Desnervacao quimica - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - desnervacao quimica

Encontre um especialista na sua cidade:
Felipe Bicalho Maluf

Felipe Bicalho Maluf

Neurocirurgião

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Roger Mathias

Roger Mathias

Neurocirurgião

São Paulo

Agendar uma visita
Víctor Anacleto

Víctor Anacleto

Neurocirurgião, Neurologista

Maceió

Agendar uma visita
Thiago Marreto

Thiago Marreto

Neurocirurgião

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Clériston Lacerda

Clériston Lacerda

Neurocirurgião, Neurologista

Betim

Agendar uma visita

Perguntas sobre Desnervacao quimica

Nossos especialistas responderam a 6 perguntas sobre Desnervacao quimica

 Luiz Paulo Alves
Luiz Paulo Alves
Neurocirurgião
Santos
O risco de um paciente ficar.com alguma sequela grave decorrente de uma denervação química é muito pequeno. O que as vezes acontece é que quando famos fazer a denervação bem em cima do nervo…
1 respostas

Dr. Willian Rezende do Carmo
Dr. Willian Rezende do Carmo
Neurologista
São Paulo
Caro(a) internauta,
A denervação tem como alvo o nervo que transmite a informação da dor. Para tanto precisa provocar algum trauma ao nervo de modo a cortá-lo. O modo com o qual este corte…
1 respostas

Dr. Joao Luis Cabral Junior
Dr. Joao Luis Cabral Junior
Neurocirurgião
Santos
Olá

Preciso te examinar para poder correlacionar as sua queixa
Estou a disposição
Abraços
2 respostas

Especialistas falam sobre Desnervacao Quimica

A Denervação Química de facetas articulares, é um procedimento minimamente invasivo, que é indicado em paciente com dores lombares em decorrência de sobrecarga e desgaste nas articulações facetárias, entre uma vértebra e outra. Consiste na aplicação de uma solução anestésica e anti-inflamatória, através de injeções próximas a essas articulações da coluna, com auxílio do raio X em tempo real.

Luiz Paulo Alves

Neurocirurgião

Santos

Quais profissionais realizam Desnervacao quimica?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.