Quais antidepressivos tem relação com o ganho de peso? Fluoxetina engorda? Sou bulimica mas tenho medo
9 respostas
Quais antidepressivos tem relação com o ganho de peso? Fluoxetina engorda? Sou bulimica mas tenho medo de engordar com o tratamento.
Geralmente não se tem ganho de peso,mas ao notar a sua pergunta verifiquei que se denonimou bulímica , sendo um termo relacionado a compulsão alimentar acredito que precise detalhar melhor com seu psiquiatra pois venlafaxina para transtorno alimentares tem uma boai ndicação

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá! o medicamento irá auxiliá-la e muito, e pode sim causar aumento de peso se for tomado sem acompanhamento multidisciplinar. No seu caso, busque por um bom Psiquiatra que trabalhe concomitantemente com bom Nutricionista e Psicoterapeuta Cognitivo Comportamental. Paz e Bem!

O ganho de peso pode ocorrer com qualquer psicofármaco, mas não é um efeito colateral comum da fluoxetina, o mais comum é o paciente perder um pouco de peso no início do tratamento e voltar a reganhar o peso perdido, voltando ao peso inicial. Entretanto em uma minoria de pacientes pode ocorrer ganho de peso que costuma ser leve. Ela é a medicação de escolha na bulimia nervosa e costuma evitar/reduzir os episódios de compulsão alimentar e de purgação. Além de tratar algumas comorbidades frequentes como transtornos do humor e ansiedade. Lembrando que mais do que apenas de um remédio, você necessita de acompanhamento multidisciplinar (com psiquiatra, psicólogo, nutricionista e clínico) e essa modalidade de tratamento está relacionada a maiores taxas de recuperação. Preferencialmente os profissionais devem ter experiencia na área de transtornos alimentares e trocar informações, trabalhando conjuntamente.

Olá. Geralmente os antidepressivos mais antigos são os que provocam ganho de peso, como tricíclicos e tetraciclos, sendo que a fluoxetina não está inclusa nesta lista. A fluoxetina e a bupropiona comumente tem relatos de redução de peso, contudo em todos os casos são apenas chances e tendências, já que cada caso é um caso e as características se relacionam a apetite, logo tudo depende da sua dieta alimentar. Se cuide, bulimia é algo sério, não hesite em procurar ajuda e realizar acompanhamento psiquiátrico e Psicológico.

Antidepressivos da classe dos tricíclicos ( como amitriptilina) e tetraciclicos (como a mirtazapina), teriam maior chance de ganho de peso.

Inibidores da recaptacao da serotonina, como a fluoxetina não irá trazer ganho de peso. A exceção para essa classe seria a paroxetina.
É sempre importante que, juntamente a seu psiquiatra assistente, possam chegar a um acordo da melhor opção medicamentosa a ser usada pois transtorno alimentar é de extrema gravidade e merece tratamento medicamentoso adequado e associação a psicoterapia.

Muitas medicações interferem no peso. Algumas levam ao ganho, enquanto outras à perda.
Os antidepressivos que mais provocam aumento da massa são os tricíclicos e mirtazapina. No entanto, praticamente qualquer inibidor seletivo da receptação de serotonina pode causar ganho de peso, geralmente em menor monta que os anteriores. A fluoxetina é o que tem o melhor perfil nesse sentido e é um dos carros chefes do tratamento da bulimia.
Apesar das tendências das medicações, não existe uma regra e cada organismo responde de uma forma específica. Daí a importância de supervisão por parte do profissional.

A maioria dos antidepressivos causam ganho de peso. A Fluoxetina pode dar ou não ganho de peso, vai depender de características individuais e tendências genéticas e hereditárias. Fale com seu médico sobre a sua preocupação em relação ao ganho de peso e este achará uma medicação adequada ao seu perfil. Abraço!

Alguns medicamentos têm como efeitos colaterais o aumento do apetite e/ou retenção hídrica. Em atenção ao medo de engordar em relação à Bulimia Nervosa, a principalmente parte do tratamento é a psicoterapia, onde poderá ser abordado diversos temas relacionais e emocionais que auxiliem na compreensão e diminuição do medo de engordar.

Bom dia se é o psiquiatra que está prescrevendo os antidepressivos, conhece tua historia ligada a bulimia, ele vai ter atenção a prescrever algo que interfira menos no ganho de peso. O que posso acrescentar é de procurar um psicologo/a que trabalhe com transtornos alimentares que possa te auxiliar com uma psicoterapia mais adequada a tratar esse tipo de transtorno.

content.item_itemType.experts.B3.specialists

Flavio Mitio Takahagui

Flavio Mitio Takahagui

Psiquiatra

São Paulo

Lane Lucena Figueiredo

Lane Lucena Figueiredo

Psicanalista

Salgueiro

Cesar Augusto Savazzoni

Cesar Augusto Savazzoni

Psicanalista, Psicólogo

Ribeirão Preto

Alef Ferreira

Alef Ferreira

Psicólogo

São Paulo

Suely Kosiak Poitevin

Suely Kosiak Poitevin

Psicanalista

Curitiba

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 35 perguntas sobre Bulimia Nervosa

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.