Homeopatia serve para tratamento de Depressão ?
Homeopatia não é um tratamento eficaz para depressão. Os transtornos depressivos dependem de relações complexas entre organismo e ambiente, sendo necessário buscar intervenções significativas. Terapias complementares não possibilitam as mudanças necessárias nesse nível. Busque psicoterapia e, caso seja pertinente, um psiquiatra para auxiliar com intervenções medicamentosas até se chegar ao momento de alta. Medicamentos não geram dependência e aceleram o processo de remissão da depressão quando bem administrados.

Dra. Ajurymar Santos
Dra. Ajurymar Santos
Psicólogo, Terapeuta complementar
Feira de Santana
Olá! Cientificamente a homeopatia não é considerada eficaz no tratamento da depressão, mas pode existir pacientes que tenham uma melhora. Dentro de uma segurança clínica o que é cientificamente comprovado no caso da depressão e outras doenças que afligem a mente é a psicoterapia e a psiquiatra. Cuidado com a perda de tempo em tratamentos que podem camuflar outras patologias. Que o paciente experimentem tratamentos alternativos, mas não negligenciar a Alopatia. Abraço

OLá! o tratamento para o caso de uma depressão pode ou não ser associado a medicamentos, porém, a eficácia do tratamento depende de uma boa Psicoterapia Cognitivo Comportamental e hipnoterapia. Paz e Bem!

 Dennys S. Oliveira
Dennys S. Oliveira
Psicólogo
São Paulo
Olá! É possível que a homeopatia tenha resultados em alguns casos no tratamento de depressão, porém, não há dados conclusivos sobre isso. Atualmente, os tratamentos baseados em evidências são o tratamento medicamentoso e a psicoterapia. Há algumas evidências mais sólidas que tem apontado para a eficácia da terapia comportamental cognitiva e para a terapia de ativação comportamental. De qualquer forma, recomendo que procure um bom médico psiquiatra, principalmente se o caso for grave. Se desejar, pergunte a ele sobre a homeopatia, alguns médicos são abertos a esse tema. Espero ter ajudado.

Não existem evidências que homeopatia possa ser utilizada no transtorno depressivo. Utiliza-se antidepressivos e psicoterapia.

 Ligia Menezes
Ligia Menezes
Psicólogo
Santo André
Acredito que cada caso é um caso. Para algumas pessoas tratamentos​ com remédios homeopáticos ou até florais podem ter um bom resultado, mas não é garantido que vá resolver o seu caso de depressão. O mais indicado é que faça psicoterapia e dependendo do grau de depressão procure um psiquiatra para indicar quais outros tratamentos devem ser adicionados a terapia para obter melhores resultados.

 Marina Souza Duarte Alvarenga
Marina Souza Duarte Alvarenga
Psicólogo, Terapeuta complementar
Belo Horizonte
Considero muito difícil te dizer se este é o melhor tratamento ou não! Pode ser que ajude muito, mas certamente será mais eficaz se você conciliar com uma psicoterapia! Geralmente, o tratamento da depressão é multidisciplinar. Um psicólogo poderá fazer uma avaliação ampla, neste sentido.

 Renata Versiani
Renata Versiani
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
Sim! A homeopatia pode ser um aliado. É imprescindível que seja associada à psicoterapia nessa travessia. Há uma relação entre a depressão e as perdas da vida e falta de desejo.
A atenção clínica à depressão busca resgatar a capacidade do paciente de sonhar, desejar, projetar, buscar o que o move. O tratamento busca dar um suporte, um encontro humano que requalifica a relação. Para isso são necessárias 2 pessoas...

