Fernanda Lendimuth Gomes de Melo, Endocrinologista São Paulo

Dra. Fernanda Lendimuth Gomes de Melo

Endocrinologista, Médico clínico geral

Número de registro (ex. CRM, CRP, CRO): 65566SP AMB115603
15 opiniões
482 visitas ao perfil nos últimos 30 dias

Consultório

Praça Amadeu Amaral 27 cj. 83 - Bela Vista, Bela Vista, São Paulo
Consultório particular

Próxima data disponível:
Mostrar o calendário

Atende: adultos, crianças de qualquer idade
Cartão de Débito, Cartão de Crédito, Cheque, + 3 mais
(11) 98407.....

Consulta Endocrinologista


Experiência

Sobre mim

Sou formada pela Faculdade de Medicina da USP, em 1989. Fiz residência de Clínica Médica no HC-FMUSP, e Complementação Especializada em Endocrinologia...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Diabetologia
  • Obesidade
  • Patologias da Tireoide
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Diabetes
  • Doenças da glândula tireóide
  • Dislipidemias
Mostrar mais doenças

Formação

  • Medicina na Faculdade de Medicina da USP (formatura em 1989)

Fotos


Vídeos


Idiomas

Inglês

Serviços e preços

Consulta Endocrinologista


Praça Amadeu Amaral 27 cj. 83 - Bela Vista, São Paulo

Saiba mais

Consultório particular

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
15 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
T
Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Sou paciente desde 2013, não troco ela por ninguém, extremamente atenciosa, criteriosa, eficaz, maravilhosa em todos os quesitos...


J
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Médica atenciosa, muito cuidadosa, incrível e muito profissional! Muita atenção com os pacientes e ótima localização!


F
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

A Dra. Fernanda já me acompanhou e os resultados foram incríveis.
Infelizmente por problemas pessoais, não dei continuidade ao tratamento.
Mas fiz questão de reencontra-la para iniciar novamente o tratamento.
Profissional incrível.


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

A Dra. Fernanda, antes de ser médica, é uma pessoa excepcional. A atenção que ela dispensa aos pacientes supera o aspecto profissional.Raramente fui atendida por uma profissional da saúde, com as qualidades que a Dra Fernanda tem. Recomendo o atendimento dessa Excelente Médica!


D
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

A Dra. Fernanda foi maravilhosa comigo durante sua excelente e criteriosa consulta. Além de endocrinologista, dedicou atenção ao meu estado psicológico e aos meus hábitos e horários prejudiciais à minha saúde. Procurou alertar-me quanto às vantagens das atividades físicas e da observância de metas para a melhoria do sono e da alimentação. Profissional exemplar!


C
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Ótima médica, muito capacitada, muito atenciosa e prestativa. Faz acompanhamento detalhado e fornece orientações muito úteis.


F
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Dra. Fernanda é maravilhosa.
Ela cuida de mim há mais de 10 anos( talvez 20 anos) como uma mãe.
E meu controle é trimestral.


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Profissional ímpar, imbatível em tudo o que faz! Dedicada, transmite tranquilidade, segurança e está sempre buscando novas formas de acrescentar informações e implementar hábitos mais saudáveis e que podem fazer total diferença para a nossa qualidade de Vida!


B
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

Médica competente e inteligentissima, que resolve todas as dúvidas sem pressa. Parabéns! Que sempre tenhamos médicas desse nível.


E
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Consulta Endocrinologista

excelente profissional, muito atenciosa e preocupada em ajudar. O ambiente do consultório tb é agradável .


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

14 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Puran T4

    Muitas vezes esqueço e tomo o pantoprazol quando deveria tomar o Levoid. Quanto tempo depois do pantoprazol devo tomar o Levoid para que não prejudique o tratamento ?
    De quanto deve ser o jejum para que o Levoid seja eficaz ?

    Olá! Muito importante a sua pergunta! O ideal é tomar o Levoid em jejum, antes de qualquer outra medicação ou alimento, e esperar 20 a 30 minutos para se alimentar. Mas, se você se esqueceu e tomou outra medicação, como o pantoprazol, ou tomou café da manhã, não deixe de tomar o Levoid. Existem 2 opções: 1) tome o Levoid assim que lembrar, independente do jejum. É a melhor se você tomou o pantoprazol e ainda não comeu. 2) se você tomou o café da manhã, comeu bastante, você pode optar por esperar, levar com você o Levoid e tomar +- 30 minutos antes do almoço. Coloque o alarme do celular para ajudar a lembrar. Escolha qualquer uma das opções, mas não deixe de tomar seu hormônio de tireóide: controle hormonal de tireóide é saúde e melhor qualidade de vida!!

