Excisao de tumor de glandula parotida - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em excisao de tumor de glandula parotida

Encontre um especialista em Excisao De Tumor De Glandula Parotida na sua cidade:
Rondinelly Rosa Ribeiro

Rondinelly Rosa Ribeiro

Cirurgião de cabeça e pescoço

Brasília

Agendar uma visita
Henrique Chacon M Nogueira dos Santos

Henrique Chacon M Nogueira dos Santos

Cirurgião de cabeça e pescoço

Campinas

Agendar uma visita
Francisco Bomfim

Francisco Bomfim

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita
Mauricio José Fonseca da Cunha

Mauricio José Fonseca da Cunha

Cirurgião de cabeça e pescoço, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Debora Modelli Vianna

Debora Modelli Vianna

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita
José Antero do Nascimento Sobrinho

José Antero do Nascimento Sobrinho

Cirurgião de cabeça e pescoço, Otorrino

Brasília

Agendar uma visita

Perguntas sobre Excisao de tumor de glandula parotida

Nossos especialistas responderam a 24 perguntas sobre Excisao de tumor de glandula parotida

Dr. Alexandre Mendes Granero
Dr. Alexandre Mendes Granero
Cirurgião de cabeça e pescoço
São Paulo
Durante a cirurgia de Parotidectomia é necessária a dissecção do nervo facial, que passa no interior da glândula e o monitoramento auxilia na localização deste nervo, diminuindo assim a chance…
2 respostas

 Rejane Belchior Lima Macedo
Rejane Belchior Lima Macedo
Endocrinologista
Fortaleza
É normal. Nada mais é que o processo da cicatrização. Isso pode ocorrer ainda por semanas após a cirurgia.
2 respostas

Dr. Selinaldo Amorim Bezerra
Dr. Selinaldo Amorim Bezerra
Cirurgião de cabeça e pescoço
Teresina
Pode ser uma fístula salivar.
No entanto não posso lhe dizer com certeza pois não estou avaliando presencialmente.
Sugiro que retorne ao médico que operou.
Muito obrigado pelo…
2 respostas

Especialistas falam sobre Excisao De Tumor De Glandula Parotida

A maioria dos tumores da glândula parotida são benignos mas mesmo assim a cirurgia é necessária para o tratamento. Isso pois os tumores benignos crescem constantemente e podem se transformar em tumor maligno. A cirurgia é bem delicada e envolve a dissecção do nervo facial, o nervo que controla a movimentação do rosto, sendo que alterações de sua função podem ocorrer após a cirurgia. A incisão da pele é feita usualmente logo a frente da orelha e o resultado estético é bem satisfatório. Os tumores malignos da parotida são mais incomuns mas usualmente envolvem grandes cirurgias com retirada total da glândula e com maior risco de lesão do nervo facial.

Murilo Catafesta Das Neves

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita

As glândula parótidas são as maiores glândulas salivares que temos. Localizam-se à frente de cada orelha, se estendendo para região alta do pescoço. Os tumores que aí aparecem em geral são tumores benignos, com grande efeito estético e chamam logo a atenção de outras pessoas. Esses tumores, apesar de benignos, sem tratamento por longos períodos podem se transformar em malignos, mudando radicalmente o futuro do paciente.

José Chacra Jr.

Cirurgião de cabeça e pescoço

Jundiaí


Os nódulos da parótida podem ser benignos ou malignos. A maioria deles é benigna mas podem crescer bastante e, em alguns casos, tornar se malignos. O tratamento para estes nódulos é por cirurgia. Quanto ao câncer da parótida, há diferentes tipos e cada um deles tem um grau de agressividade característico. Geralmente, os tumores de baixo grau de agressividade não apresentam metástases e, por muitas vezes, apenas a cirurgia é suficiente para tratá-lo. Já o câncer de alto grau pode estender se a regiões vizinhas e desenvolver metástases próximas ao tumor ou em outros órgãos. Nestes casos, é necessário cirurgia mais ampla e complementação com outras modalidades, como por exemplo, radioterapia.

Maria Cristina Matteotti Geraldo

Cirurgião de cabeça e pescoço

São Paulo

Agendar uma visita

A parótida é uma glândula salivar que fica na região anterior à orelha, bilateralmente, e que tem como principal característica anatômica a presença do nervo facial entremeada a sua anatomia. O nervo facial, VII par craniano, é o nervo responsável pelas expressões faciais. Tal aspecto traz uma dificuldade ímpar à cirurgia dos tumores de parótida, pois a ressecção de um tumor com a preservação deste nervo exige extrema perícia e técnica do cirurgião. Uma vez que haja uma lesão do nervo, ela pode ser irreversível, e causar paralisia facial, que é muito estigmatizante. Cirurgias de glândulas salivares são comuns, e devem ser realizadas por cirurgiões com pleno conhecimento das técnicas.

Francisco Bomfim

Cirurgião de cabeça e pescoço

Fortaleza

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Excisao de tumor de glandula parotida?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.