Tenho 55 anos e há 30 anos, aproximadamente, tenho tratado esclerose mesial tempora com sucesso (sem crises). Meu problema é a memória. Sempre que preciso lembrar de algo que aconteceu me dá “branco”. Isso me atrapalhou muito na época em que eu estudava. Há como tratar essa perda de memória?
Infelizmente essa perda de memória que você apresenta e decorrente da própria doença Esclerose Mesial temporal. Ela causa um certo comprometimento da memória até porque ela afeta a região que é esponsável pela nossa memória que o lobo temporal. Além disso, sua memória pode ser ainda mais comprometida devido a neurotoxicidade provocada pela Drogas Antiepilépticas utilizadas no controle das crises principalmente no que diz respeito ao Fenobarbital, carbamazepina e em menor intensidade com o Hidantal. Não sei se você faz uso de alguma dessas medicações que eu citei, mas hoje em dia existem drogas mais modernas que podem minimizar um pouco desses efeitos colaterais indesejados. Converse com seu neurologista e veja a melhor decisão a ser tomada. Espero tê-lo(a) ajudado um pouco.

Especialistas em Transtornos Da Memória

Bruno Gherman

Bruno Gherman

Psiquiatra

Rio de Janeiro

Thomas Alexander Taube Tichauer

Thomas Alexander Taube Tichauer

Neurologista

Campinas

Luana Oliveira Correia

Luana Oliveira Correia

Geriatra

Fortaleza

Emanuel Malaguez Webber

Emanuel Malaguez Webber

Neurologista

São Miguel do Oeste

Amelba Cynthia Mota

Amelba Cynthia Mota

Neurologista

Itapipoca

José Justiniano Torrico

José Justiniano Torrico

Médico clínico geral

Rio Branco

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 62 perguntas sobre Transtornos Da Memória

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.