Rafael Batista, Oncologista Salvador

Dr. Rafael Batista

Salvar

Oncologista mais

Número de registro: 19769 BA-RQE 11399
1 opinião

Salvar

Tempo estimado de resposta:

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Consultórios (2)

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

Allianz

Amil

ASSEFAZ (Ministério da Fazenda)

PASBC

Bradesco Saúde + 14 mais


Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros oncologistas perto de mim

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Convênios médicos aceitos neste endereço

Pacientes particulares (sem convênio)

Allianz

Amil

ASSEFAZ (Ministério da Fazenda)

PASBC

Bradesco Saúde + 14 mais


Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros oncologistas perto de mim

Experiência

Sobre mim

O cuidado humanizado é fundamental na oncologia. Procuro sempre ouvir o paciente e seus familiares, individualizando o tratamento a cada caso. Coloco-...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Cancerologista Clinico
  • Câncer de Rim e Testículo
  • Câncer de Próstata
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Carcinoma De Células Renais
  • Carcinoma Lobular
  • Carcinoma Ductal
Mostrar mais doenças

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Serviços populares


Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.


RUA DOUTOR BARRETO, 294, Lauro de Freitas

Núcleo de Oncologia Da Bahia Lauro de Freitas – Nob



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.

Outros serviços


Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.



Av. Adhemar de Barros, 123, Salvador

NOB - Nucleo de Oncologia da Bahia S.A.

1 opinião de paciente

Classificação geral

Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
A
Paciente verificado
Local: Núcleo de Oncologia Da Bahia Lauro de Freitas – Nob

Indico Dr Rafael pela excelência no atendimento profissional e humano com seus pacientes, tanto quanto a clareza nas informações e indicações para qualquer procedimento.


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

1 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Marcadores tumorais alterados

Marcadores tumorais por que são usados em oncologia se não são fiáveis?

Os marcadores tumorais são exames laboratoriais que auxiliam no acompanhamento da doença para quem já tem diagnóstico, especialmente quando estão elevados (ex: no caso de tumores de mama com metástase óssea o CA-15.3 pode ser útil para avaliar se houve resposta ao tratamento caso estivessem elevados e sofressem redução após um período de tratamento).
Eles não tem papel no rastreamento e não devem ser solicitado de rotina, isoladamente, para diagnósticos de câncer.

Dr. Rafael Batista

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

O cuidado humanizado é fundamental na oncologia. Procuro sempre ouvir o paciente e seus familiares, individualizando o tratamento a cada caso. Coloco-...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Cancerologista Clinico
  • Câncer de Rim e Testículo
  • Câncer de Próstata
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Carcinoma De Células Renais
  • Carcinoma Lobular
  • Carcinoma Ductal
Mostrar mais doenças

Artigos

Câncer de próstata

O câncer de próstata pode ser tratado tanto de forma cirúrgica com o urologista, como através de radioterapia ou braquiterapia com o radio-oncologista. Caso o paciente opte pela radioterapia, dependendo da gravidade da doença, pode ser necessário tratamento de hormonioterapia concomitante. Nos quadros mais avançados o tratamento também inclui a quimioterapia.


Câncer de mama

O tratamento do câncer de mama é realizado sempre em conjunto com o mastologista. Após discussão multidisciplinar decidimos entre tratamento cirúrgico primeiro ou quimioterapia antes da cirurgia (podendo ou não incluir radioterapia ou hormonioterapia após). Já existe disponível um teste molecular que avalia 21 genes do tumor (analisado da amostra da biópsia ou do material da cirurgia) que é capaz de avaliar o risco de recidiva da doença e auxiliar na decisão de realizar ou não a quimioterapia. Para as pacientes que precisam fazer quimioterapia temos disponível no NOB um aparelho de crioterapia, que faz o resfriamento do couro cabeludo e auxilia na prevenção da queda de cabelo.


Câncer da bexiga

O câncer de bexiga pode ser tratado com ressecção endoscópica (RTU) seguido de aplicação de BCG dentro da bexiga. Podemos também optar por cirurgia ou radioterapia concomitante à quimioterapia. Nos casos de doença avançada é necessário a realização de quimioterapia e até imunoterapia (modalidade relativamente nova de tratamento que consiste em medicação venosa que estimula o sistema imune do próprio paciente a combater a doença). A opção terapêutica dependerá da avaliação multidisciplinar com o urologista, o radio-oncologista e o oncologista, levando-se em consideração as características do câncer, as comorbidades do paciente e a extensão da doença.


Câncer de Rim

O pilar fundamental do tratamento do câncer de rim é a cirurgia realizada por urologista experiente e de confiança. Nos casos de doença disseminada (metástases) o tratamento pode ser feito através de comprimidos (inibidores de tirosinoquinases) e até mesmo imunoterapia (modalidade relativamente nova de tratamento que consiste em medicação venosa que estimula o sistema imune do próprio paciente a combater a doença).

Veja todos os artigos

Pesquisas relacionadas