Dra. Thais Yuka Takahashi

Coloproctologista mais

São Paulo 1 endereço

Número de registro: CRM 158534-SP RQE 49229

450 opiniões
Pacientes fiéis

Pacientes deste especialista retornam para outras consultas.

  • Dra. Thais Yuka Takahashi
    Dra. Thais Yuka Takahashi
    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    Procedimento minimamente invasivo de ligadura elástica para hemorróidas

  • Consultórios (2)

    Consultório MEDPLEX
    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, Indianópolis, São Paulo


    Medidas de segurança neste consultório

    Mostrar
    Atende: adultos, crianças a partir dos 6 anos de idade
    Dinheiro, PIX
    (11) 5579..... Mostrar número
    (11) 98487..... Mostrar número



    Consulta em Coloproctologia • R$ 500

    Primeira consulta Coloproctologia • R$ 500

    Retorno de consultas Coloproctologia Consultar valores +1 mais

    Teleconsulta • R$ 500


    Atende: adultos
    (11) 98487..... Mostrar número

    Método de pagamento: Transferência Bancária

    O pagamento para a consulta vai diretamente para o especialista, que também é responsável por determinar sua própria política de cancelamento e reembolso.

    Em caso de qualquer problema com pagamento, contate o especialista.

    Lembre-se de que a Doctoralia não cobra taxas adicionais pela marcação de uma consulta e não processa os pagamentos em nome do especialista.


    Pelo menos 30 minutos antes da consulta, você receberá um SMS e e-mail com o link para a videochamada. Você poderá se conectar a partir do seu computador ou smartphone.


    Prepare-se 10 minutos antes da consulta e verifique se o seu smartphone ou notebook está com a bateria carregada. Para uma videochamada, verifique se tudo funciona: conexão com a internet, câmera e microfone. Prepare também a documentação médica (como resultado de um exame) caso precise mostrar na consulta.


    Serviços e preços

    Os preços são para pacientes sem convênio médico

    Serviços em destaque


    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 500

    Consultório MEDPLEX

    Atendimento personalizado após passados trinta dias da primeira consulta


    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 500

    Consultório MEDPLEX


    R$ 500

    Telemedicina



    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 500

    Consultório MEDPLEX

    Primeiro atendimento personalizado avaliando as queixas e condições globais de saúde para tratamento personalizado e individualizado


    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 500

    Consultório MEDPLEX


    R$ 500

    Telemedicina



    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    Saiba mais

    Consultório MEDPLEX

    Atendimento em até 30 dias após a avaliação de primeira consulta para verificar resposta ao tratamento instituído e realizar ajustes necessários


    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    Saiba mais

    Consultório MEDPLEX


    Consultar valores

    Telemedicina



    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 500

    Consultório MEDPLEX

    Consultas em plataformas de videoconferência com atendimento individualizado, indicação de exames de diagnóstico e tratamento. Retorno poderá ser presencial ou online


    R$ 500

    Telemedicina



    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 1.500

    Consultório MEDPLEX

    Obrigatório exame de coagulograma

    Outros serviços


    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    R$ 1.500

    Consultório MEDPLEX

    Procedimento de ligadura elástica para hemorroidas com indicação desse procedimento



    Avenida Rubem Berta, 850 Sala 2003, São Paulo

    Saiba mais

    Consultório MEDPLEX

    Experiência

    Sobre mim

    A Coloproctologia se propõe a tratar toda gama de doenças que acometem o cólon, reto e ânus, sejam elas benignas ou malignas, de tratamento clínico ou...

