A blefaroplastia, mais comumente referida como cirurgia das pálpebras, é um procedimento cirúrgico destinado a aprimorar a aparência das pálpebras. Este procedimento pode ser realizado nas pálpebras superiores, inferiores ou em ambas, dependendo das suas necessidades e desejos específicos.

Escolha a cidade onde você está buscando um serviço

Para que serve a blefaroplastia

A blefaroplastia é principalmente projetada para abordar problemas relacionados ao envelhecimento ao redor dos olhos. À medida que envelhecemos, a nossa pele naturalmente perde a sua elasticidade, o que pode resultar no acúmulo de pele em excesso nas pálpebras superiores e inferiores. Além de conferir uma aparência cansada ou envelhecida, esse excesso de pele também pode prejudicar a visão, especialmente a visão periférica.

No entanto, não é apenas o envelhecimento que pode causar esses problemas. Problemas nas pálpebras também podem ser resultado de fatores hereditários, o que significa que pessoas mais jovens também podem experimentá-los. Portanto, a blefaroplastia não é apenas para aqueles que estão envelhecendo, mas também para indivíduos que têm características hereditárias, como bolsas sob os olhos ou pálpebras caídas.

Por fim, algumas pessoas optam pela blefaroplastia puramente por motivos estéticos. Elas podem desejar aprimorar a aparência de seus olhos e conferir a eles um visual mais jovem e alerta. Ao remover o excesso de pele e gordura, e ao apertar os músculos ao redor dos olhos, a blefaroplastia pode proporcionar um significativo impulso estético.

Como funciona a blefaroplastia

A blefaroplastia geralmente é realizada sob anestesia local, mas também pode ser realizada sob anestesia geral. A escolha da anestesia dependerá da extensão da cirurgia e do estado de saúde do paciente. Assim que a anestesia fizer efeito, o cirurgião fará incisões precisas nas dobras naturais das pálpebras (superiores e/ou inferiores) para minimizar cicatrizes visíveis.

Após as incisões terem sido feitas, o cirurgião removerá ou reposicionará o excesso de gordura, músculos e pele. Em alguns casos, uma pequena parte do músculo orbicular do olho - o músculo responsável por fechar o olho - também pode ser removida para criar um contorno de pálpebra mais agradável.

As incisões são então fechadas com suturas, adesivos para a pele ou fita cirúrgica. As cicatrizes resultantes das incisões ficarão bem disfarçadas nas estruturas naturais da região das pálpebras.

Duração da cirurgia de blefaroplastia

A duração de uma cirurgia de blefaroplastia depende principalmente de se as pálpebras superiores e inferiores estão sendo operadas e da extensão da cirurgia necessária. Tipicamente, a cirurgia pode levar de uma a três horas. Vale ressaltar que esse é o tempo cirúrgico real e não inclui o tempo dedicado à preparação e à recuperação no hospital.

Blefaroplastia: especialistas e clínicas recomendados

São Paulo

Dr. William Hatakeyama

Oftalmologista

(Glaucoma, Retina, Uveítes, Retina clínica) Mais
Av. Dr. Hugo Beolchi 445 , sala 62, São Paulo
8 opiniões
Mostrar perfil
Dra. Ana Cecília Storino Correa Da Silva

Dermatologista

(Cirurgia dermatológica, Biópsia de pele e eletrocautério, Doenças de pele, Câncer de pele) Mais
Rua Vergueiro 1353, São Paulo
1 opinião
Mostrar perfil

Rio de Janeiro

Dr. Marcus Coimbra

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética

(Mamoplastia de aumento, Abdominoplastia, Blefaroplastia, Mastopexia, Envelhecimento, Tratamentos de rugas, Toxina botulínica, Rejuvenescimento) Mais
Rua Desembargador Izidro 18 (Sala 302), Rio de Janeiro
240 opiniões
Mostrar perfil
Dr. Vitor Torturella

Oftalmologista

(Cirurgia refrativa, Retina, Catarata, Cirurgia oftalmologica) Mais
Rua Gessyr Goncalves Fontes 139, sala 1208, São João de Meriti
386 opiniões
Mostrar perfil

Brasília

Dra. Lucia Helena Sampaio De Miranda

Dermatologista, Oncologista

(Tratamentos estéticos faciais, Vitiligo, Dermatite atópica, Dermatologia clinica, Imuno-oncologia, Oncologia clinica) Mais
SHLS 716 conjunto "B" Bloco "F" salas 609/610, Brasília
37 opiniões
Mostrar perfil
Dr. Luis Fernando Gomes

Cirurgião plástico, Otorrino

(Lifting facial, Mamoplastia de aumento, Otoplastia, Rinoplastia estética e funcional (septoplastia), Rinologia funcional, Rinologia estética, Rinoplastia secundária) Mais
SEPS 714/914 (Bloco C Edifício Santa Maria) Sala 221, Brasília
45 opiniões
Mostrar perfil

Salvador

Dr. Daniel de Oliveira Nunes

Otorrino

(Cirurgia plástica da face, Rinologia funcional, Rinoplastia, Cirurgia de nariz) Mais
Avenida Antônio Carlos Magalhães, Salvador
5 opiniões
Mostrar perfil
Dr. Márcio Isabella

Oftalmologista

(Plástica ocular, Cirurgia oftalmologica) Mais
Rua da Alfazema, n 761, Ed. Iguatemi Business, Salvador
51 opiniões
Mostrar perfil

Perguntas frequentes

Como devo me preparar para uma blefaroplastia?

