Gerenciamento de cuidados médicos - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - gerenciamento de cuidados médicos

Encontre um especialista na sua cidade:

Especialistas falam sobre Gerenciamento de cuidados médicos

Nos dias de hoje, não é raro encontrar pacientes acompanhados por mais de um médico (às vezes mais de cinco) e, com isso, utilizando múltiplos medicamentos, por vezes conflitantes ou concorrentes, com risco importante ao paciente. Cabe ao geriatra detectar este problema e ajudar na priorização de tratamentos e no uso racional de remédios e exames.

Gabriel Truppel Constantino

Geriatra

São Paulo


Um problema frequente do paciente idoso é ter muitos médicos especialistas. O geriatra é um generalista, que pode assumir o tratamento das doenças mais comuns da terceira idade, e avaliar o paciente e seus tratamentos como um todo, pensando em como um tratamento interfere nos demais. Entretanto, doenças menos comuns ou mais avançadas continuam necessitando do médico especialista. O médico geriatra orientará quando será necessário procurar o especialista. Claro que quaisquer especialistas que o paciente já estiver consultando podem ser mantidos, se assim o paciente desejar. O geriatra pode centralizar e “orquestrar” o cuidado global do idoso, dialogando com os outros médicos.

Antonio Carlos Pereira Barretto Filho

Médico clínico geral, Geriatra

São Paulo


Na medicina moderna, na qual há grande especialização dos profissionais, o acompanhamento com um clínico/geriatra é de vital importância para o gerenciamento dos diversos medicamentos, procedimentos e opiniões. Tal profissional acaba por se tornar referência para o acompanhamento para o próprio paciente e seus familiares.

Lucas Rampazzo Diniz

Médico clínico geral, Geriatra

Recife

Agendar uma visita

Pacientes com diversas condições clínicas simultâneas (ex: diabetes + pressão alta + artrose + insônia + depressão), especialmente idosos, que muitas vezes recebem cuidados de vários profissionais de saúde, tem melhores resultados no controle de suas doenças quando um médico faz a coordenação de seu cuidado. Esta coordenação ajuda tanto evitar uso de medicamentos com interações danosas (quando um medicamento afeta a ação de outro, causando malefícios à saúde) quanto para retirar medicações que pela idade e situação clínica do paciente terão pouco benefício real à sua saúde. Isto é algo que o Médico de Família, especialista no cuidado integral da pessoa, faz de forma bastante eficaz.

José Luís Verbiski

Médico de família

Curitiba

Agendar uma visita

Cuidado ampliado do paciente e ao mesmo tempo concentrado em um único atendimento para melhor abordagem de todas as doenças do paciente, bem como suas relações familiares e sociais.

Mariana Salomão Daud Arantes

Médico clínico geral, Médico de família

Uberlândia

Quais profissionais realizam Gerenciamento de cuidados médicos?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.