Márcio Carmona Marques, Oncologista São Paulo

Dr. Márcio Carmona Marques

Oncologista, Cirurgião geral, Cirurgião oncológico

Número de registro: CRM: 136474 SP / RQE Nº: 45095 / RQE Nº: 37259

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Consultórios (3)

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

Allianz

Bradesco Saúde

CABESP

Cassi

GAMA Saúde + 7 mais


Consulta Cancerologia

Primeira consulta Cancerologia • R$ 350

Amputacao Abdominoperineal Do Reto (Completa) +24 mais

Cirurgia de Câncer de Pele

Colectomia parcial (hemicolectomia) por câncer

Colectomia Videolaparoscopica

Mostrar mais serviços

Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros oncologistas perto de mim

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

Amil

Omint


Consulta Cirurgia Geral


Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros oncologistas perto de mim

Rua Martiniano de Carvalho, 741, Bela Vista, São Paulo
Hospital Paulistano

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Atende: adultos

Consulta Cirurgia Geral


Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros oncologistas perto de mim

Experiência

Sobre mim

Desde os meus primeiros contatos com pacientes oncológicos durante o curso de medicina, fiquei fascinado pela complexidade e desafios envolvidos no tr...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Cancerologista Cirurgico
  • Cirurgia Oncológica
  • Ginecologia Oncológica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Neoplasias Pélvicas
  • Pseudomixoma Peritoneal
  • Neoplasias Peritoneais
Mostrar mais doenças

Serviços e preços

Serviços populares

Consulta Cancerologia


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Primeira consulta Cancerologia


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

R$ 350

Oncocenter - Unid. Moema

Outros serviços

Amputacao Abdominoperineal Do Reto (Completa)


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Cirurgia de Câncer de Pele


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Colectomia parcial (hemicolectomia) por câncer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Colectomia Videolaparoscopica


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Consulta Cirurgia Geral


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


R. Treze de Maio, 1815, São Paulo

Hospital Alemão Oswaldo Cruz - Paulista


Rua Martiniano de Carvalho, 741, São Paulo

Hospital Paulistano


Gastrectomia subtotal com ou sem vagotomia


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Gastrectomia total por câncer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Hepatectomia Parcial Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Histerectomia total ampliada (Wertheim-Meigs)


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Histerectomia Total Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Histerectomia Videolaparoscopica


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Linfadenectomia pélvica


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Linfadenectomia Radical Axilar Bilateral


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Linfadenectomia Radical Inguinal Bilateral


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Linfadenectomia Retroperitonial Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Linfadenectomia Tronco Celiaco


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Ooforectomia Uni Ou Bilateral Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Pancreatectomia Parcial Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Pancreatectomia Videolaparoscopica


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Pancreatoduodenectomia Por Cancer


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Primeira consulta Cirurgia Geral


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

R$ 350

Oncocenter - Unid. Moema


Resseccao De Partes Moles Das Extremidades Com Reconstrucao


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Resseccao De Tumor Retroperitonial Com Resseccao De Orgao(S) Contiguo(S)


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Resseção radical de partes moles da cintura pelvica e quadril


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema


Retossigmoidectomia Abdominal


Avenida Indianápolis, 394., São Paulo

Oncocenter - Unid. Moema

Opiniões

Você realizou uma visita com Dr. Márcio Carmona Marques?

Escreva uma opinião sobre a sua experiência. Centenas de pacientes poderão se basear nos seus comentários para agendar suas consultas.

Deixar uma opinião

Dúvidas respondidas

91 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Colonoscopia do Cólon

    Fiz uma colonoscopia em 4/6/18 o resultado foi lesão vegetante de reto superior...e o resultado da biopsia deu adenoma tubulo/viloso com atipias de alto Grau . Passei com o cirurgião e a orientação foi fazer outra colonoscopia para uma rececção de adenoma é correto o procedimento?

    Se a lesão em questão for passível de retirada por colonoscopia de forma completa, teremos uma informação mais fidedigna sobre a natureza desta. A depender do resultado do anátomo-patológico (biópsia), define-se se há ou não necessidade de realizar a retirada de um segmento do intestino. Caso se confirme tratar-se de um adenoma, não há necessidade de nenhum tratamento complementar.

    Dr. Márcio Carmona Marques

  • Pergunta sobre Colonoscopia do Cólon

    sofro de constipação crônica, fiz um esquema para regulação do hábito intestinal, as fezes estavam então pastosas, mas após ganharem mais consistência percebi que passei a expelí-las muito afinadas (como um dedo mínimo), será que pode ser um tumor?