A preparação para um procedimento de blefaroplastia começa com uma consulta com o seu cirurgião. Durante essa consulta, é importante discutir seus objetivos, as opções disponíveis, os riscos e benefícios envolvidos e os custos. O seu histórico médico também será revisado, e você pode passar por um exame físico para determinar sua aptidão para a cirurgia.

Nas semanas que antecedem a cirurgia, você pode ser orientado a parar de fumar, evitar o uso de aspirina, anti-inflamatórios e suplementos à base de ervas, pois eles podem aumentar o sangramento. Você também pode precisar providenciar alguém para levá-lo para casa após a cirurgia e ajudá-lo nos primeiros dias em casa.

No dia da cirurgia, você deve chegar ao hospital com o rosto limpo, sem maquiagem e sem hidratante. Use roupas confortáveis e folgadas e evite usar joias.


Como é o período pós-operatório de uma blefaroplastia?

Após a cirurgia, você pode esperar que seja aplicada uma pomada nas pálpebras e, em alguns casos, pode ser colocado um curativo. Pode sentir suas pálpebras apertadas e doloridas à medida que a anestesia passa e receber prescrição de medicamentos para gerenciar qualquer desconforto.

Na primeira semana após a cirurgia, é aconselhável manter a cabeça elevada e aplicar compressas frias para minimizar o inchaço e hematomas. Você receberá orientações sobre como limpar os olhos e pode ser receitado colírios ou pomadas para prevenir infecções e inflamações.

É normal experimentar algum desconforto, olhos secos, lágrimas, sensibilidade à luz e visão turva ou dupla após a cirurgia, mas esses sintomas devem melhorar após alguns dias. A maioria das pessoas se sente pronta para sair em público e voltar ao trabalho após cerca de 10 a 14 dias pós-cirurgia.


Quanto tempo as cicatrizes da blefaroplastia levam para desaparecer?

As cicatrizes após uma blefaroplastia são geralmente mínimas, pois as incisões são feitas nas dobras naturais das pálpebras, tornando-as menos visíveis. Na maioria dos casos, as cicatrizes se tornam imperceptíveis após vários meses, à medida que desbotam e amadurecem. No entanto, o tempo exato para que as cicatrizes desapareçam pode depender de diversos fatores, incluindo a idade do paciente, o tipo de pele, a genética e o quão bem o paciente segue as instruções de cuidados pós-operatórios do cirurgião. É muito importante proteger as cicatrizes da exposição ao sol, pois isso pode escurecê-las e atrasar o processo de cicatrização.


Por quanto tempo dura o inchaço após uma blefaroplastia?

O inchaço é uma parte normal do processo de recuperação após uma blefaroplastia. A maioria dos pacientes notará melhorias significativas no inchaço nos primeiros 10 a 14 dias após a cirurgia. No entanto, um inchaço leve pode persistir por várias semanas.

A duração exata do inchaço pode depender de vários fatores, incluindo a extensão da cirurgia, o estado de saúde geral do paciente e o quão bem eles seguem as instruções de cuidados pós-operatórios do cirurgião. Aplicar compressas frias, manter a cabeça elevada e tomar os medicamentos prescritos pode ajudar a reduzir o inchaço.


Qual é o tempo de recuperação da blefaroplastia?

Cada paciente se recupera em seu próprio ritmo, portanto, os tempos de recuperação podem variar. Geralmente, a maioria dos pacientes se sente pronta para voltar às suas atividades normais e sair em público cerca de duas semanas após a cirurgia. Nesse momento, a maior parte do inchaço e hematomas terá diminuído.

No entanto, pode levar vários meses para que os resultados completos da blefaroplastia se tornem visíveis, à medida que o inchaço continua a diminuir. Durante esse período, é importante proteger os olhos da exposição ao sol e ao vento. Também é crucial comparecer a todas as consultas de acompanhamento com o cirurgião para que eles possam monitorar o progresso.


Por quantos anos dura o efeito da blefaroplastia?

Os resultados da blefaroplastia são duradouros. Embora o procedimento não interrompa o processo de envelhecimento, ele pode fazer você parecer mais jovem. Em geral, as melhorias da blefaroplastia podem durar de 5 a 7 anos.

No entanto, é importante observar que os resultados individuais podem variar e são influenciados por fatores de estilo de vida, como tabagismo, exposição ao sol e genética. Manter um estilo de vida saudável e cuidar bem da pele pode ajudar a prolongar os resultados.


Qual é a melhor idade para fazer uma blefaroplastia?

