Excisao de tumor de glandula parotida - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em excisao de tumor de glandula parotida

Encontre um especialista em Excisao De Tumor De Glandula Parotida na sua cidade:
Thiago Celestino Chulam

Thiago Celestino Chulam

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita
Leonardo Kruschewsky

Leonardo Kruschewsky

Cirurgião de cabeça e pescoço

Salvador

Agendar uma visita
Ernandes Nakamura

Ernandes Nakamura

Cirurgião de cabeça e pescoço

Brasília

Agendar uma visita
Daniel Guarda Manso

Daniel Guarda Manso

Cirurgião de cabeça e pescoço

Campinas

Agendar uma visita
Elaine Stabenow

Elaine Stabenow

Cirurgião de cabeça e pescoço

Campinas

Agendar uma visita
Pedro Sacramento Villar Rodrigues

Pedro Sacramento Villar Rodrigues

Oncologista, Cirurgião geral, Cirurgião oncológico

Salvador

Agendar uma visita

Perguntas sobre Excisao de tumor de glandula parotida

Nossos especialistas responderam a 24 perguntas sobre Excisao de tumor de glandula parotida

Dr. Paulo Vitor Sóla Gimenes
Dr. Paulo Vitor Sóla Gimenes
Cirurgião de cabeça e pescoço
São Carlos
Boa tarde. Trata-se de uma complicação frequente em cirurgias como a sua. É uma fístula salivar, ou seja, saída pela pele de pequena quantidade de saliva produzida pela glândula parótida devido…
1 respostas

Dr. Paulo Vitor Sóla Gimenes
Dr. Paulo Vitor Sóla Gimenes
Cirurgião de cabeça e pescoço
São Carlos
Boa noite. Durante as cirurgias de parótida dissecamos as estruturas próximas ao conduto auditivo externo, entretanto, não há estruturas que tipicamente provocam dor nesta topografia devido ao…
1 respostas

 Rejane Belchior Lima Macedo
Rejane Belchior Lima Macedo
Endocrinologista
Fortaleza
É normal. Nada mais é que o processo da cicatrização. Isso pode ocorrer ainda por semanas após a cirurgia.
1 respostas

Especialistas falam sobre Excisao De Tumor De Glandula Parotida

A maioria dos tumores da glândula parotida são benignos mas mesmo assim a cirurgia é necessária para o tratamento. Isso pois os tumores benignos crescem constantemente e podem se transformar em tumor maligno. A cirurgia é bem delicada e envolve a dissecção do nervo facial, o nervo que controla a movimentação do rosto, sendo que alterações de sua função podem ocorrer após a cirurgia. A incisão da pele é feita usualmente logo a frente da orelha e o resultado estético é bem satisfatório. Os tumores malignos da parotida são mais incomuns mas usualmente envolvem grandes cirurgias com retirada total da glândula e com maior risco de lesão do nervo facial.

Murilo Catafesta Das Neves

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita

As glândula parótidas são as maiores glândulas salivares que temos. Localizam-se à frente de cada orelha, se estendendo para região alta do pescoço. Os tumores que aí aparecem em geral são tumores benignos, com grande efeito estético e chamam logo a atenção de outras pessoas. Esses tumores, apesar de benignos, sem tratamento por longos períodos podem se transformar em malignos, mudando radicalmente o futuro do paciente.

José Chacra Jr.

Cirurgião de cabeça e pescoço

Jundiaí

Agendar uma visita

Os nódulos da parótida podem ser benignos ou malignos. A maioria deles é benigna mas podem crescer bastante e, em alguns casos, tornar se malignos. O tratamento para estes nódulos é por cirurgia. Quanto ao câncer da parótida, há diferentes tipos e cada um deles tem um grau de agressividade característico. Geralmente, os tumores de baixo grau de agressividade não apresentam metástases e, por muitas vezes, apenas a cirurgia é suficiente para tratá-lo. Já o câncer de alto grau pode estender se a regiões vizinhas e desenvolver metástases próximas ao tumor ou em outros órgãos. Nestes casos, é necessário cirurgia mais ampla e complementação com outras modalidades, como por exemplo, radioterapia.

Maria Cristina Matteotti Geraldo

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita

A parótida é uma glândula salivar que fica na região anterior à orelha, bilateralmente, e que tem como principal característica anatômica a presença do nervo facial entremeada a sua anatomia. O nervo facial, VII par craniano, é o nervo responsável pelas expressões faciais. Tal aspecto traz uma dificuldade ímpar à cirurgia dos tumores de parótida, pois a ressecção de um tumor com a preservação deste nervo exige extrema perícia e técnica do cirurgião. Uma vez que haja uma lesão do nervo, ela pode ser irreversível, e causar paralisia facial, que é muito estigmatizante. Cirurgias de glândulas salivares são comuns, e devem ser realizadas por cirurgiões com pleno conhecimento das técnicas.

Francisco Bomfim

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Excisao de tumor de glandula parotida?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.