Fissurectomia com ou sem esfincterectomia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - fissurectomia com ou sem esfincterectomia

Encontre um especialista na sua cidade:
Geanna Mara Lino e Silva de Resende

Geanna Mara Lino e Silva de Resende

Coloproctologista, Cirurgião geral

Goiânia

Agendar uma visita
André Barreto

André Barreto

Cirurgião geral, Coloproctologista

Florianópolis

Agendar uma visita
Adryano Gonçalves Marques

Adryano Gonçalves Marques

Coloproctologista, Cirurgião geral

Fortaleza

Agendar uma visita
Marcos Ricardo Rodrigues

Marcos Ricardo Rodrigues

Coloproctologista, Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Ponta Grossa

Agendar uma visita
Karla de Oliveira Araujo

Karla de Oliveira Araujo

Coloproctologista, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Fissurectomia com ou sem esfincterectomia

Nossos especialistas responderam a 43 perguntas sobre Fissurectomia com ou sem esfincterectomia

As dores no pós operatório melhoram a medida que cicatrização acontece, os primeiros 10 dias são os mais difíceis, porém pode variar de acordo com cada paciente.
1 respostas


boa tarde, se for submetida a um procedimento cirurgico para remoçao das lesões do HPV pode sim associar a retirada do plicoma anal
1 respostas


Sim, o banho de assento ajuda a relaxar a musculatura e melhora o desconforto!
1 respostas

Especialistas falam sobre Fissurectomia Com Ou Sem Esfincterectomia

Cirurgia para retirada de fissuras (pequenos ferimentos) que podem ser decorrentes de uma contração aumentada do esfíncter do ânus.

Bruno Medeiros

Coloproctologista

Fortaleza

Agendar uma visita

Cirurgia para retirada de fissuras (pequenos ferimentos) que podem ser decorrentes de uma contração aumentada do esfíncter do ânus.

Carla Camila Rocha

Coloproctologista

Fortaleza

Agendar uma visita

A fissura anal ocorre, na maior parte dos casos, devido a traumatismos no canal anal que cortam a pele que recobre o ânus. Isso acontece por causa de fezes endurecidas ou calibrosas, diarréia recorrente ou sexo anal sem adequada lubrificação. Quando essa lesão acontece repetidamente, forma-se um tecido cicatricial que impede o adequado fechamento da ferida, além do músculo anal que torna-se reativo e hipertônico, prejudicando o suprimento sanguineo para recuperação da fissura. A fissurectomia se presta a retirar esse tecido fibrosado para que forme um novo tecido capaz de fechar a ferida. A esfincteroplastia deve ser realizada naqueles pacientes que a manometria anal mostrar hipertonia.

Thais Yuka Takahashi

Coloproctologista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Fissurectomia com ou sem esfincterectomia?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.