Não há uma "idade perfeita" para fazer uma blefaroplastia, já que a necessidade desse procedimento muitas vezes se baseia em fatores individuais, como genética, tipo de pele e estilo de vida. Algumas pessoas podem se sentir prontas para a blefaroplastia aos 30 anos, enquanto outras podem não considerá-la até os 50 ou 60 anos.

No entanto, a maioria dos cirurgiões concorda que o melhor momento para fazer uma blefaroplastia é quando suas pálpebras começam a interferir na sua visão ou quando você está insatisfeito com a aparência delas e isso está causando desconforto ou aflição.


Quais são os riscos e possíveis complicações da blefaroplastia?

Assim como em qualquer cirurgia, a blefaroplastia envolve riscos. Esses podem incluir infecção, sangramento, cicatrizes, dificuldade em fechar os olhos, olhos secos ou alteração na visão. Em casos raros, as complicações podem levar à perda de visão.

Outras complicações possíveis incluem assimetria na cicatrização ou nas cicatrizes, dor persistente e a necessidade de cirurgia de revisão. É importante discutir esses riscos com seu cirurgião antes de decidir pela cirurgia.

Apesar desses riscos, a blefaroplastia é geralmente considerada um procedimento seguro quando realizada por um cirurgião qualificado e experiente.


A cirurgia de blefaroplastia é dolorosa?

Durante a cirurgia, você não sentirá dor devido à anestesia. Após a cirurgia, é normal sentir algum desconforto, mas isso pode ser controlado com medicamentos prescritos pelo cirurgião.

É normal sentir um aperto ao redor dos olhos à medida que a anestesia passa e o inchaço começa. No entanto, dor severa ou persistente pode ser sinal de uma complicação e deve ser relatada imediatamente ao cirurgião.

Perguntas sobre Blefaroplastia

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Blefaroplastia

Especialistas falam sobre Blefaroplastia

A cirurgia plástica para correção das pálpebras chama-se Blefaroplastia e geralmente é feita a partir dos 50 anos, muito embora aspectos anatômicos herdadas ou próprios possam adiantar ou postergar a necessidade da cirurgia. A características individuais de formato dos olhos, raça e sexo, bem como as funções palpebrais devem ser sempre respeitadas no planejamento cirúrgico para um bom resultado estético e funcional. O uso de lasers e bisturis de alta frequência, fios de sutura adequados, o preparo prévio da pele, orientações dietéticas e os cuidados com a cicatrização são a chave para a satisfação do paciente e do médico com o procedimento.

Veruska Da Silva Maciel

Especialista em medicina estética, Oftalmologista

Lauro de Freitas


A blefaroplastia consiste na retirada de pele excedente das pálpebras superiores e /ou inferiores. Cada caso deve ser muito bem analisado considerando-se a quantidade de pele excedente , a presença de bolsas gordurosas nas pálpebras e excesso de musculatura orbital. Cada alteração deve ser tratada da forma adequada em cada caso. Evitando-se sempre a retirada excessiva de pele nas pálpebras inferiores.A cirurgiapode ser ralizada sob anestesia local pura ou com sedação. A alta pode ser dada após algumas horas ao termino da cirurgia.

Marco Antonio Vaz

Cirurgião plástico

Florianópolis


A blefaroplastia é a cirurgia que rejuvenesce as pálpebras e consequentemente, o olhar. É realizada sob sedação, em centro cirúrgico, o que traz conforto e segurança p o paciente. Diferentes técnicas podem ser utilizadas, de acordo com o exame inicial do paciente. Pode ser associada a aplicação de toxina botulínica e preenchimento facial p melhores resultados.

Ana Paula Ximenes Alves

Oftalmologista

Fortaleza


A blefaroplastia está indicada para pacientes com excesso de pele na região das pálpebras superiores e ou inferiores. Normalmente é um procedimento simples com internação de 6 a 12 horas . Feito com anestesia local e sedação " o paciente dorme durante a cirurgia" e não sente nenhuma dor. retiramos o excesso de pele , reposicionamos o excesso de gordura palpebral , e o importante é a preservação da musculatura peripalpebral(próximo ás palpebras ). analgésicos comuns basta para o pós operatório e o paciente em uma semana já pode voltar para as atividades de trabalho.

Esterlin Nahmatallah Obeid

Cirurgião plástico

Goiânia


Elimina os excessos de pele e bolsas gordurosas nas pálpebras superiores e/ ou inferiores, dando a face um aspecto mais leve e descansado. Muitas vezes pode ser feita a nível ambulatorial, sem internação.

André Luiz Petineli Reda

Cirurgião plástico

São José do Rio Preto


A plástica das pálpebras, chamada blefaroplastia, é uma cirurgia realizada para remover as bolsas de gordura palpebrais e o excesso de pele das pálpebras superiores e inferiores. A blefaroplastia pode melhorar significativamente a face, suavizando a expressão e conferindo aspecto mais rejuvenescido e descansado. A blefaroplastia, na maioria das vezes, é feita através de cortes no sulco da pálpebra superior e na linha logo abaixo dos cílios na pálpebra inferior, com pequenas extensões laterais acompanhando as rugas naturais já existentes.

