Exame de sangue - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

Exames de sangue são uma ferramenta útil para o diagnóstico. O sangue é composto por diferentes tipos de células e uma parte líquida, chamada plasma, que contém várias substâncias, tais como sais e proteínas. Snague coagula fora do corpo, porque suas células e proteínas são feitas de sólidos, deixando uma parte líquida chamada de soro, que pode ser analisado em testes químicos e análise do sistema imunológico. Podem-se levar amostras de sangue para cultura e ver se crescem microorganismos que causam doenças infecciosas, a fim de detectá-los e ver exatamente como eles se comportam e mostrar sensibilidade a diferentes antibióticos.

Como é um exame de sangue?

As amostras de sangue para análise podem ser tomadas de uma veia (que transporta sangue para o coração) ou uma artéria (que transporta o sangue do coração). Se apenas algumas gotas são necessárias (por exemplo, para controlar o açúcar em um paciente diabetes) o suficiente é fazer um pequeno furo na ponta dos dedos e aplicar uma leve pressão para liberar o sangue necessário.

A maioria dos testes de sangue são feitos com amostras de sangue venoso (geralmente a partir de veias perto do cotovelo). Primeiro destaca a veia a ser puncionada com um elástico amarrado no braço. Então, a área é limpa com álcool e inserida a agulha na veia. Esta agulha é conectada a uma seringa ou recipiente de pressão baixa, até que tenha extraído sangue suficiente. Remova a agulha e pressione um pedaço de algodão sobre a ferida, para em seguida, colocar uma bandagem.

Se for preciso tirar sangue de uma artéria, como no caso de gasometria arterial, é geralmente no pulso, porque é a artéria mais próxima ao da pele. Essa extração é mais irritante, já que as artérias não são terminações nervosas. Após a extração, deve ser uma forte pressão sobre a área por 5 minutos para parar a hemorragia.

Algumas pessoas são muito sensíveis à visão de agulhas e seu próprio sangue, e podem desmaiar no momento da extração do sangue. Portanto, a extração deve ser com o paciente sentado ou deitado, e ao menor sinal de tontura, deve informar a pessoa que faz a extração.

O que está sendo analisado pelo sangue?

Sangue tem dois componentes principais, o líquido (plasma) e células, de que existem três tipos: glóbulos vermelhos (hemácias), glóbulos brancos (leucócitos) e plaquetas.

Abaixo estão as análises mais básicas:

CBC

Nesta análise, uma conta dos diferentes tipos de células do sangue, que são:

Glóbulos vermelhos (RBC):

são as células que transportam oxigênio para os tecidos e dióxido de carbono de limpeza por uma proteína chamada hemoglobina. Com a CBC, sabemos a quantidade de hemoglobina no sangue e o número de hemácias. Outro ponto importante é o volume corpuscular médio (MCV), que indica o tamanho das células vermelhas do sangue. Uma pessoa com anemia têm níveis de hemoglobina abaixo do normal,  e de acordo com o tamanho dessas células no sangue podemos diferenciar os vários tipos de anemia.

Você também terá o hematócrito, que mede a porcentagem do volume ocupado pelos glóbulos vermelhos em relação ao volume total de sangue. Quase todas as anemias causam hematócrito baixo (ou seja, diminuição das células vermelhas do sangue) Tal como em grande sangramento. Em contraste, altos níveis de hematócrito são geralmente causados por desidratação devido à ingestão de líquidos pobres ou a perda de água em casos de diarréia, queimaduras, e certos tipos de cirurgia, ou um excesso de glóbulos vermelhos.

Também é discutida a cor das células vermelhas do sangue, para que se elas são pálidos-hipocrômica-geralmente indica anemia por deficiência de ferro, e como isso pode indicar anemia falciforme ou anemia perniciosa. Mas para ver a forma das células vermelhas do sangue, é necessário alargar o sangue em uma lâmina e observar ao microscópio.

Você também pode adicionar corantes para esfregaços de sangue para detectar parasitas (em caso de doença da malária e de dormir) ou bactérias.

Glóbulos brancos (WBC):

são as células que combatem infecções. A CBC fez uma contagem total do número, bem como a determinação dos diferentes tipos de sangue (a chamada contagem de células brancas do sangue).