    Dra. Fernanda Lendimuth Gomes de Melo

  • Pergunta sobre Metformina

    Quão eficiente é a metformina para baixar a glicemia em jejum e quanto tempo demora para aparecerem os primeiros resultados? Pelo o que li em alguns estudos na internet, parece ser pouco eficiente.

    Olá! A metformina é uma excelente medicação, sendo a primeira indicação no diabetes tipo 2. É um remédio antigo, porém sua eficácia é muito grande e seus benefícios metabólicos vão muito além da correção da glicemia. A partir dos estudos científicos clássicos de tratamento do diabetes tipo 2, sabe-se que o uso isolado da metformina diminui a glicemia cerca de 25%, ou 60 a 70 mg/dl e a hemoglobina glicada em 1,5 a 2%. Mas foi demonstrado, também, que a eficácia do controle glicêmico pela metformina está também associada a perda de peso, o que é muito importante no diabetes tipo 2, situação em que mais de 90% dos pacientes são obesos, e o próprio excesso de peso prejudica muito o diabetes a curto, médio e longo prazo. Um estudo muito famoso, marcante para a Diabetologia é o UKPDS, estudo multicêntrico europeu onde diabéticos tipo 2 foram acompanhados por cerca de 11 anos Esse estudo mostrou que o controle intensivo da glicemia pelo uso de metformina diminuiu significativamente os riscos de doença cardiovascular e a mortalidade relacionada ao DM, associado com menor ganho de peso e sem o perigo de hipoglicemia, risco que está presente no tratamento com algumas outras medicações, como insulina ou gliclazida. Para entender melhor, primeiro é preciso explicar o mecanismo do diabetes tipo 2. Para que o diabetes tipo 2 surja, são necessários 2 "defeitos" associados: a resistência a ação da insulina (uma incapacidade de alguns órgãos de "enxergar" a insulina e responder à ela) e uma deficiência relativa na produção de insulina (o pâncreas produz insulina, mas numa quantidade menor do que seria necessário para "vencer" a resistência à insulina). O primeiro defeito a surgir é a resistência à insulina. Ao corrigir esse problema, a quantidade de insulina produzida pelo organismo é, muitas vezes, capaz de funcionar bem o suficiente para manter a glicemia dentro dos limites normais.
    A metformina age corrigindo a resistência à insulina. Sendo assim, ela não leva a quedas muito grandes na glicemia, não dá hipoglicemia. Não leva a ganho de peso. É muito segura, seus efeitos colaterais são na maioria das vezes gastrointestinais, muitas vezes passageiros. Pode ser associada com qualquer outra medicação, tanto que atue na resistência à insulina também, ou que aumente a produção de insulina, ou até mesmo com a própria injeção de insulina.
    Mas é importante deixar muito claro: não existe medicação perfeita, não existe um único caminho para o bom controle do diabetes. O tratamento tem que ser individualizado, levando-se em consideração idade, gênero, outros problemas de saúde associados, outros objetivos e metas a serem alcançados. A associação de remédios precoce tem sido cada vez mais comum, porque se sabe que quanto mais rápido atingirmos as metas do tratamento melhor será a prevenção de complicações crônicas, devido a uma situação conhecida como "efeito legado": o tempo de glicemia alterada deixa uma "memória" metabólica que pode favorecer o aparecimento de complicações mesmo que se chegue a atingir as metas de glicemia.
    E sempre, SEMPRE, são fundamentais as mudanças de estilo de vida: um plano alimentar saudável e equilibrado, perda de peso, atividade física, gerenciamento do estresse emocional, sono de boa qualidade, aumentar a ingestão de água, parar de fumar se isso for o caso... Sem esses fatores nenhuma medicação consegue ser realmente eficaz.

    Dra. Fernanda Lendimuth Gomes de Melo

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Sou formada pela Faculdade de Medicina da USP, em 1989. Fiz residência de Clínica Médica no HC-FMUSP, e Complementação Especializada em Endocrinologia...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Diabetologia
  • Obesidade
  • Patologias da Tireoide
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Diabetes
  • Doenças da glândula tireóide
  • Dislipidemias
Mostrar mais doenças

Formação

  • Medicina na Faculdade de Medicina da USP (formatura em 1989)

Certificados


Fotos


Vídeos


Idiomas

Inglês

Redes sociais


Pesquisas relacionadas