Biopsia de ganglio linfatico - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - biopsia de ganglio linfatico

Encontre um especialista na sua cidade:
Elio G Pfuetzenreiter Jr

Elio G Pfuetzenreiter Jr

Cirurgião de cabeça e pescoço

Santos

Agendar uma visita
Eric Fernandes

Eric Fernandes

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita
Emerson Favero

Emerson Favero

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita
Francisco Bomfim

Francisco Bomfim

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita
Erivelto Martinho Volpi

Erivelto Martinho Volpi

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Bernardo do Campo

Agendar uma visita
Felipe Lima Monteiro

Felipe Lima Monteiro

Oncologista, Cirurgião geral

Fortaleza

Agendar uma visita

Perguntas sobre Biopsia de ganglio linfatico

Nossos especialistas responderam a 17 perguntas sobre Biopsia de ganglio linfatico

Olá! Quando ocorrem nódulos de tireoide com citologia Bethesda III e indicado cirurgia, geralmente é feito Tireoidectomia parcial quando os nodulos são localizados em um lado da Tireoide ou Total…
2 respostas


Boa tarde,

O achado nessa região pode significar muitas coisas: linfonodomegalia, lipoma, e uma série de outras coisas. O melhor modo de proceder seria a realização de uma ultrassonografia…
2 respostas


A remoção de um linfonodo cervical (pescoço) tem indicações mto precisas.
Nos dias de hj dificilmente temos necessidade de remover linfonodos com FINALIDADE DIAGNÓSTICA, excessão feita…
2 respostas

Especialistas falam sobre Biopsia De Ganglio Linfatico

Temos em média 300 linfonodos no pescoço e cerca de 20 são vistos no ultrassom. geralmente o seu aumento está ligado a um processo infeccioso seja por vírus ou bactéria. A biópsia deve ser realizada em caso de suspeita de câncer (linfoma), metástase ou descartar um desses maus. A tuberculose também pode causar o aumento.

Jefferson Medeiros

Cirurgião de cabeça e pescoço

Manaus

Agendar uma visita

Muitas são as doenças que evoluem com aumento dos gânglios linfáticos. Processos inflamatórios, infecciosos e malignos podem ser responsáveis pelo surgimento de ínguas pelo corpo. Algumas vezes o diagnóstico preciso destas doenças só pode ser estabelecido pela retirada de uma das ínguas para análise. O procedimento é simples e os riscos estão relacionados ao local onde a íngua está localizada. Quando muito superficial pode ser retirada com anestesia local da região, mas muitas vezes anestesia geral é necessária para um procedimento efetivo.

Murilo Catafesta Das Neves

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita

Nosso sistema imunológico, nos disponibiliza centenas de gânglios linfáticos por todo o corpo. O pescoço é o mais ricamente suprido por eles. Respostas normais a agentes agressores como vírus ou bactérias podem causar seu aumento abrupto, geralmente seguido de dor local. Outras doenças, como os linfomas (tumores malignos do sistema linfático), em geral silenciosos, também podem se manifestar no pescoço. Para tanto é necessário que se identifique qual a causa do aumento, para que sejam diferenciadas as situações de acompanhamento, ou necessidade de biópsia de um desses nódulos.

José Chacra Jr.

Cirurgião de cabeça e pescoço

Jundiaí


Os gânglios linfáticos são pequenos nódulos presentes em todo o corpo, mas que se concentram em alguns locais como o pescoço, axilas e virilhas. Têm fundamental importância pela resposta imunológica e defesa contra micróbios, e desempenham mecanismos contra neoplasias malignas. Podem ser locais de metástases, ou ser fonte de neoplasias conhecidas como linfomas. Quando um gânglio linfático está aumentado por muito tempo, ou quando há uma inegável alteração do seu aspecto normal, pode haver necessidade de biopsiá-lo, pois só com uma posterior análise por patologia, microbiologia ou imunoistoquímica é que será possível dar o diagnóstico e estabelecer um tratamento.

Francisco Bomfim

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Biopsia de ganglio linfatico?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.