O número de leucócitos aumenta normalmente em infecções bacterianas, queimaduras e sangramento, e, menos freqüentemente como resultado de leucemia, câncer ou a malária.

A diminuição do número de células brancas do sangue pode ser devido a doenças auto-imunes (ou seja, anticorpos que combatem doenças agentes se voltar contra o próprio corpo), infecções virais, e, menos freqüentemente, o efeito de algumas drogas.

A contagem de células brancas é útil para monitorar o progresso da doença e, assim, mudar o tratamento se necessário.

Plaquetas

A CBC também mantém contagem de plaquetas. As plaquetas são pequenas células agrupados em áreas de vasos sanguíneos que tenham sido danificados. Elas são a base da coagulação do sangue.

Pessoas com baixos níveis de plaquetas estão em maior risco de sangramento, mesmo sem um ferimento. Algumas causas do baixo número de plaquetas incluem doenças auto-imunes (o organismo produz anticorpos contra suas próprias plaquetas), quimioterapia, certas drogas, leucemia e algumas infecções virais.

O aumento do número de plaquetas torna a pessoa com mais probabilidade de coagular. Isso ocorre em algumas doenças da medula óssea, como trombocitose essencial e policitemia vera.

Outros tipos de análise

Outra é a análise elementar de química do sangue, através do qual você pode ver o nível de íons e de proteínas no sangue. Você também pode fazer outros testes como o estudo da coagulação imunológica, e assim por diante.

O que é coagulação?

Quando se descobre um transtorno de coagulação, ou o sangue não coagula o suficiente, precisamos de uma análise mais aprofundada. Na análise da coagulação medimos a capacidade do sangue para realizar a coagulação. São também os testes de coagulação antes de submeter uma paciente à cirurgia.

Quando uma veia é danificada faz um coágulo de sangue dentro de pequenas formas, que consiste de plaquetas e proteínas do plasma chamados fatores de coagulação.

Uma pessoa vai sangrar mais que o normal se ela tem um baixo número de plaquetas ou fatores de coagulação ausentes ou não funcionando corretamente. Isto requer uma análise mais aprofundada e pode ser medida com um estudo da coagulação. Alguns distúrbios dos fatores de coagulação são herdados (por exemplo, a hemofilia), mas pode ser devido à doença do fígado (porque o fígado produz muitos fatores de coagulação), ou o efeito de algumas drogas.

Algumas doenças necessitam de tratamento com anticoagulantes como a warfarina ou cumarinas, e nesses pacientes é importante fazer uma análise periódica de coagulação, para ajustar a dose da medicação.

Especialistas em exame de sangue

Encontre um especialista em Exame de sangue na sua cidade:
Paula Ferraz

Paula Ferraz

Médico de família

Cuiabá

Agendar uma visita
Cristiane schmitz

Cristiane schmitz

Médico clínico geral, Especialista em medicina estética, Médico de família

Apiúna

Agendar uma visita
José Tadeu Tramontini

José Tadeu Tramontini

Médico de família, Especialista em dor, Nutrólogo

Lauro de Freitas

Agendar uma visita
Odimea Araujo Costa Reis Demes

Odimea Araujo Costa Reis Demes

Médico de família

Samambaia

Francisco Bernardo Evangelista

Francisco Bernardo Evangelista

Médico de família

Serrita

Ailton Carlos Galbiatti

Ailton Carlos Galbiatti

Patologista clínico

Ariranha

Perguntas sobre Exame de sangue

Nossos especialistas responderam a 143 perguntas sobre Exame de sangue

Dr. Fernando do Espirito Santo Soares
Dr. Fernando do Espirito Santo Soares
Médico clínico geral, Dermatologista
Brasília
Dependendo do tipo de exame, a prednisolona pode alterar algum resultado. Com relação ao tempo para fazer exames, dependerá da forma de uso de medicamento.
1 respostas

Olá.
Idealmente no mínimo 3 a 5 dias.
1 respostas

Dr. Sunderbir Singh Christiano Alberto
Dr. Sunderbir Singh Christiano Alberto
Médico acupunturista, Médico de família
Belo Horizonte
Há muitos fatores que podem influencia no fato do profissional conseguir ou não coletar a amostra de sangue para exame, como, por exemplo, a condição das veias do paciente, a experiência do profissional,…
1 respostas

Quais profissionais realizam Exame de sangue ?

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.