Renato Garcia

Oftalmologista

São Paulo

Agendar uma visita

A cirurgia estética de pálpebras ou blefaroplastia é um procedimento cirúrgico que envolve a remoção do excesso de pele e de bolsas de gordura das pálpebras, com o intuito de melhorar a aparência da região periocular, podendo ser realizada nas pálpebras superiores e inferiores. Não existe uma idade ideal para a blefaroplastia. Geralmente em torno dos 40 anos os primeiros sinais de flacidez palpebral começam a aparecer. No entanto, muitos indivíduos realizam a cirurgia mais jovens. Cada caso deve ser analisado individualmente, observando as características da pele, os traços de cada paciente, além dos objetivos de cada um.

Vanessa Miroski Gerente

Oftalmologista

Florianópolis


Quando os primeiros sinais de envelhecimento aparecem, a pele da pálpebra perde aquela textura macia e elástica. Algumas bolsas de gordura palpebrais se insinuam, algum grau de pigmento deixa a região das pálpebras ainda mais escura e quando sorrimos as ruguinhas afloram... marque a sua avaliação para resolvermos com cautela, delicadeza e bom senso. Na cirurgia devolvo o olhar jovial e rejuvenescido ao paciente, melhorando até mesmo o campo de visão.

Josete Mendes Ferreira

Oftalmologista

Salvador


O excesso de pele nas pálpebras e bolsas embaixo dos olhos dão um olhar cansado e envelhecido. Através da blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) podemos corrigir isso, melhorando a aparência e rejuvenescendo a área dos olhos de uma forma natural, e sem cicatrizes aparentes. A cirurgia pode ser feita com anestesia local e sedação, o paciente vai embora no mesmo dia e a recuperação é rápida

Luciane Schiavinato

Cirurgião plástico

Piracicaba

Agendar uma visita

As pálpebras podem sofrer alterações no seu formato, perdendo firmeza e espessura. Em alguns casos, o excesso de pele e queda da pálpebra superior pode até prejudicar a visão do paciente. As bolsas de gordura aparentes e pele pendente transmitem uma irreal sensação de cansaço ou tristeza. A cirurgia estética das pálpebras (blefaroplastia) é um procedimento que pode ser feito em qualquer idade pois o comprometimento da região tem como causas principais o envelhecimento natural e hereditariedade. A cirurgia aborda a região da pálpebra superior, pálpebra inferior ou ambas. Dessa maneira, é capaz de remover o excesso de pele das pálpebras e bolsas de gordura que incomodam a paciente.

Mário Rocha

Cirurgião plástico, Cirurgião geral

Sinop

Agendar uma visita

O excesso de pele nas pálpebras e o mau posicionamento da gordura contida nessa região são uns dos fatores que mais conferem o aspecto envelhecido a um indivíduo. A blefaroplastia superior e/ou inferior, ao corrigir essas características, oferece um importante ganho para o rejuvenescimento. As cicatrizes decorrentes desse procedimento são quase imperceptíveis, pois a pele da pálpebra apresenta cicatrização de ótima qualidade. De fato, é incrível o aspecto de rejuvenescimento adquirido por quem se submete a uma blefaroplastia. Essa cirurgia pode ser feita sob anestesia local, com ou sem uma sedação leve, dependendo do paciente.

André Ahmed Pereira

Cirurgião plástico

Rio de Janeiro


A blefaroplastia é a cirurgia para a remoção do excesso de pele e bolsas de gordura das pálpebras. A cirurgia pode ser realizada apenas nas pálpebras superiores ou inferiores ou ser realizada a cirurgia no mesmo dia das pálpebras inferiores e superiores. Não é necessário que o paciente fique internado de um dia para o outro no hospital e a recuperação costuma ser breve com um retorno dos pacientes as suas atividades habituais nas primeiras semanas de pós-operatório.

José Eduardo Simarro Rios

Oftalmologista

Goiânia


A Blefaroplastia é a cirurgia realizada para proporcionar o rejuvenescimento da região dos olhos tirando o aspecto de “cansado”, causado principalmente pelo excesso de pele e de bolsas de gordura na região das pálpebras. Quem tem indicação de Blefaroplastia? Está indicada para pessoas que já apresentam um excesso de pele na região das pálpebras superiores ou inferiores acompanhada ou não por protrusão das bolsas de gordura orbitária ou hipertrofia do músculo orbitário. É realizada geralmente sob anestesia local com sedação. Marcações são feitas para delimitar a quantidade de pele a ser removida podendo ser removido também o excesso de gordura e músculo orbitário quando necessário.

Flavio Cunha Ferreira

Otorrino

Brasília


É a cirurgia estética das pálpebras, para eliminar o excesso de pele, a frouxidão muscular ou as "bolsas de gordura" ao redor dos olhos.

