão indicados neste caso.
4 respostas

Dizer que tem diagnóstico de ceratocone e que a contagem endotelial é de 1443 células/mm2 não nos diz nada em especial.
A MAIORIA dos ceratocones serão acompanhados sem a necessidade de…
2 respostas

Dra. Vanessa Corujo
Dra. Vanessa Corujo
Oftalmologista
Rio de Janeiro
Importante avaliação clínica há correlação deste anel com colesterol alto em pacientes jovens.
2 respostas