Dra. Adriana de Souza Burity
Dra. Adriana de Souza Burity
Psicólogo
Rio de Janeiro
Prezado( a)

Cada indivíduo responde de forma específica a cada orientação medicamentosa. Eu acredito sim na homeopatia, florais, etc. Mas, o ideal é procurar um profissional psiquiatra e que avalie o grau da depressão e entre com a medicação correta. Psicoterapia também é importante para ajudar nos conflitos internos, mudança de comportamento, etc. Espero ter ajuda do. Abç

 Ivone Delfino
Ivone Delfino
Psicólogo
Guarulhos
Dependendo do grau de ansiedade pode auxiliar mas, é necessário uma avaliação criteriosa por um profissional da área neurologista ou psiquiatra se for necessário medicação homeopático ou alopático é ele que poderá te informar a diferença entre as duas e o que seria mais indicado para o seu caso.
Em muitos casos de ansiedade a psicoterapia(psicólogo) ajuda a controlar e a lidar com a mesma, sem a necessidade de medicação.
Boa sorte!
Abraços.

Dra. Milene de Mello
Dra. Milene de Mello
Psiquiatra
Belo Horizonte
Não. Uma vez que já está com sintomas, deve usar antidepressivos. Depois de passado o episódio, na manutenção, de acordo com seus outros sintomas, sempre por prescrição de um médico homeopata. pode ser útil.

Dr. Marcelo Guerra
Dr. Marcelo Guerra
Homeopata
Niterói
A homeopatia trata depressão, e diversos estudos já demonstram isso, além da prática de consultório de diversos médicos homeopatas. Dê uma olhada nesse estudo brasileiro, feito em SP (UniFESP) que mostra o resultado da ação do tratamento homeopático em pessoas com depressão severa. É muito importante aliar qualquer medicamentoso de depressão, seja com remédios homeopáticos ou alopáticos, com psicoterapia.

 Natalia Marques Antunes
Natalia Marques Antunes
Psicólogo
São Paulo
Pelos casos que acompanhei até o momento, nunca tive um paciente com essa orientação medicamentosa.
A minha experiência tem mostrado que os medicamentos alopáticos tem excelente resultsado.
Recomendo uma avaliação com um Psicólogo, para ver em que grau a Depressão está intereferindo na sua vida Profissional, Pessoal, Social e Familiar.

Abraços

 Erica Viana
Erica Viana
Psicólogo
Campinas
O médico psiquiatra deverá avaliar a necessidade de medicação adequada, sendo que homeopatia não seria o tratamento mais adequado (apesar de alguns profissionais da saúde recomendarem de forma complementar).

 Marcia Kelen Moscatelli
Marcia Kelen Moscatelli
Psicólogo, Psicopedagogo
Sorocaba
Para qualquer tipo de indicação medicamentosa, faz-se necessária a indicação psiquiátrica. A psicoterapia é indicada para os quadros de depressão e, em havendo necessidade de medicação, há orientação para acompanhamento psiquiátrico e este poderá indicar o medicamento mais adequado, visto que os indivíduos têm respostas diferentes às medicações e, também, como há formas diferentes de apresentação dos quadros depressivos, estas serão consideradas pelo profissional ao ministrar a medicação.

 Kênia Marjori Cunha Dickow
Kênia Marjori Cunha Dickow
Psicólogo, Terapeuta complementar
Curitiba
Olá, concordo com os especialistas, seria importante você fazer uma avaliação com um psiquiatra. Mas, na minha experiência profissional já presenciei com alguns pacientes a eficácia dá homeopatia usada de forma complementar ao tratamento da depressão. Porém, cada caso é um caso. Abraços.

Especialistas em Homeopatia

Luciane Brunholi Xavier

Luciane Brunholi Xavier

Pediatra

Paranavaí

Paulo Jose Melo Menezes

Paulo Jose Melo Menezes

Pediatra

Aracaju

José Holanda Parahyba

José Holanda Parahyba

Pediatra

Fortaleza

Stefania Lucizani Pacifico

Stefania Lucizani Pacifico

Pediatra

Campinas

Sergio Carvalho de Matos

Sergio Carvalho de Matos

Pediatra, Radiologista

Salvador

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 5 perguntas sobre Homeopatia

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.