A Blefaroplastia é um procedimento importante que realizo nos pacientes que tem excesso de pele nas pálpebras superior ou inferior ou em ambas. Facilita a abertura da fenda palpebral e dá um resultado estético ótimo! Quando bem indicada funciona perfeitamente e dá um ar de rejuvenescimento para a pessoa, além de elevar a autoestima pessoal.

A cirurgia é realizada em hospital ou clínica especializada, em caráter ambulatorial, ou seja, tendo sua alta prevista para o mesmo dia. Na pálpebra superior, é minuciosamente medida a quantidade de pele que deve ser removida, deixando a cicatriz final praticamente disfarçada no sulco natural da pálpebra. Tratam-se as bolsas de gordura superiores. Na pálpebra inferior, a incisão da pele é feita próxima à implantação dos cílios, sendo a pele levantada e as bolsas de gordura, quando presentes retiradas. O excesso de pele é finalmente ressecado e a sutura (pontos) aplicada. Ao final da cirurgia serão colocadas compressas de gaze úmida (com soro fisiológico resfriado) sobre os olhos com o

Fabricio Camargo

Cirurgião plástico

São Paulo


A Blefaroplastia ou Cirurgia das Pálpebras deve melhorar a aparência das pálpebras superiores, inferiores, ou ambas. Com o processo de envelhecimento da face, ocorre uma perda de elasticidade, flacidez e protusão das bolsas de gordura palpebrais, causando um olhar caído, com aspecto sempre cansado, e ainda interferir no campo visual. A Blefaroplastia vai proporcionar um olhar mais aberto e jovial.

Priscilla Vasconcelos Celestino

Cirurgião plástico

Salvador


A cirurgia plástica das pálpebras corrige os excessos de pele, gordura e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além de estético. O tratamento cirúrgico reposiciona os tecidos, promovendo uma aparência mais descansada e jovem. Qual o tipo de anestesia? Pela extensão da cirurgia e boa qualidade dos anestésicos, a maioria dos casos é operada sob anestesia local (em alguns casos, poderemos dar uma sedação prévia). Raramente são feitas sob anestesia geral. Reservamos esta última conduta para os casos em que clinicamente está contra-indicada a anestesia local (raros) ou mesmo, quando a blefaroplastia esteja sendo feita.

Daniel Fagundes Azevedo

Cirurgião plástico

Belo Horizonte


A blefaroplastia é o tratamento dos excessos da pele e das bolsas de gordura que se localizam ao redor dos olhos, melhorando desta forma o aspécto do “olhar cansado” que é uma queixa muito comum nos consultórios de cirurgia plástica, o procedimento é ambulatorial, com anestesia local associada à sedação.

Michel Koury

Cirurgião plástico

Porto Alegre


Procurada por pessoas que querem minimizar as rugas ao redor dos olhos.A cirurgia de pálpebra melhora a aparência das pálpebras superiores,das pálpebras inferiores,ou de ambas.A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos,fazendo com que o olhar pareça mais descansado e sereno.Além do caráter estético há também o caráter funcional das pálpebras,que em alguns casos com a flacidez podem começar a cair cobre o campo da visão. Pode-se realizar cirurgia nas pálpebras superiores,onde o excesso de pele é retirado, assim com a gordura.A incisão fica escondida sobre uma prega natural.Nas pálpebras inferiores a incisão é efetuada na base dos cílios é praticamente invisível.

Carlos Fernando Vieira Das Neves

Cirurgião plástico

São Paulo


Blefaroplastia é a cirurgia de rejuvenescimento das pálpebras em que se procura retirar o excesso de pele das pálpebras, tanto superior como inferior, e algumas vezes trata-se também as gorduras periorbitais, retirando-as ou reposicionando-as. Cicatrizes: No sulco palpebral superior e na margem ciliar inferior. Anestesia: Anestesia local e sedação, ou anestesia geral. Internação: Pode ser realizado em regime de hospital dia, ou seja, pode ter alta no mesmo dia. Pós-Operatório / Recuperação: Em torno de 2 semanas Intercorrências: Equimose (roxinhos), Edema (Inchaço) e cicatrizes.

Fernando Campos Moraes Amato

Cirurgião plástico

São Paulo


A blefaroplastia visa a corrigir a flacidez de pele e o excesso de bolsas de gordura tanto na pálpebra superior quanto na inferior.

Ricardo Eustachio De Miranda

Cirurgião plástico

São Paulo


Blefaroplastia é a cirurgia realizada para correção do excesso de pele das pálpebras que aparece com o envelhecimento. É um procedimento bastante tranquilo realizado em geral com anestesia local e sedação e o paciente vai embora no mesmo dia. No pós operatório ocorre bastante inchaço e hematoma em torno dos olhos. Contudo, ocorre melhora em torno de 7 dias sem maiores problemas. É importante o uso de colírios no pós operatório que serão prescritos pelo médico bem como o uso de óculos escuros para reduzir a incidência solar na cicatriz. A cicatrização na face é muito favorável de modo que a cicatriz fica praticamente inaparente.

