Nadimme Caloba, Psiquiatra São Paulo

Dra. Nadimme Caloba

Psiquiatra

Número de registro: CRM 158453 - SP | RQE 59770 RQE 597701
68 opiniões

Salvar

1 232 visitas ao perfil nos últimos 30 dias

Novidade

Consultórios (3)

Fuso horário: Brasilia

Telemedicina • R$ 400

Teleconsulta • R$ 400

Teleconsulta de psiquiatria • R$ 400


Atende: adultos
(11) 94276..... Mostrar número
(11) 3230..... Mostrar número

Este especialista pode prescrever receita médica eletrônica

Método de pagamento: Transferência Bancária

O pagamento ocorrerá por meio de PIX para o telefone (11) *****-****. Por favor, confira se o nome do favorecido é Nadimme Vieira da Silva Caloba.

O pagamento para a consulta vai diretamente para o especialista, que também é responsável por determinar sua própria política de cancelamento e reembolso.

Em caso de qualquer problema com pagamento, contate o especialista.

Lembre-se de que a Doctoralia não cobra taxas adicionais pela marcação de uma consulta e não processa os pagamentos em nome do especialista.

Por favor, leia atentamente a política de cancelamento e reembolso.

* Algumas informações foram ocultadas para proteção de dados.Você as verá depois de agendar a consulta.


Cerca de 30 minutos antes do atendimento você receberá o link de acesso por email e por WhatsApp. Basta clicar no link (usando o seu computador ou celular) e aguardar o início da Teleconsulta.
Pacientes com 60 anos ou mais serão avaliados somente por meio de consulta presencial.


Prepare-se 10 minutos antes da consulta e verifique se o seu smartphone ou notebook está com a bateria carregada. Para uma videochamada, verifique se tudo funciona: conexão com a internet, câmera e microfone. Prepare também a documentação médica (como resultado de um exame) caso precise mostrar na consulta.


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, Itaim Bibi, São Paulo
Livance Unidade Itaim


Medidas de segurança neste consultório

Mostrar
Atende: adultos
Cartão de Crédito, Cartão de Débito, Dinheiro, + 1 mais
(11) 94276..... Mostrar número
(11) 3230..... Mostrar número

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

AFPESP - Associação dos Funcionários Públicos do Estado de SP



R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, Vila Mariana, São Paulo
Livance Vila Mariana


Medidas de segurança neste consultório

Mostrar
Atende: adultos
Cartão de Crédito, Cartão de Débito, Dinheiro, + 1 mais
(11) 3230..... Mostrar número
(11) 94276..... Mostrar número

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

AFPESP - Associação dos Funcionários Públicos do Estado de SP



Experiência

Sobre mim

Médica Psiquiatra de Adulto e Idoso.

Apaixonada por neuropsiquiatria, terapia cognitivo-comportamental e outras coisas relacionadas ao ser humano.


Experiência em:

  • Transtorno de Humor
  • Psiquiatria Adulto
  • Psiquiatria Geriátrica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Depressão
  • Transtorno bipolar
  • Esquizofrenia
Mostrar mais doenças

Formação

  • Aprimoramento em Transtornos Alimentares 2021 pela Universidade de São Paulo (USP).
  • Residência Médica em Psicogeriatria (Psiquiatria Geriátrica) pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
  • Residência Médica em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina do ABC.


Vídeos


Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços populares

Primeira consulta Psiquiatria


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Vila Mariana


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Vila Mariana


Retorno de consultas Psiquiatria


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Vila Mariana


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Vila Mariana


Telemedicina


R$ 400

Consulta online


Consulta Psiquiatra


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


Rua Joaquim Floriano, 413, 9º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Unidade Itaim


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

R$ 400

Livance Vila Mariana

Outros serviços

Teleconsulta


R$ 400

Consulta online


Teleconsulta de psiquiatria


R$ 400

Consulta online


Tratamento da ansiedade


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento da depressão


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento de Síndrome do pânico


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento de transtorno afetivo bipolar


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento de transtornos alimentares


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento do TDAH


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento em Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento para compulsão alimentar


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento para Depressão


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana


Tratamento Psiquiátrico de Transtornos de Tique/Tourette


R. Domingos de Morais, 2781, 14º andar, São Paulo

Saiba mais

Livance Vila Mariana

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
68 opiniões

G
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Livance Vila Mariana Consulta Psiquiatra

Médica extremamente atenciosa no atendimento, profissional e humana. Explicação clara e assertiva. Super recomendo.


