Paloma Santos Lemos, Psicólogo Belo Horizonte

Paloma Santos Lemos

Psicólogo

Nº de identificação: CRP - 04/25401
6 opiniões

Experiência

Sobre mim

Atendimento com criança a partir de 4 anos de idade, adolescente, adulto, idoso e casal.  Trabalhar com a abordagem Cognitivo Comportamental e Anális...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Psicologia Clínica
  • Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Terapia de Casal
Veja mais


Formação

  • Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental, Faculdade UnyLeya, 2017
  • Formação em Psicologia e Psicoterapia Fenomenológica Existencial, Clínica Equílibrio - Centro de Psicoterapia - Rio de Janeiro, 2012
  • Psicologia, Universidade Fumec, 2006
Veja mais


Idiomas

Português

Serviços e preços

Acompanhamento Terapêutico (AT)


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Aconselhamento Psicológico


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Anamnese Psicológica


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Atendimento em crise suicida


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Atitude Frente à Dor


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Avaliação Psicológica


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Consulta domiciliar Psicologia


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Consulta psicológica da criança


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Consulta psicológica do adulto


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Consulta psicológica do idoso


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Orientação profissional


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Orientação Vocacional


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Psicologia da Personalidade


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Psicologia do Desenvolvimento


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Psicoterapia


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Retorno de consultas Psicologia


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Terapia Cognitivo-Comportamental


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Terapia de Casal


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular


Terapia existencial


Brasil 248 sala 301, Belo Horizonte

Preço não relatado

Consultório particular

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
6 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
F
Paciente verificado
Local: Consultório particular Problemas pessoais

Agradecido pelo trabalho desenvolvido pela Paloma comigo por anos. Ela me ajudou na área do autoconhecimento e tem me ajudado na área emocional. Recomendo.


Paciente verificado
Local: Consultório particular Tratamento da ansiedade

A Paloma me ajudou muito desde a primeira consulta. Muito atenciosa, com um espaço confortável e muito cuidadosa com minhas demandas.


K
Paciente verificado
Local: Consultório particular

A melhor psicóloga que já vi. É atenciosa, se preocupa, sempre está disponível para ajudar não importa o dia, nem horário. Vale muito a consulta e o acompanhamento dela. Me ajuda demais!! Não troco por nada.

Paloma Santos Lemos

Obrigada Karol!! Amo o que faço e tenho muito apreço pelos meus pacientes. Obrigada por confiar em mim. Tenho muito carinho.


A
Paciente verificado
Local: Consultório particular Terapia

Pontos positivos
Paloma é uma profissional incrível. Não mede esforços para ajudar os pacientes na busca das causas e soluções.

Paloma Santos Lemos

Obrigada!! Quando amamos a profissão, nada se torna esforço, é prazeroso.


P
Local: Consultório particular

Pontos positivos
Perfeita psicóloga,fui em vários para obter resposta para as doenças do meu filho,lá eu encontrei respostas e soluções para eu e meu filho viver em harmonia,agradeço e indico,opinião de uma mãe que estava em desespero Ñ sabia a quem procurar.Obrigada Paloma.

Paloma Santos Lemos

Obrigada!! Estou sempre a disposição!!


A
Paciente verificado
Local: Consultório particular Terapia

Pontos positivos
A Paloma não é o tipo de psicólogo que só escuta e fala meia dúzia de palavras de incentivo pra vc melhorar. Ela realmente escuta e analisa seu problema, vai buscando as raízes de tudo. Muito educada, atenciosa, já faço terapia há quase 6 anos com ela e recomendo ela.

Paloma Santos Lemos

Obrigada pela confiança!!!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

25 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Transtorno Da Personalidade Passivo-Agressiva

    O que e um transtorno passivo-agressivo? Um autista leve pode ter esse transtorno?

    O transtorno passivo agressivo se carateriza por uma oposição velada, uma resistência em satisfazer as expectativas interpessoais através de comportamentos negativos indiretos como vitimização, teimosia, procrastinação, ironia, atitude de desprezo para com o outro, erros recorrentes com intenção de não corresponder a determinada expectativa. Como se fosse uma forma escondida de hostilidade. O Transtorno do Espectro Autista, como o próprio nome diz é um espectro, ou seja, vários sintomas podem classificá-los. Muito comum apresentarem comorbidades, ou seja, outro transtorno associado, porém é necessário uma avaliação clínica para fechar o diagnóstico. À disposição.

    Paloma Santos Lemos

  • Pergunta sobre Autismo

    Boa tarde!
    Meu filho é autista e recebemos o diagnóstico quando ele estava com 1 ano e 10 meses de idade. Não possui estereotipias graves e é calmo - não toma medicação. Aos 2 anos de idade iniciou as terapias orientadas pela neuropediatra. Começou a falar com 2 anos e 11 meses; hoje, com 4 anos e 3 meses, canta tudo que escuta e repete os episódios dos desenhos e comerciais porém, não se comunica. O que ainda estaria faltando para desenvolver a sua comunicação?

    No autismo com as devidas intervenções, a criança irá se desenvolver, porém é necessário entender que no tempo e no ritmo dela. Pelo que relatou, ele realiza as terapias necessárias. Sugiro, além das terapias, estímulos externos para que ajude ainda mais no desenvolvimento, estímulos em casa, entre outros ( o que acredito que já aconteça). Devemos nos lembrar que, embora tenha as horas dedicadas as terapias, a maior parte do tempo eles estão com familiares, ou em outros meios sociais que podem também ajudar no desenvolvimento. Em relação a fala, pelo seu relato, percebo a presença de Ecolalia. Converse com o fonoaudiólogo, intensifique as sessões e, em casa, utilizando da própria ecolalia é possível estimular e induzir o seu filho à comunicação funcional.

    Sugiro também acompanhamento com familiares, pois sabemos que o autismo gera ansiedade nos mesmos.

    À disposição para qualquer dúvida.

    Paloma Santos Lemos

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Atendimento com criança a partir de 4 anos de idade, adolescente, adulto, idoso e casal.  Trabalhar com a abordagem Cognitivo Comportamental e Anális...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Psicologia Clínica
  • Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Terapia de Casal
Veja mais


Formação

  • Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental, Faculdade UnyLeya, 2017
  • Formação em Psicologia e Psicoterapia Fenomenológica Existencial, Clínica Equílibrio - Centro de Psicoterapia - Rio de Janeiro, 2012
  • Psicologia, Universidade Fumec, 2006
Veja mais


Idiomas

Português

Redes sociais


Artigos

Terapia Cognitivo-Comportamental

A terapia cognitiva comportamental visa o esclarecimento e a modificação de distorções cognitivas e comportamentos que são responsáveis pelas condutas e situações geradoras de sofrimento. O principal objetivo da terapia Cognitivo comportamental é psicólogo e paciente identificarem pensamentos e comportamentos causadores de sofrimento, tendo como objetivo a reestruturação cognitiva através da intervenção em esquemas nucleares que predispõe a pessoa a distorcer a realidade gerando sofrimento. Uma variedade de estratégias cognitivas e comportamentais são utilizadas.


Psicoterapia

A terapia é um processo que pode auxiliar as pessoas a enfrentarem determinadas situações do cotidiano. A psicoterapia tem como objetivo proporcionar ao cliente conversar com um profissional qualificado na área de saúde emocional para que juntos examinem seus problemas e as dificuldades enfrentadas em relação ao seu dia a dia, e no decorrer da sua vida, verificando as possibilidades e encontrando uma melhor forma de lidar com as situações.

Veja todos os artigos