Biopsia da prostata - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em biopsia da prostata

Encontre um especialista em Biopsia Da Prostata na sua cidade:
Thiago Hota

Thiago Hota

Urologista

Curitiba

Agendar uma visita
José Roberto Lozano Lara

José Roberto Lozano Lara

Oncologista, Cirurgião de cabeça e pescoço, Cirurgião oncológico

Vitória da Conquista

Agendar uma visita

Perguntas sobre Biopsia da prostata

Nossos especialistas responderam a 76 perguntas sobre Biopsia da prostata

Bom dia, um pouco de dor, sangramento retal e desejo de evacuar com mais frequencia podem ser normais nos primeiros dias. São sintomas que devem melhorar com o tempo. Ao retornar com seu médico,…
1 respostas

Após a biópsia de próstata é normal um sangramento na urina, nas fezes e também no esperma. Claro que não pode ser de grande volume e normalmente cessa após a primeira semana. A orientação é…
2 respostas

Siga as orientações do médico que o acompanha.abraço
2 respostas

Especialistas falam sobre Biopsia Da Prostata

A biópsia de próstata é um exame seguro, realizado por meio de ultra-som onde são retirados 12 fragmentos da próstata que são mandados para exame no microscópio. Está indicada em pacientes com alteração no PSA ou no toque retal. Este procedimento é realizado com o ultrassom trans retal, sob sedação anestésica, com total conforto para o paciente.

Atendendo a solicitação médica, primeiro avalio as condições clínicas do paciente, visando atuar preventivamente, minimizando complicações inerentes ao procedimento, explico o método, suas principais complicações, através de antibióticos, faço a profilaxia para infecções, estando o paciente apto, marcamos a biópsia, lembrando que é realizada em ambiente hospitalar.

Carlos Alencar

Especialista em diagnóstico por imagem, Radiologista

Porto Velho


A elevação dos níveis de PSA assim como alterações durante o exame de toque retal podem levar à suspeita que o câncer de próstata esteja presente. A única forma de realmente chegar ao diagnóstico é através da remoção de pequenos fragmentos de sua próstata para uma análise minuciosa em um microscópio. Além de constatar a presença do câncer é possível definir qual o grau de agressividade da doença. A biópsia é considerada um procedimento invasivo de pequeno porte. Para se preparar para a biópsia é necessário que você siga algumas recomendações dadas pelo seu médico alguns dias antes e depois do procedimento.

A biópsia prostática guiada por ultrassom é um exame utilizado para o diagnóstico do câncer de próstata. De forma geral, costuma ser indicado quando percebe-se alguma nodulação no toque retal ou elevação sustentada do PSA. O exame em si demanda pouco tempo pra sua realização em mãos experientes, cerca de trinta minutos, e requer realização de anestesia local ou sedação. Complicações como sangramento e infecções prostáticas podem acontecer após esse procedimento, podendo ser drasticamente reduzidas com os devidos cuidados. Com duas certificações obtidas durante cursos preparatórios especificamente pra esse exame em são paulo, já realizamos mais de 300 procedimentos como esse.

As biópsias de próstata realizadas no Instituto de Urologia, seguem protocolo rígido desde a técnica utilizada até os materiais empregados. Realizamos biópsias há mais de 20 anos e todos os materiais, como é de praxe nestes procedimentos, são descartáveis e de uso único. O paciente recebe ao final do procedimento, um documento contendo todas as orientações dos cuidados pós-biópsia e as etiquetas dos lotes da agulha e do guia de biópsia utilizados no seu procedimento, o que garante a comprovação de que o seu material foi de uso exclusivo.

Dr. Faisal Augusto Alderete Esgaib

Urologista

Ponta Porã


A biópsia de próstata é um exame realizado quando há suspeita do paciente estar com quadro câncer maligno da prostata (o tumor que mais mata homens em todo o mundo). Este exame é realizado sob anestesia local e com auxilio de ultrassom transretal, que ajudará o médico na extração de pequenos fragmentos da próstata, que serão posteriormente analisados pelo médico patologista, que emitirá o laudo final sobre a condição da próstata do paciente.

É um exame realizado por meio de ultrassom onde são retirados “pedacinhos” da próstata que são mandados para exame no microscópio. Quando está indicada? Pacientes com alterção no PSA e no toque devem ser submetidos à biópsia da próstata. Como é feita? Este procedimento é realizado com o apoio do ultrassom transretal, sob anestesia local ou leve sedação.

Luís Henrique Nunes

Urologista

Petrolina


A biópsia de próstata é um exame feito quando o valor de PSA, do exame de sangue, está alto ou quando são encontradas alterações no seu tamanho ou forma, durante o toque retal, para afastar ou confirmar um diagnóstico de câncer da próstata. A biópsia de próstata não dói, mas pode ser desconfortável e, por esse motivo, normalmente, é feita sob anestesia local ou leve sedação. Porém, após o exame, é possível que o homem sinta alguma queimação na região, mas que passa em algumas horas e pode haver sangramento com as fezes, na urina ou no ejaculado. É o único exame que confirma o diagnóstico de câncer de próstata e somente deve ser realizado enquanto o paciente estiver em uso de antibiótico.

Pedro Henrique De Oliveira Filgueira

Cirurgião geral, Urologista

Fortaleza

Agendar uma visita

A biópsia da próstata é um procedimento invasivo onde se retira pequenos fragmentos da próstata para análise no microscópio. É indicada quando, durante a consulta com o urologista, é feita a suspeita de câncer de próstata: ou por presença de um nódulo endurecido ou pelo nível do marcador PSA no sangue. A biópsia ainda serve para ajudar o médico a definir a gravidade do problema pelo grau de diferenciação celular (escore de Gleason). O Gleason 3+3 (6) é o câncer de próstata menos agressivo e o mais comum. Esse valor vai até Gleason 5+5 (10), que é considerado o mais agressivo. Essa classificação permite ao urologista escolher o melhor tratamento para cada situação.

A biópsia da próstata é um procedimento realizado com ou sem sedação, com auxílio de um ultrassom para obtenção de amostras aleatórias e amostras direcionadas de tecido prostático, quando há suspeita de neoplasia ou câncer de próstata. O material para análise é obtido por via transretal, com o uso de uma agulha fina, acoplada a um transdutor ultrassônico. O procedimento costuma ser pouco doloroso e bem tolerado pela maioria dos pacientes. Somente um especialista pode avaliar as indicações de uma biópsia prostática. Procure o urologista e tire suas dúvidas.

Ezequiel Spanholi

Urologista

Lauro de Freitas

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Biopsia da prostata?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.