A
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Livance Vila Mariana Primeira consulta Psiquiatria

Ótima profissional, atenciosa e realmente disposta a ajudar o paciente, como todo médico deveria ser. Recomendo!


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consulta online Teleconsulta de psiquiatria

Escolhi a médica através de opiniões de outros pacientes e a consulta foi bem fiel aos comentários. A médica é bem experiente e atenciosa.


R
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Livance Unidade Itaim Retorno de consultas Psiquiatria

Estou me sentindo orientado e muito bem cuidada nas questões trabalhadas em consultorio
Profissional sensível às particularidades do paciente, atenta ao desenvolvimento e melhoria

Dra. Nadimme Caloba

Raquel, obrigada pela confiança no meu trabalho! Estarei aqui para o que você precisar!


G
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consulta online Teleconsulta de psiquiatria

Ótima profissional e bem tranquila, dá espaço para o paciente falar, atenciosa e empática. Entende muito dos medicamentos avaliando a necessidade dos mesmos. Primeira consulta com psiquiatra e adorei o atendimento. Foi como teleconsulta e tudo correu muito bem. Total confiança.

Dra. Nadimme Caloba

Obrigada pelas palavras, Gabriela! Fico feliz que a sua experiência tenha sido positiva.


I
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consulta online Teleconsulta de psiquiatria

Adorei a consulta com a Dra, Nadimme, me senti acolhida, é o tipo de atendimento que gosto, tudo bem explicadinho.

Dra. Nadimme Caloba

Fico muito feliz que tenha sido bem acolhida, Isabela! Desejo que você fique bem!


P
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Livance Vila Mariana Consulta Psiquiatra

Humana, atenciosa e com ótimas direções no tratamento do paciente, alguém em que posso confiar minha saúde. Coisa rara hoje em dia.

Dra. Nadimme Caloba

Paulo, muio obrigada pela confiança! Estarei aqui para o que você precisar!


C
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consulta online Teleconsulta

Excelente profissional! Desde que comecei a passar com a Dra Nadimme em dezembro meu tratamento está muito melhor. Atenciosa, esclarece todas as dúvidas, honesta e amiga :). Só tenho a agradecer e indicar!

Dra. Nadimme Caloba

Fico muito feliz em poder ajudar! Agradeço a confiança!


K
Paciente verificado
Local: Livance Unidade Itaim Primeira consulta Psiquiatria

O consultório é ótimo!
Já a consulta em si, talvez por ser a primeira, foi um pouco confusa e difusa.

Dra. Nadimme Caloba

Puxa, lamento que a sua experiência não tenha sido positiva. Desejo que você fique bem, K.T!


A
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Livance Vila Mariana Consulta Psiquiatra

Maravilhosa! Atendeu a mim e a minha cunhada muito bem, consulta com calma e tira todas as dúvidas!

Dra. Nadimme Caloba

Amanda, obrigada pelas palavras! Fico muito feliz que a experiência de vocês tenha sido positiva! Estarei aqui para o que precisarem!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

136 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Cloridrato De Sertralina

    Estou com mal estar e faz 4 dias que comecei a tomar sertralina, isso é um efeito comum? Tende a diminuir com o tempo?

    A queixa de mal-estar é um pouco vaga e pode ter significados diferentes dependendo do paciente. Se a causa do sintoma for a sertralina, há uma tendência de melhora após algumas semanas do início do tratamento. Mas converse com seu médico. Ele poderá investigar a queixa, descartar outra etiologias e orientar sobre formas de aliviar o quadro. Espero ter ajudado.
    Desejo que fique bem!

    Dra. Nadimme Caloba

  • Pergunta sobre Cloridrato De Sertralina

    estou tomando Sertralina ha 5 dias, mas venho sentindo muitos efeitos colaterais. Até quanto tempo é comum senti-los após o início do tratamento?

    A queixa de mal-estar é um pouco vaga e pode ter significados diferentes dependendo do paciente. Se a sertralina for a “culpada” pelo sintoma, há uma tendência de melhora após algumas semanas do início do tratamento. Mas converse com seu médico. Ele poderá investigar a queixa, descartar outra etiologias e orientar sobre formas de aliviar o quadro. Espero ter ajudado.
    Desejo que fique bem!

    Dra. Nadimme Caloba

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Médica Psiquiatra de Adulto e Idoso.

Apaixonada por neuropsiquiatria, terapia cognitivo-comportamental e outras coisas relacionadas ao ser humano.