Thiago Marra Netto

Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

A cirurgia das pálpebras, também conhecida como blefaroplastia, é um procedimento indicado para pessoas que desejam um aspecto facial mais leve e rejuvenescido, realçando a beleza do olhar. Ao longo dos anos, alterações nas bolsas de gordura e o excesso de pele das pálpebras podem causar desconforto estético, mas também prejuízo à visão. A cirurgia deve ser programada avaliando todas as características da face, objetivando resultados naturais e em harmonia com o formato de cada rosto. Tanto as pálpebras superiores quanto as inferiores podem ser abordadas, e as cicatrizes resultantes deste procedimento costumam ser de boa qualidade, ficando imperceptíveis ao longo dos meses.

Flávio Dumaresq

Cirurgião plástico

Natal

Agendar uma visita

A cirurgia das pálpebras (blefaroplastia) melhora a aparência das pálpebras superiores, das pálpebras inferiores, ou de ambas. A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta. A cirurgia da pálpebra superior remove o excesso de depósito de gordura que aparece como inchaço nas pálpebras superiores, e da pele frouxa ou flacidez que cria dobras ou incomoda o contorno natural da pálpebra superior, às vezes, prejudicando a visão. A blefaroplastia da pálpebra inferior remove o excesso de pele e rugas finas na pálpebra inferior, além do excesso das bolsas de gordura (" olheiras").

Adrien Alberto Fornazari

Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

Cirurgia para rejuvenescimento das pálpebras, com a retirada dos excessos cutâneos e de bolsas de gordura. Realizada em ambiente hospitalar, sob anestesia local e sedação, não exige internação. O paciente devera ficar afastado de suas atividades por um período minimo de 3 a 5 dias. Em casa, devera manter repouso. Devera evitar: atividades fisicas, vento, fumaça, maquiagem e traumas sobre os olhos por um período minimo de 10 a 15 dias. As incisões cirúrgicas são realizadas em áreas estratégicas a fim de "esconder" as cicatrizes. Os pontos retirados em 3 a 7 dias.

A cirurgia plastica das pálpebras visa a correção da flacidez das pálpebras, pela correção das bolsas de gordura e do excesso de pele, que dão um aspecto cansado e triste. O resultado desejado é sempre um resultado natural, sem aparência de cirurgia, mas que de ao paciente um aspecto descansado e mais jovial.

André Colaneri

Cirurgião plástico

São Paulo


  Mudanças em torno dos olhos geralmente são as primeiras evidências do processo de envelhecimento no rosto. Essas mudanças são influenciadas pelo formato das pálpebras, genética, exposição ao sol, tabagismo e outros. Uma coisa interessante é que a posição da sobrancelha é muito importante pro resultado final no rejuvenescimento da região dos olhos. Então algumas vezes, eu acrescento a cirurgia dos supercílios no tratamento das pálpebras.

Diego Paiva

Cirurgião plástico

Goiânia


Indicação: Queda da pele da pálpebra superior que atrapalha a visão, além de corrigir imperfeições nas pálpebras causadas pelo excesso de pele e/ou gordura. Anestesia: Local e Sedação. Dependendo da vontade do paciente, poderão ser feitas sob anestesia geral. Cicatrizes: ficam disfarçadas nos sulcos da pele. Tempo de Cirurgia: em torno de 2 horas Tempo de Internação: 12 a 24h Tempo de Recuperação: 1 a 2 semanas Resultado Final: Após 3 meses. Após o primeiro mês haverá substancial melhora em relação ao aspecto inicial

Danilo Chammas

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Cirurgião plástico, Cirurgião geral

São José do Rio Preto


Também conhecida como blefaroplastia, a cirurgia de pálpebra melhora a aparência das pálpebras superiores, das pálpebras inferiores, ou de ambas. A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta. A cirurgia da pálpebra superior remove o excesso de depósito de gordura que aparece como inchaço nas pálpebras superiores. Pele frouxa ou flacidez que cria dobras ou incomoda o contorno natural da pálpebra superior, às vezes, prejudicando a visão, e pode ser tratada com cirurgia de pálpebra superior. A blefaroplastia da pálpebra inferior remove o excesso de pele e rugas finas na pálpebra inferior e bolsas de gordura.

Carlos Augusto Ferreira Moreira

Cirurgião plástico

Dourados


A blefaroplastia é um procedimento cirúrgico realizado sobre as pálpebras superiores e/ou inferiores. Ela tem o objetivo de melhorar a estética da região em torno dos olhos com a remoção do excesso de pele e das bolsas de gordura. Seu planejamento deve ser feito pensando nas diferenças entre as pessoas. Vários fatores como idade, tipo de pele e variações anatômicas devem ser levados em consideração visando a harmonização com a face e o rejuvenescimento. As pálpebras têm a importante função de proteger os olhos e promover adequada lubrificação. A cirurgia de blefaroplastia deve ser cuidadosamente planejada e executada para que a integridade da superfície ocular seja mantida.