    Mostrar a descrição completa

    Experiência em:

    • Proctologia
    • Cirurgia Laparoscópica Colorretal
    • Cirurgia Oncológica do Cólon, Reto e Ânus
    Veja mais

    Formação

    • Formada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2010
    • Residência médica em Cirurgia Geral, Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2012
    • Residência médica em Coloproctologia, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2014
    Veja mais

    Certificado Doctoralia


    Experiências Profissionais

    • Certificado de Laparoscopia Avançada Colorretal, IRCAD, 2012
    • Especialista em doenças do Assoalho Pélvico, Simpósio Internacional de Doenças do Assoalho Pélvico, SINDAP, 2014
    • Médica assistente da residência de Cirurgia Geral e Gastrocirurgia no Hospital Geral de Pirajussara, Universidade Federal de São Paulo(Unifesp), SPDM, 2015

    Vídeos


    Idiomas

    • Português,
    • Inglês

    Prêmios

    • Prêmio João Fava - Análise dos tumores de reto T3N0 por ressonância magnética, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, 2015

    Redes sociais

    Publicações

    Publicações (4)

    Artigos

    Fistulectomia Ou Fistulotomia Anal

    As fístulas perianais apresentam diversas opções de tratamento, sendo que os mais efetivos e realizados são a fistulotomia em 1 ou 2 tempos. Os demais procedimentos se prestam a casos específicos, com adequada e cuidadosa discussão com o paciente acerca dos resultados. A fistulotomia se presta a abrir o trajeto ou túnel que se forma da glândula anal inflamada até a borda anal, atravessando diferentes espessuras do músculo do ânus. Esse último fator que determina, principalmente, se a cirurgia deverá ser feita em um ou dois tempos. A cirurgia em dois tempos coloca um fio, chamado de seton, envolvendo o músculo, para que ele não seja cortado de uma vez, aumentando a chance de incontinência.


    Câncer colorretal

    O câncer colorretal é o terceiro mais comum. Existem as formas hereditárias, em geral, ocorrendo mais precocemente e as esporádicas, que não tem relação familiar e ocorrem por volta dos 60 anos. O diagnóstico se dá pelo rastreamento em pacientes que não apresentam nenhum sintoma ou na investigação de quadros como anemia, alteração do hábito intestinal, sangramento retal e é confirmado pela colonoscopia com biópsia. Seu tratamento é, na maioria das vezes, cirúrgico, seja por via videolaparoscópica ou aberta. A análise da peça cirúrgica determinará, muitas vezes, a indicação de quimioterapia como complemento terapêutico. Quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as taxas de cura.


    Hemorroidectomia

    A retirada do tecido hemorroidário é indicada nos pacientes sintomáticos e que não tenham respondido a tratamento clínico, principalmente. O procedimento é realizado em centro cirúrgico, sob anestesia raquidiana ou geral e sua recuperação depende basicamente de dois fatores: condições do paciente e técnica utilizada. Em geral, o tempo de recuperação varia entre 2-4 semanas de repouso relativo, sem esforços físicos e necessita cuidados pós operatórios com a ferida e com a alimentação, para que a recuperação ocorra de forma esperada. O bom funcionamento intestinal, com dieta rica em fibras e líquidos, banhos de assento, pomadas e não uso do papel higiênico são alguns dos cuidados essenciais.


    Constipação intestinal crônica

    A constipação intestinal crônica é uma queixa muito comum e de grande impacto no dia a dia dos pacientes. Pode ser definida como dificuldade persistente para evacuar ou sensação de evacuação incompleta e/ou movimentos intestinais infrequentes, a cada 3-4 dias ou menos, na ausência de sinais de alarme. Devem ser avaliados, medicamentos em uso, alimentação, doenças associadas para busca da etiologia. É dividida basicamente em transtornos do trânsito intestinal e transtornos da evacuação. Com base na história clínica solicitamos diferentes exames para investigação e tratamento direcionado para melhor resultado do tratamento, seja ele clínico ou cirúrgico.