Experiência em:

  • Transtorno de Humor
  • Psiquiatria Adulto
  • Psiquiatria Geriátrica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Depressão
  • Transtorno bipolar
  • Esquizofrenia
Mostrar mais doenças

Formação

  • Aprimoramento em Transtornos Alimentares 2021 pela Universidade de São Paulo (USP).
  • Residência Médica em Psicogeriatria (Psiquiatria Geriátrica) pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
  • Residência Médica em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina do ABC.

Certificado Doctoralia


Experiências Profissionais

  • Transtornos de Ansiedade
  • Transtornos de Humor
  • Transtornos Alimentares
Veja mais

Certificados



Vídeos


Redes sociais


Artigos

Sindrome do Pânico

O transtorno do pânico cursa com episódios recorrentes e inesperados de ataques de pânico. Os primeiros relatos da doença datam da Grécia Antiga. Os gregos que precisavam atravessar a floresta temiam encontrar o deus Pã. Acreditavam que esse deus era capaz de provocar um medo irracional, gritos e grande terror nos seres humanos. É daí a origem do termo “Pânico”, que mais tarde seria usado para nomear as crises de intenso desconforto e sintomas de palpitações, sudorese, sensação de sufocamento, náusea, dor torácica, tontura, ondas de calor, medo de morrer e de enlouquecer. O tratamento envolve o uso de medicamentos, psicoterapia, atividades de relaxamento e outras modalidades terapêuticas.


Insônia

Os pacientes insones são aqueles que possuem a oportunidade de dormir de forma adequada e, ainda assim, não conseguem alcançar um padrão de sono satisfatório. Eles trazem queixas de sono de má qualidade ou de sono em quantidade insuficiente. Os transtornos do sono prejudicam o desempenho acadêmico, profissional e/ou social dos indivíduos, por isso o tratamento da insônia é indispensável. Dispomos das opções não farmacológicas e das opções farmacológicas. A modalidade terapêutica ideal depende do tipo de insônia e dos fatores causais envolvidos. A insônia decorrente de ansiedade, por exemplo, tende a melhorar com os mesmos remédios utilizados nos transtornos ansiosos.


Ansiedade

As pessoas com transtorno de ansiedade generalizada possuem grande dificuldade em controlar as próprias preocupações. Sentem-se ansiosas na maior parte dos dias, demonstrando uma preocupação excessiva com as situações do cotidiano. O foco das preocupações pode ser o trabalho, a saúde, as finanças, os estudos e a família. Além de ansiedade desproporcional, não é incomum que os pacientes tenham irritabilidade, cansaço, tensão muscular, perturbações do sono, sensação dos nervos à flor da pele e dificuldades de concentração. Os sintomas trazem sofrimento ou interferem negativamente na rotina dos pacientes. O tratamento idealmente envolve a combinação de medicamentos e psicoterapia.


Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

O transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) começa na infância, mas muitos pacientes só receberão esse diagnóstico na idade adulta. Os portadores do transtorno exibem um padrão desatenção e/ou de hiperatividade-impulsividade com características que podem variar com a faixa etária. No TDAH adulto, não são incomuns os problemas com atrasos, os erros por distração, a procrastinação e as dificuldades de engajamento em tarefas que envolvam esforço mental continuado. O rendimento abaixo da capacidade intelectual pode resultar em significativo comprometimento da autoestima entre esses indivíduos. O tratamento envolve a adoção de medidas comportamentais e o uso de medicamentos.


Depressão

A depressão no idoso é um desafio para os médicos. Há muitas vezes um padrão diferente de sintomas que dificulta o diagnóstico nessa faixa etária. Os pacientes têm com frequência grande dificuldade em expressar as próprias emoções. Testes sanguíneos, tomografia computadorizada e/ou ressonância magnética são alguns dos exames que precisam ser solicitados. Além disso, o médico precisa estar habilitado para interpretar os resultados dos exames. Não é incomum que a resposta aos medicamentos seja insatisfatória. A boa notícia é que existem por aí diversos psiquiatras especializados em psiquiatria geriátrica. Somos muitos. Gostamos de dizer que depressão não é frescura e nem coisa normal da idade.


Tratamento da depressão

-Vou ficar dependente antidepressivos? RESPOSTA: Não. Nenhum antidepressivo provoca dependência. Mesmo que eles sejam usados por longos períodos. O que às vezes pode ocorrer, após a retirada do remédio de forma abrupta, é a Síndrome da Descontinuação ou Síndrome da Retirada. "Quem vicia é Tarja Preta". É assim que são conhecidos os remédios que podem provocar dependência e que trazem uma tarja preta na embalagem.

Veja todos os artigos

Pesquisas relacionadas