Rodrigo Almeida

Oftalmologista

Belo Horizonte


Blefaroplastia é a cirurgia indicada quando o paciente apresenta um excesso de pele que pode acarretar problemas de restrição visual quando ocorre na pálpebra superior.É comum que muitos pacientes apresentem também bolsas de gorduras que podem ser retiradas ao mesmo tempo no ato cirúrgico e como resultado Conferem um rejuvenescimento da face. Quando é feita na parte inferior este tratamento pode ser associado a lifitting e resulta muitas vezes em melhora das rugas nesta região. Este procedimento pode ser realizado em pessoas mais idosas bem como em pessoas mais jovens ,dependendo da característica familiar e muitas vezes da textura da pele.

Arabella Chagas

Oftalmologista

Fortaleza


A blefaroplastia consiste na retirada ou reposicionamento de pele e gordura das pálpebras, com o objetivo de melhora cosmética do paciente.

Blefaroplastia ou cirurgia das pálpebras é o procedimento que melhora a aparência das pálpebras superiores e/ou inferiores dando um ar de rejuvenescimento ao redor dos olhos fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta. O procedimento envolve a retirada de excesso de pele e gordura quando indicado. Procure um cirurgião plástico para maiores esclarecimentos. lembre-se, a indicação e a técnica empregadas variam caso a caso.

Daniel Sakaki

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética

Rio de Janeiro


A cirurgia das pálpebras (blefaroplastia) pode melhorar o aspecto ‘cansado’ das mesmas, retirar bolsas de gorduras e deixar seu rosto ‘mais leve’. Proporciona rejuvenescimento da região, além de melhorar a visão nos casos em que a quantidade de pele sobre os olhos é exagerada a ponto de impedir a total abertura dos mesmos. Pode ser feita com anestesia local (auxiliada ou não por sedação) e o paciente é liberado logo após o seu término. As cicatrizes apresentam boa qualidade e ficam ‘escondidas’ em linhas naturais da face. No pós-operatório, deve-se tomar especial atenção à proteção solar. O edema (inchaço) e as manchas costumam regredir nas primeiras semanas.

Antônio Castelo Branco De Deus

Cirurgião plástico

Teresina


Aparência de tristeza e cansaço. Estas são as principais queixas pelas quais as pacientes buscam a blefaroplastia. A sobra de pele e as bolsas de gorduras são tratadas com a cirurgia, resultando em um aparência mais jovial. Preenchimento com gordura e ácido hialurônico também podem ser realizados para rejuvenescimento da região peri-orbital.

Cláudio Eulálio

Cirurgião plástico

São Paulo


Blefaroplastia é o nome da cirurgia de rejuvenescimento das pálpebras. É um procedimento muito realizado tanto por mulheres quanto homens, podendo ser feito em clínica ou hospital, sob anestesia local com ou sem sedação. Adotamos práticas modernas de blefaroplastia, que visam a naturalidade e preservação máxima das estruturas normais, evitando sequelas da cirurgia como olhos fundos, ectrópio e mudança no olhar do paciente. É realizada a retirada de pele e gordura excedentes das pálpebras, através de uma incisão escondida no sulco palpebral na pálpebra superior e na borda ciliar na pálpebra inferior. Os pacientes podem retornar à vida normal entre 7 a 10 dias após a cirurgia.

Allan Filgueira

Cirurgião plástico

Natal


A blefaroplastia, ou cirurgia das pálpebras, melhora a aparência das pálpebras superiores e/ou inferiores. A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta. O posicionamento do supercílio também pode ser corrigido cirurgicamente. O que a cirurgia de blefaroplastias pode corrigir: • O excesso de depósito de gordura que aparece como inchaço nas pálpebras superiores. • A pele frouxa ou flacidez que cria dobras ou incomoda o contorno natural da pálpebra superior, às vezes, prejudicando a visão. • O excesso de pele e rugas finas na pálpebra inferior. • As bolsas sob os olhos podem ser corrigidas.

Eduardo Pasquarelli

Cirurgião plástico

Santos


Este procedimento cirúrgico tem o objetivo de tratar o excesso de pele e de gordura das pálpebras. É indicado para pacientes que desejam rejuvenescer as pálpebras ou para aqueles que apresentam alteração do campo visual provocado pela flacidez e excesso de pele nas pálpebras superiores. A cirurgia da pálpebra é realizada com o objetivo de retirar o excedente de pele das pálpebras superiores e as bolsas gordurosas, que podem estar na pálpebra superior e/ou inferior.

Marianna Meirelles

Cirurgião plástico

Belo Horizonte


O aspecto cansado dos olhos pode significar excesso de pele em torno deles, e a Blefaroplastia e o procedimento que retira esta pele redundante. Alem disso no procedimento podemos reposicionar as gordurinhas que estão sobrando em uma região da orbita (local da face onde os olhos ficam posicionados), retirando onde estão em excesso e enxertando(depositando a gordura) nos locais que estão em falta. Os resultados geralmente são bem satisfatórios quando identificamos antes da cirurgia o que o paciente realmente precisa. As cicatrizes ficam ótimas e a recuperação e bastante rápida se você não se importar de ficar alguns dias com olho um pouco roxos e usando óculos escuros.