    As fezes afiladas, ou fezes em fita como costumamos falar no jargão médico, é um dos sintomas que chamam a atenção para a possibilidade de existência de um tumor do reto, porém é necessária uma avaliação médica com profissional experiente no assunto que analisará o quadro é solicitará os exames necessários.

    Dr. Márcio Carmona Marques

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Desde os meus primeiros contatos com pacientes oncológicos durante o curso de medicina, fiquei fascinado pela complexidade e desafios envolvidos no tr...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Cancerologista Cirurgico
  • Cirurgia Oncológica
  • Ginecologia Oncológica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Neoplasias Pélvicas
  • Pseudomixoma Peritoneal
  • Neoplasias Peritoneais
Mostrar mais doenças

Artigos

Neoplasias Gastrointestinais

O adenocarcinoma do estômago e do intestino grosso são os tumores mais frequentes dos órgão digestivos. O adenocarcinoma gástrico tem altas taxas de curas quando diagnosticado em estágios iniciais. Quando já diagnosticado localmente avançado a associação de quimioterapia ao tratamento cirúrgico melhora a sobrevida a longo prazo. O adenocarcinoma de intestino grosso também tem altas taxas de cura em estágios iniciais. Este, por sua vez, mesmo na presença de doença a distância (metástases) pode ser a candidato a tratamento cirúrgico com intenção curativa a depender da extensão da doença e características do tumor.


Pseudomixoma Peritoneal

O pseudomixoma peritoneal consiste na disseminação peritoneal de uma neoplasia mucinosa de origem apendicular (apêndice cecal). Essa neoplasia pode ser benigna (adenoma) ou maligna (adenocarcinoma). Muitas vezes se apresentam com aumento do volume abdominal pelo acúmulo de uma substância gelatinosa chamada mucina. O tratamento consiste na ressecção completa de todos os focos de doença peritoneal (cirurgia citorredutora) associada a administração intra-peritoneal de quimioterapia aquecida (da sigla em inglês HIPEC) com altas taxas de cura.


Neoplasias Pancreáticas

Os tumores pancreáticos podem ser malignos ou benignos. O adenocarcinoma é a neoplasia pancreática mais comum, é um tumor maligno, de comportamento agressivo, e na maioria das vezes já diagnosticado em estágios avançados. Quando localizado, a cirurgia é a única modalidade terapêutica com intenção curativa. Os tumores benignos pancreáticos mais comuns são as neoplasias císticas (cistoadenoma seroso e mucinoso e neoplasia intraductal papilar mucinosa, da sigla em inglês IPMN). Estas devem ser avaliadas cuidadosamente pois muitas vezes precisam de tratamento cirúrgico pelo risco de transformação maligna.


Tumores Neuroendócrinos

Os tumores neuro-endócrinos são um grupo heterogêneo de neoplasias que podem ter origem em praticamente qualquer parte do corpo, porém sua maior frequência ocorre nos órgão digestivos. São neoplasias que podem ter um comportamento benigno ou serem altamente agressivos. O tratamento varia muito de acordo com o local de origem do tumor, grau histológico e estágio inicial. Frequentemente se apresentam com metástases no fígado quando são descobertos e muitas vezes a ressecção destas metástases pode ser benéfica.


Neoplasias Peritoneais

As neoplasias peritoneais são aquelas que acometem a membrana interna que reveste a cavidade abdominal (chamada peritônio). Podem ter origem no próprio peritônio (mesotelioma, adenocarcinoma seroso) ou serem implantes de outros tumores abdominais (estômago, pâncreas, intestino, ovário são alguns exemplos). Até alguns anos atrás representavam o estágio final da doença não passível de tratamento cirúrgico eficaz, porém com o desenvolvimento da cirurgia citorredutora associado ou não à quimioterapia hipertérmica intra-peritoneal, hoje é possível propor tratamento cirúrgico para estes pacientes com benefício em ganho de sobrevida além de chance de cura em casos selecionados.


Neoplasias Hepáticas

As neoplasia hepáticas podem ser primárias do fígado (com origem no órgão) ou secundárias (metástases de tumores com origem em outro órgão). Nem todos os tumores com origem no fígado são malignos e nem sempre é necessário o tratamento cirúrgico destes, porém, nos tumores malignos, a cirurgia é, na maioria das vezes, a única modalidade terapêutica com intenção curativa. Com o avanço do tratamento oncológico e nas técnicas cirúrgicas, hoje é possível falarmos em cura mesmo para tumores hepáticos metastáticos (especialmente tumores de intestino).

Veja todos os artigos

Pesquisas relacionadas