Biopsia do penis - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em biopsia do penis

Encontre um especialista em Biopsia Do Penis na sua cidade:

Perguntas sobre Biopsia do penis

Nossos especialistas responderam a 23 perguntas sobre Biopsia do penis

Unico exame confirmatório de Câncer é a biópsia. Procure um urologista. abraço
2 respostas

A biópsia depende do caso e localização da doença. Converse com seu médico .abraço
1 respostas

 PEDRO PAULO DE CARVALHO
PEDRO PAULO DE CARVALHO
Urologista, Terapeuta complementar
Brasília
Não , as glândulas de tyson são fisiológicas e portanto durante a peniscopia não irão apresentar alteração na coloração. Fique tranquilo.
1 respostas

Especialistas falam sobre Biopsia Do Penis

A biopsia de pênis consiste na retirada de um fragmento ou de vários com anestesia local para que seja enviado ao laboratório e ser analisado. Procedimento rápido e que o paciente sai andando da sala de pequena cirurgia. Serve para diagnosticar suspeitas de HPV e câncer de pênis. Procedimento com alta segurança. Repouso de 1 dia após o procedimento.

A biópsia é um procedimento cirúrgico para coletar uma amostra de tecido que será analisada pelo médico patologista.É necessária quando uma lesão é identificada e o médico precisa ter um diagnóstico preciso. Muitas lesões podem surgir no pênis, tanto benignas quanto malignas. Assim, ao fazer uma biópsia peniana, o urologista está preocupado em saber qual o real diagnóstico para seu paciente.

Thiago Tambelli

Urologista

São Paulo


A biópsia do pênis é um procedimento simples que é indicado quando o paciente tem alguma lesão (ferida) no pênis a qual o urologista não conseguiu dar o diagnóstico apenas com o exame clinico. É realizada com anestesia local e é retirado um pequeno pedaço da ferida que será enviado para estudo em laboratório. Não dói e a recuperação geralmente é muito rápida.

Quais profissionais realizam Biopsia do penis?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.