Doenças da córnea - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

A córnea é uma estrutura transparente que fica na frente da íris (membrana que dá cor aos olhos). Ela é responsável pelo envio de luz para o interior do olho, o que permite uma visão bem mais clara dos objetos. Qualquer lesão na córnea pode causar sérios prejuízos na visão conduzindo também à cegueira em alguns casos. Todavia, a grande maioria das doenças tem tratamento e, quando isso não é possível, o transplante de córnea é uma opção viável. As principais doenças da córnea são:

Queratite (Ceratite) pontuada superficial

Causada por infecção viral ou bacteriana, secura dos olhos, exposição aos raios ultravioletas (luz solar ou lâmpadas), uso prolongado de lentes de contato ou reação ao uso de colírio. Ela gera dor nos olhos, que ficam lacrimejantes, sensíveis à luz e injetados de sangue. Com o uso de medicamentos a doença é tratável e a recuperação é plena. No caso de viroses, mesmo sem tratamento, a região volta ao normal em até três semanas.

Úlcera da córnea

Aparece quando há uma perfuração na córnea normalmente causada por uma infecção. Às vezes surge por causa de uma ferida na região. Provoca dor moderada, sensibilidade à luz e maior secreção de lágrimas. Pode haver o acúmulo de pus atrás da córnea. Precisa ser tratada com rapidez e com medicamentos. Eventualmente pode ser necessário realizar uma cirurgia.

Infecção por herpes simples

Essa infecção pode aparecer com frequência e normalmente desaparece naturalmente. Quando o quadro se agrava, se pode receitar antivirais ou mesmo fazer uma raspagem da córnea para acelerar o processo de cura.

Infecção por herpes zoster

Essa infecção provoca dor, vermelhidão e edema nas pálpebras. A córnea pode inchar e inclusive gerar um glaucoma (aumento da pressão intraocular). Medicamentos podem combater os sintomas e o agravamento do quadro, mas não há garantia de que possam evitar novas ocorrências.

Queratite (ceratite) ulcerativa periférica

Ulceração da córnea que comumente aparece em pessoas que sofrem de artrite reumatoide e outras doenças do tecido conectivo. Provavelmente causada por uma reação autoimune. A doença deteriora a visão, aumenta a sensibilidade à luz e dá à pessoa a sensação de que há algum objeto no olho. Não há cura.

Queratomalacia

Causada pela falta de vitamina A, de proteínas e por dieta com baixa caloria. A córnea seca e se torna opaca. Pode ser resolvida com medicamentos e mudança da dieta.

Queratocone (Ceratocone)

Alteração gradual da córnea, que fica com formato de cone. Pode até afetar os dois olhos e provoca constantes alterações no grau dos óculos. Em casos extremos, pode levar ao transplante de córnea.

Queratopatia bolhosa

Acontece com mais frequência em pessoas idosas. Surge após cirurgias como a de catarata. Pode ser tratada com medicamentos e uso de lentes de contato.

Especialistas em doenças da córnea

Encontre um especialista em Doenças Da Córnea na sua cidade:
Lucila Ferreira Leite Pinto Sigaud Ferraz

Lucila Ferreira Leite Pinto Sigaud Ferraz

Oftalmologista

Guaratinguetá

Adriana Santos Soares

Adriana Santos Soares

Oftalmologista

Florianópolis

Daniele Roma Dias

Daniele Roma Dias

Oftalmologista

Fortaleza

Guilherme Magalhães Bueno

Guilherme Magalhães Bueno

Oftalmologista

Barbacena

Rodrigo Faeda Dalto

Rodrigo Faeda Dalto

Oftalmologista

São Luís

José Barbieri Júnior

José Barbieri Júnior

Oftalmologista

Araraquara

Perguntas sobre Doenças da córnea

Nossos especialistas responderam a 76 perguntas sobre Doenças da córnea

Especialistas falam sobre Doenças Da Córnea

A córnea é a membrana mais externa da frente do olho, responsável pela qualidade da visão e pelo conforto visual.

O ceratocone é uma doença corneana progressiva, não inflamatória e bilateral que acomete geralmente pessoas a partir dos 13 anos e progride até aproximadamente a quarta década de vida. Essa doença é caracterizada por afinamento e diminuição da rigidez corneana que leva à sua distorção e abaulamento anterior em forma de cone, causando astigmatismo irregular e, na maioria das vezes, miopia. O diagnóstico de ceratocone é feito pelo médico oftalmologista através do exame clínico e por exames complementares como topografia, paquimetria, tomografia da córnea, entre outros. O tratamento pode ser realizado com óculos, lentes de contato ou cirurgias: crosslinking, anel intraestromal ou transplante.

Carlos Eduardo Nunes

Oftalmologista

João Pessoa

Agendar uma visita

Ajudo o paciente que apresenta qualquer distúrbio da córnea a ter um diagnóstico para que este possa se beneficiar das formas mais modernas de tratamento. Tento ser o mais humano possível, por entender que estas doenças se acompanham de um sofrimento importante.

As infecções por herpes são muito comuns em toda população. A maioria dos casos acontece na pele, na boca ou em regiões genitais, mas esse vírus pode atacar também os olhos. Mesmo indivíduos jovens e sadios podem ser acometidos pelo herpes nos olhos. A infecção costuma acometer as córneas com mais frequência, ocasionando ulcerações dolorosas, vermelhidão, sensibilidade a luz e turvação visual. Mas pode acometer também as partes mais internas dos olhos e a pele ao redor dos olhos. O tratamento não remete a cura, assim como nos casos de herpes na pele. São usados antivirais, em comprimidos ou pomadas, e o controle do caso é feito periodicamente.

Jose Henrique Casemiro

Oftalmologista

Londrina

Quais profissionais tratam Doenças da córnea?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.