    Retocele

    A retocele é uma protrusão do reto na parede vaginal posterior que ocorre pela perda da sustentação do septo retovaginal. São divididas em graus, progressivamente de acordo com o abaulamento que causam na vagina. Retoceles pequenas são, em sua maioria, assintomáticas. As maiores e de 3-4 graus são uma importante causa de constipação crônica, por obstrução de saída, já que alteram o vetor de força no processo evacuatório. O resultado é a impactação fecal, esforço na defecação, exigindo manobras digitais para auxílio. Importante notar que não causam dor. O diagnóstico é clínico, confirmado por exame de imagem e o tratamento baseia-se nos sintomas e tamanho, podendo ser clínico ou crúrgico.


    Tratamento da síndrome do intestino irritável

    A síndrome do intestino irritável é caracterizada por dor abdominal que melhora com a defecação associada a alteração do hábito intestinal, sem outra causa aparente. A principal hipótese é que esses pacientes tenham uma hipersensibilidade visceral, que piora com situações de estresse ou quadros psicológicos. O tratamento naqueles que tem constipação, é com dieta a base de fibras e líquidos, evitando-se cafeína e legumes, pela fermentação que os últimos causam. Nos casos em que predomina diarréia, podem ser medicados com um tipo específico de antidepressivo, medicamentos que diminuem a percepção de dor visceral ou desaceleram o trânsito intestinal. A psicoterapia também é essencial.

    Veja todos os artigos

    450 opiniões de pacientes

    Classificação geral

    Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
    T
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Me senti muito confortavel com a consulta. Thais é super atenciosa e explica com detalhes tudo que precisa. Super indico

    D
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Simplesmente perfeita! Muito atenciosa, cuidadosa e explica muito bem. Super recomendo.

    D
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Recomendo! 1vez; voltarei.
    Simpática, afetuosa,comunicativa, explica sobre o diagnóstico e conduta, Boa na análise clínica, mas senti falta de um exame físico mais minucioso.


    G
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Profissional extremamente competente, além de explicar de forma detalhada e sem pressa o tratamento que entende ser adequado.


    R
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Medica muito competente e com expertise acima da minha expectativa. Irei fazer minhas 2 cirurgias de tumor e plicoma no reto com dra Thais. Resolvi isso mesmo antes de ir na consulta


    C
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Profissional muito inteligente e por dentro do tema, me passou muita confiança


    C
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Retorno de consultas Coloproctologia

    Doutora Thais, uma medica excelente, atenciosa, cuidadosa, explica tudo em detalhes e é muito gentil
    Me falta elogios pra falar sobre o atendimento dela


    R
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    A doutora foi muito atenciosa e explicou super bem.


    I
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Telemedicina Consulta em Coloproctologia

    Muito objetiva, atenciosa e profissional. Boa consulta.


    B
    Perfil verificado
    Consulta marcada na doctoralia.com.br
    Local: Consultório MEDPLEX Primeira consulta Coloproctologia

    Excelente profissional, atenciosa, detalhista em suas explicações e muito simpática


    Ocorreu um erro, tente outra vez

    Dúvidas respondidas

    851 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

    Fiz colonoscopia e a conclusão :
    Doença Diverticular de Sigmóide leve,
    Não complicada
    Pólipo de cólon descendente Paris 0-Is

    O médico fez uma Pelipctomia com pinça e enviou p biópsia.

    O q isso significa?

    A doença diverticular deve ser avaliada quanto a possíveis sintomas e possíveis infecções já apresentadas, afim de se orientar dietas e medidas para prevenção da diverticulite aguda. A análise do pólipo depende de alguns fatores como tamanho e se foi retirado por completo, além da biópsia, que determinará se é benigno ou maligno. Para essa avaliação e seguimento, é importante o acompanhamento médico.

    Dra. Thais Yuka Takahashi

    Pergunta sobre Fissura Anal

    Ao usar a pomada para fissura anal e a mesma encostar na entrada da vagina e arder um pouco, é normal ou faz mal ?

    A princípio não há problemas, mas observe se o quadro de ardência persistirá e se aparecerão novos sintomas que sugiram alergia.

    Dra. Thais Yuka Takahashi

    Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

    Perguntas frequentes