Silvio Gonçalves Mesquita Júnior

Cirurgião plástico

Brasília


"Você dormiu bem?" Essa é uma pergunta frequente que pessoas com envelhecimento das pálpebras escutam diariamente, mesmo não estando cansadas. A combinação de blefaroplastia ( cirurgia das pálpebras) com botox e preenchedores formam um tripé de rejuvenecimento facial que pode beneficiar não só as mulheres mas também os homens. Antes, as cirurgias plásticas estéticas eram quase uma exclusividade feminina, mas desde meados da década de 70 a procura dos homens vem aumentando. Estima-se que hoje chegue a um aumento de 50% nos últimos 3 anos.

Marcus Vinicius Serra De Oliveira

Cirurgião plástico

Goiânia


A Blefaroplastia é a cirurgia estética ou cosmética das pálpebras. Para promover um rejuvenescimento da região dos olhos conferimos atenção especial em reposicionar os tecidos que sofreram danos do tempo e da gravidade, assim como remover os excessos de pele e bolsas de gordura. Todo procedimento é realizado de maneira cuidadosa, preservando o músculo responsável pelo fechamento das pálpebras e não colocar em risco a visão. A cirurgia das pálpebras superiores tem a duração média de uma hora e a das pálpebras inferiores de uma hora e meia. Essa cirurgia melhora de forma significativa a face, suavizando a expressão e proporcionando aspecto mais jovem ao olhar.

Paula Cassini

Oftalmologista, Cirurgião plástico

Florianópolis


Cirurgia destinada a harmonizar e melhorar os problemas causados pelo tempo na região das pálpebras. Procedimento estético que visa rejuvenescer e acentuar a beleza no olhar, restaurando a leveza e a suavidade pré existentes. Procedimento realizado nas pálpebras superiores e/ou inferiores. Geralmente com incisões pequenas e imperceptíveis. Utilizam-se diversas técnicas, amplamente estudadas e individualizadas por paciente, explicadas em consulta, visando sempre um melhor resultado estético e funcional. Além disso podemos associar enxerto de gordura e preenchedores, evitando assim, possíveis complicações.

Daniel Carli

Cirurgião plástico

Guarulhos


Blefaroplastia é a cirurgia que tem como objetivo a melhoria da harmonia da região periocular. Através dela é removido o excesso de pele palpebral, bem como bolsas de gordura. Não é apenas uma cirurgia para quem busca melhoria estética, mas também pode propiciar menor sensação de cansaço ou peso nos olhos.

Marcelo Sala Oliveira

Oftalmologista

Astorga


Blefaroplastia é uma cirurgia que consiste em retirar o excesso de pele e bolsa de gorduras das pálpebras. Pode ser realizada nas pálpebras superiores ou pálpebras inferiores. As cicatrizes ficam em geral imperceptíveis, sendo a cicatriz das pálpebras superiores na prega palpebral e nas pálpebras inferiores pouco abaixo da linha dos cílios. É comum o aparecimento de hematomas e edemas no pós -operatório. Os pontos são retirados em torno de 7 dias e o paciente deve evitar sol por 2-3 meses. Em alguns casos são necessários drenagem linfática.

Isabella Torres

Oftalmologista

Recife


Com o envelhecimento, ocorre uma progressiva ptose/queda dos supercílios, excesso de pele e protrusão de bolsas de gordura nas pálpebras superiores e inferiores. Isso leva a uma aparência de olhar cansado e senil. Para a correção dessas alterações, pode-se realizar a frontoplastia, procedimento cirúrgico que permite a elevação dos supercílios, associado à blefaroplastia, cirurgia para remoção do excesso de pele e gordura, com reposicionamento das bolsas de forma a harmonizar o terço superior da face. A cirurgia pode ser realizada sob anestesia local e sedação.

Diogo Barbalho Cardoso

Otorrino

Belo Horizonte


Praticamente todo mundo irá precisar da cirurgia das pálpebras um dia. Isso porque com o envelhecimento, há um excesso de pele e flacidez na área dos olhos. Além do aumento das bolsas de gordura. É uma cirurgia tranquila, com recuperação rápida. Às vezes é preciso associar elevação das sobrancelhas pra um resultado melhor.

Samantha Maia

Cirurgião plástico, Dermatologista

Uberlândia


Blefaroplastia é a cirurgia plástica que retira excesso de pele e bolsas de gordura das pálpebras. É uma cirurgia delicada e isso ocorre principalmente por dois fatores: 1 - Estaremos sempre atuando próximo dos olhos e temos de proteger o globo ocular durante todo procedimento. 2- Por ser uma cirurgia da face, área sempre exposta ( diferente do corpo que conseguimos cobrir com roupas), é um procedimento que deve ser planejado com cuidado, buscando sempre a simetria entre um olho e outro. Pode ser realizada com o paciente sob anestesia local com sedação ou sob anestesia geral.

Priscilla Helena Lotierzo Saito

Cirurgião plástico

São Paulo